Samu cruza os braços em São Luís

Samu cruza os braços em São Luís

 

 

Tra­bal­hadores do Serviço de Atendi­men­to Médi­co de Urgên­cia (Samu) par­al­is­aram suas ativi­dades em São Luís, na man­hã des­ta terça-feira (1).

Eles cobram do prefeito Eduar­do Braide a reposição de per­das salari­ais dos últi­mos dois anos. De acor­do com a cat­e­go­ria, os pre­juí­zos rep­re­sen­tam 16,2% da com­posição salar­i­al.

Os tra­bal­hadores do Samu foram excluí­dos pelo prefeito Eduar­do Braide do últi­mo aumen­to salar­i­al con­ce­di­do ao fun­cional­is­mo públi­co ludovi­cense.

0 0 votos
Classificação
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x