Filipe Mota

CBMMA

A promessa do governador Flávio Dino (PCdoB), em aumentar o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão parou na etapa da formatura. Parte dos 163 novos soldados formados no último concurso para a segurança ainda está à espera da nomeação.

Bancada com dinheiro público, a pomposa cerimônia para a formação dos novos soldados aconteceu no dia 29 de dezembro do ano passado, e deveria ter sido marcada pela nomeação imediata dos soldados, principalmente porque contou com a presença e declaração positiva do comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo.

Contudo, passados oito meses, os novos soldados não foram chamados, mas o governo já divulgou a falsa nomeação pelo menos duas vezes em sua agência oficial de notícias. A primeira foi um dia depois da cerimônia de formatura, no dia 30 de dezembro. Na publicação, o Poder Executivo estadual chegou a afirmar que, a partir daquela data, a sociedade passaria “a contar com um maior aparato nos trabalhos operacionais na capital e nas unidades do interior do Maranhão”. Menos de uma semana depois, a farsa voltou a ser confirmada.

Os novos soldados formados, que preferem não se identificar, reclamam da falta de informações sobre o andamento das nomeações. “Não temos sequer um cronograma ou pelo menos a previsão de quando seremos nomeados. Ninguém nos informa”, reclama um deles.

Os soldados relatam ainda que a maioria estaria passando por dificuldades financeiras, pois teriam pedido dispensa de seus empregos, acreditando que a nomeação sairia logo após a formatura da turma. Um deles está sem emprego desde o final do ano passado. Ele reclama da falta de perspectiva e segue de mãos atadas para conseguir emprego enquanto não é nomeado pelo governador. “Até hoje não recebemos um centavo. Ele nos chama para apenas para fazer trabalhos voluntários. Foi assim no Carnaval, combate a dengue, limpeza do Rio Preguiça, para fazer a proteção de passageiros nos terminais de ônibus. Como podemos arrumar um emprego desse jeito? Qual patrão quer contratar alguém que pode sair do emprego a qualquer momento?”, questiona.

De posse de documentos, eles acusam Flávio Dino de não cumprir uma decisão judicial do juiz de Direito José Edilson Caridade, respondendo pela 5ª Vara da Fazenda Pública. Em confirmação a tutela antecipada proferida no dia 13 de abril deste ano, o magistrado ordenou ao Estado do Maranhão, por meio da secretária de Estado da Gestão e Previdência, Lilian Guimarães, que nomeasse os novos soldados formados do CBMMA. A decisão – que pode ser conferida acima – é datada do dia 12 de julho, tendo a Procuradoria Geral do Estado (PGE) sido intimada desde o dia 5 deste mês, mas até hoje, segundo confirma o andamento do processo no sistema JurisConsult, ainda não foi realmente cumprida.

“Diante do exposto, considerando quantum satis o já afirmado no correr deste decisum; considerando ainda o considerável prejuízo que a omissão ou desinteresse do Estado em cumprir a decisão vem causando aos autores e considerando que os mesmos se submeteram aos rigores do curso de formação onde passaram por provas até mais rigorosas que a requerida no TAF, que acolho integralmente e considerando o que mais dos autos consta, JULGO PROCEDENTE o pedido dos autores, confirmando a antecipação de tutela anteriormente concedida às fls. 271-v, determinando que, em caso de aprovação no curso de formação, que sejam os mesmos nomeados e empossados nos cargos de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão, por ser essa a medida que mais se harmoniza com o princípio da razoabilidade”, destaca o magistrado em trecho da decisão.

Com informações do Blog Atual7

Filipe Mota

pesquisa-80024

Eleições em São Luís – Nada mais do que 4 (quatro) institutos de pesquisas coletarão dados entre os dias 20 deste mês à 02 de setembro. O primeiro instituto a divulgar será o DATA M. Contratado pelo Sinduscom e TV Difusora, o DATA M registrou seu levantamento no dia 22 de agosto, sob o protocolo MA-02635/2016. A pesquisa ouvirá 1.000 eleitores entre os dias 25 e 27 e o resultado será divulgado no dia 28 de agosto.

Depois será a vez do instituto IMPAR. O levantamento foi contratado pelo jornal O Imparcial, tendo sido registrado no dia 23 de agosto, sob o protocolo MA-020095/2016. A pesquisa ouvirá 1.100 eleitores, e começou no dia 18 e finaliza, hoje (25/08), e o resultado será divulgado no dia 29 de agosto.

O instituto PREVER também registrou nova pesquisa na capital. Contratado pelo Blog do Luís Cardoso, o levantamento foi registrado no dia 24 de agosto, sob o protocolo MA-02350/2016. A pesquisa ouvirá 1.000 eleitores no período de 26 a 28 de agosto. O resultado será divulgado no dia 30 de agosto.

Entretanto, a maior expectativa é para a divulgação da primeira pesquisa IBOPE em São Luís. O instituto mais tradicional de pesquisa no Brasil, contratado pela TV Mirante, registrou o levantamento no dia 24 de agosto, sob o protocolo MA-08827/2016. O instituto ouvirá 805 entrevistados no período de 25 a 30 de agosto. O resultado será divulgado no dia 30 de agosto pela própria TV Mirante.

Com este emaranhado de pesquisas, vote consciente, não vá apenas pelo discurso ensaiado, vote em quem você conhece que já fez algo concreto por São Luís. Vote em quem você acha que pode tirar a nossa São Luís do caos urbano que se encontra.

Faltam 38 dias para as eleições de 2 de outubro de 2016. (6 semanas)

Filipe Mota

O secretário de tudo no governo Flávio Dino (PC do B), foi tão rápido no gatilho quanto a bandidagem que está ceifando vidas em São Luís, Márcio Jerry, detonou no Twitter, que os dados mostrados são de 2014, e sendo assim, a capital do Maranhão está livre da violência, assassinatos, homicídios, latrocínios, chacinas, linchamentos e dentre outros. Graças à Deus, não fosse apenas no Twitter.

MARCIO TWITTER

Filipe Mota


Cláudio Almeida – braço direito do prefeito – recebia como secretário e também coordenador do fundo de Saúde.

image

Ao que tudo indica, nos próximos meses, o prefeito de Mirinzal – Amaury Santos Almeida, candidato à reeleição pelo Partido Democrático Trabalhista(PDT), terá muito que se explicar à justiça. Em uma rápida análise na prestação de contas do município, principalmente no que tange a folha de pagamento, várias suspeitas de irregularidades foram detectadas pelos técnicos do Tribunal de Contas do Estado.
Dentre algumas das aberrações, as que mais chamaram atenção foi o fato dos Secretários de Finanças do Município – Cláudio Santos Almeida e de Administração – Evilásio Rodrigues Ribeiro receberam por duas fontes pagadoras. No caso, suas respectivas secretárias e, ainda, a Secretaria de Saúde.
Segundo documentos analisados, no ano de 2013, por exemplo, Cláudio Almeida recebia a quantia de R$3.000,00(três mil) como secretário e, ainda, R$800,00(oitocentos reais) como coordenador do fundo municipal de saúde.
Situação semelhante também foi detectada tendo o secretário Evilásio Ribeiro como beneficiário. No caso, assim como Cláudio Almeida, ele também recebia pelas Secretárias de Administração e Saúde.
A similitude de nomes foi outro ponto que chamou atenção dos analistas. Em um caso, por exemplo, a funcionária Aldira Silva aparece com um salário de R$ 2.000,00(dois mil reais), sem que seja feito qualquer desconto. Logo em seguida, aparece outra Aldira Silva, mas acrescido o sobrenome Araújo, digo, Aldira Silva Araújo, com salário de R$678,00(seiscentos e setenta e oito reais) e todos os descontos assegurados por lei.

Analisando os dados constantes no TCE, após checagem de informações junto a funcionários da prefeitura, os quais pediram para não serem identificados, várias pessoas jamais foram vistas no município, há exemplo da cunhada do secretário Cláudio Almeida – Nágila Quintanilha Gerude, cujo nome aparece na folha recebendo um salário de R$1.500,00(hum mil e quinhentos reais), mas só aparece na cidade em período de festa.
A funcionária Alessandra Cruz(R$1.500,00), Pedro Jarbas de Jesus Júnior(R$678,00) e Leibe Prazeres Barros Madeira(R$1.500,00) também são “servidores” que constam nas folhas de pagamento enviadas ao TCE, contudo, segundo aliados do prefeito, nunca foram vistos cruzando os corredores de qualquer dos órgãos da prefeitura.
Ainda ao analisar os dados, também chamou atenção de pessoas ligadas a Amaury, o fato de funcionários terem sido desligados dos quadros e mesmo assim, posteriormente ao afastamento, continuarem incluídos na folha de pagamento, como Dienne Sanay Silva Ferreira. Mesmo afastada da função, o nome permaneceu na folha.
Para alimentar uma espécie de caixa dois, que seria operado diretamente pelo prefeito Amaury e o secretário Claudio, segundo funcionários que estão bastante descontentes com a gestão municipal, apenas com intuito de devolver o excedente , alguns funcionários aparecem na folha recebendo valores bem acima do correto.
Nessa situação estariam os servidores Adeni Júnior Fonseca Pereira, que aparece com um salário de R$ 3.988,76(três mil novecentos e oitenta e oito reais e setenta e seis centavos) quando o correto, para o cargo exercido, seria de apenas R$1.500,00(hum mil e quinhentos reais).

Quintino Pereira e a professora Greyce Anne das Graças M.M. Costa seriam outros dois que se encontram na mesma situação. Na folha, mediante o cargo exercido, embora um salário mínimo fosse o correto, Quintino aparece recebendo R$1.000,00(hum mil) reais. Já a professora Greyce deveria receber, de direito, R$1.390,00(hum mil e trezentos reais), mas, de fato, segundo conta na folha, recebe R$2.890,16(dois mil oitocentos e noventa reais e dezesseis centavos).

O Caso do médico Ubiratan Amorim Ferreira foi outro que chamou bastante atenção. Para exercer suas funções no chamado Programa Saúde da Família, em um único mês, o médico recebia a bagatela de R$57.000,00(cinquenta e sete mil) reais. O detalhe é que na cidade, de acordo com alguns moradores, o médico até prestava serviço, mas não pelo programa federal do PSF, só lembrando que nem senador da republica recebe um salário tão alto como esse , os “SENADORES” recebem um
Salário mensal de: R$ 33,7 mil.

image

Servidores também denunciam que, além de problemas na folha de pagamento, as empresas que prestam serviços ao município seria outro meio usado pelo prefeito para sangrar o erário público. Tais casos serão detalhados em outras matérias. Com a palavra, o Ministério Público do Estado.

image image image image image image

Filipe Mota

A noite de quarta-feira, 24 de Agosto/2016, teve um saldo bastante sangrento na cidade de Açailândia, cinco pessoas foram mortas, vítimas  de arma de fogo.

Após o registro dos dois primeiros homicídios no Bairro Baixão na Vila São Francisco ocorridos por volta das (22h 53 min), tendo como vítimas os adolescentes, Charles e Darlan, com 15 e 16 anos de idade, respectivamente.  Em menos de 30 minutos depois (por volta das 23h 11 minutos), aconteceram outros dois homicídios que vitimaram fatalmente uma adolescente de 16, chamada por Érica e um homem de aproximadamente 30 anos, ainda não identificado, eles foram assassinados nas mediações da Rua  09 de Julho próximo à Escola Municipal Kiola Sarney na Vila Maranhão, também atingidos por arma de fogo.

Um outro adolescente (sem identificações) foi encaminhado ao hospital da cidade, não resistiu e veio a óbito, o caso deixou os moradores em pânico em virtude que os crimes avançam cada dia mais no município de Açailândia.

9a97edc278b766cbcd508540883ac039 download fotos_not

 

Filipe Mota

Atletico AC

MANAUS – A Amazônia terá um novo clube na Série C do Campeonato Brasileiro de Futebol em 2017. Isto porque Atlético Acreano e Moto Club, do Maranhão, se enfrentam nas quartas de final da Série D. O vencedor do confronto ganha a promoção para a Série C no próximo ano. Coube aos dois únicos representantes amazônicos duelarem diretamente pela vaga.

Quem poderia imaginar que, após dez jogos, o melhor time da Série D seria o Atlético Acreano? Algo que não passou pela cabeça nem dos acreanos mais otimistas, mas que é realidade. Ainda invicto, o Galo Carijó eliminou o Princesa do Solimões, do Amazonas, outro time da região amazônica que brigava pelo acesso.

Com sete vitórias e três empates, o representante do Acre sustenta o sonho de chegar à Série C com uma folha salarial de apenas R$ 27 mil. “O nosso futebol não vive um bom momento, quem vive é o Atlético. Não temos apoio de ninguém. O Governo prometeu uma ajuda financeira após sermos campeões [do estadual], e estamos esperando para fazer o reajuste”, disse o técnico do Atlético, Álvaro Miguéis, ao canal Amazon Sat.

Com média de 23 anos, a base do Atlético joga junta desde o infantil com o próprio Álvaro Miguéis. O treinador e seus pupilos afastaram-se do futebol em 2012, mas voltaram neste ano para ser a sensação da Série D. Entre os talentos está o meia Polaco, de apenas 22 anos, canhoto e eleito o craque do Campeonato Acreano 2016. O capitão do time, Diego, é primo do goleiro Weverton, medalhista olímpico com a seleção brasileira.

Com informações do Portal Amazônia

 

Esporte

motoclubtorcida

O técnico do Atlético Acreano, Álvaro Miguéis, disse não estar preocupado com uma possível pressão da torcida do Moto Club, na partida marcada para o sábado, às 17h, no Estádio Castelão pelo mata-mata que vai apontar as quatro equipes que estarão na Série C em 2017.

Álvaro Miguéis disse ao Globoesporte.com que está buscando informações do Moto e afirmou que torcida não joga.

“Ainda não sei muita coisa. Vou olhar algumas informações que estão me passando. Para mim não faz diferença. Torcida não joga. Quem joga são só 11 dentro de campo. Sei que é um bom time como todos os outros, mas vamos lá, enfrentá-los e esperamos nos classificar”, disse.

A declaração do treinador do time acreano não chega a ser uma provocação, mas serve para motivar ainda mais a torcida do Moto a lotar o Castelão.

Até aqui, apesar de vibrante, a torcida do Moto ainda não mostrou toda a sua força na competição. Os melhores públicos registrados foram contra a Juazeirense (8.416), Águia (6.354) e Santos (5.385). E ocupa apenas a terceira colocação no Ranking de público da série D.