Lula defende Juscelino Filho e afirma: “Tem o direito de provar que é Inocente”

Lula defende Juscelino Filho e afirma: “Tem o direito de provar que é Inocente”

 

Ao chegar em Gene­bra, na Suíça, nes­ta quin­ta-feira, 13, o pres­i­dente Luiz Iná­cio Lula da Sil­va (PT) defend­eu o min­istro das Comu­ni­cações, Jusceli­no Fil­ho (União Brasil), que foi recen­te­mente indi­ci­a­do pela Polí­cia Fed­er­al. Lula ressaltou que, ape­sar do indi­ci­a­men­to, Jusceli­no tem o dire­ito de se defend­er e provar sua inocên­cia. O pres­i­dente tam­bém men­cio­nou que pre­tende con­ver­sar com o min­istro antes de tomar qual­quer decisão.

“Eu acho que o fato do cara ser indi­ci­a­do não sig­nifi­ca que o cara come­teu um erro. Sig­nifi­ca que alguém está acu­san­do e que a acusação foi acei­ta. Ago­ra, eu pre­ciso que as pes­soas provem que são inocentes e ele tem o dire­ito de provar que é inocente. Eu não con­ver­sei com ele ain­da, eu vou con­ver­sar hoje e vou tomar uma decisão sobre esse assun­to”, afir­mou Lula, desta­can­do a neces­si­dade de uma análise cuida­dosa da situ­ação.

Segun­do a Polí­cia Fed­er­al, Jusceli­no Fil­ho é acu­sa­do de envolvi­men­to em crimes de orga­ni­za­ção crim­i­nosa, lavagem de din­heiro e cor­rupção pas­si­va. As inves­ti­gações apon­tam que o min­istro teria desvi­a­do emen­das par­la­mentares para obras no inte­ri­or do Maran­hão, especi­fi­ca­mente em Vitori­no Freire, cidade gov­er­na­da por sua irmã, Luan­na Rezende. Essas acusações trazem à tona uma rede com­plexa de supos­tos desvios de ver­bas públi­cas.

Em sua defe­sa, Jusceli­no negou qual­quer irreg­u­lar­i­dade. Em nota ofi­cial, ele declar­ou que o relatório da Polí­cia Fed­er­al segue um padrão semel­hante ao da Oper­ação Lava Jato, que, segun­do ele, cau­sou “danos irreparáveis a pes­soas inocentes”. O min­istro ale­gou que o indi­ci­a­men­to tem moti­vações políti­cas e que já era esper­a­do. A respos­ta de Jusceli­no sug­ere uma defe­sa vee­mente con­tra as acusações, ale­gan­do perseguição políti­ca e fal­ta de fun­da­men­tos nas acusações feitas con­tra ele.

0 0 votos
Classificação
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x