Construmaster diz que gestão Braide contratou o mesmo serviço oferecido por ela com valor 250% maior

Construmaster diz que gestão Braide contratou o mesmo serviço oferecido por ela com valor 250% maior

 

No cen­tro de uma polêmi­ca envol­ven­do uma lic­i­tação fei­ta pela prefeitu­ra de São Luís, a Con­stru­mas­ter, do empresário Antônio Cal­is­to, soltou uma segun­da nota dan­do mais detal­h­es sobre como pro­cedeu na con­cor­rên­cia que ques­tio­nou.

A empre­sa afir­ma que, no dia 13 de fevereiro de 2023, a admin­is­tração munic­i­pal ini­ciou o proces­so lic­i­tatório número 001/2023, do qual a empre­it­eira par­ticipou e teria ofer­e­ci­do o menor val­or, estando, assim, apta a ser con­trata­da. A con­cor­rên­cia esta­va divi­di­da em dois lotes, sendo os val­ores de cada um esti­ma­dos em R$ 105.414.876,49 (Lote 1) e R$ 104.482.014,58 (Lote 2).

“A Con­stru­mas­ter Infraestru­tu­ra LTDA foi a empre­sa que ofer­tou o menor val­or no LOTE 1, geran­do um desá­gio entre o val­or de refer­ên­cia do edi­tal e o val­or ofer­ta­do na sua pro­pos­ta de R$ 28.999.611,76”, diz a nota sobre a ofer­ta de R$ 76.415.264,73 (27,51% de descon­to sobre o val­or de refer­ên­cia do edi­tal) para a exe­cução do serviço. Ain­da assim, a con­cor­rên­cia teria sido revo­ga­da.

A nota prossegue afir­man­do que um novo cer­tame foi ini­ci­a­do, tam­bém divi­di­do em dois lotes, com o mes­mo obje­to e com val­ores de refer­ên­cia do edi­tal 250% maiores que o edi­tal da con­cor­rên­cia número 001/2023. A empre­sa diz ain­da que esta nova con­cor­rên­cia acres­cen­tou qual­i­fi­cação téc­ni­ca jamais vista em edi­tais da prefeitu­ra de São Luís, levando‑a a acred­i­tar se tratar de mais um indica­ti­vo de dire­ciona­men­to. A Con­stru­mas­ter afir­mou que acio­nou o Min­istério Públi­co (MP) e o Tri­bunal de Con­tas do Esta­do (TCE).

O sócio, Antônio Cal­is­to Vieira Neto, será ouvi­do na próx­i­ma sex­ta-feira (12), na CPI dos Con­tratos, onde respon­derá ques­tion­a­men­tos dos vereadores. Ele gan­hou noto­riedade após afir­mar na rede social X que o prefeito Eduar­do Braide teria um esque­ma de extorsão em lic­i­tações jun­to com o secretário de Obras e Serviços Públi­cos, David Col Debel­la.

0 0 votos
Classificação
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x