Braide entra em contagem regressiva para depoimento-bomba de Antônio Calisto

Braide entra em contagem regressiva para depoimento-bomba de Antônio Calisto

 

Em 48 horas, deve acon­te­cer o depoi­men­to-bom­ba que pode ser a gota d’água da gestão do prefeito Eduar­do Braide (PSD). Antônio Cal­is­to Vieira Neto, pro­pri­etário da empre­sa Con­stru­mas­ter, será ouvi­do pela Câmara de São Luís nes­ta sex­ta-feira (12), no âmbito da Comis­são Par­la­men­tar de Inquéri­to (CPI) dos Con­tratos Emer­gen­ci­ais.

Cal­is­to gan­hou noto­riedade no começo do mês após postar na rede social X que o prefeito estaria à frente de um supos­to esque­ma de extorsão, coman­da­do jun­to com o secretário de Obras e Serviços Públi­cos, David Col Debel­la.

A expec­ta­ti­va em torno da par­tic­i­pação de Cal­is­to na CPI aumen­tou após uma reportagem do site Imi­rante sug­erir que ele teria um vídeo que com­pro­va as sérias acusações que levan­tou con­tra o prefeito. O esque­ma, segun­do a matéria, teria ben­e­fi­ci­a­do a cam­pan­ha do irmão de Braide, Fer­nan­do, para dep­uta­do estad­ual.

O depoi­men­to acon­tece na mes­ma sem­ana em que a Justiça can­celou um con­tra­to fir­ma­do entre a admin­is­tração munic­i­pal e a empre­sa RC Nutry Ali­men­tação LTDA para o fornec­i­men­to de meren­da esco­lar, no val­or de R$ 51,3 mil­hões.

Assim como os out­ros con­tratos sob sus­peição na CPI, este é uma dis­pen­sa de lic­i­tação e, mais uma vez, o silên­cio abso­lu­to do chefe do exec­u­ti­vo munic­i­pal sobre as acusações que só se acu­mu­lam.

0 0 votos
Classificação
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x