Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Mapa da Violência: Governo do Maranhão não divulga mortes

Índice nacional de homicídios criado pelo G1 acompanha mês a mês os dados de vítimas de crimes violentos no país. Maranhão não passa informações

Estados preenchidos pela cor preta não informam dados

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

São José de Ribamar é a 4ª e São Luís 23ª, no ranking das cidades mais violenta do Brasil

Cidade balneária de São José de Ribamar figura em 4º lugar no Ranking que mede as cidades mais violentas do Brasil; São Luís é a 23ª

São José de Ribamar e São Luís estão entre as trinta cidades com maior taxa de homicídio em 2015, considerando apenas municípios com mais de 100 mil habitantes, dezoito são da região Nordeste. A Bahia se destaca como o estado com mais cidades entre as mais violentas, com nove na lista. Outras quatro cidades são do Norte, quatro do Centro-Oeste, duas do Sul e uma do Sudeste.

Com base no Atlas da Violência, levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), a cidade mais violenta do Maranhão é São José de Ribamar. Em 2015, ano base da pesquisa, foram 159 homicídios e nove mortes violentas com causa indeterminada (MVCI) para uma cidade que fica na Região Metropolitana de São Luís e tem pouco mais de 174 mil habitantes. Assim, a taxa de homicídio gira em torno de 89,2% e a taxa de mortes violentas com causa indeterminada chega a 5,2%.

Segundo relatório, São Luís aparece no ranking das 30 cidades mais violentas. A capital ficou na 23ª posição com 758 homicídios e 36 mortes violentas com causa indeterminada. A população ludovicense supera 1 milhão de pessoas.

O Ipea também cita as diferenças nas condições do mercado de trabalho, geração de renda, desempenho econômico e politicas púbicas como fatores que explicam a disparidade dos índices de violência nas duas cidades.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

29 pessoas perderam a vida em São Luís, vítimas de latrocínios em 2016

Desgraçados covardes assaltam armados e matam as vítimas

Desgraçados covardes assaltam armados e matam as vítimas

29 (Vinte e nove) é o número de crimes de latrocínio registrados neste ano (2016) na Região Metropolitana de São Luís, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

59 (Cinquenta e nove) foi o número de pessoas assaltadas e mortas em 2015; 39 (Trinta e nove) casos registrados de janeiro a setembro na Região Metropolitana de São Luís.

Governo Flávio Dino (PC do B), não consegue dar resposta à sociedade sobre o crescimento absurdo de mortes seguidas de morte. Os crimes são bárbaros, ceifam vidas, acabam com famílias e aterrorizam população de São Luís.

LATROCÍNIO NA CIDADE OPERÁRIA (Noite de Quarta-feira, 14)

A vítima teria reagido à abordagem feita por dois assaltantes na porta de sua casa, na Unidade 105, e foi baleada com três tiros na cabeça; este foi o terceiro caso desse tipo de crime somente neste mês de setembro; outros 28 já ocorreram este ano.

A polícia ainda ontem não havia conseguido prender os dois suspeitos de terem cometido esta barbaridade. A vítima foi Leidaiana Gomes Saraiva, de 31 anos, e o fato ocorreu na noite de quarta-feira, 14, na Rua 13 da Unidade 105, na Cidade Operária.

A morte de Leidaina Gomes está sendo apurada pela Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), sob a coordenação do delegado Leonardo Diniz. Ainda segundo a polícia, a vítima estava chegando a sua residência quando foi abordada pelos criminosos.

Ela teria reagido ao assalto e acabou alvejada com três tiros na cabeça pelos assaltantes, que fugiram em bicicletas. A vítima ainda foi levada por populares para o Hospital Municipal Socorrão II, na região da Cidade Operária, mas morreu antes de ser submetida a tratamento cirúrgico.

O corpo de Leidaiana foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames periciais, e na madrugada de ontem (15), foi liberado aos familiares. Há informações de que na tarde de ontem ocorreu o sepultamento da vítima em um cemitério, na capital.

OUTRAS VÍTIMAS

Ontem dia 15, ocorreram mais 2 (dois) casos de latrocínio na cidade. No período da manhã, segundo a polícia, dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 anos, que se autodenominam integrantes de facção criminosa, foram apreendidos por uma guarnição da Polícia Militar sob acusação de terem assaltado e assassinado a tiros Raimundo de Jesus Araújo Neto, de 28 anos, no Residencial Ribeira.

Em poder deles, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, uma motocicleta CG preta sem placa e com chassi raspado e a quantia de R$ 133,00. Eles foram abordados nas proximidades da Estrada Velha, no bairro Vila Esperança, e conduzidos ao plantão de Polícia Civil da Cidade Operária, onde foram autuados.

Já no período da noite, bandidos abordaram Erica Luiza de Jesus, de 31 anos, na Vila Esperança. Ela reagiu ao assalto acabou morta a tiros. Até a tarde de ontem, não havia registro de prisão dos acusados.

FIQUE EM ALERTA!!!  VEJA OS CRIMES DE LATROCÍNIO OCORRIDO EM 2016

Janeiro – 3 ocorrências
Fevereiro – 3 ocorrências
Março – 3 ocorrências
Abril – 4 ocorrências
Maio – 2 ocorrências
Junho – 4 ocorrências
Julho: 1 ocorrência
Agosto: 5 ocorrência
Setembro: 4 ocorrências

Fonte: Secretaria de Segurança Pública (SSP)

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Rápido no Gatilho!!! Márcio Jerry detona no Twitter e diz que dados da violência são de 2014

O secretário de tudo no governo Flávio Dino (PC do B), foi tão rápido no gatilho quanto a bandidagem que está ceifando vidas em São Luís, Márcio Jerry, detonou no Twitter, que os dados mostrados são de 2014, e sendo assim, a capital do Maranhão está livre da violência, assassinatos, homicídios, latrocínios, chacinas, linchamentos e dentre outros. Graças à Deus, não fosse apenas no Twitter.

MARCIO TWITTER

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Profissão Repórter: São Luís é a cidade mais violenta do Brasil, veja o vídeo

Em São Luís, no Maranhão, o repórter Estevan Muniz esteve acompanhando uma equipe do Samu que foi socorrer um rapaz baleado. São Luís passou a ser a capital mais violenta do país, a taxa de homicídio é de 90 para cada 100 mil pessoas. A média nacional é de 29 mortes a cada grupo de 100 mil.

Veja o programa que foi ao ar, ontem 24/08/2016, na Rede Globo.

Profissão Reporter

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache