Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Vídeos: Flávio Dino apoiou candidaturas de acusadas de cobrar propina

Flávio Dino (PC do B), deu apoio partidário e eleitoral a personagens como Simone Limeira e Rosângela Curado

O governo Flávio Dino (PCdoB) tem se notabilizado pela quantidade de propina que seus agentes cobram de empresas e prestadores de serviços, segundo denúncia dos próprios achacados e de investigações da Polícia Federal.

Chama atenção também que, mesmo denunciados, os propineiros do governo Flávio Dino acabam recebendo uma espécie de salvo-conduto do próprio governador comunista, que entrega apoio político a esses personagens.

O governo já começou envolvido em escândalo deste tipo. Em 2015, a então auxiliar da Secretaria de Educação, Simone Limeira, foi denunciada por um líder indígena de ter cobrado propina de R$ 8 mil para liberar o transporte escolar nas tribos da região de Grajaú.

O indígena chegou a mostrar extratos e depósitos na conta da auxiliar comunista.

E o que fez Flávio Dino? Deu a ela a legenda do PCdoB para concorrer à Prefeitura de Grajaú.

A outra denúncia envolve a também ex-auxiliar comunista Rosângela Curado. Pilhada na Operação Pegadores da Polícia Federal, Curado teve reveladas conversas que mostram a cobrança de 10% de propina de empresas prestadoras de serviços da Secretaria de Saúde.

Afastada do governo desde 2015 – em condições obscuras – a ex-auxiliar continuou a mandar em unidades de saúde, até ser presa pela Polícia Federal.

E o que fez Flávio Dino com ela?

Deu apoio da legenda do PCdoB à sua candidatura a prefeita de Imperatriz, e ainda foi para vários comícios…

Com informações da Coluna Estado Maior

Operação Pegadores: Rosângela Curado vai falar…

Estima-se que o depoimento de Curado possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na Saúde do Maranhão, segundo acusou a PF

Rosângela Curado é literalmente, o braço direito do governador do Maranhão

A ex-secretária de Saúde assumiu a pasta no começo do governo Flávio Dino (PC do B), era mulher forte no início e depois foi repentinamente demitida, até hoje não se sabe os reais motivos, talvez a operação da Polícia Federal consiga esclarecer os reais motivos.

Corre à boca miúda, que a aliada do governador Flávio Dino, Rosângela Curado que está presa na cela da Polícia Federal, vai depor hoje (17), aos membros responsáveis pela operação que apontou desvios milionários na gestão comunista. Estima-se que o depoimento dela possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na saúde do Maranhão, segundo a PF e a Controladoria Geral da União.

Mulher que operava os “empregos”, Curado deve explicar amplamente como e o porquê a enfermeira Keilane Silva, recebia mensalmente mais de R$ 14 mil (Quatorze Mil Reais), e dentre outros funcionários que recebiam sem nem pisar nas Unidades de Saúde.

Em tempo: há quem diga que a indicação da enfermeira Keilane Silva, seja indicação pessoal de um super-secretário do governo Flávio Dino

E mais: para receber um salário ‘pomposo’ deste tem que ser uma enfermeira muito boa.

Pra fechar: será que Curado vai delatar???

Denúncia: ‘Alerta Segurança’ foi punida pela PF e presta serviço irregular em Shopping de São Luís

O Blog recebeu denúncia que a Empresa ‘Alerta Seguranaça’, foi Cancelada Punitivamente em definitivo pela Polícia Federal por irregularidades

Empresa faz a segurança patrimonial do Shopping Tropical e teve seu registro cancelado junto a PF, ou seja, está trabalhando de forma irregular. 

Vigilantes que prestam serviços à empresa devem ficar sem receber os vencimentos.

Situação : CANCELADA PUNITIVAMENTE EM DEFINITIVO
CNPJ : 07.275.436/0001-32
Razão Social : ALERTA SEGURANÇA PRIVADA LTDA
Endereço : RUA ANTONIO RAPOSO, 439A
Bairro : CUTIM ANIL
Cidade : SÃO LUÍS
UF : MA
Atividade(s) Autorizada(s): VIGILÂNCIA PATRIMONIAL

Com fortes digitais comunistas, PF realiza mais uma operação tiro no pé

A cada operação da Polícia Federal, o órgão perde um pedaço da sua já pouca credibilidade. Ação espalhafatosa de ontem, não prendeu ninguém e foi mal interpretada pela imprensa e pela sociedade em geral, como de praxe, tal qual a ‘operação carne fraca’

A Polícia Federal a cada operação perde um pedaço da sua já pouca credibilidade. No Maranhão, a operação nomenclaturada de ‘Turing’, mostrou mais uma vez a derrocada da instituição, isto porque, o órgão não consegue êxitos nas operações, são vazamentos, informações privilegiadas, vazamentos seletivos, más interpretações textuais e sem dúvidas o culto ao personalismo.

As operações quando não são precedidas de vazamentos, são cultuadas sempre com uma coletiva de imprensa para mostrar os procedimentos das ações, são prisões que não prendem, são conduções coercitivas que não tem o porquê de existir e depoimentos que não esclarecem nada, até prisões preventivas sem o mínimo de prevenção aos “indiciados”.

A operação policial federal de ontem (21), na capital maranhense, que segundo a Superintendência de Polícia Federal do Maranhão, utilizou 20 viaturas, mais de 80 agentes e 3 delegados, e que tudo indica que também vazou, desta feita a membros do governo do estado do Maranhão, que é comandado pelo comunista Flávio Dino. Isso porque chamou bastante atenção o fato de um membro do seu governo, até 11 dias antes da operação “Turing” ter sido preso e encabeçado como membro da Organização Criminosa – OCRIM.

No dia de ontem, vimos muitos membros do próprio governo e políticos de toda espécie, eufóricos com a “prisão” que NÃO PRENDEU absolutamente ninguém, todos prestaram depoimentos e foram liberados, uns nas primeiras horas após a operação e outros, antes das 22 horas.

O que se viu foi uma “operação” mais uma vez espalhafatosa e midiática numa clara tentativa de intimidar a imprensa livre e Constitucional. Se o principal objetivo da ação policial foi tentar colocar antolhos e amordaçar quem quer que seja, este Blog mais uma vez ratifica, a população maranhense não é tola, tanto não é que escolheu uma mudança. Tanto não é, que da mesma forma que optou por mudar, pode mudar novamente e assim consecutivamente.

A Polícia Federal, desde a ‘Operação Lava-Jato’, passando pela ‘Carne Fraca’ até a ‘Turing’, no Maranhão, tem muitas coisas efetivas para esclarecer e para mostrar para a população que o dinheiro do contribuinte não está sendo derramado com operações ‘quijotescas’, que não levam a lugar algum e que são mal interpretadas pela imprensa e a população em geral.   

Por quê Flávio Dino exonerou há 11 dias, secretário do seu governo, preso pela PF???

O governador Flávio Dino exonerou no último dia 9, o Secretário Adjunto da Secretaria de Administração Penitenciária, Danilo dos Santos Silva

Danilo dos Santos Silva, que é policial federal, exercia o cargo de primeiro escalão no governo Flávio Dino (PC do B), mas por questões ainda indefinidas, no dia 09 de março ele foi exonerado da função pelo governador. O fato é que causa estranheza que um dos presos até pouco tempo era membro do governo comunista e até parece que alguém sabia da ‘Operação Turing’.

Na operação da Polícia Federal deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa composta por servidores públicos e particulares que causavam embaraço a investigações da PF no estado.

A ação prendeu e conduziu, 19 pessoas, entre os presos está o ex-membro do governo Flávio Dino, Danilo dos Santos Silva.

O certo é que a exoneração “isentou” o governo comunista de quaisquer suspeitas praticadas dentro do Sistema Penitenciário, dentre os quais o de extorsão, corrupção ativa, passiva e violação de sigilo funcional.

Em tempo: Gerou muita desconfiança e coincidência a exoneração à véspera da Operação da Polícia Federal

Eduardo Braide precisa explicar em coletiva, como seu gabinete foi utilizado por um chefe de quadrilha

O candidato derrotado, Eduardo Braide (PMN), no pleito à prefeitura de São Luís, precisa convocar urgentemente, uma coletiva de imprensa para explicar como o seu chefe de gabinete, Fabiano de Carvalho Bezerra, atuava dentro da Assembleia Legislativa e o porquê da permanência de sua prisão por formação de quadrilha e chefe de organização de Organização Criminosa, segundo o Ministério Público e a Polícia Federal.

Ocorre que boa parte do dinheiro de corrupção e desviados na Prefeitura Municipal de Anajatuba, eram advindos de emendas parlamentares do próprio deputado Eduardo Braide. Outro fato que o deputado tem que esclarecer é como as empresas fantasmas de Fabiano, administravam o dinheiro enviado pelo deputado aos municípios.

Isto tem e deve ser esclarecido pelo nobre deputado estadual Eduardo Braide!!!

Bomba!!! Suspeita de compras de votos mobiliza Secretaria de Segurança Pública

bomba-do-mal-dos-desenhos-animados-19223749

Várias denúncias encaminhadas à Secretaria de Segurança Pública, ontem (25), levantam graves suspeitas de que há um forte esquema de compra de votos sendo articulado em São Luís para a eleição de domingo próximo. A Secretaria ainda não confirmou oficialmente, mas fontes ouvidas pelo blog confirmaram que as denúncias já estão sendo investigadas.

A já famosa “Máfia de Anajatuba”, segundo uma das denúncias, estaria mobilizando agiotas para fazer o dinheiro chegar a lideranças, sobretudo suplentes de vereadores e líderes comunitários de bairros da periferia e da zona rural. Num grupo de Whatsapp o assunto teria sido até comentado citando o ex-prefeito de Anajatuba, Hélder Aragão, como operador.

Especulações mais graves envolvem também o nome do prefeito eleito de Santa Rita, Hilton Gonçalo. Seria Hilton a “ponte” entre empresários, agiotas e a campanha do candidato Eduardo Braide.

Com informações do Blog do Garrone

Ludovicense preso por terrorismo é chefe da Sociedade Islâmica

 ZaidZaid Mohammad Abdul-Rahman Duarte nasceu Marcos Mário Duarte em maio de 1974, em São Luis, Capital do estado do Maranhão. Convertido ao islamismo há treze anos, ele vive em Amparo (SP) e se declara idealizador, fundador, vice-presidente e Emir da Sociedade Islâmica do Maranhão.

Ele assina um blog (em que preferimos não divulgar o endereço), cuja imagem principal diz, em inglês: “você está entrando em uma zona controlada pela Sharia. Regras islâmicas aplicadas”. A Sharia é o conjunto de leis que rege o islamismo.

Zaid Duarte 2

Em postagens no blog, Zaid Duarte publica textos de apologia ao Estado Islâmico e ao anti-americanismo. “Eu não sou o primeiro nem o único nem o último muçulmano vivendo num país ocidental vítima de todo tipo de má sorte imposta pela propaganda guerreirista que a mídia sensacionalista pró-guerra sangrenta americana vem travando contra a religião de Allah”, escreveu Zaid Duarte em uma postagem em novembro de 2015.

Zaid Duarte

PRISÕES 

O grupo de brasileiros alvo da Operação Hashtag da Polícia Federal, que prendeu dez pessoas sob suspeita de tramar ataques terroristas durante a Olimpíada, inclui catorze nomes – alguns deles adotaram nomes árabes ou falsos para se comunicar nas redes sociais: Alisson Luan de Oliveira, Antonio Andrade dos Santos Junior (Antonio Ahmed Andrade), Daniel Freitas Baltazar (Caio Pereira), Hortencio Yoshitake (Teo Yoshi), Israel Pedra Mesquita, Leandro França de Oliveira, Leonid El Kadri de Melo (Abu Khalled), Levi Ribeiro Fernandes de Jesus (Muhammad Ali Huraia), Marco Mario Duarte (Zaid Duarte), Matheus Barbosa e Silva (Ismail Abdul-Jabbar Al-Brazili), Mohamad Mounir Zakaria (Zakaria Mounir), Oziris Moris Lundi dos Santos Azevedo (Ali Lundi), Valdir Pereira da Rocha (Valdir Mahmoud) e Vitor Barbosa Magalhães (Vitor Abdullah). Da lista, dois suspeitos foram conduzidos coercitivamente para depor e outros dois estão foragidos. El Kadri e Pereira da Rocha já foram condenados por homicídio.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache