Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Vídeo: Escândalo! Descoberto mais um Aluguel Camarada no governo Flávio Dino

Segundo o Portal da Transparência, Governo Flávio Dino (PC do B), alugou em 31 julho de 2017 e pagou adiantado 180 mil reais de aluguel a um imóvel que só foi utilizado em setembro

Segundo o Portal da Transparência, o Governo Flávio Dino alugou um novo imóvel em um contrato de quase R$ 4 (quatro milhões de reais). O galpão é pra abrigar um depósito de medicamentos, mesmo com a Secretaria Estadual de Saúde tendo posse de um imóvel próprio que é utilizado para o mesmo fim. O caso se parece com outros, que também foram alugados com dispensa de licitação.

O prédio novo fica em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, e foi inaugurado em setembro do ano passado. A agência de notícias do Governo do Estado disse que o lugar seria a primeira Central de Abastecimento Farmacêutico do Estado. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, seria um galpão com capacidade para armazenar seis mil itens diferentes, entre medicamentos e material médico hospitalar.

No entanto, até então já existia uma Central de Abastecimento Farmacêutico do Estado funcionando em um galpão em São Luís. Ou seja, o que antes era um imóvel próprio, agora é um local alugado. O aluguel foi feito pelo Governo com dispensa de licitação e está custando 60 mil reais por mês em um com contrato de cinco anos. O valor total chega a três milhões e seiscentos mil reais.

Aluguel adiantado

Ainda segundo o Portal da Transparência do Governo do Estado, em 31 julho de 2017 foram adiantados 180 mil reais do aluguel do imóvel antes mesmo de começar a utilizar. O contrato foi firmado com a empresa M&R Barroso Locações Imobiliárias LTDA, que foi aberta dois meses antes da assinatura do contrato e do primeiro pagamento.

A nova central de medicamentos, segundo o Portal da Transparência, custou 420 mil reais aos cofres públicos, entre julho e dezembro do ano passado. Neste ano, os pagamentos não aparecem nos registros do portal. Dentro do local alugado já existem medicamentos estocados, enquanto o imóvel que pertence ao Governo está com sinais de abandono, com muito mato ao redor do prédio.

Por Alex Barbosa, TV Mirante, São Luís

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! Empresa contratada pela Saúde do governo Dino funciona em apartamento de deputado

Se já não bastava a Secretaria de Saúde, de Carlos Lula ter feito contratos com alugueis fantasmas e camaradas, agora vem à tona mais este escândalo de uma empresa que funciona dentro de um apartamento de um deputado

A empresa DIO-Diagnóstico por Imagem e Oftalmologia LTDA, contratada por milhões na combalida secretaria de saúde do governo Flávio Dino (PC do B), funciona nada menos que dentro do apartamento do deputado federal Juscelino Filho (DEM).

No Cadastro de Pessoas Jurídicas da Receita Federal, conta que a DIO-Diagnóstico fica localizaza na Rua Turiaçu, no Condomínio Edifício Horizont Residence, apartamento 1000, no Jardim Renascença, em São Luís.

E quem reside no endereço onde se encontra a empresa???

Justamente o deputado federal Juscelino Filho e sua esposa Lia Cavalcanti Fialho Rezende. Um escândalo nacional!!!!

Já não bastava a Secretaria de Saúde, de Carlos Lula ter feito contratos com alugueis fantasmas e camaradas, agora vem à tona mais este escândalo de uma empresa que funciona dentro de um apartamento de um deputado federal que “vendeu” o partido para se coligar com o governador do estado.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Jovem morre vítima de meningite e aumenta casos registrados no Maranhão

Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula

Corpo de Moisés Oliveira Lima, de 24 anos, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Luís, ele morreu vítima de meningite pelo que consta no relatório do instituto.

Em fevereiro deste ano, o estudante Lucas Gabriel Martins, de 21 anos, morreu com suspeita de meningite após passar mal. Ele chegou a ser socorrido e internado, mas não resistiu e faleceu. Outro caso da doença foi registrado, foi a adolescente Deborah Sales, de 17 anos, morreu após passar mal com sintomas semelhantes aos da meningite.

Outra morte por Meningite foi no dia 11 de março, uma estudante identificada como Taynara Sousa dos Santos, de 18 anos, foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Operária, em São Luís, mas morreu.

O caso de Moisés Oliveira é mais um em relação à meningite no Maranhão, mesmo após a Secretaria de Estado da Saúde (SES), ter lançado nota de esclarecimento descartando um surto da doença no estado.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vídeo!!! Indicada pelo governador Flávio Dino e presa pela PF, diz que vai abrir o verbo

Indicada pelo governador Flávio Dino (PC do B), como ordenadora de despesa na Secretaria de Saúde, Rosângela Curado, que foi presa pela Polícia Federal e até aqui se manteve em silêncio – agora vai falar tudo, de Weverton Rocha a Flávio Dino… 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vídeos: Flávio Dino apoiou candidaturas de acusadas de cobrar propina

Flávio Dino (PC do B), deu apoio partidário e eleitoral a personagens como Simone Limeira e Rosângela Curado

O governo Flávio Dino (PCdoB) tem se notabilizado pela quantidade de propina que seus agentes cobram de empresas e prestadores de serviços, segundo denúncia dos próprios achacados e de investigações da Polícia Federal.

Chama atenção também que, mesmo denunciados, os propineiros do governo Flávio Dino acabam recebendo uma espécie de salvo-conduto do próprio governador comunista, que entrega apoio político a esses personagens.

O governo já começou envolvido em escândalo deste tipo. Em 2015, a então auxiliar da Secretaria de Educação, Simone Limeira, foi denunciada por um líder indígena de ter cobrado propina de R$ 8 mil para liberar o transporte escolar nas tribos da região de Grajaú.

O indígena chegou a mostrar extratos e depósitos na conta da auxiliar comunista.

E o que fez Flávio Dino? Deu a ela a legenda do PCdoB para concorrer à Prefeitura de Grajaú.

A outra denúncia envolve a também ex-auxiliar comunista Rosângela Curado. Pilhada na Operação Pegadores da Polícia Federal, Curado teve reveladas conversas que mostram a cobrança de 10% de propina de empresas prestadoras de serviços da Secretaria de Saúde.

Afastada do governo desde 2015 – em condições obscuras – a ex-auxiliar continuou a mandar em unidades de saúde, até ser presa pela Polícia Federal.

E o que fez Flávio Dino com ela?

Deu apoio da legenda do PCdoB à sua candidatura a prefeita de Imperatriz, e ainda foi para vários comícios…

Com informações da Coluna Estado Maior

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Flávio Dino nomeou Lenijane Rodrigues na saúde; ela era a responsável pela folha, diz PF

Segundo a PF, Lenijane, conhecida como ‘Jane’ é integrante da organização criminosa que desviou dinheiro da saúde; ela foi nomeada por Flávio Dino 

Nomeada pelo governador Flávio Dino (PC do B), no primeiro mês de sua gestão, Lenijane Rodrigues é pessoa de confiança do governador e era responsável pela folha de pagamento na Secretaria de Saúde. Segundo afirma a Polícia Federal, ela é integrante da Organização Criminosa que desviou dinheiro da saúde dos maranhenses.

Para a PF, Jane Rodrigues, que é também cunhada do todo poderoso secretário de comunicação e articulação política do Maranhão,  Márcio Jerry (PC do B), atuava em desvios de verbas públicas federais enviadas à pasta por meio do Fundo Estadual de Saúde entre o período de 2015 a 2017.

A funcionária de confiança do governador Flávio Dino, também, aparece na relação das 424 pessoas que compunha a “folha complementar”, ou seja, além do salário pago pela secretaria de saúde, ela recebia pagamentos extras de R$ 3 mil, segundo consta nos autos.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Corrupção sem freio no governo Flávio Dino PC do B

Principal membro do governo Flávio Dino (PC do B), Márcio Jerry tem duas pessoas diretamente ligadas a ele no esquema desbaratado pela Polícia Federal

R$ 50 mil foi a quantia bloqueada na conta da cunhada de Márcio Jerry, Jane Rodrigues

A Operação Pegadores, da Polícia Federal, revelou uma estranha proximidade dos gabinetes e pessoas muito próximas do governador Flávio Dino com os malfeitos descobertos na Secretaria de Saúde.

Seu principal auxiliar, presidente do seu partido, amigo de longas datas e lugar-tenente de suas ações políticas e pessoais, jornalista Márcio Jerry, aparece como vínculo direto de pelo menos dois personagens da trama.

A enfermeira Keilane Silva, tida como amiga de Márcio Jerry, motivo pelo qual recebeu contracheque de R$ 13 mil em Imperatriz, foi o pivô da investigação. Ainda em 2015, surgiu a notícia de que a amiga de Jerry recebia um alto salário como enfermeira em Imperatriz apenas pelo fato de ter relação com o secretário.

Operação teve início em 2015, as investigações se voltaram ao contracheques de Keilane Silva

Foi a partir dela que a Polícia Federal decidiu investigar o esquema.

Mas o supersecretário de Flávio Dino tem gente ainda mais próxima envolvida no esquema. Sua cunhada, Jane Rodrigues, que teve R$ 50 mil bloqueados pela Justiça Federal e é apontada como um dos cabeças da lista de funcionários fantasmas da SES. Casada com um dos irmãos de Jerry, Jane se aproxima do gabinete de Flávio Dino por meio do cunhado, principal auxiliar do governador.

A trama descoberta pela Polícia Federal bota, portanto, o esquema da Operação Pegadores no principal gabinete do Palácio dos Leões, por intermédio de Márcio Jerry, o homem de confiança do comunista.

Com informações de Estado Maior, de O EstadoMaranhão

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Operação Pegadores: Rosângela Curado vai falar…

Estima-se que o depoimento de Curado possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na Saúde do Maranhão, segundo acusou a PF

Rosângela Curado é literalmente, o braço direito do governador do Maranhão

A ex-secretária de Saúde assumiu a pasta no começo do governo Flávio Dino (PC do B), era mulher forte no início e depois foi repentinamente demitida, até hoje não se sabe os reais motivos, talvez a operação da Polícia Federal consiga esclarecer os reais motivos.

Corre à boca miúda, que a aliada do governador Flávio Dino, Rosângela Curado que está presa na cela da Polícia Federal, vai depor hoje (17), aos membros responsáveis pela operação que apontou desvios milionários na gestão comunista. Estima-se que o depoimento dela possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na saúde do Maranhão, segundo a PF e a Controladoria Geral da União.

Mulher que operava os “empregos”, Curado deve explicar amplamente como e o porquê a enfermeira Keilane Silva, recebia mensalmente mais de R$ 14 mil (Quatorze Mil Reais), e dentre outros funcionários que recebiam sem nem pisar nas Unidades de Saúde.

Em tempo: há quem diga que a indicação da enfermeira Keilane Silva, seja indicação pessoal de um super-secretário do governo Flávio Dino

E mais: para receber um salário ‘pomposo’ deste tem que ser uma enfermeira muito boa.

Pra fechar: será que Curado vai delatar???

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache