Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Operação Pegadores: Rosângela Curado vai falar…

Estima-se que o depoimento de Curado possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na Saúde do Maranhão, segundo acusou a PF

Rosângela Curado é literalmente, o braço direito do governador do Maranhão

A ex-secretária de Saúde assumiu a pasta no começo do governo Flávio Dino (PC do B), era mulher forte no início e depois foi repentinamente demitida, até hoje não se sabe os reais motivos, talvez a operação da Polícia Federal consiga esclarecer os reais motivos.

Corre à boca miúda, que a aliada do governador Flávio Dino, Rosângela Curado que está presa na cela da Polícia Federal, vai depor hoje (17), aos membros responsáveis pela operação que apontou desvios milionários na gestão comunista. Estima-se que o depoimento dela possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na saúde do Maranhão, segundo a PF e a Controladoria Geral da União.

Mulher que operava os “empregos”, Curado deve explicar amplamente como e o porquê a enfermeira Keilane Silva, recebia mensalmente mais de R$ 14 mil (Quatorze Mil Reais), e dentre outros funcionários que recebiam sem nem pisar nas Unidades de Saúde.

Em tempo: há quem diga que a indicação da enfermeira Keilane Silva, seja indicação pessoal de um super-secretário do governo Flávio Dino

E mais: para receber um salário ‘pomposo’ deste tem que ser uma enfermeira muito boa.

Pra fechar: será que Curado vai delatar???

Agora!!! Desgraçado matou a ex-esposa no Bom Jesus / Coroadinho

Vagabundo não se conformou com a separação e matou a facadas, a ex-mulher em São Luís

Um feminicídio ocorrido agora, na manhã desta quinta-feira (16), chocou a comunidade do Bom Jesus, na área do Coroadinho em São Luís. O segurança da UPA do Bacanga, conhecido como Batista, de 39 anos, inconformado com a separação, matou com várias facadas a ex-mulher Domingas Leidiele Sousa Maciel, de 37.

O crime foi por volta das 8h na residência da vítima, no bairro do Bom Jesus, a mulher havia acabado de deixar as duas filhas na escola. Segundo informações, Batista desferiu cerca de 10 facadas na ex-esposa.  socorrida.

Depois da execução, ele seguiu em rumo desconhecido, a Poícia Militar do Maranhão está à procura do desgraçado, feminicída.

 

Fiscalização eletrônica começa a multar amanhã (10), de novembro

A partir de amanhã, sexta-feira (10), o Sistema de Fiscalização Eletrônica de São Luís estará funcionando pra valer

A fiscalização com os radares eletrônicos garantirá segurança a motoristas e pedestres, além de organizar o bagunçado trânsito de São Luís, além de garantir o controle do trânsito. A fiscalização passa a funcionar em definitivo após um mês em caráter experimental.

Além do controle da velocidade máxima permitida que são de 60 KM/h, vários pontos da cidade, irão multar o condutar que avançar o sinal vermelho em mais de 30 semáforos, dentre eles os trechos da Avenida Daniel de La Touche, nas imediações do Colégio Adventista, do Bambuzal e da Avenida Principal do Cohajap; da Avenida Colares Moreira, próximo ao Tropical Shopping e Loja da TAM; da Avenida Castelo Branco, nas imediações da Igreja do São Francisco e do Posto Hélio Viana.

Na avenida São Luís Rei de França, os equipamentos estão instalados entre a Caixa Econômica e a Extrafarma; na Carlos Cunha, próximo ao Fórum de Justiça; na Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades da Forquilha, entre outros pontos da cidade, todos eles com fiscalização nos dois sentidos da via.

Fiscalização da Faixa Exclusiva (Linha Azul) 

A fiscalização eletrônica fará o monitoramento nos corredores exclusivos, pelos quais somente poderão trafegar ônibus, ambulâncias, táxis com passageiro e viaturas das polícias e da SMTT. A conversão pelos corredores exclusivos somente poderá ser feita por quem for realizar a conversão à direita. O uso indevido dessas faixas exclusivas incorre em Infração gravíssima.

A fiscalização também se estende aos ônibus, pois, se os veículos saírem da faixa exclusiva serão multados pela infração cometida. Os corredores exclusivos estão implantados nas avenidas Colares Moreira, Castelo Branco, Cajazeiras e Rio Branco.

Fique ligado! Dirija dentro da lei, do contrário, você receberá sua multa em casa!

Escândalo!!! Secretária Conceição Castro aditivou mais uma vez contrato com a Enter

Em agosto deste ano, a secretária de comunicação de São Luís, Conceição Castro assinou o 5º aditivo com a Enter; “Trem da alegria” iniciou com Márcio Jerry

A Enter já faturou dos cofres da Prefeitura de São Luís, mais de R$ 10 milhões num contrato que está sendo aditivado desde 2013, a secretária Conceição Castro realizou um novo aditivo no último mês de agosto, novo acordo vai até 2018. Aditivo publicado no diário oficial não consta valores.

Uma verdadeira “caixa de pandora” é este contrato sem licitação com o empresário Evilson Almeida, que se arrasta desde o começo da gestão do Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A ‘Seconzinha’ ainda mantém contratos com outras empresas sob o comando de Evilson, que são Addpress e a Imagine, todas com contratos milionários.

Veja o 5º Aditivo do contrato com a Enter Publicidade e Propaganda 

O aditivo feito pela secretaria de comunicação é da ordem de R$ 2.658.775 (Dois Milhões, seicentos e cinquenta e oito mil reais), como mostra a imagem abaixo.

Apenas de 2013 a 2017, a Enter foi empenhado à Enter, o valor exorbitante de R$ 15. 311. 870 (Quinze Milhões, trezentos e onze mil reais). Veja na imagem abaixo.

Blog avalia a relação dos prestadores de serviços fantasmas e pagos pela Enter sem Nota Fiscal e sem a comprovação dos serviços prestados, bem como, os contratos com a Imagine e AddPress.

 

 

 

Taxistas de São Luís à beira da extinção

Devido à disputa com app’s, taxistas não conseguem lucrar, abandonam a profissão e transferem a permissão por preços baixos

O taxista Paulo Sobrinho diz que a chegada dos aplicativos caiu o número de passageiros (Foto: Paulo Soares)

A concessão (placa) de táxi de uma pessoa para a outra, que antes era comercializada por cerca de R$ 30 mil, atualmente é negociada por no máximo R$ 10 mil, uma redução de mais de 50%. A defasagem no preço da permissão é um reflexo da falta de adeptos à profissão taxista, que atualmente encontra dificuldades para se manter no mercado. Os motoristas de táxi justificam que, devido à concorrência com aplicativos particulares, a procura pelos serviços oferecidos por eles é escassa e está difícil continuar na atividade.

De acordo com o Sindicato dos Taxistas de São Luís, até outubro deste ano 2.300 mil taxistas têm licença para circular na capital maranhense. Segundo o presidente da entidade, Renato Medeiros, se tornou comum taxista desistir da profissão e transferir a permissão para algum interessado por baixo preço. “Por causa da concorrência injusta com os motoristas de aplicativos particulares, os taxistas não conseguem lucrar e preferem sair do ramo. Com isso, eles transferem a permissão, que antes custava cerca de R$ 30 mil e hoje gira em torno de R$ 10 mil”, contou Medeiros.

Ainda segundo o presidente da entidade, os taxistas estão se adequando as inovações tecnológicas. “Nós estamos nos adequando a tecnologia. Exemplo disso foi a criação do aplicativo “Táxi Legal”. Não somos contra a nenhum aplicativo. A nossa reivindicação é que os motoristas de aplicativos particulares também paguem os mesmos impostos que pagamos, que não são baratos. Eles oferecem um serviço mais em conta, porque são isentos desses impostos”, ressaltou. O App “Táxi Legal” pode ser instalado no celular através do Play Store.

De acordo com o gerente operacional do App “Táxi Legal” em São Luís, a ferramenta proporciona segurança para os passageiros, é mais barata que os outros aplicativos, mas precisa ser mais divulgada. “O aplicativo “Táxi Legal” opera na capital e já possui cerca de 1.000 usuários, desde o seu lançamento, dia 30 de setembro deste ano. A corrida por meio do nosso aplicativo é mais em conta do que os outros. Além disso, oferecemos segurança, porque todos os taxistas são devidamente capacitados e cadastrados para tal função. A plataforma precisa ser mais divulgada, mas no momento o sindicato não tem condições de arcar com os custos de propaganda”, disse.

Taxista há 45 anos, Paulo Sobrinho, de 63, explica as dificuldades que enfrenta diariamente. “Depois que chegou os aplicativos, caiu muito o número de passageiros. Antes eu conseguia faturar por dia R$ 180, mas agora consigo entre R$ 50 e 70. Está muito difícil pra toda a categoria garantir o sustento”, relatou.

O taxista Eduardo José Bittencourt, de 58 anos, explica que taxista é profissão e não um trabalho para complementar renda. Somos treinados para trabalhar. Sustentamos nossa família com esse dinheiro. Não estamos trabalhando por um capital extra. A concorrência com os aplicativos é desleal, porque eles não contribuem com altos impostos, como pagamos”, disse Eduardo, que já é motorista de táxi há 26 anos.

Frase

“Não somos contra a nenhum aplicativo. A nossa reivindicação é que os motoristas de aplicativos particulares também paguem os mesmos impostos que pagamos, que não são baratos. Eles oferecem um serviço mais em conta, porque são isentos desses impostos”

Renato Medeiros

Presidente do Sindicato dos Taxistas de São Luís

Com informações de O Estado

Ministério Público deve auditar contrato da Enter Propaganda com a Prefeitura de São Luís

Contrato entre a Enter Propaganda e a Prefeitura de São Luís vem sendo aditivado desde 2013; Montante pago pela prefeitura já ultrapassa R$ 10 milhões

Contrato foi assinado pelo então Secretário de comunicação Márcio Jerry (dir) e a atual secretária Conceição Castro (esq), aditivos são feitos com dispensa de licitação

Contrato com a Enter Propaganda do empresário Evilson Almeida, foi asinado desde 2013, pelo então secretário de comunicação de São Luís, Márcio Jerry, por R$ 9 milhões (Nove Milhões),  atualmente, o contrato com a empresa do Monte Castelo já está no 5º Aditivo, desta feita foi assinado pela atual secretária Conceição Castro.

O Blog recebeu denúncia e averigua documentação, que a Enter Propaganda está pagando cabos eleitorais que simulam prestar serviços de publicidade e propaganda para a Prefeitura de São Luís.

Veja abaixo, quanto a Secretaria de Comunicação de São Luís pagou em 2013 para a Enter, quando da assinatura do contrato, efetivado por Márcio Jerry.

O Blog analisa a documentação dos Pedidos de Inserção – PI da Enter com personagens fantasmas que “prestam o serviço” para a prefeitura de São Luís e publica este escândalo que com certeza deverá ser apurado pelo Ministério Público.

Empresa de Evilson Almeida arrecada cerca de 25% do valor da Nota Fiscal em forma de comissão, valores variam de R$ 1.000,00 (Mil Reais) a R$ 3.000,00 (Três Mil Reais).

Em tempo: Blog publica amanhã todos os aditivos realizados pela secretaria de comunicação de São Luís com a Enter Propaganda.

 

 

 

Prefeitura antecipa pagamento dos servidores municipais para amanhã, quarta (1º)

A Prefeitura de São Luís vai antecipar o pagamento dos servidores, que pelo calendário seria efetuado na sexta-feira (3)

A Prefeitura de São Luís vai antecipar o pagamento dos servidores municipais, que pelo calendário seria efetuado na sexta-feira (3) para esta quarta-feira (1°). O pagamento é referente a outubro e é realizado via Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz). O dinheiro estará disponível na conta dos servidores logo nas primeiras horas do dia.

Mesmo diante da crise econômica nacional, por determinação do prefeito Edivaldo vem sendo cumprida a regularidade de pagamentos. A folha de pagamento do funcionalismo municipal é uma das prioridades e está sendo paga em dia, dentro da data estipulada em cronograma ou até antecipando o calendário de pagamentos para o exercício de 2017.

O secretário municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, ressaltou que esta é uma demanda prioritária da gestão. “O prefeito Edivaldo é sensível às necessidades dos servidores, de suas demandas e do quanto é importante que sejam remunerados em dia pelo seu trabalho. Apesar da crise econômica instalada no país, da queda no repasse de recursos federais e das dificuldades para a arrecadação municipal, o prefeito tem reunido todos os esforços para cumprir seu compromisso com o servidor e continuar honrando os pagamentos em dia e investindo na cidade”, pontuou.

Os recursos injetados nas contas dos servidores com os pagamentos vão beneficiar não só o funcionário público, mas também, toda a economia local. “Esse compromisso do prefeito mostra que a gestão está empenhada com a população e a cidade, pagando em dia, sempre antes do quinto dia inútil e promovendo as melhorias que a capital precisa”, enfatizou Rodrigues.

Os servidores municipais têm acesso às informações de seus vencimentos nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. A informação também pode ser acessada através do site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, menu do lado esquerdo, informando o número da matrícula e senha.

Com informações da Agência São Luís

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Speed Treinamentos

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Speed Treinamentos por meio de sua assessoria jurídica, vem por meio de suas advogadas, em atenção à notícia publicada no endereço eletrônico http://filipemota.com.br/faculdadepitagoras-e-speed-treinamentos-dao-calote-em-pais-e-alunos-em-sao-luis/ esclarecer que:

A SPEED TREINAMENTOS, sediada no estado de São Paulo, é uma empresa idônea que promove educação profissional há mais de 15 anos, por meio de cursos profissionalizantes livres que são ministrados em polos educacionais situados nas dependências de diversas universidades particulares em nosso país.

Ressalte-se que a SPEED TREINAMENTOS, apresenta uma proposta séria, bem como possui comprometimento com seus coordenadores, professores, parceiros e acima de tudo com os seus consumidores.

Tenha-se presente que a Speed Treinamentos, por meio de sua coordenadoria pedagógica informa que a carga horária dos cursos ministrados nas dependências da faculdade Pitágoras, estão sendo cumpridas de acordo com o cronograma traçado, e que no dia da veiculação da notícia, os alunos apenas foram transferidos de um bloco para outro em razão de pintura para conservação e asseio no bloco onde as aulas são normalmente ministradas.

No que diz respeito ao material didático, do módulo de inglês, este é confeccionado no estado do Mato Grosso, e foi encaminhado para a filial de São Luís por meio da Latam Cargo em 02/10/2017, devendo ter sido entregue até o dia 07/10/2017, que em razão do extravio pela empresa acima indicada ainda não chegou ao seu destino, razão pela qual, contamos com a compreensão de nossos alunos, uma vez que estamos diligenciando para que este problema se resolva o quanto antes.

Ainda, cumpre-nos informar que a Faculdade Pitágoras não possui qualquer responsabilidade pelos cursos ministrados em suas dependências, pois, a Speed Treinamentos loca o espaço em questão.

Além disso, colocamos a disposição de nossos alunos os seguintes contatos:

  • (11) 4731-3299
  • Whatsapp (11) 9.6384-0945
  • E-mail: atendimento@speedtreinamentos.com.br

Ficamos à disposição, para eventuais esclarecimentos que se fizerem necessários.

Atenciosamente,

Speed Treinamentos