Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

‘Mobilização Social’ lança a pré-candidatura de Margarida Macedo

O movimento político é uma união de profissionais de diversos setores com o objetivo de buscar alternativas relevantes para o desenvolvimento social

Margarida Macedo será candidata do grupo ‘Mobilização Social’ pelo MDB

O grupo Mobilização Social Maranhão lançou a pré candidatura de Margarida Macedo para Deputada Estadual. O movimento político, é uma união de profissionais de diversos setores do estado, que tem como objetivo buscar alternativas relevantes para o Social.

O grupo desenvolve projetos de políticas públicas, e tem conseguido realizar importantes projetos como “Escola Verde”, que tem como proposta ser um instrumento significativo para a melhoria da qualidade de vida da comunidade escolar, por meio de ensino de técnicas agrícolas e o cultivo de diversas culturas dentro da escola, para o consumo na merenda escolar.

Dentre estes projetos sociais desenvolvidos pelo grupo estão mutirões, ações sociais e ações voltadas para as donas de casas que é desenvolvido diretamente pela pré candidata Margarida Macedo.

“Queremos chamar atenção para a corresponsabilidade de todos nessas eleições de como a renovação política é necessária. Só mudaremos o cenário político através de novas pessoas, com bom caráter e sensibilidade para fazer”, afirmou Júnior Leite, presidente do Mobilização Social Maranhão.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Empresário dono da Rey do Vidro, doou R$ 55 mil para a campanha de Flávio Dino

Funcionário Público, Aldo Oberdan acusou empresários de terem lavado dinheiro com sua empresa e que sofreu ameaça por parte de Igor Mesquita, do Rey do Vidro

Empresário Igor Mesquita teria ameaçado Aldo Oberdan

O empresário Aldo Oberdan relatou em depoimento que teria sido ameaçado por um empresário, segundo ele, seria Igor Mesquita, dono da loja Rey dos Vidros, situada na Camboa. Empresa também participou de doações da campanha de Flávio Dino (PC do B).

Aldo Oberdan acusa Carlos Alberto Miranda e Igor Mesquita de terem usado sua empresa a Aldoimagem para lavar dinheiro na campanha do então candidato ao governo do Maranhão, em 2014, Flávio Dino.

O Blog fez uma busca e encontrou que a empresa Rey do Vidro LTDA, CNPJ: 69.577.21/0001-98 doou R$ 25.825,00 (Vinte e cinco mil, oitocentos e vinte e cinco reais), ao Comitê Financeiro do candidato Flávio Dino e mais R$ 30.000,00 (Trinta mil reais), ao Comitê Financeiro do PC do B, no total, foram mais de R$ 55 mil em doações, como mostra abaixo, o infográfico.

O empresário Igor Mesquita, figura como amigo em comum com os membros do PC do B, Márcio Jerry e Ednaldo Neves, e também com o vereador Marcelo Poeta, também do mesmo partido.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

A ‘Feirinha São Luís’ está em festa e comemora edição de 1 ano

Neste domingo (10), a Feirinha São Luís comemora 1 ano de implantação deste importante projeto que encantou a todos

O vereador Ivaldo Rodrigues, secretário municipal da Semapa, tem motivos de sobra para comemorar 1 ano de implantação da ‘Feirinha São Luís’. Aumentou a geração de emprego e renda, deu oportunidades de trabalho direta e indiretamente, contribuiu para o desenvolvimento da escoação da produção agrícola da capital, fortaleceu a agricultura familiar, fomentou o turismo e potencializou a arte e a cultura local.

Parabéns à Feirinha, na pessoa de seus organizadores e colaboradores em geral. Parece até que tem mais de 1 ano!!! Dá uma olhada no flyer e confira a programação especial que foi preparada.

O Quê ? Aniversário de 1 ano da Feirinha São Luís

Quando ? Domingo, dia 10 de Junho

Horas ? A partir das 7 horas

Venha e traga a família!!!

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Sargento da PMMA matou namorada e cometeu suicídio em São Luís

Os corpos do sargento e de sua namorada foram encontrados num quarto na casa da mãe do militar, no bairro da Cohab

O policial militar foi identificado como Marcos Vinícius Gomes Costa, ele estava lotado no Comando Geral da PM. Segundo parentes, ele insistia em continuar o relacionamento com Marcele Cardoso da Silva, de 24 anos, e acabou praticando o crime.

As primeiras informações dão conta que o sargento Vinícius Polícia assassinou a própria namorada e, em seguida, cometeu suicídio, na noite da quarta-feira (6). O caso bárbaro foi registrado no bairro da Cohab, na casa da mãe do sargento.

O sargento tinha um filho de outro casamento e chegou a informar, por telefone, a ex-mulher que iria se matar. Os corpos foram encontrados na manhã de hoje (7). Uma equipe da polícia está no local.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

São João do Maranhão no vermelho…

Com a panelinha dos amigos de Márcio Jerry – já que Flávio Dino não tem qualquer vínculo com a cultura maranhense – governo comunista promove São João descaracterizado com artistas nacionais

Para quem usa chapéu de boiero e matraca em pleno carnaval, Flávio Dino está adequado a um São João com Agnaldo Timóteo

O governador Flávio Dino (PC do B), descaracterizou os últimos quatro carnavais maranhenses para fazer graça aos seus amiguinhos comunistas, que receberam para cantar nos bailes pagos com dinheiro público.

Agora, faz isso também com o São João, em que deixa de fora artistas com forte vínculo com a cultura maranhense de raiz, para botar nos palcos amiguinhos de faculdade – sobretudo do ex-secretário Márcio Jerry, já que Dino tem pouca ou nenhuma relação com as artes e a cultura maranhense.

O “São João de Todos Nós” terá artistas como Fagner, mais conhecido pela música romântica, e Agnaldo Timóteo, lenda viva do bolero, mas de pouca afinidade com o bumba-meu-boi ou os ritmos que marcam as festas juninas do Maranhão.

Artistas maranhenses tiveram que se submeter a um edital, que pedia, dentre outras coisas, até mesmo atestado de quitação com a Caema (?).

E muitos, como Mano Borges, foram desclassificados por não atenderem aos critérios do evento.

Ora, que critérios usaram os gênios da cultura do governo comunista para definir que Agnaldo Timóteo e Fagner tem a ver com o São João do Maranhão e Mano Borges não?

Filiada ao partido de Flávio Dino, Leci Brandão, ao lado do agressor de mulher, Netinho, ganhou cadeira cativa nas viradas do ano comunista

A panelinha comunista na cultura tem provocado aberrações como a presença de Elza Soares cantando no Carnaval ou a comunista Leci Brandão fazendo shows da virada um ano atrás do outro.

Outros artistas, como Betto Pereira e Carlinhos Veloz, também ignorados nos editais culturais do governo, manifestaram sua crítica de forma dura ao governo, mostrando, inclusive, que não precisam de editais para cantar em sua própria terra.

O São João vermelho de Flávio Dino é uma aberração cultural que descaracteriza a cultura maranhense.

É mais uma “avermelhação” dos signos e símbolos mais significativos do estado…

Com informações de ‘Estado Maior’, de O EstadoMaranhão

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Depois de acabar com o carnaval, Flávio Dino e Edivaldo Holanda Jr. bagunçam o São João

Carlinhos Veloz fez um duro discurso nas redes sociais

Municipio de São Luís:

O prefeito Edivaldo Holanda Jr demonstra com seus aliados que não suporta a cultura maranhense, que só beneficia alguns aliados, mais esquece a cultura ludovicense , efetivou o Marlon Botão como secretário de cultura, senhor esse que é repudiado por grande parte das verdadeiras pessoas que fazem cultura em São Luís, vamos ficar de olho para expor as emendas e convênios escabrosos que talvez irão ter no São João.

Governo do Estado:

O governador Flávio Dino (PC do B),por sua vez  mesmo arrecandando como nunca antes na história do Maranhão, conseguiu acabar com a cultura do estado, foi assim no carnaval, está sendo assim com o São João. O último festejo junino sob o comando dos comunistas está repleto de apresentações camaradas forasteiras e excluiu as associações culturais, grupos tradicionais e até mesmo os cantores da terra ficaram de fora do São João maranhense.

Desde que tomou conhecimento do dinheiro da Lei de Incentivo à Cultura, o governador utiliza os recursos para realizar as ações do próprio governo. Grupo Mateus, Cemar, Centro Elétrico e empresas estão pagando a conta.

Como o dinheiro que era para fomentar as associações culturais maranhenses está endo utilizado de forma errada pelo governo do estado, cantores maranhenses tais como: Mano Borges, Betto Pereira, Carlinhos Veloz dentre outros estã fora da programação, para dar espaço para Agnaldo Timóteo, Alceu Valença e Fagner, até Lairton dos Teclados, que anda fazendo ‘jingle’ do governador foi agraciado no São João.

Em tempo: o governo comunista alega que os artistas locais não apresentaram propostas para o edital de chamamento público.

E mais: e os cantores forasteiros, entram na licitação do São João???

Pra fechar: como afirmamos, em apenas 4 anos, Flávio Dino acabou com o carnaval e bagunçou o São João do Marahão.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Agora lascou!!! Botão permaneceu na Cultura de São Luís

O péssimo gestor Marlon Botão continua na secretaria municipal de cultura; gestão Edivaldo insiste nos erros

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), insiste nos erros ao efetivar Marlon Botão (PT), agora como secretário municipal de cultura, antes ele assumia como “adjunto”, uma vez que, não existia o cargo de secretário.

Pesam contra Botão, denúncias de envios de recursos para entidades fantasmas, atrasos no pagamento de cachês às apresentações culturais e até uma representação no Ministério Público Estadual.

Mesmo assim, Edivaldo efetiva Botão, insistindo e apostando na continuação dos mesmos erros – mais do mesmo.

Veja a nomeação do agora secretário municipal de cultura, Marlon Botão

 

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Com nome envolvido em escândalo, falastrão Sérgio Frota silenciou

Como o deputado Sérgio Frota não atende mais ligações, após ter aparecido em grampo. Uma fonte nos informou que ele só vai se pronunciar após sua assessoria jurídica obter o conhecimento dos autos e preparar a “defesa”

Acostumado a meter a mão na cara de torcedor e membros da imprensa, estrebuchar na Assembleia Legislativa, esculhambar nas rádios, o falastrão deputado Sérgio Frota (PR), teve seu nome envolvido num escândalo de futebol da Paraíba e que um grampo da Polícia Civil e do GAECO-PB, em uma ligação telefônica com o operador do esquema, o vice-presidente do Botafogo-PB, Breno Morais – Frota resolveu ficar em silêncio.

Além de denúncias na Paraíba, Blogs e a imprensa em geral estão dando grande repercussão ao caso, e mesmo assim, o deputado não fala nada, não lança uma Nota para informar a imprensa e consequentemente, a sociedade maranhense, bem como, os desportistas maranhnense.

Mas o deputado permanece calado – fonte do Blog nos informou que ele só vai falar após sua assessoria jurídica obter o total conhecimento dos autos e preparar a defesa.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache