Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

No Maranhão, corpos se amontoam no Instituto Médico Legal

19 corpos se amontoam no Instituto Médico Legal em São Luís, no Maranhão

No total, 19 corpos deram entrada nas últimas horas, entre o feriadão de Natal (entre a véspera e o feriado), deste número, 9 pessoas foram assassinadas por tiros, facadas e outros meios, apenas em São Luís e São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

A primeira vítima foi morta a tiros, foi no domingo (24), trata-se de Marcelo dos Santos Nascimento, de 20 anos. O assassinato aconteceu na Rua Sete de Setembro, na Vila Conceição, no Alto do Calhau.

Também no domingo, por volta das 23h, um homem foi morto, também por disparo de arma de fogo, ao lado da Igreja Católica de São José do Desterro, no bairro Desterro, no Centro Histórico de São Luís. Testemunhas disseram que ouviram cerca de seis disparos. A vítima teve morte confirmada no local.

Na segunda-feira (25), dia de Natal, mais duas mortes violentas envolvendo armas de fogo. Logo cedo, às 05h, a vítima foi Clebenilson Mota da Fonseca. O crime foi em frente à casa 17 da Rua da União, no Parque Jair, em São José de Ribamar.

No mesmo horário da ocorrência anterior, um homem ainda não identificado morreu após ter sido atingido por tiros. O Samu prestou atendimento e o levou para o Socorrão II, mas ele teve a morte informada minutos depois pela equipe médica. O crime foi na Alameda Porto Franco, no Jardim Tropical, no município de São José de Ribamar.

Ainda no dia 25, dois homicídios podem ter relação na área Itaqui-Bacanga. No Gapara, Lourival Sales Corrêa, conhecido como ‘Lourinho’ foi assassinado a golpes de arma branca e tiros também. Horas depois, as informações policiais neste princípio de investigação são de que na Vila Embratel, Ronald Mafra, conhecido como ‘Rony’ foi morto com um tiro na cabeça e morreu no local.

Ao lado do corpo da vítima foi encontrada uma faca, que teria sido utilizada no crime contra o Lourinho. Assim, a suspeita é que Rony tenha sido assassinado por conta do suposto envolvimento no outro homicídio. Tudo isso aconteceu na manhã de Natal.

Os outros corpos que se encontram no IML, em São Luís vieram do interior do Maranhão, as causas das mortes, fora por arma branca, arma de fogo e acidentes automobilísticos.

Em outro ponto da cidade, no Sacavém, Edvaldo Borges Neres, 30 anos, foi assassinado a golpes de faca. A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I), mas não resistiu. A autoria e a motivação ainda são desconhecidas. O crime foi por volta das 14h30, na Estrada da Vitória, no Sacavém.

Ainda na segunda, Railson Irapuan Cardoso, de 25 anos, morreu vítima de arma de fogo, na Rua da União, na Vila Bacanga, ao lado da Associação de Moradores da Vila Bacanga. Teve ainda, pelo mesmo motivo, a morte de Rafael Silva e Silva, de 29 anos. Ele morreu quando estava internado no Socorrão I.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Homem que assassinou ex-esposa com 40 facadas foi preso na Vila Nova República

Segundo a polícia, Batista foi levado à SHPP onde será autuado pelo crime de Feminicídio

Agentes da Superintendência de Homicídios (SHPP), por meio do Departamento de Feminicídio prenderam no fim da manhã desta segunda-feira (20), João Batista dos Santos, que estava foragido e se escondia na Vila Nova República, ele é o principal suspeito de ter assassinado com cerca de 40 facadas, a técnica em Enfermagem, Domingas Leidiele, 37 anos,

Segundo a polícia, Batista foi levado à SHPP onde será autuado pelo crime de Feminicídio.

Relembre o caso

A técnica em Enfermagem, Domingas Leidiele, 37 anos, foi assassinada a facadas dentro de casa, no bairro Bom Jesus, em São Luís. O corpo da mulher foi encontrado na manhã da última quinta-feira (16). O feminicídio chocou  os moradores do Coroadinho / Bom Jesus, onde a vítima  era muito conhecida. Batista era segurança da UPA do Bacanga e inconformado com a separação, matou com várias facadas a ex-mulher Domingas Leidiele.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

No Maranhão comunista, velórios e sepultamento só acontecem com escolta da PM

A violência está tão grande no Maranhão, que nem nos velórios e sepultamentos se tem segurança, são tiroteios e disputas de grupos rivais que amedrontam até os mortos

Na segunda-feira (10), grupos rivais se enfrentaram no velório que culminou com um tiroteio no sepultamento no cemitério do gavião, em pleno centro de São Luís.

“No Maranhão, além dos vivos, a brava Polícia Militar tem que fazer a segurança até dos mortos”

Ontem (11), outros grupos rivais se enfrentaram durante um sepultamento que teve que ser transferido para outro cemitério, fora de São Luís. Segundo o Blog foi informado, a direção de um cemitério da capital foi informada se o enterro ocorresse no mesmo, um grupo iria fazer um verdadeiro arrastão dentro do “campo santo”.

Como visto, a segurança do governo Flávio Dino (PC do B), fracassou e parece não ter rumo para mudar o quadro de pânico e de terror que se encontra a população.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Assassinatos, latrocínios, roubos e furtos aterrorizam a população de São Luís

Apenas nesta semana de sexta-feira (17), até ontem, quarta-feira, (22) já foram  14 mortes violentas entre homicídios, latrocínios e feminicídio

Assassinatos ocorreram ontem (22), os corpos deram entrada nas últimas horas, no Instituto Médico Legal (IML). A primeira vítima foi Andreilson Ferreira, de 32 anos, morto em confronto com rivais no bairro da Liberdade.

Outro assassinato ocorreu na Vila Cafeteira, onde Tiago Marques da Silva, de apenas 16 anos foi assassinado com vários a tiros.

E, por último, foi a morte por disparos de arma de fogo de, Antônio Carlos, de 34 anos, a causa teria sido desavenças entre rivais no Paranã, próximo ao Maiobão.

O número de mortes e latrocínios neste mês de março são alarmantes, os bandidos todos armados, o cidadão ao meio do fogo cruzado e sem a mínima condição de se defender.

Quem será a próxima vítima, que perderá a sua vida por causa de um aparelho de celular????

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Empresário é morto com tiro na cabeça em São Luís

socorraoi

Um homem foi morto com um tiro na cabeça agora há pouco, na Rua do Norte, no centro de São Luís. A vítima, trata-se de um empresário com a identificação não declarada. Ele foi surpreendido por dois homens armados num Classic prata, os elementos já chegaram atirando.

A vítima foi atingida por uma bala na cabeça,  ele ainda foi socorrido e encaminhado para o Socorrão I, que fica há poucos metros do local do homicídio, mas infelizmente veio a óbito.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache