Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Escândalo!!! Governo do Maranhão vai tentar forjar e dar “laranjada” em advérsários

Os comandos da PM em todo estado deverão informar as lideranças que fazem oposição ao governo local (ex-prefeito, ex-deputado, ex-vereador) ou ao Governo do Estado, e que podem causar embaraços ao pleito eleitoral

Uma Circular de Nº 08/2018, da Polícia Militar do Maranhão é no mínimo ditatorial e já foi direcionada a todo estado e é bem clara: “informar as lideranças que fazem oposição ao governo local e ao governo do Estado”. Veja!!!

 

Isso não é mais uma novidade neste governo comunista, nas eleições municipais em 2016, as forças policiais foram utilizadas à todo vapor para intimidar adversários de Flávio Dino (PC do B), bem como seus aliados.

A ordem do governador, que foi repassada ao Comando de Policiamento de Área do Interior da Polícia Militar do Estado, fere de morte a democracia e a liberdade de expressão e o voto livre.

A Circular determina que os comandantes das unidades da Polícia Militar façam o levantamento de ex-prefeitos, ex-vereadores, ex-deputados e lideranças que sejam adversários dos prefeitos locais e de Flávio Dino.

O escândalo mesmo é quando um documento oficial da Polícia Militar utiliza o termo “embaraços eleitorais” que porventura os adversários possam criar ao governador.

 

Mordaça à imprensa e à Liberdade de Expressão

Costumeiramente, o governador Flávio Dino tenta, a todo custo, cercear a liberdade de expressão de blogueiros, jornalistas e infleunciadores digitais, sua principal tática é desmoralizar a figura publicamente, de modo, que se passe para a sociedade que as acusações contra o governo não são verídicas e o acusador perca a credibilidade.

Cria também forjados com prisões e “laranjadas” em quem não reza a cartilha comunista, na clara tentativa de desestabilizar e roubar a credibilidade de seus adversários.

Em tempo: usar a força das policiais no processo eleitoral faz parte do procedimento pedagógico do governador do Maranhão, basta ver o que foi feito em 2016.

E mais: estas ações de aparelhamento das forças policiais é mais um escândalo no governo comunista do Maranhão, que suas ações se assemelham às da ‘Venezuela’. 

100 mil miseráveis por ano no Maranhão, durante o governo Flávio Dino, diz IBGE

Em três anos de mandato, Flávio Dino e seu grupo seguem a mesma linha dos projetos comunistas mundo a fora, que aumentam a pobreza nos países por onde passam

São 312 mil maranhenses que chegaram “à pobreza extrema” no estado, entre os anos de 2015, 2016 e 2017, segundo constatou estudo do IBGE, divulgado em dezembro. A conta é simples: 312 mil miseráveis (pessoas abaixo da linha da pobreza), surgiram no Maranhão exatamente no período do governo comunista de Flávio Dino.

Por esta conta, levando-se em consideração uma eventual reeleição do comunista, o Maranhão terá, ao fim de 2022 nada menos que 830 mil novos miseráveis, frutos da política de arrocho, opressão estatal e pouca importância ao setor produtivo.

Mas o que o comunismo maranhense produz não deve ser surpresa, levando-se em conta o que ele faz no mundo. É assim na Venezuela, na Coreia do Norte e em vários outros países que optam por esta ideologia política e seus conceitos opressores.

Em seu discurso de posse, Flávio Dino usou o termo “comunismo de resultados” e até pregou que implantaria o “capitalismo no Maranhão”, num contrassenso só visto em alguém capaz de juntar na mesma pessoa os dogmas do cristianismo e o autoritarismo do marxismo.

Mas o que fez o comunista maranhense foi levar a cabo uma política nos moldes do ditador venezuelano, Nicolas Maduro ou do tirano norte-coreano Kim Jong-un, que seu partido, o PC do B, faz questão de exibir como ídolos em seus veículos de comunicação.

Coincidência ou não, o resultado é exatamente a geração de maranhenses na “extrema pobreza” e um PIB 8% menor que em 2014, fruto direto da perseguição a empresas e iniciativa privada.

Assim segue o Maranhão da mudança pregado por Dino em 2015.

E queira Deus ainda exista ao fim do ciclo comunista que o assola…

Com informações do Blog de Marco D’éça

 

Migalhas comunistas fazem deputados estaduais se matarem por causa de uma ‘Patrol’

Uma briga de “foice e martelo” fazem deputados estaduais brigarem pela titularide de motoniveladora (Patrol), ao município de Porto Franco

Os deputados estaduais Léo Cunha (PSC) e Rogério Cafeteira (PSB), quase vão às vias de fato por causa das migalhas “lançadas” pelo governo Flávio Dino (PC do B), ocorre que ambos brigam pelas redes sociais para ser o “pai” de uma máquina motoniveladora que foi doada pelo governo do estado ao município de Porto Franco.

Cafeteira, que é líder do governo Flávio Dino, soube que o pedido do deputado Léo Cunha teria sido atendido e partiu para o ataque, pelo visto conseguiu, Cunha nem apareceu na entrega da “maquininha”.

O governo comunista proporciona, deliberadamente, estes abusos, não libera emendas dos que são contra seus desmandos, não entrega obras e maquinários onde os seus críticos tem base eleitoral e quando decide entregar uma “maquininha” para um município é aquela confusão.

“Quando fizer o bem, faça-o aos poucos. Quando for praticar o mal, é fazê-lo de uma vez só”. Nicolau Maquiavel

Escândalo!!! Hospitais sem mamógrafos e governo Flávio Dino gasta R$ 300 milhões em propaganda

Até o final da gestão comunista, os gastos com propaganda superam R$ 300 milhões; montante daria para comprar mais de 400 mamógrafos

Reportagem do Bom Dia Brasil de hoje (4), mostra que o estado do Maranhão desde 2015, ocupa a 24ª posição em oferta de mamógrafos nos hospitais públicos. A pesquisa foi realizada nas 27 capitais, portanto, o estado desde 2015, quando foi realizado o levantamento.

A questão não é por falta de recursos financeiros, é por falta de gestão pública, o governo Flávio Dino (PC do B), gastou em seu primeiro ano (2015), cerca de R$ 40 milhões com propaganda, e esta conta só veio aumentando nos anos anteriores, ano passado (2016) foram gastos mais R$ 66,7 milhões e neste ano (2017), restando ainda 3 meses para o fim do ano, já foram gastos R$ 68 milhões.

A Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) é comandada pelo poderoso Márcio Jerry, que será candidato a deputado federal no ano que vem.

Para o ano que vem (2018), ano de eleição, o governo Dino enviou à Assembleia Legislativa um gasto ainda maior com propaganda, serão gastos inicialmente, R$ 62 milhões.

O preço de um mamógrafo que falta na rede pública estadual, custa em média R$ 70 mil, ao longo destes anos gastando o dinheiro do contribuinte com propagandas, daria para comprar quase 500 mamógrafos e atender a demanda de prevenção ao câncer de mama em todo o estado do Maranhão.

Em tempo: em quase 3 anos de gestão, o que se viu mesmo foi muita propaganda enganosa, numa clara tentativa de enganar a população.

E mais: o governo Flávio Dino carrega a máxima – “uma mentira contada repetidamente, vale por uma verdade”, foi assim durante a campanha, está sendo assim durante a gestão.

Pra fechar: chegamos aos R$ 300 milhões, porque o governo Flávio Dino sempre suplementa o orçamento da secretaria de comunicação com mais dinheiro.

Deputada vai denunciar Procurador que a mando de Flávio Dino tenta intimidar blogueiros

Andrea Murad diz que procurador-geral do estado usa estrutura pública para atender o governador Flávio Dino, no covarde papel de intimidar blogueiros

A líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputada Andrea Murad (PMDB), considerou acintosa a atitude do procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha, ao distribuir pedido de Direito de Resposta, prestando assistência jurídica individual, com recursos públicos, ao governador Flávio Dino (PC do B).

A parlamentar vai denunciar Maia ao Ministério Público, à própria PGE e à Justiça.

“Essa nota da Procuradoria-Geral do Estado que li publicada como direito de resposta nos blogs dos jornalistas Zeca Soares, Marco D’Eça e Gilberto Leda é um acinte, um escárnio e uma desmoralização aos procuradores, que precisam reagir em defesa de sua instituição. Vou representar contra Rodrigo Maia e Flávio Dino, mas espero que o presidente da Associação dos Procuradores do Estado também reaja com força contra essa violência praticada pelo procurador-geral que quer utilizar o órgão para censurar e intimidar a imprensa assim como vem fazendo com os adversários do governador”, afirmou a deputada.

Para a deputada, está claro que Rodrigo Maia está transformando a procuradoria em escritório particular de Flávio Dino.

“Uma violência, uma ilegalidade, uma vergonha que precisa ser severamente punida”, escreveu Andrea, nas redes sociais.

O procurador do estado usou a estrutura, servidores e equipamentos públicos para fazer defesa em nome da honra pessoal do governador Flávio Dino, acusado de receber propina de um executivo da Odebrecht.

A atitude de Maia foi criticada também pelo ex-procurador do estado Marcos Coutinho Lobo, que provocou:

O procurador decretou: “o Estado sou eu”. Eis, o Luis XIV, de verdade, do Maranhão.

Para Andrea Murad, o pedido de resposta teria que ser pessoal, de Flávio Dino, ou por intermédio de advogados particulares.

“Esse tipo de defesa não cabe à Procuradoria Geral do Estado”, explicou a deputada…

 

Escândalo na UPA da Vila Luizão!!!

Moradores da Vila Luizão estão se mobilizando para pedir o afastamento do Diretor da Unidade de Pronto Atendimento – UPA

Moradores e líderes comunitários da Vila Luizão, denunciaram o diretor-geral da Unidade de Pronto Atendimento – UPA da comunidade, segundo eles, o teto da unidade de nutrição desabou há pelo menos 2 meses, o hospital alaga toda vez que chove e persegue os funcionários.

Segundo foi informado ao Blog, Ricardo Lima era diretor de uma Unidade de Saúde no município de Codó, e era fiel escudeiro do xará Ricardo Murad e faz uma tremenda maquiagem na UPA da Vila Luizão.

Os moradores ainda informaram que os maus tratos com quem precisa de atendimento são constantes, segundo eles, o diretor chegou a dizer que o povo é à toa e mal educado. E também proibiu a entrada de pessoas com bermudas, camisetas dentre outros abusos.

A comunidade já articula um abaixo assinado pedindo a saída do diretor e uma manifestação na Secretaria de Estado da Saúde. 

E mais: Com a palavra o secretário de saúde, Carlos Lula!

Caso de Polícia no SINPROESEMMA!!! Sindicalistas ligados a Flávio Dino dão golpe em eleição

Apenas a chapa pelega e utilizada de manobras pelo partido do governador Flávio Dino – PC do B, chefe maior da oligarquia que se apoderou do Sindicato dos Professores, foi registrada

sinproesemma

O Blog vem desde a semana passada denunciando atos ilegítimos e ilegais da atual diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma).

A atual gestão em conluio com Comissão Eleitoral antecipou a eleição e modificou as regras, tudo com o claro intuito de dificultar a inscrição de outras chapas. De acordo com um documento divulgado agora à tarde/noite, a comissão eleitoral decidiu deferir apenas candidatura da chapa 1, denominada “Unidade e Luta por mais Conquistas”, chapa esta pelega e utilizada de manobra pelo partido do governador Flávio Dino – PC do B, chefe maior da oligarquia que se apoderou do Sindicato dos Professores.

A categoria este ano teve implantado o Piso Nacional e vantagens garantidas por lei.

A chapa 2 foi indeferida por ser composta apenas de 99 membros, quando eram necessários 110 profissionais da educação, e ainda apresentar representatividade em apenas 20 cidades, ao invés dos 59 municípios, isto porque as regras foram modificadas há poucos dias.

O Blog trará com exclusividade, documentos com as contas e contribuições dos professores e o porquê do partido do governador do Maranhão está há tanto tempo à frente do sindicato da categoria.

Imagem: No governo Flávio Dino, policiais são tratados como bandidos

janilson

O Império Comunista do Maranhão, do imperador Flávio Dino não perdoa os adversários e muito menos quem ousar se opor a seus ditames. Prova maior disso é esta imagem, que foi veiculada pelo próprio governo numa clara tentativa de intimidar policiais e adversários.

O Major Janilson Lindoso,  da Polícia Militar foi algemado até o cárcere onde cumprirá pena por ter sido acusado pelo governo Dino, por insubordinação às ordens do Comando Geral da PM, segundo informações da própria Secretaria de Segurança.

Após a prisão, o imperador do Maranhão debochou nas redes sociais, veja:

fd

Em sua postagem, o imperador do Maranhão absolveu os presidiários do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que estão “nus” em protesto contra o império comunista. Na sua postagem no Twitter, de onde passa o dia inteirinho brincando de comandar o Maranhão.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache