Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Flávio Dino curtiu: reforma política aprovada permite censura na internet durante eleições

Google, Facebook, Twitter e demais redes serão obrigadas a derrubar o conteúdo a partir de uma simples denúncia, em até 24h. 

Na reforma política aprovada pelos políticos na calada da noite, uma emenda acendeu a luz vermelha de empresas de tecnologia para a possibilidade de censura na internet durante o período eleitoral. O projeto foi aprovado e vai para a sanção presidencial.

A emenda é de autoria do deputado Aureo (SD/RJ), permite a qualquer usuário obter a suspensão de conteúdo “de discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa em desfavor de partido ou candidato” sem a necessidade de ordem judicial.

Plataformas como Google, Facebook ou Twitter serão obrigadas a derrubar o conteúdo com base numa simples denúncia, em até 24h. As empresas ainda serão obrigadas a fazer a “identificação pessoal do usuário que a publicou”.

A emenda foi aprovada apesar de o Marco Civil da Internet estabelecer um sistema de remoção de conteúdo mediante análise judicial.

O Blog entende que tem muita “fakenews” rolando pelas redes sociais, contudo, o mecanismo mais necessário e democrático é a pessoa prejudicada procurar os mecanismos via judicial e processar o autor.

Obrigar as plataformas a excluírem publicações por meio de uma simples denúncia é censura grave e um verdadeiro retrocesso.

Em tempo: o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), curtiu a aprovação desta emenda, com ela, o governador deixará de processar blogueiros e influenciadores digitais, criminalmente, como já fez com vários desde que assumiu o poder.

E mais: jornalistas, blogueiros e comunicadores em geral, são perseguidos pelo governador, que já usou até a estrutura da Procuradoria do Estado para intimidar e tentar censurar profissionais. 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Deputada vai denunciar Procurador que a mando de Flávio Dino tenta intimidar blogueiros

Andrea Murad diz que procurador-geral do estado usa estrutura pública para atender o governador Flávio Dino, no covarde papel de intimidar blogueiros

A líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputada Andrea Murad (PMDB), considerou acintosa a atitude do procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha, ao distribuir pedido de Direito de Resposta, prestando assistência jurídica individual, com recursos públicos, ao governador Flávio Dino (PC do B).

A parlamentar vai denunciar Maia ao Ministério Público, à própria PGE e à Justiça.

“Essa nota da Procuradoria-Geral do Estado que li publicada como direito de resposta nos blogs dos jornalistas Zeca Soares, Marco D’Eça e Gilberto Leda é um acinte, um escárnio e uma desmoralização aos procuradores, que precisam reagir em defesa de sua instituição. Vou representar contra Rodrigo Maia e Flávio Dino, mas espero que o presidente da Associação dos Procuradores do Estado também reaja com força contra essa violência praticada pelo procurador-geral que quer utilizar o órgão para censurar e intimidar a imprensa assim como vem fazendo com os adversários do governador”, afirmou a deputada.

Para a deputada, está claro que Rodrigo Maia está transformando a procuradoria em escritório particular de Flávio Dino.

“Uma violência, uma ilegalidade, uma vergonha que precisa ser severamente punida”, escreveu Andrea, nas redes sociais.

O procurador do estado usou a estrutura, servidores e equipamentos públicos para fazer defesa em nome da honra pessoal do governador Flávio Dino, acusado de receber propina de um executivo da Odebrecht.

A atitude de Maia foi criticada também pelo ex-procurador do estado Marcos Coutinho Lobo, que provocou:

O procurador decretou: “o Estado sou eu”. Eis, o Luis XIV, de verdade, do Maranhão.

Para Andrea Murad, o pedido de resposta teria que ser pessoal, de Flávio Dino, ou por intermédio de advogados particulares.

“Esse tipo de defesa não cabe à Procuradoria Geral do Estado”, explicou a deputada…

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Em primeira mão!!! Prefeito de São Luís entra na justiça e manda facebook tirar páginas do ar

EDI H

O ainda prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), aprendeu com seu professor comunista e tutor Flávio Dino (PC do B), a censurar as verdades que são ditas nas redes sociais.

O Blog recebeu processo em que o prefeito recorreu à justiça para tirar páginas do ar, no Facebook, instagram, twitter, blogs e quaisquer outros meios que possam mostrar a verdade do caos administrativo que se encontra a atual gestão.

Também fomos informados que as páginas das redes sociais administradas por este Blog, que mostra as mazelas da atual administração, estão com os dias contados, a peça jurídica já está pronta para mandar tirá-las do ar.

REAFIRMAMOS que o direito inalienável da COMUNICAÇÃO é irmão siamês da DEMOCRACIA, podem até tentar separá-los, porém, um não vive sem o outro.

O Blog afirma que continuará mostrando os erros e promessas não cumpridas pelo atual gestor e seu grupo, seja por este meio (Web), que revolucionou a forma da comunicação, ou por quaisquer outros de interação com a população sofrida desta capital, denunciando e combatendo os que cometeram o MAIOR ESTELIONATO ELEITORAL já registrado pela história de São Luís. E que respeita e respeitará as INSTITUIÇÕES  democraticamente  estabelecidas, a JUSTIÇA dos homens e a de DEUS.

Veja o teor das peças jurídicas feitas a mando do prefeito Edivaldo Júnior, para tentar CENSURAR e AMORDAÇAR os trabalhadores das mídias e blogueiros.

13931502_10209232397119295_719657501_o 13932056_10209232395119245_1678124214_o 13932058_10209232396079269_1345622239_o 13932074_10209232391919165_395903683_o 13939989_10209232396359276_1259014155_o 13939991_10209232392319175_1908027850_o 13940087_10209232391279149_1672191077_o 13950513_10209232390639133_1228250485_o 13950687_10209232396679284_277084134_o 13950729_10209232396999292_1780510802_o 13950768_10209232396879289_1312352279_o 13950885_10209232391359151_828712185_o 13951081_10209232397239298_1069909154_o 13977829_10209232395239248_829065079_o 13987739_10209232394919240_1705983089_o 14002338_10209232396439278_2112104266_o 14002375_10209232395759261_1102065413_o 14002440_10209232395399252_2050553773_o

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais