Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

São Luís mais segura no trânsito com a nova sinalização eletrônica

“A fiscalização eletrônica traz maior segurança ao trânsito, dando tranquilidade tanto para o motorista quanto para o passageiro”

Com a fiscalização que começou a funcionar na última sexta-feira (10), em caráter definitivo, o poder público municipal monitora o trânsito da cidade através de fotossensores, além de câmeras para detectar, entre outras infrações, o uso de celular na direção, formação de fila dupla, avanço de sinal, estacionamento irregular e o não uso do cinto de segurança. Equipamentos como barreiras eletrônicas, para redução de velocidade em trechos específicos, também estão integrados ao sistema de monitoramento do trânsito da capital.

“A fiscalização eletrônica traz maior segurança ao trânsito, dando tranquilidade tanto para o motorista quanto para o passageiro”, ressaltou o taxista William Abreu, 32 anos. A categoria está entre os beneficiados com a implantação do novo sistema de fiscalização eletrônica no trânsito, já que a instalação de fotossensores nas vias permitiu a criação de uma faixa exclusiva para ônibus, ambulâncias, táxis com passageiro e viaturas das polícias e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT).

O secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, destaca que os benefícios da nova fiscalização eletrônica vão trazer maiores seguranças ao trânsito da capital. “O cumprimento das leis de trânsito, especialmente a atenção aos limites de velocidade, é uma postura que contribui para a promoção de um trânsito mais seguro para todos. Por isso, estamos estimulando os condutores para esse respeito à sinalização. Essa é uma ação que também faz parte do projeto de reestruturação do sistema de trânsito e transporte da cidade”, afirmou o secretário.

FAIXAS EXCLUSIVAS

Outras estratégias, como a da faixa exclusiva, que permite que veículos específicos circulem com mais eficiência, também integram essa nova configuração do trânsito da capital. Além de beneficiar os condutores dos veículos específicos, as faixas exclusivas – implantadas nas avenidas Colares Moreira, Castelo Branco, Cajazeiras e Rio Branco – favorecem os usuários do transporte coletivo. Para os passageiros, as vantagens incluem a possibilidade de um menor tempo de viagem.

Para Frank Sousa, 36 anos, a fiscalização do uso correto da faixa exclusiva favorece a conscientização dos condutores. “A fiscalização contribui, principalmente, para educar os condutores no trânsito. É assim, com respeito, que a faixa exclusiva terá maior eficácia, favorecendo a fluidez no trânsito”, disse.

Os fotossesores estão localizados em trechos da Avenida Daniel de La Touche, nas imediações do Colégio Adventista, do Bambuzal e da Avenida Principal do Cohajap; da Avenida Colares Moreira, próximo ao Tropical Shopping e Loja da TAM; da Avenida Castelo Branco, nas imediações da Igreja do São Francisco e do Posto Hélio Viana. Também podem ser encontrados na São Luís Rei de França, na altura da Caixa Econômica e da Extrafarma; na Carlos Cunha, próximo ao Fórum de Justiça; na Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades da Forquilha, entre outros pontos da cidade.

Edivaldo e Canindé avançam em melhorias viárias de São Luís

Na rotatória do antigo Alpha foi realizado serviço semelhante ao bem sucedido na Forquilha; a avenida Lourenço Vieira da Silva, que leva à Cidade Operária, foi transformada em mão única a partir do terminal do São Cristóvão

Prefeito Edivaldo entregou mais uma importante intervenção no trânsito de São Luís. Canindé mostra que se tiver oportunidade e meios de fazer, ele vai longe

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) e o secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, entregaram no último domingo (9), o novo complexo viário da avenida Guajajaras, no São Cristovão.

As intervenções realizadas pela SMTT substituíram a rotatória, que afogava o trânsito, e criava um imenso engarrafamento em todas a direções. Com novos sentidos, as alças e cruzamentos vão modificar por inteiro o trânsito na região.

A avenida Lourenço Vieira da Silva terá mão única, do terminal do São Cristovão até o novo cruzamento.

A partir de agora, o sentido à Cidade Operária se dará por vias paralelas à avenida Lourenço Vieira da Silva.

Canindé diz que a obra vai servir para dar maior fluidez ao trânsito da região, garantindo efetivamente uma mobilidade urbana para os moradores das muitas comunidades que vivem, trabalham e moram na região.

“O trânsito nessa região não fluía por causa da rotatória. A retirada, combinada à mudança no traçado de ruas e avenidas vão garantir a mobilidade urbana na região” explicou Canindé.

O prefeito Edivaldo garatiu que as mudanças viárias faz parte das mudanças que a prefeitura vem realizando em toda cidade vem tornando a mobilidade urbana como um dos símbolos de sua gestão.

“O trânsito já melhorou em todas as principais avenidas de São Luís, garantindo acesso rápido e seguro ao Centro, vindo de todas as direções da cidade” , disse o prefeito.

Atenção imprudentes!!! Novos fotossensores terão tecnologia mais moderna

Até mesmo as faixas exclusivas para ônibus serão monitoradas; instalação dos equipamentos iniciou no dia (4), e estará completa em 30 dias

Os 30 novos fotossensores que começaram a ser instalados na capital maranhense terão uma tecnologia mais moderna. É o que garante a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), que será responsável pela manutenção dos equipamentos. De acordo com a pasta municipal, até mesmo as faixas preferenciais dos ônibus fixadas em vias como a Avenida Colares Moreira, por exemplo, serão monitoradas.

Ainda segundo a pasta, o objetivo da inclusão dos equipamentos nessas faixas é verificar o cumprimento das leis de trânsito, em especial, o uso dos chamados “retornos de quadra”. De acordo com a SMTT, em alguns pontos, os motoristas infringem as regras de conduta e realizam retornos em locais irregulares.

Além de verificar possíveis infrações dos condutores, os novos fotossensores deverão ser mais resistentes às ações de corrosão, especialmente em uma cidade como São Luís, com forte influência das correntes marítimas. As câmeras, de acordo com o secretário titular da SMTT, Canindé Barros, serão interligadas a uma central de monitoramento elaborada especialmente para verificar as imagens produzidas pelas câmeras. “Vamos ter aqui na Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte uma Central de Controle de Operações que vai permitir o monitoramento em tempo real dos principais corredores de transportes”, frisou o gestor.

Outro trecho que deverá contar com os equipamentos será a Forquilha (na antiga rotatória de acesso a bairros como o Maiobão e Planalto Anil), que sofreu recentemente a intervenção do poder público para modificação da trajetória. A preocupação é evitar que os motoristas desobedeçam ao avanço do sinal vermelho, uma das infrações mais comuns no trânsito de São Luís.

Relembre

Os novos equipamentos – cuja instalação elétrica está a cargo da empresa Sigvias Instalações e Construções Ltda – começaram a ser fixados na sexta-feira (4). A primeira via a receber os dispositivos foi a avenida Daniel de La Touche, no conjunto semafórico situado ao lado de uma escola particular e a poucos metros do Elevado da Cohama. De acordo com a SMTT, se trata de um dos trechos mais críticos e sujeitos a acidentes da cidade. Somente na avenida Daniel de La Touche, serão três fotossensores instalados. Além destas vias, outras deverão receber os equipamentos, como as avenidas Jerônimo de Albuquerque, dos Africanos e Guajajaras.

A pasta confirmou ainda que os motoristas somente estarão expostos ao pagamento de multas, em caso de infrações flagradas pelos novos fotossensores, em até 30 dias.

Os antigos equipamentos de controle de velocidade de veículos foram retirados em abril deste ano por iniciativa da Arco Sinal (então empresa gestora), que alegou à época falta de pagamento por parte do Município.

Após a retirada da Arco Sinal, o Município (por meio da Central de Licitações) abriu certame para a seleção da nova empresa. Em junho deste ano, foi assinado o contrato entre a Prefeitura e o Consórcio LV.

Com informações de O Estado

Prefeitura de São Luís firma parceria para intervenção de trânsito no São Cristóvão

A Prefeitura de São Luís, em parceria com o Grupo Educacional Pitágoras, vai executar novas intervenções no trânsito da capital

A Prefeitura de São Luís, em parceria com o Grupo Educacional Pitágoras, vai executar novas intervenções no trânsito da capital que vão impactar na melhoria da mobilidade urbana e garantir mais segurança para motoristas e pedestres.

O acordo de Cooperação Técnica foi firmado na tarde desta segunda-feira (10) pelo prefeito Edivaldo, a gerente de Projetos, Daniela Simões Celebroni; o diretor geral da Faculdade Pitagóras-Maranhão, Joel Oliveira Gomes e o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros.

Com a parceria, serão executadas modificações no traçado geométrico, reestruturação viária e intervenções com a retirada de estruturas nas avenidas Guajajaras, Lourenço Vieira da Silva e Avenida 2, no são Cristóvão.

O prefeito Edivaldo destacou a importância de mais uma parceria firmada para resolver problemas de mobilidade na cidade. “Esta é a segunda intervenção que estamos realizando para melhorar a mobilidade no trânsito de São Luís, em parceria com o grupo Pitágoras. É mais uma obra de grande importância, que vai eliminar engarrafamentos em pontos antes considerados extremamente críticos na região do São Cristóvão. Em meio à crise econômica nacional e a queda de receitas que afetam as administrações municipais de todo o pais, é importante buscar parcerias, a exemplo desta, para investimentos na cidade”, afirmou Edivaldo.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, destacou que está é mais uma obra viária de grande relevância para melhoria do trânsito naquele setor. “O projeto a ser desenvolvido vai facilitar o fluxo de veículos e acabar os engarrafamentos no local, principalmente nos horários de pico”, disse Canindé Barros.

De acordo com o projeto, será retirada a rotatória que fica no cruzamento das avenidas Guajajaras com a Lourenço Vieira da Silva e será instalado um conjunto semafórico de dois tempos. “Essa alteração vai permitir maior fluidez ao trânsito naquele trecho, que hoje é bastante congestionado. É um complemento à obra realizada na Cohab, que está em fase de conclusão”, destaca o secretário da SMTT.

O projeto inclui a construção de um retorno de quadra, nas proximidades do Banco do Brasil. A alteração do traçado nesse local vai transformar em mão única o trecho entre o Terminal de Integração do São Cristóvão à Avenida Guajajaras.

Com a obra, quem transita no sentido Guajajaras em direção aos bairros da região, passará a fazer o retorno de quadra, passando por trás do banco, depois cruzar a Avenida Guajajaras novamente e seguir pela Avenida 2 até a Cidade Operária e outros bairros da região. Sinalização horizontal nos percursos alterados também estão incluídas no projeto de mobilidade urbana.

Com informações da Redação – Agência São Luís

Retorno da Forquilha: SMTT implanta sinalização e via deve ser inaugurada

O Secretário Canindé Barros, fiscaliza quase que diariamente as obras do retorno da forquilha, via passa por sinalização e deve ser entregue nos próximos dias; Sentido Cohab-São Cristóvão já foi liberado

Secretário vistoriou obras do Retorno da Forquilha

O Secretário Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, Canindé Barros, acompanhou a implantação do sistema de sinalização no Retorno da Forquilha, via será entregue nos próximos dias. Canindé aproveitou e autorizou  a liberação do sentido Cohab-São Cristóvão para desafogar o trânsito. 

“Iniciamos a implantação da sinalização semafórica e da sinalização vertical; e as obras do cruzamento estão em fase de conclusão, estamos  fazendo a geometria da via, dividindo o fluxo sentido Cohab-Anil e sentido Cohab-São Cristóvão”, afirmou Canindé.

Com a conclusão das obras, o trânsito em toda a extensão das avenidas Guajajaras, Estrada de Ribamar sentido Anil, Jerônimo de Albuquerque e na Estrada de Ribamar (MA 201), deve fluir com mais agilidade. A Prefeitura de São Luís deverá entregar a importante obra para a população de São Luís, e atender também a demanda dos moradores de Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

 Em tempo : A parceria da obra da Forquila é com o Governo do Estado.

O oportunismo midiático de Duarte Júnior

Se há no governo comunista alguém que queira aparecer mais do que o governador Flávio Dino, este alguém Duarte Júnior, do Procon

Duarte Junior em mais uma ação oportunista e querendo aparecer mais do que o patrão comunista, tentou hoje (20), virar todos os holofotes da mídia para si sobre o sistema de transportes e a volta da venda de crédito de meia passagem à estudantada.

O oportunismo chegou a um ponto que ele perdeu o ‘time’ e passou vergonha nas redes sociais. Tudo porque o próprio secretário de transportes, Canindé Barros, divulgou ontem à noite que o sistema havia sido normalizado, tanto publicou antes do que Duarte, que o ‘post’ do secretário está há 19 horas, e do presidente do Procon, há apenas 2.

A gana em aparacer é tão grande que depois de tudo resolvido o nobre “GAROTO DA MÍDIA”, na vontade de ‘twittar’, tentou se cobrir de méritos indevidos, veja!!!!

 

Retrocesso: A volta do passe estudantil em São Luís

Sistema de recarga de créditos para novamente e usuários não conseguem recarregar cartões 

O sistema está fora do ar novamente e solução encontrada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT é a volta do Passe Estudantil de papel, segundo informou o secretário Canindé Barros, por meio de sua página no Facebook.

A medida não é definitiva, mas causa um transtorno enorme aos estudantes, as filas devem aumentar com este processo de passe de papel que deverá ser utilizado a partir de hoje, quarta-feira (17). 

A partir das 16 horas de hoje, estará disponível no Terminal da Praia Grande e na Central dos Estudantes no Monte Castelo a venda de 10 passes estudantis por estudante, durante o prazo de 48 horas ou até que se resolva o problema.

A partir das 17 horas estarão disponíveis nos quatro terminais de Integração da cidade: Praia Grande, Cohama, Cohab/Cohatrac e São Cristóvão.

Canindé desenvolveu importantes ações no trânsito de São Luís

Audiências públicas, criações de comitês permanentes de discussão com a comunidade foram ao longo destes anos, moldando a mobilidade urbana de São Luís

Canindé costuma fiscalizar pessoalmente as modificações viárias em São Luís

O Sistema Integrado de Transportes – SIT, que permitiu a implantação dos Terminais de Integração em pontos estratégicos em São Luís foi implantado por Canindé Barros, além disso, o Cartão Estudantil, o Cartão do Transporte, o Cartão da Criança, Cartão do Idoso e Especial, foram conquistas que foram avançando com o tempo e garantindo melhoria digna aos usuários do sistema.

Audiências públicas, criações de comitês permanentes de discussão com a comunidade foram ao longo destes anos, moldando o trânsito e o transporte de São Luís.

Profissional e técnico na área de trânsito e transportes, Canindé Barros desenvolveu importantes ações no trânsito de São Luís.

Intervenção realizada na cabeceira da Ponte Bandeira Tribuzzi

A Intervenção viária na região do Jaracati, na saída da ponte Bandeira Tribuzzi, onde os engarrafamentos eram absurdos, e as colisões eram constantes foram minimizados com as modificações nas vias.

Intervenção realizada no Retorno do Aterro do Bacanga – Benefício para 200 mil habitantes

Intervenção viária no Retorno do Bacanga, onde índices colisões eram altíssimos, diminuíram com as ações de Canindé Barros, além disso, a via de acesso a uma importante região que abriga mais de 200 mil ludovicenses, puderam dar mais dignidade e mobilidade urbana na área, garantindo assim melhorias para estudantes, trabalhadores e a comunidade em geral; sem contar que garantiu também uma melhoria do acesso ao Porto do Itaqui e Ferry Boat.

Intervenção no Retorno do Tirirical – Entrada e Saída de São Luís

A intervenção realizada no Retorno do Tirirical foi de extrema importância, uma vez que os engarrafamentos para que entrava e saia da capital ludovicense eram um pesadelo na vida das pessoas que se dirigiam ao aeroporto e à BR 135.

Intervenção na Região do Aririzal

Outra importante intervenção foi na via de acesso a outro complexo de conjuntos habitacionais, da região do Turú,  na Avenida do  Aririzal, possibilitando maior fluidez ao trânsito, os moradores daquela área dormiam pensando nos engarrafamentos matutinos e na volta para casa também era outro sufoco.

Cruzamento da Avenida Holandeses com a Avenida Litorânea

Uma região onde ocorriam acidentes com mortes, na Avenida dos Holandeses, na entrada da via de acesso à Avenida Litorânea também sofreu modificações, garantindo mais segurança para pedestres e condutores.

A ação do tempo e o desgaste natural de quem exerce um cargo de extrema importância como a mobilidade urbana de uma Capital quatrocentona que recebe influência de uma Região Metropolitana é um desafio a mais a qualquer gestor público.

As ações implementadas pela secretaria municipal de trânsito e transportes – SMTT, foram significativas, contudo, é necessário uma ampla modificação de longo prazo para resolver as problemáticas do trânsito ludovicense, e para isso, apenas boa vontade como Canindé teve até agora não basta, é necessário orçamento, arrecadação e autonomia para mudar efetivamente a mobilidade de São Luís.

A verdade é que o fácil mesmo é ser a Pedra, a vidraça que todos querem ser ou parecer ser, é um caminho sinuoso e deve-se ter prudência para não cometer injustiças.

 

 

 

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache