Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

A FMF é uma ‘Matrioska’!!!

A Federação Maranhense de Futebol – FMF é de fato a ‘Matrioska’ da Copa do Mundo

Às custas da Federação Maranhense de Futebol -FMF, Confederação Brasileira de Futebol – CBF e dos clubes maranhenses que agonizam falta de recursos financeiros, Antônio Américo está em solo russo, acompanhando a Copa do Mundo de Futebol.

A informação foi dada em primeira mão por este Blog, reveja!!!

Voo da alegria!!! Presidente da FMF já está na Rússia

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Voo da alegria!!! Presidente da FMF já está na Rússia

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo já está na Rússia

Segundo a Confederação Brasileira de Futebol – CBF, os 27 presidentes das federações estaduais embarcaram no último sábado (9), para a Rússia. Eles foram convidados pela entidade-mãe do futebol brasileiro para prestigiar a Copa do Mundo.

O ‘Trenzinho da Alegria’, foi um compromisso de campanha do presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo. Além disso, o passe-livre aos dirigentes estaduais do futebol contam com vultuosos repasses em dinheiro para as 27 entidades.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo já está na Rússia. A entidade que comanda já foi acusada até de fraude na prestação de contas.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Caso de polícia!!! FMF altera CRC de contadora durante o fim de semana no portal da CBF

Portal da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, com o balancete da Federação Maranhense de Futebol – FMF, foi alterado no fim de semana

Presidente da FMF Antônio Américo

Após denúncias incontestáveis que a Federação Maranhense de Futebol – FMF, fraudou balancete encaminhado à Confederação Brasileira de Futebol – CBF, a entidade maranhense conseguiu modificar o número do Conselho Regional de Contabilidade da contadora que assina a auditoria externa.

No primeiro envio do balancete da FMF publicado no dia 30 de abril, no Portal da CBF, com a fraude a Waldereis assina o balancete com o CRC de uma outra pessoa, de número 7764/0. Ocorre que após denúncia deste Blog, a entidade maranhense, sabe-se Deus, como, conseguiu modificar o erro e a CBF amanheceu com um outro balancete, agora, com o registro de conselho quem realizou a auditoria externa.

Veja nos links abaixo, a modificação no Portal da CBF

Dia 30/04/2018 https://cdn.cbf.com.br/content/201804/20180430162101_0.pdf

Dia 17/05/2018            https://cdn.cbf.com.br/content/201805/20180517145744_0.pdf

Veja os prints feitos pelo Blog no Portal da CBF

Print realizado no dia 16 de maio às 09:37

Print realizado no dia 21 de maio às 07:31

O Blog tentou contato por telefone com o presidente da Federação Maranhense de Futebol, mas não obteve êxito.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! Fraude na prestação de contas da FMF usa CRC de contadora do Mato Grosso

Federação Maranhense de Futebol apresentou sua prestação de contas à Confederação Brasileira de Futebol com um registro profissional fraudado

A contadora Junilma Souza teve seu registro de contabilidade utilizado na prestação e contas da FMF – ela mora no Mato Grosso do Sul

O Blog denunciou ontem (17), a fraude cometida na prestação de contas da Federação Maranhense de Futebol – FMF, em que utilizou registro de conselho de contabilidade diferente, de quem assinou a “auditoria externa” da entidade como manda a Confederação Brasileira de Futebol – CBF.

Falsidade ideológica, fraude em balancetes e prestação de contas são apenas os que mais chamam atenção. Fatos estes que levariam os dirigentes da FMF, a serem banidos do futebol.

Na “prestação de contas” da FMF, no Portal da CBF, quem assina a Nota Técnica da Auditoria Externa da FMF, trata-se de Waldereis Almeida Soares CRC 7463/0, contudo, a entidade maranhense de futebol utilizou o número do Conselho Regional de Contabilidade -CRC, de uma outra pessoa, a da Junilma Cristine Silva de Souza 7764/0 , que mora há cerca de 15 anos, no Mato Grosso do Sul, na cidade de Campo Grande.

O caso é correlato ao do presidente afastado do Moto Club de São Luís, Célio Sérgio, pelo Tribunal de Justiça Desportista – TJD maranhense.

Uma fonte informou ao Blog que dirigentes e ex-dirigentes corruptos e presos na CBF, são aliados incondicionais do presidente da FMF, Antônio Américo e as denúncias aqui neste Blog nã vã avançar em nada.

Contudo, o Blog encaminhará as graves denúncias ao Ministério Público do Maranhão, à delegacia de defraudações e por último, a denúncia à propria CBF.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Sumiu dinheiro!!! Governo Dino repassou R$ 1,5 milhão para FMF e prestação de conta não bate

Planilhas com despesas da Federação Maranhense de Futebol – FMF, mostra que gastos somam R$ 1.239.000 (Hum milhão, duzentos e trinta e nove mil reais), resta saber para onde foi os R$ 261.000 (Duzentos e Sessenta Mil), que não aparecem na planilha, onde está o dinheiro, governador Flávio Dino????

Antônio Américo, Presidente da FMF e do Instituto de Futebol

O Governo Flávio Dino (PC do B), repassou R$ 1,5 milhão para a Federação Maranhense de Futebol – FMF,  distribuir entre clubes e emissora de TV para a transmissão dos jogos, como patrocínio da competição com o projeto Maranhão Solidário. O dinheiro seria para ajuda aos clubes de futebol, mas, deste valor, apenas R$ 800 mil chegaram aos clubes, conforme mostra a planilha publicada com exclusividade pelo Portal Guará, VEJA ABAIXO.

De acordo com a planilha financeira, os R$ 800 mil foram divididos com os clubes, a saber: Sampaio Corrêa (R$ 150 mil), Moto Club e Maranhão (R$ 120 mil, cada), Imperatriz e Cordino (R$ 115 mil, cada), Bacabal, São José e Santa Quitéria (R$ 60 mil cada).

Dos R$ 700.000 (Setecentos Mil), que restaram foram repassados, R$ 200.000 (Duzentos Mil Reais), para a TV Difusora, que transmitiu 3 (três) jogos – restando portanto, R$ 500.000 (Quinhentos Mil Reais).

Em relação à Planilha, chama bastante atenção, os gastos R$ 194.000 (Cento e Noventa e Quatro Mil Reais) que, de acordo com o relatório financeiro da FMF, foram gastos com ‘Despesas de Logística, pessoal, staffs, material e produção’ durante o campeonato maranhense.

O que seria esta logística? Pessoal? Staffs? Material e produção durante o campeonato? Nossa reportagem vai tratar estes itens por partes.

O primeiro será logistica. A logística é o planejamento de vários itens importantes da competição, como armazenamento, distribuição e manutenção de vários tipos de materiais utilizados no evento. Mas o que a Federação gastou para isso? Qual foi a logística que ela utilizou? A confecção de uma tabela imperfeita e desigual? Material de escritório, impressão, digitadores, vice-presidentes e outros? Isso tem que ser esclarecido!

O segundo tópico é o pessoal. Mas que pessoal é esse? Funcionários da FMF? Seguranças, zeladores, maqueiros, fiscais? Pois tudo isso é pago pelos clubes mandantes dos jogos como despesa de borderô. Ou seja, se eles gastaram com isso, recebem de volta dos clubes.

O próximo é o Staff. Staff é um termo inglês que significa “pessoal”, no sentido de equipe ou funcionários. O termo é utilizado para designar as pessoas que pertencem ao grupo de trabalho de uma organização particular. Ou seja, Staff é o mesmo que “Pessoal”, o que já foi pago no item acima.

Material e produção durante o campeonato. Nada disso foi visto durante o Estadual.

Mas uma pergunta fica: se foi gasto R$ 194 mil com isso tudo, por qual o motivo que os clubes tem pagar isso no borderô? Se esse dinheiro não é da Federação, por que ele tem que voltar para a entidade?

Com todas essas despesas anunciadas no relatório da FMF, a soma deu R$ 1.194 milhão, sobrando R$ 306 mil, sendo que foram 3% para o fundo ao esporte – uma quantia de R$ 45 mil, mas ainda sobra R$ 261.000 (Duzentos e Sessenta Mil), que não aparecem na planilha, onde está o dinheiro, governador Flávio Dino????

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Corrupção: CBF enrolada, FMF pior ainda, marca eleição na surdina

Antônio Américo, utiliza o ‘modus operandi’ da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, na qual membros do mesmo grupo quando não são presos, se perpetuam no poder. Eleição da entidade será no próximo domingo (22)

Após escândalos de corrupção em que o ex-presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, Alberto Ferreira foi afastado pelo Ministério Público, o interventor que assumiu, Antônio Américo, caminha pela mesma linha torta.

Sem transparência e com contratos de publicidade suspeitos, criação de Instituto para arrecadar dinheiro público e uma caixa-preta de esquemas nebulosos são parte da atual federação de futebol no Maranhão.

Antônio Américo, se utilizando do mesmo ‘modus operandi’ da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, na qual membros do mesmo grupo quando não são presos, se perpetuam no poder, aqui no Maranhão, Américo, que já está no cargo há 6 anos, marcou a eleição da entidade para o próximo domingo (22), portanto sem tempo hábil para a inscrição de uma chapa de oposição.

Um verdadeiro escândalo sem precedentes esta federação de futebol do Maranhão, que precisa de uma ação enérgica do Ministério Público, GAECO, bem como instituições que defendem o interesse público

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo milionário na Federação Maranhense de Futebol

FMF já recebeu quase R$ 10 milhões em repasses da CBF em 5 anos de gestão Antônio Américo; IMF recebe recursos do governo Dino

Antônio Américo, Presidente da FMF e do Instituto Maranhense de Futebol

O Blog teve acesso aos balanços da enrolada Confederação Brasileira de Futebol – CBF, em que a Federação do Maranhão, presidido por Antônio Américo, recebeu em média, repasses de R$ 1,7 milhão da entidade mãe, a título de “doação e subvenção”. Como não presta contas (Caixa Preta), a ninguém do dinheiro recebido, os clubes maranhenses, exceto o Sampaio Corrêa, acumulam dívidas de toda a espécie, de jogadores a funcionários. Enquanto isso, a FMF tem os cofres abarrotados de dinheiro.

Num esquema escandaloso com verba pública, encabeçada pelo governo Flávio Dino (PC do B), armação esta que o Ministério Público está de olhos vendados, também já foram irrigados os cofres da FMF, via Lei de Incentivo ao Esporte, para uma entidade, trata-se do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, criado e presidido pelo próprio Antônio Américo, para colocar a mão no dinheiro público.

O dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte foi desviado pra duas emissoras de televisão, TV Guará e TV Difusora (que nunca tramistiram um jogo), ambas fazem campanha aberta ao governador do Maranhão. Este Blog já denunciou inúmeras vezes o caso, reveja abaixo.

Escândalo!!! Presidente da FMF fundou instituto que recebeu milhões do governo Flávio Dino

Escândalo!!! Presidente da FMF confirma que pagou emissora que não transmitiu jogos

Repasses Financeiros da CBF (Valores em milhão)

No ano de 2016, a CBF repassou às federações em (Maranhão – 1,73), (Paraná – 1,62), (Piauí – 1,49), (Rondônia – 1,43), (Mato Grosso do Sul – 1,38), (Amazonas – 1,26), (Acre – 1,16), (Espírito Santo  – 1,12), (Mato Grosso – 1,075), (Amapá – 1,050), (Ceará- 1,050), (Tocantins – 1,007),  (Bahia – 975 mil), (Goiás – 975 mil),  (Minas Gerais – 975 mil),  (Santa Catarina – 972,8 mil), (Rio Grande do Norte – 972,7 mil), (Rio de Janeiro –  890 mil). As federações do Pará, Sergipe, Paraíba, Roraima, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Alagoas, São Paulo e Pernambuco, não constam na base de 2016.

CBF já tem novo presidente

O diretor-executivo de gestão da CBF, Rogério Caboclo, conseguiu se viabilizar como candidato único na próxima eleição para presidente da confederação.

As próximas eleições para presidente da CBF têm que ocorrer até abril de 2019, mas há conversas para antecipação ainda neste ano. O colégio eleitoral é formado justamente pelos presidentes das federações e dos clubes das Séries A e B, mas os pesos são diferentes. Os votos das federações têm peso 3 (totalizando 81 pontos), enquanto os votos dos clubes da Série A possuem peso 2 (totalizando 40 pontos) e os da Série B têm peso 1 (20 no total).

A eleição pode ser marcada para qualquer momento entre abril de 2018 e abril de 2019. A convocação tem que partir do presidente interino da CBF, Antonio Carlos Nunes, que ocupa o cargo na ausência de Del Nero.

Além da regra eleitoral, há o poder da “máquina”. A CBF paga uma mesada de R$ 75 mil a cada presidente de federação estadual, a título de “verba de representação”. Quem repassou a informação confidencial foi Galvão Bueno no programa “Bem, Amigos”, e foi além, disse que a confederação vai bancar a viagem de quase todo o colégio eleitoral para a Copa do Mundo da Rússia.

FMF vendeu o jogo Moto Club x Maranhão Atlético Clube

Outro escândalo sem precedentes foi a venda do segundo jogo das semi-finais do Campeonato Maranhense à TV Difusora, na qual repassou a partida para uma quinta-feira (22), deste mês, às 21:45, impedindo portanto, a ida dos torcedores ao estádio.

Acontece que este horário, numa quinta-feira,  a escassez de transporte público, falta de segurança e o serviço dos torcedores, inviabiliza por total a geração de receita dos clubes. Sem contar que uma vez televisionado o jogo, muitos torcedores optarão por assistir a partida pela telona.

O pior, os clubes denunciam que além de não receberem nenhum incentivo da Federação Maranhense de Futebol – FMF, eles afirmam também que não irão receber nenhum centavo pela transmissão da partida.

Em tempo: algo de muito podre está ocorrendo na Federação Maranhense de Futebol, na Gestão Antônio Américo, o Ministério Público está afônico para as inúmeras denúncias aqui neste Blog.

E mais: o escândalo com dinheiro público, por parte do IMF deve ser alvo de investigação do Ministério Público.

Pra fechar: Américo que chegou à FMF para ser interventor, já está a quase 6 anos à frente da entidade.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vídeo! Em meio a muito chopp, whisky e churrasco, presidente da FMF faz campanha em Imperatriz

Federação Maranhense de Futebol – FMF é alvo de investigações do Ministério Público, Assembleia Legislativa do Maranhão e Superintendência de combate à corrupção

O presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, Antônio Américo foi à Imperatriz na abertura do Campeonato Maranhense de Futebol, em que o time da casa empatou em 2 a 2 com o Moto Club.

Por lá, Antônio Américo, aproveitou e convocou futuros eleitores da sua reeleição na FMF, com uma mesa regada a muito chopp, whisky e churrasco, para pedir votos para permanecer à frente do órgão. Ele já está desde 2011 na federação de futebol maranhense.

Este Blog já fez uma série de graves denúncias sobre a gestão de Américo, vamos relembrar.

01. Ele próprio criou e figura também como presidente de um Instituto para administrar os milhões que já entraram na Federação.

02. A mudança de interpretação escandalosa de um regulamento do campeonato maranhense, durante o andamento da competição.

03. Pagou R$ 900 mil para o Sistema de Comunicação Difusora, para televisionar os jogos do Campeonato Maranhense que nunca foram ao ar.

Agora Américo torra dinheiro da Federação Maranhense de Futebol para fazer campanha aberta em Imperatriz. Segundo uma fonte, a conta passou dos R$ 5 mil.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache