Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Pericumã: Governo Flávio Dino engana maranhenses com ponte que custaria R$ 70 milhões

Ponte sobre o Rio Pericumã na Região da Baixada Maranhense, que custaria aos contribuintes cerca de R$ 70 milhões, nunca ficou pronta

Governador Flávio Dino fez ‘zoada’, no começo do governo com a assinatura da ordem de serviço

Faltando apenas 18 meses (553 dias), para o término do governo desastroso de Flávio Dino (PC do B), a gestão não conseguiu dar o ponta pé inicial da tão propalada mudança no Maranhão. Tanto que ao longo do período de mandato não se viu uma obra de relevância realizada pela administração comunista.

Foram tantas obras maquiadas e propagadas sem que efetivamente tivessem saído do papel, foi assim com a estrada do peixe, no município de Matinha e está sendo assim com a ponte sobre o Rio Pericumã, que beneficiaria cerca de 10 municípios entre a baixada maranhense e o litoral ocidental do Maranhão.

O governo Flávio Dino, como sempre, utiliza a propaganda para propagar a ideia de que está mudando o Maranhão, contudo, as obras não passam de mera ficção, criadas pela mídia alinhada ao comunismo no estado. 

Veja, abaixo, o vídeo com a propaganda enganosa do governo Flávio Dino 

O governo agora tem pouco tempo, e as ‘mudanças’ anunciadas pelo comunista Flávio Dino, não saíram do papel, ficaram apenas nas promessas vazias e mentirosas por parte de quem iria fazer uma revolução no estado do Maranhão, o fato é que tudo não passou de um mero discurso político. O resultado de tudo isso, se ver no péssimo desempenho do governo, queda na aprovação da gestão e falta de credibilidade do governador que prometeu mudar a vida do s maranhenses.

Em tempo: Para os que gostam de números, a gestão dinista já soma 30 meses (909 dias), no poder do estado do Maranhão, sem que a mudança chegasse no estado. Restando apenas 18 meses no comando do estado, o governador Flávio Dino conseguirá concluir as muitas promessas que fez na campanha???

E mais: Localizada na MA-211, a ponte tem extensão de 589 metros e interligará os municípios de Bequimão e Central do Maranhão, criando acesso para as cidades de Apicum-Açu, Bacuri, Serrano do Maranhão, Cururupu, Porto Rico, Cedral, Guimarães e Mirinzal, reduzindo em até 152 km o percurso e solucionando os entraves de mobilidade urbana para os moradores da região.

Pra fechar: As pontes José Sarney e a Bandeira Tribuzzi, contruídas nas décadas de 70 e 80, respectivamente, são maiores do que a prometida pelo governo Flávio Dino. A do São Francisco tem 890 metros de comprimento, já a ponte “nova”, a Bandeira Tribuzzi tem 1500 metros de extensão. 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais
Categoria: Política

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache