Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Sessões na Câmara Municipal de São Luís serão transmitidas em tempo real via internet

As sessões da Câmara Municipal de São Luís serão transmitidas em tempo real pela internet  

As transmissões terão início no segundo semestre, por meio do site www.saoluis.ma.leg.br, as sessões no plenário ocorrem todas as segundas, terças e quartas-feiras, a partir das 10h. Os internautas poderão fazer  downloads e assistir as sessões anteriores. 

Por meio do site da Câmara Municipal, qualquer cidadão com acesso a internet poderá acompanhar, em tempo real, as decisões do Poder Legislativo municipal. A transmissão será feito através do sistema de vídeo que está sendo instalado no Plenário Simão Estácio da Silveira.

A iniciativa tem como objetivo dar mais transparência às atividades do parlamento, além de aproximar a população às ações da Câmara municipal, segundo destaca a diretora de Comunicação, jornalista Itamargareth Correia Lima.
Segundo Itamargareth, a exibição ao vivo das sessões legislativa é mais um passo para o cumprimento de uma das principais metas da gestão do vereador Astro de Ogum no comando do Poder Legislativo da capital, a transparência.
Com essa tecnologia, o cidadão poderá acompanhar os trabalhos dos vereadores de qualquer local onde possa acessar o site da Câmara, agilizando a propagação de medidas legislativas e dando conhecimento público às atuações de cada um dos 31 parlamentares. 
A diretora de Comunicação ressalta ainda que a transmissão ao vivo das sessões é uma prestação de serviço, pois facilitará a atuação dos assessores, da imprensa, e também contribuirá para que as pessoas conheçam melhor o trabalho da Câmara, finalizou.

Um olhar de um poeta, Dyl Pires lança novo livro em São Luís

Livro “Éguas!”, de Dyl Pires, maranhense radicado em São Paulo, é inspirado em São Luís e suas histórias; na capital maranhense, a obra será lançada dia 8 de abril, no Chico Discos, no Centro Histórico

SAO PAULO, SP, BRASIL, 04/03/2017 – ator Dyl Pires antes da reestreia da peça “Subterraneo”, na SP Escola de Teatro. Coluna Mônica Bergamo. Foto: Greg Salibian/Folhapress – ILUSTRADA

 Uma interjeição de espanto maranhense, intitula o novo livro do poeta Dyl Pires, que aborda a cidade de São Luís sob a ótica da memória e ausência. “Éguas!” é um poema único, em prosa, que debruça um olhar atento e minucioso sobre personagens, lugares e situações, a partir de uma perspectiva poética e sociológica.

A obra, já lançada na Feira Desvairada de Poesia, em São Paulo, será lançada também em São Luís no dia 8 de abril, no Chico Discos (Praia Grande).

Concebido a partir da inspiração na cidade que formou o imaginário do artista nas últimas quatro décadas, “Éguas!” foi iniciado entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016, durante as férias do autor em São Luís, experiência que extrapolou o isolamento comumente reservado aos escritores e contou com a cumplicidade do público.

Em rodas de leitura em São Luís e São Paulo, além de posts nas redes sociais, os leitores contribuíram sinalizando o melhor caminho estético e gráfico para a finalização da obra. Sobre a influência de outros escritores maranhenses, que também se voltaram para a origem, Dyl resumiu o diálogo de sua nova cria com as demais.

“Dos livros que li, ficava admirando e me perguntando como é que seus autores conseguiram pôr a cidade de pé dentro deles. Essa é a imagem que uso quando um artista tem como explícito gatilho seu lugar de origem. Daí, fiquei pensando que se um dia escrevesse sobre a ilha, deveria sempre senti-la como um organismo vivo, o mais humano possível”, disse o autor.

A obra, com projeto editorial assinado pela Pitomba, do também escritor Bruno Azevêdo, já está disponível para compra no site www.pitomba.iluria.com

Trata-se do quarto livro do artista, que há 10 anos mora em São Paulo. Em sua trajetória, contam a cofundação da recém-criada Abominável Companhia, em cartaz com o espetáculo “Subterrâneo”, passagem pelas companhias de teatro Coteatro (MA), Os Satyros, Teatro sem Censura, ambas de São Paulo, entre outras, e os livros “O Círculo das Pálpebras”, “O Perdedor de Tempo” e “O Torcedor”.

Com informações de O Estado

Bomba!!! Secretário de Juventude do governo Temer é denunciado pelo Ministério Público

Secretário Nacional de Juventude foi denunciado por organização criminosa, peculato, falsidade ideológica e falsificação de documentos

A Promotoria de Justiça da Comarca de Pio XII ofereceu Denúncia, no dia 23, contra o ex-prefeito Paulo Roberto Sousa Veloso, o ex-secretário municipal de Administração, Antonio Roberval de Lima, o ex-secretário municipal de Finanças, Melquizedeque Fontenele Nascimento, a ex-secretária de Educação, Iara Adriana Araujo Portilho, o ex-procurador municipal, Michel Lacerda Ferreira, a ex-primeira dama Lucilene dos Santos Veloso e outras 42 pessoas por peculato e por fazerem parte de uma organização criminosa responsável por desviar dinheiro dos cofres públicos por meio de nomeações de funcionários fantasmas pagos pelo Município de Pio XII.

O Ministério Público do Maranhão identificou que a organização criminosa praticava diversos delitos como peculato e falsificação de documentos. A denúncia foi ajuizada pelo titular da Comarca de Pio XII, promotor de justiça Francisco Thiago Rabelo.

Também são alvo da denúncia Ana Carulina Veloso Rodrigues, Ana Larissa Lima Veloso, Aparecida Marciely Medeiros, Flor de Maria Bezerra Quaresma, Espedito Firmo de Andrade Junior, Luciana da Silva Nascimento, Pedro Lopes de Oliveira Filho, Camila Atalaia Chagas de Oliveira, Oscioneide Silva e Silva, Agrimar Cavalcante Meira Neto, Ana Scarlett Vieira Veloso, Cristino de Arruda Andrade Filho, Italo Leonardo Mendes de Sousa Feitosa, José de Ribamar Jorge Andrade, Osílio Odilio da Silva, Ana Paula dos Santos Veloso, Thiago Douglas Santos Nascimento, Brenda Araújo Portilho, Dione Sebastiana Sousa Veloso, Romário Inácio da Silva, Jordelia Nascimento Ferreira, Lucelena dos Santos Oliveira, Maria Rosinete Silva Cavalcante, Zaydem Sushy-Yak Cavalcante Lima.

Foram denunciados, ainda, Francisco Simão de Lima Neto, Zueriel Felix Bezerra, Haroldo Cláudio dos Santos Dias, Alcilene do Nascimento Santos, Valdeir Lopes Vidal, Filomena Coutinho de Oliveira, Pablo Felipe dos Santos Nascimento, Manoel Oliveira da Silva, Meridiane Sousa Garret, Vilomar da Silva Nascimento, Natália Cristina Carneiro Martins, Marineusa Oliveira Almeida, Denis Sousa Veloso, Espedito Firmo de Andrade, Paulo Gustavo da Conceição Araújo, Plinio Mikael Freitas Fontenele e Joyce Alexandra Melo Veloso.

Nomeado pelo presidente da República, Michel Temer, em 13 de janeiro, para o cargo de secretário nacional de Juventude, Francisco de Assis Costa Filho, também é um dos denunciados.

Todos os 48 foram denunciados por organização criminosa, peculato, falsidade ideológica e falsificação de documentos.

INVESTIGAÇÕES

Durante as investigações, iniciadas em 2016, a partir de denúncia registrada junto à Ouvidoria do MPMA, a Promotoria de Justiça requisitou à Prefeitura de Pio XII, por três vezes, a lista de todos os funcionários detentores de cargos efetivos, comissionados, temporários e com função comissionada, além de cadastro atualizado e termo de nomeação/contratação, bem como a folha de pagamento dos últimos seis meses.

Nos dias 28 e 30 de junho, foram realizadas inspeções pelo promotor de justiça na sede do Poder Executivo municipal e na Secretaria de Educação. Com o aprofundamento das investigações, foi requisitada lista específica de 65 funcionários investigados, especificando termo de nomeação/contratação, fichas cadastrais e contracheques.

Ao cruzar os dados, o Ministério Público detectou que nomes indicados pela Prefeitura como não mais pertencentes ao quadro de servidores ainda constavam na folha de pagamento de maio de 2016.

O ofício encaminhado pelo Executivo afirmou que Ana Carolina Veloso Rodrigues, Ana Larissa Lima Veloso, Aparecida Marciely Medeiros, Flor de Maria Bezerra Quaresma, Espedito Firmo de Andrade Junior, Luciana da Silva Nascimento, Pedro Lopes de Oliveira Filho, Camila Atalaia Chagas de Oliveira e Oscioneide Silva e Silva não faziam mais parte dos quadros da administração.

FUNCIONÁRIOS FANTASMAS

“Não se juntou qualquer ato de exoneração dos suspeitos e, todos, ainda, estavam na folha de pagamento de maio de 2016”, afirmou, na denúncia, o representante do MPMA. O promotor de justiça destacou também que “a todo momento o representante municipal tentou ludibriar este órgão ministerial, apresentando respostas incompletas ou omissas”.

Francisco Thiago Rabelo destacou que, diante da má-fé dos gestores, realizou-se a operação “Descarrego”, com quatro buscas e apreensões em diversos órgãos municipais e na residência do secretário de Finanças de Pio XII, onde foram obtidas várias provas de existência de funcionários fantasmas, incluindo portarias de nomeação, folhas de pagamento, contratos e outros documentos.

Segundo Rabelo, no decorrer da investigação, o MP conseguiu configurar a existência de uma quadrilha organizada com um único objetivo: desviar dinheiro público em nome do nepotismo, do apadrinhamento político e para a formação de um curral eleitoral. “São diversas pessoas, muitos parentes, detentores de cargos e funções públicas, recebendo salários de todos os valores, variando desde um salário-mínimo até R$ 5 mil”.

Apurou-se que a maioria das pessoas era incluída na folha de pagamento sem ter sido realizado contrato ou termo de nomeação, ou, achava-se com um cargo e depois mudava para outro, sem qualquer critério para contratação/exoneração.

“Quando o Ministério Público começou a investigar e a requisitar informações, os ex-gestores de Pio XII passaram a fabricar portarias, termos de nomeação e contratos, com datas retroativas”, destacou o representante ministerial.

A fraude foi confirmada por uma testemunha que trabalhava diretamente com o secretário de Administração, Antônio Roberval de Lima. Ela afirmou que fazia as documentações e providenciou portarias, em junho de 2016, com data retroativa a 2013 por ordem do secretário.

Entre os documentos apreendidos durante a operação “Descarrego”, dentro da Secretaria de Administração, está um papel manuscrito junto com diversas portarias, termos de nomeação com uma liga com a frase “documentos que não vão para promotoria, faz parte dos 65”.

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

Paulo Roberto Sousa Veloso – o ex-prefeito de Pio XII é quem tinha o controle direto de todos os atos ilícitos mencionados na denúncia. Ele assinava as portarias, termos de posse, contratos, determinava a inclusão/exclusão na folha de pagamento, aumento/diminuição de salários, tudo em nome do interesse político e do nepotismo.

Lucilene dos Santos Veloso – era a primeira-dama de Pio XII e, ainda, diretora da divisão de promoção social. Também tinha influência direta sobre a folha de pagamento municipal.

Antonio Roberval de Lima – o ex-secretário de Administração era o chefe da pasta, possuindo controle direto das pessoas lotadas naquela secretaria. Tinha três familiares naquele órgão, esposa e filhos, que recebiam mensalmente sem exercer as atividades para as quais foram nomeados.

Iara Adriana Araujo Portilho a ex-secretária de Educação tinha controle direto das pessoas lotadas naquela pasta. Tem uma filha que reside na Bolívia e recebia, mensalmente, como assessora da Prefeitura de Pio XII.

Melquizedeque Fontenele Nascimento o ex-secretário de Finanças era quem tinha o controle direto das operações relativas à folha de pagamento. Por interesse próprio ou ordem do prefeito, incluía ou excluía funcionários da lista de pagamento.

Michel Lacerda Ferreira – o ex-procurador do município praticou atos capazes de atrapalhar o desenvolvimento da investigação do inquérito civil instaurado pelo MP em 2016, tendo total ciência dos atos ilegais praticados.

NEPOTISMO E FRAUDE

Dentre os diversos casos de favorecimento de parentes e fraude nos pagamentos estão os familiares do ex-prefeito Paulo Roberto Sousa Veloso. “É o mentor intelectual dos crimes narrados. Unicamente para fins pessoais e em nome do interesse político promovia a farra nas contas públicas incluindo funcionários fantasmas, parentes, ou não, mas, certamente, apoiadores políticos na campanha eleitoral de 2012”, afirmou o promotor de justiça.

A empregada doméstica do ex-gestor, em depoimento ao MP, foi nomeada como assessora da Secretaria de Administração, em 1º de novembro de 2015. Questionada sobre os documentos obtidos pelo MP, que comprovam sua posse em um cargo público e e a inclusão de seu nome na folha de pagamento, a testemunha respondeu que, por ordem de Veloso, assinou os documentos e teve que abrir uma conta bancária, mas nunca recebeu o cartão para movimentar a conta, onde era depositado o valor de R$ 2.400 mil. Enquanto isso, ela recebia o salário de R$ 500 como empregada doméstica.

Ana Carolina Veloso, sobrinha do gestor, morava em São Luís e recebia salário de R$ 2.200 mil. Outra sobrinha dele, Larissa Veloso, reside em Assunção, no Paraguai, onde estuda Medicina e recebia salário de R$ 2.510 mil.

Redação: Johelton Gomes (CCOM-MPMA)

Reunião com Márcio Jardim garante benefícios para o esporte em Pinheiro, diz Luciano Genésio

O objetivo de nossa gestão é incentivar o povo pinheirense, com o esporte não será diferente, buscaremos parcerias e apoios para a valorização do esporte em nosso município

O Prefeito Luciano Genésio se reuniu na manhã de ontem, terça-feira (28), com o Secretário de Esportes do e Lazer, Márcio Jardim, em busca de parceria para a implantação de novos projetos e cursos voltados à valorização da atividade física no município.

Um dos principais objetivos da atual gestão é incentivar o esporte e resgatar jovens em situação de risco, dando-lhes todo o suporte necessário e para isso, vamos buscar apoios e parcerias com Governo do Estado do Maranhão, afim de, desenvolver um trabalho estratégico e que garanta resultados.

No encontro, o Luciano citou a implantação dos seguintes projetos:

“A longa Vida” – Que visa implantar núcleos de atendimento à pratica de atividade física voltada para as pessoas idosas em nosso município;

“Mais Lazer Para Todos” – Projeto que tem como objetivo desenvolver uma proposta de política pública e social que atenda as necessidades do esporte, lazer e recreação para a nossa população.

“Mais Esporte e Lazer Para Todos” – Recebimento de estrutura física de esporte, lazer e a construção de praças esportivas, que serão equipadas com pista de ciclismo, área de ginástica, estacionamento, playground, além de ginásio poliesportivo.

“Caravana Mais Esporte e Lazer” – Movimento de ação e mobilização social pelo esporte, que oportuniza a prática esportiva à comunidade em geral contemplando crianças, jovens, adultos e idosos.

Além destes projetos, os cursos técnicos de arbitragem dos seguintes esportes: futebol, futsal, handebol, badmington, atletismo e beach soccer. Os materiais esportivos para pratica dessas modalidades e kits de troféus e medalhas também foram solicitados.

Agora lascou!!! Governo Flávio Dino vai reduzir impostos para grandes empresários

O governo comunista rasga a ideologia marxista e beneficia os grandes empresários

Empresário Ilson Mateus, com quem Flávio Dino “estreitou” os laços será o maior beneficiado

 

O governo  Flávio Dino (PCdoB), após aumentar a conta de luz, gasolina, etanol, conta de TV a cabo e telefone celular para a população maranhense, agora mandou para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Nº 224/16, de sua autoria, que prevê o favorecimento de grandes empresários no Maranhão.

Com uma Assembleia subserviente, o projeto vai ser aprovado no dia de hoje (29), a lei vai garantir ISENÇÕES para os grandes atacadistas que movimentem no mínimo R$ 100 milhões, para estes o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS será de apenas 2% (dois por cento).

O governo que se intitula ‘para todos e de todos’, na verdade, AUMENTA IMPOSTOS PARA OS MAIS POBRES foi assim com a conta de luz, e DIMINUI IMPOSTOS PARA OS GRANDES EMPRESÁRIOS.

Com a medida do governador, apenas 3 empresas no Maranhão serão agraciadas com a desoneração as demais vão pagar 27% (por cento), ou seja, uma lei que parece ser no mínimo, DIRECIONADA.

Em tempo: O trabalhador maranhense sente na pele os aumentos de impostos na conta de luz, na água, na gasolina, na conta do celular e produtos alimentícios.

E mais: O governo Flávio Dino diminui impostos para os grandes empresários que movimentem acima de 100 milhões de reais.Karl Marx deve estar se retorcendo dentro do caixão.

Pra fechar: O Mega Empresário Ilson Mateus, com quem o governo Flávio Dino “estreitou” os laços, inclusive recebendo patrocínio para realização do carnaval, será o maior beneficiado com a Lei.

 

 

Escândalo!!! Membro da Juventude do PC do B aliciava estudantes em São Luís

Brendo da Conceição Costa é do estado do Rio Grande do Norte e veio para São Luís em 2014, na campanha do então candidato ao governo do Maranhão Flávio Dino (PC do B)

A União da Juventude Socialista – UJS, teria capitaneado a vinda de Brendo Costa ao Maranhão. Entidade é base juvenil do governo Flávio Dino

Brendo da Conceição Costa que é membro da União da Juventude Socialista – UJS, movimento jovem ligado ao Partido Comunista do Brasil – PC do B e segundo informações repassadas ao Blog, que este mesmo Brendo Costa teria vindo para São Luís, importado do estado do Rio Grande do Norte, para a campanha do então candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino – PC do B, em 2014. A responsável pela vinda do Brendo seria a presidente da UJS no Maranhão, conhecida como Taís Campos, que é do estado de Santa Catarina, veja a imagem a baixo.

Taís Campos faz ‘selfie’ com o então candidato Flávio Dino

O Blog também foi informado, que divergências acerca de cumprimento de acordos como espaços no governo Flávio Dino, afastaram Brendo e Taís e justamente por isso, eles ocuparam a escola estadual Centro Integrado do Rio Anil (Cintra), no bairro do Anil, no mês de novembro do ano passado. 

Brendo concedeu entrevista à TV Mirante durante acampamento no CINTRA

Antes do rompimento de Brendo e Taís Campos, o movimento era custeado por membros do governo Flávio Dino, como a Secretaria de Estado da Educação – SEDUC, que dava estrutura financeira para os membros, inclusive o pagamento do aluguel da sede da entidade que nem existe, a tal União dos Estudantes Secundarista do Maranhão – UESMA.

Passando a ser adversário dos ‘comunas’, Brendo foi preso numa operação policial que aconteceu na madrugada do dia 23 de novembro de 2016, onde há relatos que a polícia deu chutes, ponta-pés, gás de efeito moral, dentro da Unidade de Ensino, e expulsou os estudantes que estavam acampados por 42 dias.

Brendo e demais camaradas no 28º Congresso da União da Juventude Socialista

Segundo a Operação que foi comandada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), os membros do movimento “Destruíram totalmente a escola. Quebraram televisores, computadores, armários, a merenda escolar também. Picharam a escola com a sigla de uma facção criminosa. Crimes previstos no Código Penal, por isso, os maiores foram autuados em flagrante”, afirmou o delegado Tiago Bardal, responsável pela operação. 

O resultado da operação realizada durante a madrugada foi à condução de 16 pessoas para a SEIC, sendo que nove são maiores de idade e foram identificados como Fernando Gustavo Silva Grajaú, Alex Jhonata Serra Ribeiro, André da Silva Mota, Assuero Gabriel de Oliveira Melo, Brendo da Conceição Costa, David Dayton Silva Freitas, João Victor Correa Saraiva, Relrison Teilon Silva Diniz e Zidane de Assis Vieira Mendonça.

Segundo a SEIC, Brendo aliciava menores para pedir dinheiro em sinais e retornos da capital ludovicense, para custear drogas como maconha e álcool.

O Blog pede que à grande mídia que averigue e ajude a aprofundar este caso, uma vez que até agora, não se ouviu a defesa dos envolvidos nesta estória que está muito mal contada. 

E mais: O Blog está levantando mais relatos desta confusão que ao que parece, está sendo contada por um só lado.

 

 

 

Quem não tem TV Digital no Maranhão ficará sem sinal daqui a 365 dias

A contagem regressiva para o desligamento do sinal analógico na Região Metropolitana de São Luís já começou e no dia 28 de março de 2018, sinal, só digital 

Quem ainda tem a velha tv de ‘tubo’ poderá adaptar o sinal com um receptor de sinal digital que varia em torno de R$ 100,00 (Cem Reais) no mercado. Quem é beneficiário do Programa Bolsa Família poderá solicitar o receptor de forma gratuita.

Além da região metropolitana de São Luís, os municípios de Alcântara, Bacabeira, Bacurituba, Icatu e São Bento também terão bloqueados os sinais analógicos.

Antes de ser desligado o sinal analógico, aparecerá nas ‘tvs de tubo’, a letra A, informando que o sistema é analógico e deverá ser trocado.

Bolsa Família

As pessoas cadastradas no Bolsa Família tem direito a receber de graça o Conversor Digital Bolsa Família. Isso é simples de ser feito, basta fazer alguns passos, para que todos os lares brasileiros tenham até 2018 um conversor digital em suas casas, já que esse é o prazo dado pelo Governo Federal para que toda a população tenha um sinal digital em suas televisões.

Primeiro, o interessado deve clicar aqui no site VOCÊ NA TV DIGITAL, criado pelo Governo Federal exclusivamente para distribuir os kits digitais para os beneficiários do Bolsa Família. Depois desse primeiro passo, será necessário preencher os seus dados, indicando o seu endereço e também algumas outras informações que serão solicitadas, como o número do seu cadastro no Programa Bolsa Família.