Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Wellington do Curso mais uma vez na frente, segundo as pesquisas

Desta vez foi o Instituto Prever, consolidando Wellington como primeiro colocado em eventual segundo turno. Eliziane despenca e novamente aponta Edivaldo em ligeira liderança

wellington-1

A pesquisa Prever de intenções de votos divulgada, ontem, quinta-feira (28), também mostrou um resultado considerado atípico pela pré-candidata Eliziane Gama (PPS). Tal qual na pesquisa Econométrica, as intenções para 2º turno, colocam Wellington do Curso (PP), na frente de qualquer um dos candidatos, seja a popular-socialista, ou o ainda prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

No primeiro levantamento, Wellington abre 1,2% sobre Eliziane, ele aparece com 32,%, e ela com 30,8%.

Já contra Edivaldo, Wellington abre mais vantagem, ele teria 35,1%, contra 30, 5% do atual gestor, abrindo portanto, 4,6%. 

Faltam 65 dias para o Domingo, dia 2 de outubro de 2016, 9 semanas, para ser mais exato.

 

Luciano Genésio cada vez mais consolidado em Pinheiro

Leonardo e Luciano parceria forte em Pinheiro

Leonardo e Luciano parceria forte em Pinheiro

Detentores de um carisma popular invejáveis em Pinheiro, o jovens Luciano Genésio e Leonardo Sá selaram acordo para juntos, lutar pelo desenvolvimento do município. Com a parceria, tornam-se mais fortes e tem tudo para contribuir no fortalecimento de políticas públicas  e ações efetivas que possam transformar a realidade da população pinheirense.

Os pré-candidatos a prefeito e vice de Pinheiro, Luciano Genésio e Leonardo Sá, foram recebidos pelo governador Flávio Dino no Palácio dos Leões. Na pauta, parceria e projetos para o município de Pinheiro.

Lei de incentivo: CEMAR patrocinará Moto Club e Sampaio no Brasileirão

O patrocínio da Companhia Energética do Maranhão – CEMAR,  para os clubes foi concretizado na manhã desta quarta-feira (27). Moto e Sampaio receberão nos próximos dias, dois milhões e seiscentos mil reais (R$ 2.600.000) para investirem nas campanhas do Campeonato Brasileiro das séries B e D.

Cemar

O Sampaio Corrêa ficará com R$ 2 milhões e o Moto Club com R$ 600 mil. Os recursos devem cair nas contas dos clubes em uma semana. Isso foi possível por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, criado no governo Roseana Sarney.

O atual governo validou os projetos e os clubes puderam “correr atrás” do dinheiro. Assim, a CEMAR investe nos clubes e ganha isenção fiscal. O Estado ganha também pelo fato de incentivar investimentos em uma área importante no desenvolvimento social: o entretenimento, que gera empregos direta e indiretamente. Aspecto fundamental ainda mais neste momento que se busca sair de uma crise financeira nacional.

Assinaram o convênio pela Companhia Energética, o vice-presidente de Operações, Sérvio Túlio, e o diretor de Gente e Gestão e Finanças, Humberto Nogueira. O diretor de Comunicação e Marketing, Luís Carlos Cardoso, também participou da solenidade.

Para o Sampaio, o dinheiro serve para aliviar a despesa com o alto custo de um time na Série B. Para o Moto, vai ser fundamental para aumentar a força do time nesta reta importante da Série D e tentar subir para a Série C. O problema para este jogo de domingo é o pouco tempo para confirmar reforços. No entanto, para o jogo de volta, dia 7 de agosto, contra o Águia de Marabá-PA, os reforços devem estar à disposição.

Mas um detalhe chamou atenção. A diferença dos valores entre os clubes. A justificativa de que o Sampaio está na Série B e o Moto na Série D pode ser usada para justificar esta diferença, mas é bem aí que acredito que está o erro, pois quem está na Série B recebe um apoio milionário por direitos de transmissão. Na Série D, o máximo que os clubes tem pela CBF é auxílio com hospedagem, alimentação e viagem.

Para o Moto, este dinheiro serve também para clarear a pré-temporada para o próximo ano, pois a Série D vai até outubro deste ano.

Com informações do Blog do João Ricardo

Escândalo na prefeitura da São Luís, secretário da SEMOSP está irregular no cargo

Concursado como Auxiliar de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, sob a matrícula 6064, Antônio Araújo Costa atual Secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos – SEMOSP está ilegal no cargo desde que tomou posse na função, no dia 13 de novembro de 2013.

Lei Estadual nº 9.076 de 27 de novembro de 2009, que dispõe sobre o vencimento dos cargos que integram o quadro de pessoal da Secretaria do Tribunal de Contas do Estado, proíbe o que taxa de acúmulo de cargos.

“Art. 19 – Fica vedada a cessão de servidores ocupantes de cargo da Carreira de Especialista do Quadro de Pessoal Efetivo da Secretaria do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão para outros órgãos e entidades públicas […]”, diz a Lei.

A Sumula nº 246, do Tribunal de Contas da União, ratifica o que a Lei Estadual expressa claramente, e vai além: “O fato de o servidor licenciar-se, sem vencimentos, do cargo público ou emprego que exerça em órgão ou entidade da administração direta ou indireta não o habilita a tomar posse em outro cargo ou emprego público, sem incidir no exercício cumulativo vedado pelo artigo 37 da Constituição Federal, pois que o instituto da acumulação de cargos se dirige à titularidade de cargos, empregos e funções públicas, e não apenas à percepção de vantagens pecuniárias”. esclarece o TCU.

LICENÇA

O Diário Oficial do dia 14 de maio de 2012, na sua página 5, trás o Ato nº 8 do Tribunal de Contas do Estado, assinado pelo Conselheiro Yêdo Flamarion Lobão, Presidente em exercício, o documento trata de uma “Concessão de licença para trato de assuntos particulares” do hoje ainda titular da SEMOSP.

ato

“Art. 1º. Conceder, nos termos do art. 151 da Lei 6.107, de 27 de julho de 1994, ao servidor ANTÔNIO ARAÚJO COSTA, matrícula 6064, Auxiliar de Controle Externo deste Tribunal, 01 (um) ano de licença para tratar de interesses particulares, a considerar o período de 14 de fevereiro de 2012 a 12 de fevereiro de 2013”.

De lá pra cá, essa concessão de apenas 1(um) ano de validade nunca foi renovada. Aliás, a licença para tratar de interesse particular não o habilita ocupar cargos comissionados na esfera pública.

De forma que para continuar como secretário, Antônio precisa pedir exoneração do TCE e/ou deixar a Semosp. Não o fazendo, continua na prática do acumulo ilegal de cargo.

E mais… a ilegalidade se faz desde o momento que assumiu como adjunto na Secretaria municipal de Urbanismo e Habitação (semurh). Araújo, que também é arquiteto, foi nomeado em janeiro de 2013 pelo prefeito Edivaldo Holanda na função e cinco meses após, devido a demora no processo de liberação do servidor federal Felipe Camarão pela Advocacia Geral da União (AGU), Antônio foi alçado para titularidade da secretaria.

A pergunta que fica é a seguinte: Quantos mais servidores concursados do TCE estão nessa mesma situação?

Com informações do Blog do Domingos Costa

Flávio Dino quer censurar blog’s e perfis na redes sociais

Depois de já ter processado vários blogueiros, a exemplo do editor do Atual7, o governador Flávio Dino conseguiu agora, por meio da justiça, censurar perfis nas redes sociais que fazem oposição a sua forma desastrada de governança

723_flavio

Há um abismo entre ser apenas um candidato a um mandato eletivo e ser um gestor, eleito para administrar pelo bem comum. E o governador do Maranhão, Flávio Dino, (PCdoB), a cada dia mostra as diferenças entre essas duas fases da sua vida política. O comunista, que quando candidato defendia com unhas e dentes a liberdade de expressão, agora mostra que, como gestor, deve censurar.

Essa foi a decisão de Flávio Dino ao entrar com ação na Justiça para que perfis em redes sociais com sátiras ao seu governo fossem retirados do ar. O governador alega que os perfis foram criados na época das eleições para atacar sua honra e por isso devem deixar de existir.

O problema é que esses perfis, na verdade, pelo menos a maioria, foram criados após decisões do agora gestor Flávio Dino em relação ao funcionalismo público. Em várias contas na rede social Facebook, as decisões de Dino eram confrontadas diariamente com o seu discurso de candidato.

Para o governador do Maranhão, ser questionado com humor significa desonra e isso justificaria a censura. O complicado para o comunista é que quando candidato até reproduzia postagens de perfis falsos de seus adversários políticos. O governador Flávio Dino mantém como seu funcionário comissionado o criador de um perfil falso feito somente para ridicularizar os seus adversários políticos.

Quando é a favor do governador e contra seus desafetos, é liberdade de expressão. Quando o alvo das sátiras é Dino, é desonra, e isso ultrapassa a liberdade que cada cidadão tem ao se expressar. Assim entendeu o juiz Clésio Cunha, que determinou a retirada dos perfis, afirmando que eles extrapolam referências aceitáveis “ao homem público da qualidade intelectual do governador”. Assim é fácil. Para ele, tudo; para os demais, nada.

Com informações de Estado Maior

Em 3 anos e meio, Edivaldo Júnior recebeu quase 4 bilhões em repasses federais

Passados 3 anos e meio de gestão, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, recebeu somente em repasses de verbas constitucionais do governo federal, o montante de R$ 3.633.350.000,00 (Três Bilhões, seiscentos e trinta e três milhões de reais).  

Se formos detalhar os impostos recebidos, ISSQN, IPTU, IPVA, CIDE, Repasses estadual e demais contribuições, o valor recebido é muito maior, chega a ser estratosférico.

E o que se viu neste período de administração foram apenas medidas paliativas de tapa-buracos em ruas e avenidas, intervenções em algumas avenidas, tais como retornos e rotatórias e construção de algumas praças.

Programas, projetos e propostas que iriam mudar a realidade da capital maranhense ficaram apenas no programa eleitoral e promessas de campanhas. As grandes obras de infraestrutura prometidas e propaladas durante o período eleitoral, ficaram apenas no passado.

Uma gestão pífia que chega ao fim com um único feito (Obra) festejado e comemorado como se fosse mudar a realidade da cidade, foi a PONTE PAI INÁCIO, de concreto, com pouco mais de 10 metros de comprimento e 7 de largura.

Este é o legado de mais um prefeito que passa por esta cidade quatrocentona, sem ações efetivas, sem programas, sem projetos, sem nada…

E pelo que se pode observar é que o DINHEIRO vem.

Faltam 67 dias para o dia 2 de outubro, daqui há nove semanas.

TRANSFERENCIA SLZ 2013 TRANSFERENCIA SLZ 2014 TRANSFERENCIA SLZ 2015 TRANSFERENCIA SLZ 2016

Vídeo Assustador!!! Homem sobe em poste durante discurso de Dilma e morre carbonizado

Um homem morreu eletrocutado em Aracaju (SE), ontem (25), durante um ato do PT na capital sergipana.

A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) participava do evento, e discursava no momento do ocorrido. O homem, de camisa vermelha, seria um flanelinha. Em virtude do choque ele teve uma parada cardíaca, e traumatismo craniano com a queda. Ele morreu a caminho do Hospital de Urgências de Sergipe.

ATENÇÃO, ESTA SEMANA ELA VAI ESTAR EM SÃO LUÍS!!!

eletrocutado

https://youtu.be/xp1SuyEKYzE

Com informações do Blog do Gilberto Léda

Exclusivo!!! Saiba porque a oposição tenta desqualificar Roseana Sarney

(…) com calúnias, mentiras e devaneios por parte dos adversários, o tempo no cargo se encarregou de desgastar um pouco a ex-governadora, isto é natural na política, porém, o que eles nunca, jamais poderão esconder, desgastar e mentir é sobre as obras que ela realizou e que está em cada palmo de chão de São Luís 

Roseana nas obras do Canal da Raimundo Correia

O Blog abordará em muitas postagens, uma vez que foram realizadas milhares de obras, programas e projetos por Roseana Sarney na Capital ludovicense, Região Metropolitana de São Luís, Imperatriz e demais municípios maranhenses. Foram obras estruturantes, com fundamentos Sócio-econômicos, Desenvolvimento Social e Humano que mudaram efetivamente a realidade do nosso estado e que cabe, agora, a oposição realizar pelo menos uma parte do muito que foi feito e deixado pela ex-governadora.

Ao longo dos anos, adversários que não conseguiram colocar um prego numa barra de sabão por São Luís e pelo seu povo, começaram a fazer oposição aos projetos firmes e concretos de Roseana, com calúnias, mentiras e devaneios por parte dos adversários, o tempo no cargo se encarregou de desgastar um pouco a ex-governadora, isto é natural na política, porém, o que eles nunca poderão esconder, desgastar e mentir é sobre as obras que ela realizou e que está em cada palmo de chão de São Luís

 A primeira matéria vai mostrar as realizações na capital maranhense dos seus primeiros dois mandatos de Janeiro de 1995 a Abril de 2002 (sete anos e três meses), à frente do governo do Maranhão.

INFRAESTRUTURA DE SÃO LUÍS

Nos primeiros dois mandatos de Roseana (1995 a 2002), foram realizadas obras estruturantes para melhorar o sistema viário e para aumentar a capacidade das vias e avenidas (Avenida Guajajaras, Duplicação do acesso à BR 135 do Km 0 até a ponte dos estreito dos mosquitos, Estrada de Acesso a Ribamar, Ampliação da Avenida dos Holandeses com Acesso ao Araçagi, projeto e licitação do Elevado Alcione Nazaré), saneamento básico, asfaltamento de vias nos bairros e grandes avenidas. Reformas e Construção dos viadutos Alexandre Costa na Cohama, João do Vale no Calhau e do Sistema viário Governador Newton Belo na Cohab.

Em convênio com a Infraero, foi construído o Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado.

CONSTRUÇÕES

Elevado João do Vale (Viaduto do Trabalhador)

Elevado João do Vale (Elevado do Trabalhador);

Elevado Governador Newton Belo (Viaduto da Cohab)

Sistema viário Governador Newton Belo com pistas de rolamento e túnel (Elevado da Cohab);

Elevado Senador Alexandre Costa (Viaduto da Cohama)

Sistema viário Senador Alexandre Costa com pistas de rolamento e túnel (Elevado da Cohama);

Avenida Ferreira Gullar

Avenida Ferreira Gullar, acesso aos bairros da Ilhinha, São Francisco e Laguna da Jansen

Avenida Luis Eduardo Magalhães

Avenida Luís Eduardo Magalhães, acesso aos bairros Alto do Calhau, Vinhais Cohama;

ETE Bacanga

Estação de Tratamento de Esgoto do Bacanga – Destinado ao tratamento de todo o esgotamento produzido ao longo da Bacia do Bacanga, atendendo os bairros do Sacavém, Coroadinho, Monte Castelo, Retiro Natal, Areinha e o Centro Histórico;

Estação Coletoras de Esgoto, interceptores e estações elevatórias na Avenida Litorânea , Olho d’Água e Ponta da Areia;

Avenida Litorânea

Construção e Urbanização da Avenida Litorânea – Construção de Calçamento em concreto lonado colorido e arranjo urbanístico para estacionamentos. Praça de Alimentação, Quiosques Padronizados, Sanitários Públicos, Área destinada a eventos sócio-culturais (parquinho da litorânea);

Roseana nas obras do Canal da Raimundo Correia

Construção do Canal de Drenagem da Raimundo Correia – beneficiando mais de 30 mil moradores dos bairros do Retiro Natal, Areinha e Fátima, que tinham suas casas inundadas no período chuvoso. A obra trouxe o controle das enchentes, condições de salubridade, valorização das residências e resgate da auto-estima.

Laguna da Jansen

Laguna da Jansen (Lagoa da Jansen) – Construída e realizada a recuperação ambiental e urbanística da lagoa, hoje o maior complexo de lazer de São Luís, com 491 mil metros quadrados. Deu uma nova feição à capital ludovicense e proporcionou um belo parque paisagístico aos moradores, com ciclovias, quadras poliesportivas, pista de bicicross, skate, arena de futebol de areia, anfiteatro, píer, bares, deques, mirante, além de iluminação, sinalização e espelho d’água 1,13 milhão de metros;

Bairro Legal – Melhorou o sistema viário e de saneamento básico de vários bairros capital, Construção e recuperação de galerias de esgotos, Drenagem de águas superficiais, Caixas coletoras e bueiro, calçamento de vias urbanas e implantação de redes de esgoto nos bairros: Coroado, Barreto, Jordoa, Miritiua, João Paulo, Fátima, Cohatrac IV, João de Deus, Gioabal, Jardim Tropical, Jardim América, Coroadinho, Liberdade, Camboa, Redenção, Vila Palmeira, Alemanha, Sá Viana, Vila Embratel, Monte Castelo, Anjo da Guarda, Quinta dos Machados, Parque Vitória, Gapara, Cruzeiro do Anil, COHAB, Areinha;

Vivas

Projeto VIVA – Construção de espaços públicos com instalação de equipamentos destinados à utilização cultural e de lazer das comunidades. Foram construídos 21 (vinte e um) Vivas, contemplando os bairros:

Angelim, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Bairro de Fátima (Viva Cavaco), Fé em Deus, Gioabal, João Paulo, Liberdade, Madre Deus (Viva Madre Deus e Viva Praça da Saudade), Monte Castelo Viva Conceição e Viva Campinho, Renascença, Retiro Natal (Viva Geraldo Aires e Viva Retiro Natal), Vila Embratel e Vinhais

Viva Cidadão

Viva Cidadão (Shopping do Cidadão) – Começou a funcionar  em fevereiro de 1998, com uma unidade fixa na Praia Grande. Devido ao sucesso do programa, foram criados mais dois, nas maternidades Marly Sarney e Benedito Leite, todas possibilitando a emissão de Registro Civil de Nascimento. Meses depois, abriu-se mais uma unidade, desta vez no bairro do João Paulo.

Teatro João do Vale

Teatro João do Vale (importante centro de arte e cultura de São Luís);

Pousada Largo do Comércio

Solar do Largo do Comércio (Universidade de Arquitetura do Maranhão);

Projeto de Habitação Rua da Estrela

Habitações coletivas (Centro Histórico);

Terminal Hidroviário de São Luís

Terminal Hidroviário (Estação de passageiros e cargas que se destinam, por via marítima e fluvial, à cidade histórica de Alcântara e vários municípios da baixada e do litoral ocidental. Com sala de espera, restaurante, sala de espera, guarda-volumes e instalações para o atendimento ao público);

Praça Nauro Machado

Praça Nauro Machado (Estrategicamente situada entre o Teatro João do Vale e a Pousada Largo do Comércio e próxima a feira da Praia Grande. Espaço para espetáculos de cultura popular e teatro de rua);

Estaleiro Escola Tamancão

Estaleiro-Escola no Sítio do Tamancão (Área de 2.600 metros quadrados às margens do Rio Bacanga. Foi instalado o primeiro Centro de Treinamento em Carpintaria Naval);

Casa do Maranhão

Casa do Maranhão (Um excelente Centro de Atendimento ao Turista, com exposições de artes, informações sobre os pólos turísticos e o imenso acervo cultural);

Morada da Artes
Morada da Artes 2
Morada da Artes 3

Morada das Artes (Projeto que transformou antigos galpões do porto da Praia Grande em espaço multifuncional para os artistas, com residências, galeria de arte, ateliês, salão de exposições e sala de negócios);

Mercado das Artes

Mercado das Artes (Espaço para os artistas populares revelarem toda  magia de sua arte, endereço certo para quem pretende comprar artesanato;

Praça do Pescador

Praça do Pescador (Construção e reubarnização, dotadas de quiosques, devidamente higienizados, com rede de esgotos, abastecimento de água, sanitários e etc);

Capela de São Pedro

Capela e Praça de São Pedro (Construção do tradicional local de eventos religiosos e praça para encontro de grupos de Bumba meu Boi);

REESTRUTURAÇÃO E RESTAURAÇÃO

Nesse conjunto de obras de construção e reestruturação de São Luís, somem-se os prédios

Solar Lilah Lisboa Escola de Música

Solar Lilah Lisboa (onde funciona a escola de música do Maranhão);

Solar dosVasconcelos

Solar dos Vasconcelos (antiga estação de serviços de energia, água esgotos);

Igreja do Desterro

Igreja do Desterro (Recuperação e Restauração completa da igreja mais antiga de São Luís);

Museu Histórico e Artístico do Maranhão

Museu Histórico do Maranhão (Recuperado, Restaurado e Aberto ao público depois de 10 anos fechado);

Catedral da Sé

Prédio da Catedral da Sé (Reconstrução e Restauração do prédio e acervo);

Palácio Arquiepiscopal (Reconstrução e Restauração do prédio e acervo);

Palácio dos Leões

Palácio dos Leões (Totalmente Recuperado e restauração do sistema hidráulico, estabilização das muralhas e recuperação dos elementos arquitetônicos de feição neoclássica);

Antes que os amigos leitores, perguntem sobre os outros municípios, calma, vamos chegar lá, ainda tem muita obra para mostrar.

Continua…

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache