Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Não subestimem José Reinaldo!

Não há um político maranhense que tenha conseguido derrotar o grupo Sarney, que não seja o próprio José Reinaldo, portanto, não subestime o Zé!

Está enganado quem pensa que o ex-governador Zé Reinaldo (Sem Partido) – está abatido na política maranhense. Profundo conhecedor dos meandros da nossa política, ele sabe o que está fazendo e aonde pode chegar. Não há um político maranhense que tenha conseguido derrotar o grupo Sarney, que não seja o próprio José Reinaldo.

Afirmo isto, pois, em 2006, quem garantiu a vitória de Jackson Lago (In memoriam), foi Zé – articulou grupos, criou candidatos, armou coligações, grupos políticos, comprou a candidatura de Flávio Dino a deputado federal (Vide Cleomar Tema e Humberto Coutinho), e muitas outras articulações.

Naquele ano, Roseana ainda conseguiu vencer a primeira etapa do escrutínio – mas a força da máquina de Zé foi decisiva. Até hoje foi a única derrota do grupo Sarney.

Afirmo isto, uma vez que aquela candidatura ‘mandraque’ de sopetão do Edinho Lobão, foi uma candidatura nati-morta e não assinada pelo grupo – parece até que foi dada ao Dino.

Portanto, jogar Zé Reinaldo ao ‘vento’ é colher, com certeza, mais cedo ou mais tarde uma ventania. Ele sabe jogar como poucos no tabuleiro político do Maranhão, vai fazer costuras e alinhavados em vários municípios com a primeira, segunda e até terceira forças locais.

E para ‘arrematar’ a arrumação política já em construção, ele deve aglutinar junto ao seu projeto, outras forças, tais como Hilton Gonçalo (PC do B), Waldir Maranhão (Avante), Roberto Rocha (PSDB), Sebastião Madeira (PSDB), Ribamar Alves e atrair muitos outros, formando uma terceira via viável.

A pergunta que não quer calar, para onde iria este grupo no segundo turno??? Permaneceriam unidos??? A quem interessa subestimar Zé Reinaldo????

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache