Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Mentira!!! Greve de motoristas nada tem a ver com aumento de tarifas

Existe um contrato em vigor (Licitação do Transporte Público); Cláusulas contratuais dispõem que discussão sobre aumento de tarifas serão após 1 ano de vigência do acordo contratual

Informações veiculadas nas redes sociais acerca de aumento na tarifa do transporte coletivo de São Luís, são equivocadas e energúmenas, uma vez que já existe um Contrato de Licitação em vigor que especifica que as discussões sobre o preço das tarifas se darão após 1 ano de vigência, e o contrato foi assinado no mês de setembro de 2017, portanto, especulação sobre aumento de passagem em São Luís é apenas um terrorismo barato e de quem desconhece o teor das cláusulas contratuais.

Os trabalhadores do transporte de passageiros de São Luís, assim como demais categorias, tem o direito constitucional de lutarem por melhorias salarias, dentro do especificado na Lei, o que eles estão fazendo é apenas o legítimo direito de reivindicar aumento de salários, dentro de sua data-base.

Em tempo: Ocorre que nos anos anteriores, antes da Licitação do Transporte, os empresários do setor utilizavam o movimento paredista para condicionar à Prefeitura de São Luís a conceder o aumento na tarifa.

E mais: De acordo com o contrato, o aumento de tarifas condiciona melhorias no Sistema de Transporte de Passageiros de São Luís, condições dos veículos, ofertas, demandas, IPCA, inflação, trajeto e dentre outros mecanismos serão discutidos, para conceder ou não, o aumento. 

Categoria: Política
  • Arnald azevedo diz:

    Claro que é verdade. Isso é um jogo. Somente aumentar a passagem criaria um enorme impacto. Faz o seguinte. Dão início a greve e teremos argumentos e justificativas para aumentar.
    Simples
    Isso sempre aconteceu
    A questão é se vamos aceitar ou não.
    Só queimando os ônibus sem passageiros. Aqueles que não tem seguro.

  • Anacleto diz:

    Não acredito, é muita ingenuidade mesmo. kkkkkkk. Preparem os bolsos que o aumento vem sim e ainda no primeiro semestre, infelizmente.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*