Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Escândalo!!! Governador do Maranhão usa jatinho sem licitação

Empresa mantém contrato de aluguel de jatinhos com o governo do Maranhão desde 2015, sem qualquer licitação

A Heringer Táxi Aéreo, empresa que mantém contrato de aluguel de aeronaves com o Governo Flávio Dino (PC do B), já faturou mais de R$ 8,5 milhões sem licitação com o executivo maranhense.

A dinheirama paga pelo governo Dino foram feitos com dispensa de licitação – os contratos chegam aos milhões, e o dinheiro vem de duas pastas, Casa Civil e Saúde.

No total, o governo comunista já pagou 11 milhões à empresa locadora de jatinhos turbo hélices.

Em tempo: O Ministério Público do Maranhão está afônico, ou melhor, cego, surdo e doido.

E mais: O governador Flávio Dino condenava veementemente o uso de aeronaves pela gestão passada. Na dele, já triplicou o valor pago com jatinhos.

 

Luciano Genésio se consolida como líder da baixada maranhense

Com apenas seis meses à frente do comando municipal de Pinheiro, o jovem Luciano Génésio (Avante), vem se destacando com obras e parcerias visando o desenvolvimento da cidade e região

Em apenas seis meses à frente do comando municipal de Pinheiro, o jovem Luciano Génésio (Avante), vem se destacando com muitas obras e desenvolvimento na cidade e região, ações beneficiam também toda a região da baixada maranhense.

Emprego e Renda

As obras do Parque Empresarial de Pinheiro que estavam paralisadas, foram retomadas em parceria com governo do estado. A obra é financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), e quando estiver pronta movimentará o setor na região.

O parque empresarial vai  funcionar com lotes, ruas pavimentadas, estacionamento, guarita, centro administrativo, salas de treinamento, reservatório, rede de distribuição de água e iluminação pública. A cidade de Pinheiro é estratégica devido a  sua proximidade com o Porto de Itaqui, e por ser localizada próximo ao Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Permite ainda, o acesso ferroviário, a Ferrovia Norte Sul. Sua economia é baseada no comércio, serviços, pecuária e piscicultura.

Além destes avanços que vão gerar emprego e renda na região, o prefeito Luciano reuniu com o diretor Regional do Senac no Maranhão, José Ahirton Batista Lopes para tratar sobre uma parceria entre o Senac e a prefeitura visando cursos profissionalizantes na cidade e na região.

Na ocasião foi acertado a construção do prédio do Senac em Pinheiro. A construção da unidade deve ser iniciada novembro deste ano, a obra está orçada em R$ 8.136.515,44,

Educação

Reformas em escolas, atenção aos professores e capacitação estão sendo desenvolvidas na cidade. Parceria importante também foi o acordo com o Senac que vai oferecer com as carretas da educação com cursos de profissionalizantes totalmente grátis aos pinheiresnses.

Uma obra de grande importância é a creche do Bairro da Bubulina  / Conjunto São José, que vai se tornar realidade e será entregue o mais rápido possível para a população.

A creche terá ambientes essenciais para a aprendizagem das crianças, como: Salas de aula, fraldários, sala de informática, bibliotecas, sanitários, fraldários, recreio coberto, parque, refeitório, entre outros ambientes, que permitem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação, além das administrativas e de serviço. A creche vai atender 500 crianças podendo ser até em tempo integral.

O prefeito Luciano também garantiu junto à reitora da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Nair Portela, a manutenção do curso de Medicina, no Campus de Pinheiro, além dos demais cursos oferecidos pela universidade em Pinheiro.

Saúde

Dentre as ações que apontam avanços na gestão Luciano Genésio estão na área da Saúde, com reformas, ampliações e adequações em hospitais, ampliação do Samu, aumento de equipes nos postos de saúde, mais ambulâncias novas para atender a demanda dos pinheirenses.

No Centro de Especialidades Médicas de Pinheiro (CEMP), foram mais de 10 mil atendimentos em apenas um mês, comprovando a eficiência dos serviços e do atendimento prestado a população.

O centro conta com um quadro de mais de 70 funcionários, entre médicos e enfermeiros e vem se destacando a nível de Maranhão e já bateu a meta no atendimento aos beneficiários do bolsa família.

Também em parceria com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Luciano garantiu obras de melhoria do Sistema de Abastecimento de Água de Pinheiro. A obra vai beneficiar vinte mil famílias e terá investimento de aproximadamente R$ 10 milhões.

O Prefeito Luciano ressalta que o investimento encerrará de vez com a falta de água no município.

O investimento beneficiará 20 mil famílias no município e serão realizadas quase 4 mil novas ligações domiciliares.

Moradias populares

O prefeito solucionou também um antigo problema de moradias populares no municipio, onde as obras do Residencial Bom Viver I e II, estavam paralisadas. Luciano garantiu junto à Superintendência da Caixa Econômica Federal a retomada das obras nos residenciais.

Na ocasião equacionou a entrega das casas populares do Residencial Coqueiro I onde 500 unidads serão entregues ainda este ano, e ainda terá mais 500 unidades na Zona Rural e Zona Urbana que serão construídas.

Infraestrutura

Vale destacar também a reforma da rodoviária de Pinheiro que atende uma demanda bastante grande de várias regiões de todo estado, com uma recuperação rápida, revitalizou e iluminou  o antigo termnal que ganhou status e aparência de nova. O que era motivo de vergonha e depois de décadas de esquecimento, em 30 dias sofreu grande transformação e agradou aos pinheirenses e usuários.

Profissionais liberais que utilizam diariamente as instalações do terminal como: taxistas, mototaxistas, donos de lanchonetes e hotéis agradeceram o trabalho empenhado.

Operações de tapa-buracos e asfaltamento se estendem por todo município, várias ruas e avenidas receberam os serviços como Rua Deodoro da Fonseca se estendendo até o Bairro de Pacas. Rua João Paulo II, no bairro João Castelo, no total, foram nove bairros beneficiados em Pinheiro em parceria com o Mais Asfalto do governo do Maranhão, a pavimentação a 12 quilômetros e com um investimento de R$ 4 milhões.

 

 

 

Márcio Jardim libera certificados da Lei de Incentivo para Moto Club e MAC

A parceria voltou a ser tratada entre os clubes e o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim

Secretário Márcio Jardim entrega Certificado de Mérito do Esporte que permite buscar recursos financeiros amparados pela Lei de Incentivo ao Esporte

Clubes maranhenses vão fazer uma nova tentativa junto ao governador Flávio Dino para tentar firmar uma parceria para o Campeonato Brasileiro de Futebol.

Muita gente acha que os clubes vão de fato pedir dinheiro ao governo, mas não vejo assim. Os clubes de futebol têm uma mídia muito grande e o futebol em si é uma fonte geradora de milhares de empregos.

Com as arrecadações pequenas nos jogos e sem nenhuma ajuda da iniciativa privada que não apóia o futebol maranhense, com raras excessões, a única saída para os clubes é bater na porta do poder público, mas esse caminho está cada vez mais complicado mediante ao cenário atual de crise.

Após ser dado como certo que o governo não provaria o projeto dos clubes pela Lei de Incentivo, o assunto voltou a ser tratado entre os clubes e o secretário de Desporto e Lazer (Sedel), Márcio Jardim.

Os clubes alegam que foi apresentado um valor menor do que estimavam e que desde o início da competição já vem divulgando a marca do Governo do Maranhão nos uniformes.

Em contato com o secretário Márcio Jardim, ele disse que não existe valor menor, mas proporcional ao número de jogos. “O projeto propunha x valor para a quantidade de jogos. Nós faremos correspondente ao returno”, adiantou. Ele acrescentou que nesta sexta-feira deve começar a liberar os certificados.

O valor do Moto Club seria de R$ 250 mil e do MAC R$ 150. O Sampaio não apresentou projeto à Sedel.

Vale destacar também, que a Sedel não vem recolhendo dos clubes um centavo sequer ao Fundo estadual do Esporte dos custos do Castelão.

Além disso, os clubes recolhem com o aluguel dos pontos de bares e lanchonetes no estado. Isso também é uma ajuda aos clubes e que não tem sido divulgado por ninguém, nem mesmo pela Sedel.

Diga-se de passagem tudo isso era liberado também na gestão do ex-secretário Joaquim Haickel, no governo Roseana como forma de ajudar os clubes.

Mas por outro lado é importante destacar a situação das equipes, que mesmo diante de tanta dificuldade ainda foram ao mercado e buscaram reforços essa semana para tentar quem sabe o acesso que será importante para levar o nome do Maranhão cada vez mais longe.

Com informações do Blog de Zeca Soares

Instituto Jovens do Amanhã realiza ação social na Vila Maracujá

O Instituto Cultural Jovens do Amanhã realiza Ação Social na Vila Maracujá

O Instituto Cultural Jovens do Amanhã, realiza amanhã (15), mais uma importante Ação Social, desta vez a comunidade beneficiada será a Vila Maracujá, na zona rural de São Luís. Desta vez a ação será na Associação de Moradores da comunidade e vai oferecer gratuitamente diversos serviços médicos e jurídicos.

Haverá também a parte de recreação e lanches para a garotada da comunidade.

A ação social terá como tema: “Fazer o bem sem olhar a quem”, terá também palestras com Conselheiros Tutelares da Criança e Adolescência.

A ação terá início às 8:30 e se estenderá até as 13h.

Na programação, serão ofertados à população uma série de atendimentos, entre eles, consultas com especialistas de psicólogos, nutricionistas, aferição de pressão arterial e teste de diabetes, pesagem e medições.

De acordo com o organizador da Ação Social, disse que o instituto vem desenvolvendo ações em todo o estado, e o local vai de acordo com as demandas e as necessidades dos moradores. O instituto vai até às comunidades onde o poder público não chega e o objetivo é tentar suprir estas necessidades com esporte, educação, saúde e lazer.

“Tentamos chegar onde o poder público tem sido ausente, e nosso objetivo é alcançar as pessoas que realmente necessitam de ações como esta”, finalizou Paulo Ricardo, presidente do instituto.

Construção da Av. Guajajaras e o cruzamento da Forquilha, veja quanto custou nos governos Roseana e Dino

O Blog fez um levantamento dos valores em R$, da construção da Avenida Guajajaras e o cruzamento da Forquilha, nos governos Roseana e Flávio Dino

Guajajaras e Cruzamento da Forquilha, separados pelo tempo e pela grandeza

Em seus primeiros mandatos, Roseana e Flávio Dino imprimiram um ritmo de reformas em São Luís, obras que melhoraram a vida dos maranhenses, mas o contribuinte, que paga a conta, sabe quanto custaram a construção da avenida Guajajaras no governo Roseana e o cruzamento da Forquilha, no governo Dino????

Então vejamos: Construída em 1996, com uma extensão de 3,8 Km, a Avenida Guajajaras tem 3 rotatórias e custou R$ 8,4 milhões aos cofres públicos no governo Roseana.

Já o Cruzamento construído e inaugurado, na gestão Flávio Dino tem uma extensão de 15 mil metros quadrados, ou seja, 1,5 Km de extensão, e custou aos cofres públicos, R$ 8,5 milhões.

Levando-se em consideração os 20 anos que se distanciam uma obra da outra, elas são absurdamente desproporcionais em se tratando de envergadura do tempo e espaço da mobilidade urbana, a construção da Guajajaras e a construção do cruzamento da Forquilha, nos mostra que nestes 20 anos, não avançamos neste quesito, e que o cruzamento terá que em pouco tempo passar por novas modificações geométricas.

Em tempo: Obras que resultem em melhorias de mobilidade urbana, tem que necessariamente, ter durabilidade comprovada de pelo menos 20 anos. Isto é uma norma aprovada pelo Ministério das Cidades.

E mais: Em outras postagens elencaremos aqui mais duas obras realizadas nas gestões de Roseana e Flávio Dino, para que o contribuinte saiba o que se fez com o dinheiro público em obras que precisam durar, no mínimo 20 anos.

Pra fechar: Nos referimos à “durabilidade”, no sentido de fluidez do tráfego.

P.S: O Blog não entrou no mérito de conversão monetária do valor do Real em 1996 e 2017.

 

SEDEL: Reforma do parque aquático do Complexo Castelão já iniciou

Reforma é da ordem de R$ 13.635.000,00 e beneficiará todos os maranhenses, diz Márcio Jardim

Secretário Márcio Jardim e o superintendente da Caixa, Ricardo Porto, durante a assinatura do contrato de repasse

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer – SEDEL e Secretaria de Infraestrutura – SINFRA, iniciaram os trabalhos de reconstrução do Parque Aquático do Complexo Canhoteiro / Castelão, a reforma será ampla e total.

A reforma foi graças a um contrato entre a Secretaria de Esportes e a Caixa, na ordem de R$ 13.635.000,00 para a realização das obras.

 “Esse investimento mostra o nosso compromisso com a prática do esporte e lazer no Maranhão. Para o governador Flávio Dino, investir na área de esporte e lazer é garantir cidadania, educação, saúde, segurança, inclusão social e a formação de maranhenses bem mais preparados para a vida”, afirmou Márcio Jardim.

O investimento beneficiará toda população maranhense, principalmente os esportistas e nadadores, pois o parque voltará a ser palco de atividades esportivas estaduais e nacionais, assim como os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs).

“Lutei muito pela viabilização desse projeto. Não é algo fácil de materializar de um “dia para o outro, foram muitas horas e dias de reuniões, discussões com pessoal da natação, para colher as melhores sugestões, audiências no Ministério do Esporte, cobranças de boa fé, e outras tantas desonestas”, pontuou o Secretário Márcio Jardim.

Escândalo!!! Veja os contratos e a relação das prefeituras que pagariam milhões a escritório de advocacia

O Blog fez um levantamento das prefeituras maranhenses que firmaram contratos com o escritório de advocacia João Azêdo e Brasileiro Advogados Associados

Em 2015, a Justiça Federal condenou o Governo Federal a repassar aos municípios que sofreram perdas. Municípios maranhenses tem direito a receber cerca R$ 3 Bilhões.

Para recuperar o saldo do antigo FUNDEF, mais  da metade dos 217 municípios maranhenses firmaram contrato de prestação de serviços com um escritório de advocacia, sem licitação e com vícios contratuais.

Para se ter uma ideia, os honorários advocatícios eram previstos no contrato a serem pagos de 10 a 20%, do valor que cada município receberia.

Contudo, o dinheiro destes fundos, Fundef e Fundeb, são destinados exclusivamente à educação, não podendo ser pago a honorários advocatícios.

Veja as resenhas dos contratos e prefeituras que assinaram contrato com o escritório

Prefeitura Municipal de Água Doce do Maranhão

Prefeitura Municipal de Alcântara

Prefeitura Municipal de Aldeias Altas

Prefeitura Municipal de Senador Alexandre Costa

Prefeitura Municipal de Alto Alegre do Pindaré

Prefeitura Municipal de Anajatuba

Prefeitura Municipal de Anapurus

Prefeitura Municipal de Apicum Açú

Prefeitura Municipal de Araguanã

Prefeitura Municipal de Araióses

Prefeitura Municipal de Bacabal

Prefeitura Municipal de Bacuri

Prefeitura Municipal de Bequimão

Prefeitura Municipal de Boa Vista do Gurupi

Prefeitura Municipal de Bom Jardim

Prefeitura Municipal de Bom Jesus das Selvas

Prefeitura Municipal de Bom Lugar

Prefeitura Municipal de Buriti

Prefeitura Municipal de Buriticupu

Prefeitura Municipal de Cachoeira Grande

Prefeitura Municipal de Cajapió

Prefeitura Municipal de Cajari

Prefeitura Municipal de Carutapera

Prefeitura Municipal de Centro do Guilherme

Prefeitura Municipal de Centro Novo do Maranhão

Prefeitura Municipal de Chapadinha

Prefeitura Municipal de Cidelândia

Prefeitura Municipal de Nova Colinas

Prefeitura Municipal de Davinópolis

Prefeitura Municipal de Esperantinópolis

Prefeitura Municipal de Fernando Falcão

Prefeitura Municipal de Fortaleza dos Nogueiras

Prefeitura Municipal de Godofredo Viana

Prefeitura Municipal de Gonçalves Dias

Prefeitura Municipal de Graça Aranha

Prefeitura Municipal de Grajaú

Prefeitura Municipal de Humberto de Campos

Prefeitura Municipal de Icatu

Prefeitura Municipal de Igarapé do Meio

Itaipava do Grajaú

Prefeitura Municipal de Itapecurú Mirim

Prefeitura Municipal de Itinga do Maranhão

Prefeitura Municipal de Jatobá

Prefeitura Municipal de Jenipapo dos Vieiras

Prefeitura Municipal de Junco do Maranhão

Prefeitura Municipal de Lago do Junco

Prefeitura Municipal de Lagoa do Mato

Prefeitura Municipal de Lajeado Novo

Prefeitura Municipal de Lima Campos

Prefeitura Municipal de Loreto

Prefeitura Municipal de Governador Luíz Rocha

Prefeitura Municipal de Magalhães de Almeida

Prefeitura Municipal de Maranhãozinho

Prefeitura Municipal de Mata Roma

Prefeitura Municipal de Matinha

Prefeitura Municipal de Mirador

Prefeitura Municipal de Governador Newton Bello

 

Prefeitura Municipal de Nina Rodrigues

 

Prefeitura Municipal de Nova Colinas

Prefeitura Municipal de Governador Nunes Freire

Prefeitura Municipal de Olinda Nova do Maranhão

Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar

Prefeitura Municipal de Parnarama

Prefeitura Municipal de Paulino Neves

Prefeitura Municipal de Pedro do Rosário

Prefeitura Municipal de Penalva

Prefeitura Municipal de Peritoró

Prefeitura Municipal de Pindaré – Mirim

Prefeitura Municipal de Pinheiro

Prefeitura Municipal de Porto Franco

Prefeitura Municipal de Porto Rico

Prefeitura Municipal de Presidente Juscelino

Prefeitura Municipal de Presidente Vargas

Prefeitura Municipal de Raposa

Prefeitura Municipal de Riachão

Prefeitura Municipal de Governador Ribamar Fiquene

Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Paruá

Prefeitura Municipal de Santa Quitéria

Prefeitura Municipal de Santa Rita

Prefeitura Municipal de São Benedito do Rio Preto

Prefeitura Municipal de São Bento

Prefeitura Municipal de São Domingos do Maranhão

Prefeitura Municipal de São Francisco do Maranhão

Prefeitura Municipal de São João Batista

Prefeitura Municipal de São Pedro da Água Branca

Prefeitura Municipal de Senador Alexandre Costa

Prefeitura Municipal de Serrano do Maranhão

Prefeitura Municipal de Sítio Novo

Prefeitura Municipal de Sucupira do Riachão

Prefeitura Municipal de Tufilândia

Prefeitura Municipal de Vila Nova dos Martírios

Prefeitura Municipal de Zé Doca