Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Absurdo!!! Governo Flávio Dino deve ser responsabilizado por morte de candidata

Levantamento feito por este Blog, mostra que o Teste de Aptidão Física – TAF, era a 3ª Etapa do certame da Polícia Militar, conforme o EDITAL Nº 7 – PMMA, DE 8 DE JANEIRO DE 2018

O Blog fez um levantamento e constatou que a etapa para o Teste de Aptidão Física – TAF, do concurso da Polícia Militar do Maranhão, seria a terceira, após passar por um rigoroso teste de Exames Médicos, conforme o Edital Nº 7 da Polícia Militar do Maranhão, publicado no Diário Oficial do Estado do Maranhão – DOE / MA.

Após muitas reclamações, atropelos e muita confusão no certame, o governo Flávio Dino (PC do B), acelera e compromete etapas que podem manchar mais ainda a lisura do processo.

Segundo apurou, este Blog, são pelo menos uns 40 tipos de exames para que seja encaminhado para a banca e se nada comprometer, o candidato estar APTO para o Teste de Aptidão Física. Veja a relação de exames abaixo, que segundo o Edital, os candidatos deverão apresentar:

a) teste ergométrico submáximo – com laudo cardiológico;
b) dopplerecocardiograma com mapeamento de fluxo em cores;
c) eletrocardiograma (com laudo);
d) eletroencefalograma (EEG) com laudo  
c) laudo descritivo e conclusivo de consulta médica psiquiátrica realizada por médico especialista (psiquiatra),
que deve obrigatoriamente citar: consciência, orientação, atenção, pensamento (curso, forma e conteúdo),
memória, sensopercepção, humor/afeto, cognição/inteligência, capacidade de tirocínio e juízo crítico,
linguagem, uso (ou não) de medicamentos psicotrópicos (psicofármacos), que deve obrigatoriamente seguir
modelo constante do Anexo II deste edital;
d) radiografia da coluna vertebral em AP e perfis e escanometria dos membrosinferiores (ambas com laudo);
e) radiografia do tórax em PA e perfil (com avaliação da área cardíaca);
f) prova de função pulmonar (espiromentria), com e sem uso de broncodilatador (com laudo descritivo e
conclusivo)
g)  exame oftalmológico (avaliação oftalmológica realizada pelo especialista, considerando: a acuidade visual
sem correção; acuidade visual com correção; tonometria; biomicroscopia; fundoscopia; motricidade ocular;
e senso cromático); laudo descritivo e conclusivo de consulta médica realizada por especialista
(oftalmologista) que deve adicionar e, obrigatoriamente, citar os aspectossupramencionados(e resultado de
exames médicos);
i) exame clínico para avaliação de hanseníase emitido por médico dermatologista;
j) audiometria tonal (com laudo);  
i) exame toxicológico do tipo de “larga janela de detecção”, os quais acusam o uso de substâncias
entorpecentes ilícitas ou lícitas que podem causar dependência química ou psíquica. Deverão testar, no
mínimo, as seguintes substâncias: maconha e derivados, cocaína e derivados, incluindo crack e merla,
opiáceos incluindo codeína, morfina e heroína, ecstasy (MDMA e MDA), anfetamina, metanfetamina e PCP;
esse exame deverá apresentar resultados negativos para um período aproximado de 180 dias. O material
biológico a ser coletado, a qualquer tempo, poderá, a critério do coletor, ser cabelos, pelos ou unhas;
k) exame de sangue:
k.1) hemograma completo, com contagem de plaquetas;
k.2) glicemia de jejum;
k.3) sorologia para Lues (VDRL ou FTAAbs);
k.4) tipagem sanguínea (ABO e Rh);
k.5) sorologia para hepatite B (incluindo obrigatoriamente: HBsAg, HBeAg, Anti HBc [frações IgM e IgG], Anti
HBe, Anti HBs) e Sorologia para hepatite C (anti‐HCV);
k.6) ureia;
k.7) creatinina,
k.8) bilirrubinas (total e frações);
k.9) transaminases (TGO e TGP);
l) exame de urina:
l.1) elementos anormais e sedimento (EAS);
m) exame de fezes:
m.1) exame parasitológico de fezes (EPF).  

Portanto, é imposível que um candidato tenha sido convocado no dia 9 (janeiro), deste mês, para realizar esta bateria de exames, receber os resultados e em seguida entregar à banca, ela analisar todos os laudos e em seguida, autorizar o candidato a realizar o TAF.

Algo de errado está ocorrendo e com a aceleração destes prazos está mais evidente que a morte a jovem Daniele Nunes Silva, ainda tem muito o que ser esclarecida pelo governo do Maranhão.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais
  • Jessica diz:

    Pelo visto o blog não sabe de nada mesmo,eu estou aprovada e não pulou etapa nenhuma do concurso sua fonte nada mais, nada menos é da oposição.

  • Tiago diz:

    Francamente é muita falta de assunto

  • Ives Fernandes diz:

    Amigão, quem fez o taf, fez por que quis, o governo nao pegou na mao de ninguém e levou lá não, se alguem for responsabilizado, tem que ser o médico dono do CRM que autorizou a mesma a fazer o TAF. No mais, o governo convocou todo e mundo e disse:”Quem quer ser policia é só chegar com o atestado dizendo que pode fazer o TAF.”

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache