Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Governo Flávio Dino contribuiu para o aumento de combustíveis no Maranhão

Aumento do ICMS proposto por Flávio Dino (PC do B), pesou na conta dos maranhenses, combustíveis ficaram mais caro

Os recentes aumentos na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, propostos pelo governo Flávio Dino, contribuíram significativamente para o aumento no preço dos combustíveis em todo o estado.

O aumento na alíquota do ICMS foi aprovado por 26 votos a favor e apenas 8 contra, pelos deputados estaduais, em dexembro de 2016,  por meio do Projeto de Lei 223/2016, de autoria do executivo, que aumentou as tarifas de energia elétrica, preços de combustíveis, telefonia e TV por assinatura.

O projeto aprovado passou a vigorar em março de 2017, com o aumento que pesou na conta dos trabalhadores, pais e mães de família maranhenses.

Energia Elétrica

Com o aumento, quem consomia até 500 quilowatts-hora por mês passou a pagar não mais 12% de ICMS, mas 18% (aumento de 6%). E quem consome acima de 500 quilowatts-hora/mês, a alíquota do imposto subiu de 25% para 27%.

Preço dos combustíveis

Com o aumento patrocinado por Flávio Dino e os deputados estaduais, também foram reajustados as alíquotas dos combustíveis passaram de 25% para 26%.

Ontem (25), o que se viu em São Luís foi um verdadeiro ‘pandemônio’, filas intermináveis nos postos de combustíveis, os motoristas abasteceram seus veículos com a gasolina de até R$ 5 / litro.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache