Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Defesa de prefeito afastado faz grave acusação à desembargadora Nelma Sarney e deputado Edilázio júnior

O prefeito Alto Alegre do Pindaré, Atenir Ribeiro, afastado em fevereiro deste ano, por decisão da juíza de Santa Luzia Marcelle Adriane Farias Silva titular da 1ª vara que cassou os direitos políticos do atual prefeito de Alto Alegre do Pindaré, sob acusação de prática de suposto caixa 2 na campanha de 2012, aposta suas últimas fichas no julgamento do mérito do processo, que tramita no TRE, para tentar retornar ao posto.

Atenir Ribeiro, em peça encaminhada ao Tribunal de Justiça do Maranhão, faz grave denúncia contra a Desembargadora Nelma Sarney, e diz que “forças ocultas”, que na arguição interposta, tem nome e sobre nome, FREDERICO DE ABREU SILVA CAMPOS (FRED CAMPOS), CARLOS LUNA DOS SANTOS PINHEIRO e AMÉRICO BOTELHO LOBATO NETO  e que os três tem relação de amizade íntima e com a desembargadora e com seu genro, o deputado Edilázio Júnior.

O impetrante alega ainda, que no dia 27 de fevereiro durante o plantão do desembargador Ricardo Duailibe, que, mesmo diante da urgência do pedido, pediu mais informações processuais e o processo foi distribuído para o gabinete da desembargadora Nelma Sarney, que nada decidiu. Os autos foram encaminhados à Vice-Presidência, em virtude de uma nova “exceção protelatória”, desta vez suscitando conflito de competência e entendendo haver prevenção do desembargador Paulo Velten, tudo com claro intuito de protelar o andamento processual, tendo em vista que o artifício se revelou na medida que o próprio desembargador desistiu da exceção, dias depois.

O processo está  com “embargo de gaveta” há vários meses sem uma definição do seu mérito. Veja abaixo. a íntegra do processo.

Atenir 1 Atenir 2 Atenir 3 Atenir 4 Atenir 5 Atenir 6 Atenir 7 Atenir 8 Atenir 9 Atenir 10

 

Categoria: Política

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*