Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Corrupção sem freio no governo Flávio Dino PC do B

Principal membro do governo Flávio Dino (PC do B), Márcio Jerry tem duas pessoas diretamente ligadas a ele no esquema desbaratado pela Polícia Federal

R$ 50 mil foi a quantia bloqueada na conta da cunhada de Márcio Jerry, Jane Rodrigues

A Operação Pegadores, da Polícia Federal, revelou uma estranha proximidade dos gabinetes e pessoas muito próximas do governador Flávio Dino com os malfeitos descobertos na Secretaria de Saúde.

Seu principal auxiliar, presidente do seu partido, amigo de longas datas e lugar-tenente de suas ações políticas e pessoais, jornalista Márcio Jerry, aparece como vínculo direto de pelo menos dois personagens da trama.

A enfermeira Keilane Silva, tida como amiga de Márcio Jerry, motivo pelo qual recebeu contracheque de R$ 13 mil em Imperatriz, foi o pivô da investigação. Ainda em 2015, surgiu a notícia de que a amiga de Jerry recebia um alto salário como enfermeira em Imperatriz apenas pelo fato de ter relação com o secretário.

Operação teve início em 2015, as investigações se voltaram ao contracheques de Keilane Silva

Foi a partir dela que a Polícia Federal decidiu investigar o esquema.

Mas o supersecretário de Flávio Dino tem gente ainda mais próxima envolvida no esquema. Sua cunhada, Jane Rodrigues, que teve R$ 50 mil bloqueados pela Justiça Federal e é apontada como um dos cabeças da lista de funcionários fantasmas da SES. Casada com um dos irmãos de Jerry, Jane se aproxima do gabinete de Flávio Dino por meio do cunhado, principal auxiliar do governador.

A trama descoberta pela Polícia Federal bota, portanto, o esquema da Operação Pegadores no principal gabinete do Palácio dos Leões, por intermédio de Márcio Jerry, o homem de confiança do comunista.

Com informações de Estado Maior, de O EstadoMaranhão

 

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache