Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Teria Rodrigo Janot recebido dinheiro nas negociações entre Marcelo Miller e Joesley???

Ilação do presidente Temer em relação ao Procurador Geral da República, Rodrigo Janot tem deixado muita gente com a pulga atrás da orelha

Marcelo Miller foi braço-direito do PGR Rodrigo Janot, participou de Grupos de Trabalhos da Operação Lava-jato, era guardião de toda documentação da operação, sabia de tudo e de todos os investigados e, pediu exoneração do cargo de sub-procurador e virou negociador da JBS no acordo de leniência. 

A Constituição Federal Brasileira proíbe, mas Rodrigo Janot assinou embaixo o acordo feito pelo braço direito, com o bandido mais honorável do país.  

Parágrafo 6º do Artigo 128 da Constituição, diz:

“Parágrafo único. Aos juízes é vedado:
Vexercer a advocacia no juízo ou tribunal do qual se afastou, antes de decorridos 3 (três) anos do afastamento do cargo por aposentadoria ou exoneração.

Art. 128. O Ministério Público abrange: § 6º Aplica-se aos membros do Ministério Público o disposto no art. 95, parágrafo único, V. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)

Fora da lei não há salvação, talvez se o Procurador não tivesse trilhado aos holofotes e permanecer nos trilhos da lei, as acusações frágeis e forjadas perante a lei brasileira, teriam sido melhores apuradas. As acusações estas que certamente serão derrubadas pelo Supremo Tribunal Federal – STF; já existem jurisprudências em que vedam como provas as gravações clandestinas, como a realizada por Joesley Batista. 

Miller está para Janot, como Rocha Loures está para Temer.

Miller pediu exoneração dias antes do vazamento do aúdio-grampo do presidente Temer e assumiu a causa de Joesley e seu grupo, pelo escritório Trench, Rossi & Watanabe Advogados. Segundo informações a banca jurídica cobrou 27 milhões de dólares, boa parte deste dinheiro foi para a conta de Miller.

O ex-procurador Miller não poderia exercer a função de advogado junto à Procuradoria Geral da República por três anos.

Em tempo: Profundo conhecedor da Constituição Federal, eles sabem que incidiram no erro, a não ser que os holofotes da Rede Globo tenham ofuscado as “mentes brilhantes” de Janot e Miller.

E mais: Declaração do Presidente Temer parece ter atingindo o PGR, mesmo tendo sido apontado por um dedo sujo.

Pra fechar: Miller já garantiu a aposentadoria, será que após o término do mandato na PGR, Janot também se aposenta????

Vereadores de Caxias pretendem cassar título de cidadão concedido ao governador Flávio Dino

Vereadores de Caxias se articulam para tentar aprovar na Câmara Municipal a cassação do título de cidadão caxiense concedido ao governador Flávio Dino (PC do B)

A informação foi repassada pelo prefeito da cidade, Fábio Gentil. Segundo ele, o entendimento surgiu da indignação com o tratamento que o comunista vem prestando à cidade, principalmente na área da saúde.

Em tempo: o título de cidadão caxiense foi concedido ao governador do Maranhão por iniciativa do próprio Fábio Gentil, quando foi vereador da cidade.

E mais: Como o governador Flávio Dino está arrolado nas denúncias da Operação Lava-jato, mais do que necessário cassar a comenda e conceder um título de “persona non grata”

Dinheiro em paraíso fiscal!!! STF autoriza nova investigação contra Edison Lobão

Senador Edison Lobão é alvo de nova investigação em envolvimento em irregularidades com empresa Diamond Mountain em paraíso fiscal nas Ilhas Cayman

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso autorizou nesta terça-feira (27), a abertura de inquérito para investigar o suposto envolvimento do senador Edison Lobão (PMDB-MA) em irregularidades envolvendo a Diamond Mountain, nas Ilhas Cayman.

Barroso também autorizou a quebra do sigilo bancário de Lobão entre 1º de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2012.

O senador Lobão é alvo em 5 (cinco) inquéritos no STF, dos quais três relacionados à Lava Jato; um sobre fraudes na usina de Belo Monte; e agora essa nova apuração.

Ao autorizar a abertura das investigações, o ministro Barroso atendeu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A suspeita é de crime contra o sistema financeiro e de utilização da holding Diamond Mountain para tentar obter benefícios junto aos fundos de investimentos controlados pelo governo federal, como o Postalis, dos Correios.

Investigações

A apuração sobre a Diamond Mountain começou em julho de 2014 na Justiça Federal de São Paulo mas, após uma testemunha citar o possível envolvimento de Lobão, a juíza Fabiana Alves Rodrigues remeteu o caso para o Supremo.

Nessa decisão, a juíza destacou que o Ministério Público Federal não via indícios para investigar Lobão, mas que, pelo entendimento do Supremo, caberia ao STF decidir o que fazer depois de ouvir a Procuradoria Geral da República.

O procurador-geral, Rodrigo Janot, pediu, em setembro de 2015, coleta de mais informações antes de definir se pediria ou não a abertura do inquérito.

Entre as diligências pedidas, Janot requereu compartilhamento de provas produzidas em investigação sobre Lobão na Operação Lava Jato, como a agenda do peemedebista à época em que ocupou o Ministério de Minas e Energia, para saber se ele se reuniu com pessoas ligadas à holding.

No pedido do novo inquérito, o procurador disse que a agenda de Lobão confirmou diversas reuniões com representantes da empresa, e que a suspeita é de que ele seria sócio-oculto da Diamond.

Segundo Janot, os dados coletados exigem o aprofundamento das investigações. “Diante de tais constatações, faz-se mister o aprofundamento e a continuidade das apurações aqui iniciadas, de modo a confirmar ou não o possível envolvimento do congressista nos supostos ilícitos”.

Irmão de Nicolao Dino desrespeitou lista tríplice de procuradores do Maranhão

Governador Flávio Dino (PC do B), indicou 2º colocado para a Procuradoria do Estado

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), decidiu em maio, deste ano, escolher o 2º colocado na lista tríplice indicada pelo Ministério Público para a Procuradoria Geral de Justiça do Estado. Em 16 de maio, o promotor Luiz Gonzaga recebeu 183 votos, 29 a menos que o 1º colocado.

O Blog acredita que o governador não terá discurso para criticar decisão do presidente Temer (PMDB), pela indicação da segunda colocada na lista, Raquel Dodge, na sucessão de Rodrigo Janot na Procuradoria-Geral da República. 

Rodrigo Janot tem que deixar o cargo em 17 de setembro deste ano, e não concorrerá a um terceiro mandato. A escolha é do presidente Michel Temer. Raquel é opositora ferrenha de Janot, assim como Temer.

Procuradores escolhem Mario Bonsaglia, Nicolao Dino e Raquel Dodge para substituir Janot

Mario Bonsaglia, Nicolao Dino e Raquel Dodge formam a lista tríplice que será encaminhada ao presidente Michel Temer

Os subprocuradores-gerais da República Nicolao Dino, Raquel Dodge e Mario Bonsaglia foram os mais votados e escolhidos para formar a lista tríplice da qual deve sair, apontado pelo presidente Michel Temer (PMDB), o sucessor do procurador-geral Rodrigo Janot.

Em votação realizada nesta terça-feira (27) com mais de 1.200 membros do Ministério Público, Dino recebeu 621 votos, seguido por Raquel, com 587, e Bonsaglia, com 564.

As informações foram divulgadas pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República).

Em tempo: Raquel Dodge deverá ser a escolhida pelo presidente Temer como a nova Procuradora Geral da República e em seguida deverá encaminhar para o Senado Federal, onde passará por sabatina.

E mais: Teria a pretensão em criticar o presidente Temer, o irmão de Nicolao, Flávio Dino (que é citado na Lava-jato), sendo que ele mesmo não escolhe o mais votado na Procuradoria Geral de Justiça no Maranhão????

Temer “joga no ar” que Rodrigo Janot teria recebido propina de um sub-procurador

O presidente Michel Temer, diante de uma grande platéia fez uma gravíssima denúncia contra Rodrigo Janot

O presidente Temer deu a entender que o Procurador Geral Rodrigo Janot recebeu propina das atividades suspeitíssimas do  ex-procurador Marcelo Miller, braço direito do procurador, que atuava na Lava Jato até o mês de março, mas deixou o MPF para trabalhar na defesa de Joesley Batista.

A denúncia do presidente é ​Gravíssima!!!

Temer disse ainda, que a denúncia de Janot não passa de uma “denúncia por ilação”, uma “ficção”.

Este país não tem jeito!!! Deltan Dallagnol é agenciado por empresa para dar ‘palestras’ caríssimas em empresas e universidades.

Não dá para acreditar nas cabeças que estão à frente das instituições, qualquer que seja os poderes. Ao que tudo indica, Michel Temer continuará no cargo de presidente até 31 de dezembro de 2018. 

Sua estratégia, de agora em diante será a do bateu levou, aliás, chumbo trocado não dói…

Em tempo: O ex-procurador Marcelo Miller era o consultor-braço-direito de Rodrigo Janot, até março deste ano, e participava do Grupo de Trabalho da Lava Jato – sabia de tudo e era confidencial de Janot, deixou o MPF e passou a trabalhar no escritório de advocacia que negociou os termos da leniência do grupo JBS com a Procuradoria-Geral da República. 

E mais: O escritório recebeu milhões para fazer a defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista, tanto que deu tudo certo para o grupo.

Pra fechar: Em se tratando de ilações, Rodrigo Janot assinou embaixo, estranho, muito estranho…

 

 

Voto de cabresto: Assembleia de Deus diz que votos dos irmãos são de Eliziane Gama

Pastor-presidente da Assembleia de Deus garante que votos dos ‘fiéis’ são da deputada 

A declaração veio do presidente da entidade religiosa, Pedro Aldir Damasceno, líder da Assembleia de Deus e afirmou que a candidatura não será mais à Câmara Federal, e sim, ao Senado. Segundo Damasceno, a questão já foi discutida na cúpula da igreja, que decidiu fechar questão em torno do nome de Gama.

Depois de uma fraca passagem na Câmara, a deputada que teve uma pífia votação em 2016, quando concorreu à prefeitura de São Luís, e amargurou apenas o quarto lugar, com 6% dos votos, pouco mais de 30 mil votos. 

Ao que tudo indica, a deputada que não cumpre acordos políticos, nem de homem e nem de mulher, caminha desta vez ao calvário do ostracismo político, talvez, assim ela aprenda que palavra dada é palavra que deve ser cumprida.

Em tempo: Falta a ‘irmã’ combinar com os eleitores / fiéis da Assembleia de Deus que ela será candidata ao Senado Federal.

E mais: Eliziane terá que percorrer muitas igrejas durante a campanha, coisa que há tempos já não faz.

 

Bomba!!! Deputado propõe CPI para investigar Federação Maranhense de Futebol

Agora há pouco, na sessão desta terça-feira (27), o deputado estadual Rigo Teles (PV) propôs a abertura de uma CPI para investigar a Federação Maranhense de Futebol (FMF), por conta de recursos recebidos

Agora há pouco, na sessão desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Rigo Teles – PV propôs a abertura de uma CPI para investigar a Federação Maranhense de Futebol – FMF, por conta de recursos recebidos pela entidade, denúncia foi feita aqui pelo Blog, onde o presidente da Federação, Antônio Américo, fundou até um instituto para arrecadar dinheiro público, trata-se do Instituto Maranhense de Futebol – IMF. 

Foram muitas as denúncias aqui no Blog, reveja abaixo!!!

Federação Maranhense de Futebol é a mais corrupta do Brasil

“Só através de uma CPI, que é um direito obtido por esta casa de parlamentares, nós possamos chegar a saber se tem alguma irregularidade, algum desvio ou se está tudo regularizado”, disse o deputado.

Escândalo!!! Presidente da FMF fundou instituto que recebeu milhões do governo Flávio Dino

“O Campeonato Maranhense de Futebol, ano 2017, tem sido muito criticado em rede nacional, tem sido muito criticado em todo país, nas redes sociais, pela desorganização do campeonato pela Federação Maranhense de Futebol”, revelou.

Rigo Teles disse que vai iniciar a recolher as assinaturas para pedir a CPI da Federação Maranhense de Futebol e que em 120 dias deverá iniciar os trabalhos. “Se a federação não tem nada a temer, então aceite a CPI”, disse o parlamentar. O parlamentar ainda disse que a luta é pelo futebol do estado. “Não estou aqui somente pelo Cordino ou pelos times do interior, mas por todos os times do Maranhão”.

O deputado pelo Partido Verde, finalizou garantindo que “o objetivo principal desta CPI será apurar a Federação Maranhense de Futebol do Estado do Maranhão, que será passado a limpo pela primeira vez”.  

Em tempo: Com estes desvios de finalidade com o dinheiro público no governo Flávio Dino, a TV Difusora recebeu R$ 900 mil.

E mais: O restante do dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte foi enviado para a conta do IMF, do presidente da Federação Maranhense de Futebol – Antônio Américo.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache