Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Governo Flávio Dino contrata engenheira da Petrobrás sem licitação por R$ 240 mil

Magda Chambriard foi acusada de manobra do governo Dilma Rousseff, para retardar as investigações da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras 

Ex-diretoria-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, em entrevista na sede da entidade

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) vai promover uma gastança com consultoria especializada em infraestrutura, mesmo dispondo de técnicos altamente qualificados em seu quadro de servidores para cumprir tal tarefa. E o que é pior: a contratação, no valor de R$ 240 mil, foi feita com inexigibilidade de licitação, ou seja, a estatal abriu mão de realizar concorrência pública para contratar o serviço.

Contrariando discurso recente do governador Flávio Dino (PCdoB) de que no Estado o tempo é de “vacas magras”, a Emap contratou a engenheira carioca Magda Maria de Regina Chambriard, funcionária de carreira aposentada da Petrobras e ex-diretora geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) como consultora para serviços de análise de infraestrutura portuária relacionados à movimentação de granéis líquidos. O extrato de resenha do contrato foi publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 14.

Ficará a cargo de Magda a elaboração de estudos técnicos que contenham análises, recomendações e pesquisas conclusivas para o desenvolvimento de projeto para posicionar e indicar o potencial do Porto do Itaqui como Hub Port (Porto Concentrador de Carga).

O contrato, que teve a inexigibilidade de licitação ratificada nos autos do processo nº 1030/2017 e foi assinado pelo presidente da Emap, Ted Lago, e pelo diretor de Planejamento de Desenvolvimento da estatal, Jailson Macedo Feitosa Luz, terá vigência de 12 meses.

Currículo

Em 2014, Magda Chambriard foi acusada de participar de uma manobra do governo petista da presidente afastada Dilma Rousseff para retardar as investigações feitas pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras ao prestar depoimento em uma sessão esvaziada, na Câmara Federal.

Também foi acusada de trair os ex-presidentes Lula e Dilma, que a alçaram ao cargo de diretora-geral da ANP, ao estimular, durante audiência pública no Senado, o Congresso Nacional a discutir se para o país seria bom que a Petrobras fosse obrigada a ter participação mínima de 30% em todos os consórcios de exploração das áreas de petróleo e gás da camada pré-sal no regime de partilha de produção, como prevê a Lei nº 5.938, de 2009, fruto de articulação dos dois ex-governantes petistas.

Com informações do Blog do Daniel Matos

 

Vídeo!!! Helicóptero da polícia militar continua sendo usado por Flávio Dino

Nem mesmo após o escândalo de aluguéis milionários de jatinhos sem licitação pelo governo Flávio Dino (PC do B), levou os membros do governo a deixarem de utilizar o helicóptero Centro Tático Aéreo – CTA.

O vídeo, mostra o governador e o secretário Márcio Jerry, saindo do helicóptero em mais uma andança pelo Maranhão.

O governador e criticava duramente o uso da aeronave, segundo ele, mandaria a aeronave para combater o crime na região tocantina, até hoje…

 

Os “arautos” da moralidade: membros da Lava Jato receberam milhões em diárias

Com um pouco mais de sorte para essa turma, essa operação lava jato dura mais uns dez anos e eles vão sair milionários e o povo falido

Publicada: 18/08/2017 – 7:48

É, meus queridos, vida boa quem tem é procurador da República. Se o sujeito pertencer à Lava Jato e atuar fora da sua região de origem, a exemplo do buliçoso Carlos Fernando Santos Lima, aquele que já me chamou de cachorro, a vida pode ser mesmo uma festa.

Ainda na terça-feira, é bom lembrar, ele e Deltan Dallagnol vomitaram impropérios contra os políticos num vídeo postado na Internet. Sim, leitor! Você já está com inveja do rapaz desde o título.

Ser um procurador da República, no Brasil, é um excelente negócio. A depender do caráter do vivente, pode sair por aí acusando Deus e o mundo com ou sem provas; recorrer às redes sociais para malhar a política e os políticos; posar de herói da moralidade pública; palestrar em seminários e fóruns; acusar os membros dos Poderes Executivo e Legislativo de só pensar nos próprios interesses; gravar vídeos conclamando a população a se revoltar contra o Congresso; acusar jornalistas que lhe são críticos de estar a serviço de partidos políticos…

E dá para fazer tudo isso e ainda acumular um belíssimo patrimônio sem correr risco de nenhuma natureza — nem mesmo o de ser punido por abuso de autoridade ainda que se pratique… abuso de autoridade.

Esse procurador vai receber R$ 30 mil reais por mês de salário. Mas dá para melhorar essa performance. E muito! Os monopolistas da moralidade nacional têm direito a coisas que você, um simples mortal, ignora.

O mais escandaloso privilégio é o auxílio-moradia mesmo para quem é proprietário de imóvel na cidade em que trabalha. Há ainda auxílio-alimentação, ajuda de custo, auxílio-transporte, auxílio-creche…

Auxílio-creche? É… Se você decidir se reproduzir, o problema é seu. Quando um procurador se reproduz, o problema é nosso.

Até o mês passado, companheiros, esses penduricalhos nos salários dos digníssimos somavam R$ 60,2 milhões — ou R$ 8,6 milhões por mês. Como são 1.152 procuradores, houve um acréscimo salarial per capita de R$ 7.465,27. A coisa está ficando boa? Para os membros da Lava-Jato que atuam fora de sua praça, como Carlos Fernando, o que diz ser eu um cachorro, vai ficar muito melhor.

Isso é media. Vista a folha de pagamentos de julho, houve procurador que chegou a receber, só de penduricalhos, segundo reportagem da Gazeta do Povo, do Paraná, R$ 47,7 mil. Informa o jornal que “pelo menos 80% dos procuradores receberam benefício entre R$ 5 mil e R$ 5,9 mil no mês passado. Outros 15% receberam como auxílio valores entre R$ 6 mil e R$ 35,6 mil.”

E o melhor da festa
E falta a isso tudo o melhor da festa para quem, como Carlos Fernando — aquele que diz que todo mundo sabe quem sou; e sabe mesmo! — atua fora da sua região.

Ele é lotado em São Paulo e foi deslocado para a Força Tarefa da Lava Jato, em Curitiba, onde atua como lugar-tenente de Deltan Dallagnol — também nas redes sociais, nos impropérios e nas ofensas a todos que considera seus adversários.

As diárias
Quem tem essa sorte, ora vejam, ganha o direito a receber “diárias” de mais de R$ 800. Nunca se esqueçam de que um procurador já tem o auxílio-moradia, de R$ 4,3 mil mensais.

No ano passado, Carlos Fernando recebeu a bagatela de R$ 137.150,48 só nesse quesito.  Sim, cara pálida, além do salário e dos penduricalhos, o MPF lhe pagou 170 diárias.

Marcelo Miller — aquele que auxiliava Rodrigo Janot em Brasília, pediu demissão e, três dias depois, passou a advogar para a JBS — levou R$ 151.076,84 por iguais 170. O valor varia de acordo com a cidade para a qual o procurador é deslocado.

Numa conta feita, assim, meio no joelho, pegando a média dos benefícios, Carlos Fernando, o Catão da República, recebeu uns R$ 37 mil mensais em salários. O teto é de R$ 33.700. É que os benefícios não contam, embora a Constituição diga que sim… Quem liga para a Constituição?

Considerados os 13 salários, são R$ 481 mil. A esse valor, deve-se somar a bolada de R$ 137.150,48. Somam-se aí R$ 618.150 — média mensal de R$ 51.512,50, R$ 17.812,50 acima do teto, que é de R$ 33.700 (52,85% a mais).

E olhem que os valentes haviam decidido se autoconceder um reajuste de 17%. Só recuaram porque o salário, penduricalhos à parte, ultrapassaria o dos ministros do Supremo, e estes disseram que aumento não haveria.

Para que isso?
Por que isso? Só para demonizar Carlos Fernando? Só porque ele me chamou de cachorro? Só porque, segundo disse, todos sabem quem eu sou? E sabem mesmo, note-se.

É que acho importante que todos saibam quem ele é. E gente a sustentar que a sua atuação no escândalo do Banestado precisa ser revisitada. Faça-o quem dispuser de tempo.

Trago esses números — especialmente o ganho em diárias em razão da Lava Jato — no esforço de que esses procuradores sejam vistos por aquilo que são: funcionários que ganham os maiores salários da República, que recebem privilégios só equiparáveis àqueles de que dispõem os juízes e que não têm razão nenhuma para posar como os heróis sem interesses ou os mártires da República.

Vejam a lista dos campeões das diárias. Os nomes marcados em amarelo integram a Força Tarefa da Lava Jato. Com um pouco de sorte para essa turma, essa operação dura mais uns dez anos.

Os cofres públicos brasileiros aceitam qualquer desaforo.

Quem sabe Carlos Fernando passe a ser um pouco mais contido na hora de enfiar o dedo na cara de políticos e, lembre-se, até da futura procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

É mesmo um destemido. Fosse também pobrezinho, seria o herói perfeito desta quadra melancólica que vivemos.

E aí? Você ainda quer enforcar o último deputado com um pedaço da tripa do último senador ou já começa a espichar os olhos para as tripas dos procuradores. São 1.153. Há matéria para liquidar os 594 parlamentares federais. E ainda sobra tripa…

Absurdo! Irmã da sócia de hospital fantasma negou indenização da SES e paciente morreu

Irmã da sócia da Clínica Eldorado, nomeada pelo governador Flávio Dino (PC do B), negou indenização pela Secretaria de Saúde e paciente morreu 

O advogado Tobias Klohn relatou em seu perfil no Facebook que um de seus clientes morreu antes de a Secretaria de Estado da Saúde (SES) cumprir uma decisão judicial que lhe beneficiava devido a uma série de adiamentos promovidos pela assessora jurídica da pasta, Janyr Carvalho de Araújo.

A servidora, como se sabe, é irmã de uma das sócias da Clínica Eldorado, a juíza Janaína Araújo de Carvalho, que coordena a Central de Inquéritos de São Luís. O estabelecimento está alugado para a própria SES por R$ 90 mil mensais – mesmo fechado.

A mesma Secretaria, no entanto, não pagou indenização devida ao cliente do advogado, segundo o testemunho público dele.

“Essa mesma assessora há 1 ano, me dizia que o Estado não iria cumprir uma decisão judicial em prol de um cliente, primo, que tanto precisava de sua efetiva obediência. O argumento utilizado por ela foi de que se tratava de dinheiro público e que o Estado faria uma nova avaliação médica no paciente, o quê jamais ocorreu, resultando na morte daquele jovem cidadão que só queria viver”, escreveu.

 

Com informações do Blog de Gilberto Léda

Atenção!!! Proprietários de veículos que não pagarem IPVA vão perder o bem no Maranhão

Juros e multas cobrados pelo governo Flávio Dino (PC do B), são abusivos; Cadê o midiático PROCON????

Os juros e multas são abusivos!!! Para se ter uma ideia, um leitor do Blog encaminhou um extrato do débito do licenciamento de seu veículo popular, que venceu no dia 03 de julho de 2017, como não efetuou o pagamento até o vencimento, ele terá que desembolsar Multa de R$ 99,03 e Juros até hoje (17), de R$ 16,87.

O valor principal devido para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA, até o vencimento era de R$ 330,08, com a multa e os juros vai ter que pagar R$ 445,98.

Isso mesmo!!! Por causa de 45 dias de atrasos o governo Flávio Dino (PC do B) está cobrando juros e multas de R$ 115,90.

Veja o valor do Boleto (DARE)

Definitivamente, se o cidadão atrasar 1 ano o IPVA no Maranhão, certamente terá que vender o veículo para pagar o imposto, além do mais, se o contribuinte não pagou o imposto, não é porque não quis, é por que não teve condições.

O governo Flávio Dino, que alterou todas as alíquotas de impostos no estado, foi assim com o ICMS, que aumentou a conta de luz, internet, telefone e combustível – alterou também os juros e multas do IPVA.

Em tempo: o governo Flávio Dino gastou o dinheiro do contribuinte com aluguéis de jatinhos, imóveis fantasmas e camaradas e agora tentar arrecadar dinheiro de qualquer jeito.

E mais: ao ponto de arrecadar mais dinheiro o governo massacre o povo maranhense – um verdadeiro roubo ao contribuinte maranhense, cadê o PROCON????

 

A emenda ficou pior, governador Flávio Dino!!!

A ordem do Palácio dos Leões é patrulhar nas redes sociais para tentar defender o indefensável; Tarefa difícil…

O Governo Flávio Dino (PC do B), ordenou aos asseclas divulgar que o governo pasado também alugol o imóvel, só que por R$ 150 mil por mês. Só esqueceram de dizer uma coisa: FUNCIONAVA.

A idiotice e a patetice está encarnada nO seio governista, mais uma vez, a questão não se trata em alugar ou não o prédio para FUNCIONAR o hospital. Tem que se alugar, sim, DESDE QUE FUNCIONE E PRESTE O SERVIÇO AO CONTRIBUINTE QUE PAGA A CONTA.

Talvez seja isso que o governo comunista não quer entender a crítica ou se faz de deficiente, uma vez que comprovadamete é INCOMPETENTE.

Em tempo: O Blog entende que estes valores exorbitantes pagos em aluguéis são uma afronta à sociedade maranhense, seja o governo que for.

E mais: Os valores praticados são sempre fora dos valores praticados no mercado, e o pior sem licitação.

Pra fechar: O Blog de Gilberto Léda, informou agora, às 9:50, que o contrato que os comunistas tentaram espalhar como feito por Roseana, para mais uma vez tentar um salvo-conduto, foi feito na gestão Jackson Lago (in memoriam).

Vídeo: Governo Dino, tenta em nota, e se complica mais ainda no Bom Dia Brasil

Escândalo de desvios do dinheiro público na gestão comunista é apenas a ponta do “iceberg”, de uma corrupção sem precedentes no Maranhão

Em nova matéria no Bom Dia Brasil, o governo Flávio Dino (PC do B), não explica nada e ainda sem fundamentos, diz que o dinheiro pago adiantado há mais de um ano sem funcionar será devolvido, não está no contrato, mas, está na “lei”, diz a nota.

O governo está numa espécie de ‘autofagia’, todo dia é um escândalo diferente, mas com o mesmo “modus operandi”, são aluguéis com dispensas de licitação, para jatinhos, hospitais, escolas, veículos e muitos outros.

O governador, fez o papel que lhe é de praxe, desde o começo da gestão nunca saiu do palanque e não conseguiu administrar o mandato que foi eleito pelo povo maranhense. Ele passa mais tempo nas redes sociais do que governando o estado. Prova clara, do que afirmamos, é que ontem mesmo ele foi bater boca com internautas e até mesmo com o jornalista Chico Pinheiro, da Rede Globo.

Ao que parece, este escândalo de desvios do dinheiro público na gestão comunista é apenas a ponta do “iceberg”, de uma corrupção sem precedentes no Maranhão.

Em tempo: o que esperar de um governo em que o seu principal membro está arrolado como recebedor de propinas na “Operação Lava Jato” ????

E mais: o governo Flávio Dino  é reicindente neste mesmo esquema de “dispensa de licitação”.

Vídeo: Deputado Edilázio faz rígido discurso ao governo Dino e Ministério Público

“Dê prioridade aos maranhenses e depois dê prioridade as suas luxúrias”, finalizou o deputado

O discurso do deputado estadual Edilázio Júnior (PV), repercutiu forte no meio político maranhense, ontem (15), na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Edilázio pontuou irregularidades do governo Flávio Dino (PC do B), e cobrou que o Ministério Público do Maranhão, copie o do estado do Rio de Janeiro, que abriu procedimento para investigar aluguéis de jatinhos no governo Pezão (PMDB), o órgão precisa para investigar os escândalos com verbas públicas.

“Então, governador, dê prioridade, para a saúde, para a educação, para a segurança, para a infraestrutura, diminua os gastos com seus aviões que sequer podem voar, diminua os gastos com a secretaria de comunicação, onde só agora, Vossa Excelência repassou mais R$ 9 milhões para o secretário Márcio Jerry, dê prioridade aos maranhenses e depois dê prioridade as suas luxúrias”, finalizou o deputado.