Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Operação Pegadores: Rosângela Curado vai falar…

Estima-se que o depoimento de Curado possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na Saúde do Maranhão, segundo acusou a PF

Rosângela Curado é literalmente, o braço direito do governador do Maranhão

A ex-secretária de Saúde assumiu a pasta no começo do governo Flávio Dino (PC do B), era mulher forte no início e depois foi repentinamente demitida, até hoje não se sabe os reais motivos, talvez a operação da Polícia Federal consiga esclarecer os reais motivos.

Corre à boca miúda, que a aliada do governador Flávio Dino, Rosângela Curado que está presa na cela da Polícia Federal, vai depor hoje (17), aos membros responsáveis pela operação que apontou desvios milionários na gestão comunista. Estima-se que o depoimento dela possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na saúde do Maranhão, segundo a PF e a Controladoria Geral da União.

Mulher que operava os “empregos”, Curado deve explicar amplamente como e o porquê a enfermeira Keilane Silva, recebia mensalmente mais de R$ 14 mil (Quatorze Mil Reais), e dentre outros funcionários que recebiam sem nem pisar nas Unidades de Saúde.

Em tempo: há quem diga que a indicação da enfermeira Keilane Silva, seja indicação pessoal de um super-secretário do governo Flávio Dino

E mais: para receber um salário ‘pomposo’ deste tem que ser uma enfermeira muito boa.

Pra fechar: será que Curado vai delatar???

Agora!!! Desgraçado matou a ex-esposa no Bom Jesus / Coroadinho

Vagabundo não se conformou com a separação e matou a facadas, a ex-mulher em São Luís

Um feminicídio ocorrido agora, na manhã desta quinta-feira (16), chocou a comunidade do Bom Jesus, na área do Coroadinho em São Luís. O segurança da UPA do Bacanga, conhecido como Batista, de 39 anos, inconformado com a separação, matou com várias facadas a ex-mulher Domingas Leidiele Sousa Maciel, de 37.

O crime foi por volta das 8h na residência da vítima, no bairro do Bom Jesus, a mulher havia acabado de deixar as duas filhas na escola. Segundo informações, Batista desferiu cerca de 10 facadas na ex-esposa.  socorrida.

Depois da execução, ele seguiu em rumo desconhecido, a Poícia Militar do Maranhão está à procura do desgraçado, feminicída.

 

Em primeira mão!!! Enfermeira que recebia mais de R$ 13 mil motivou ação da PF

Segundo a PF, as investigações da ‘Operação Pegadores’, se deram em virtude da enfermeira Keilane Silva Carvalho, que recebia salário de R$ 13.189,07 na UPA de Imperatriz

Segundo os delegados da Polícia Federal, notícias denunciadas pelos blogs, acerca da funcionária que recebia mais de R$ 13 mil reais, motivou as investigações onde foram relacionadas 424 pessoas que recebiam pagamentos via Oscip’s e não exerciam as funções.

Na época, a denúncia que a servidora recebia salário acima dos demais enfermeiros repercutiu bastante nas redes sociais e nos blogs maranhenses. A denúncia do pagamento exorbitante pago à enfermeira pela Oscip “Bem Viver” caiu como uma veradeira bomba no governo Flávio Dino (PC do B).

Em tempo: A investigação é a partir de 2015, e encontrou irregularidades em contratos firmados pelo governo Flávio Dino, com as organizações sociais Bem Viver, IDAC e Corpore.

E mais: À epoca foi veiculado pela imprensa que a indicação da enfermeira que recebia R$ 13.189,07 (Treze Mil, Cento e oitenta e nove reais), era do secretário de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry.

Pra Fechar: pudera, para receber uma quantia desta tinha que ser ligada a alguém forte no governo Flávio Dino

 

Escândalo!!! Polícia Federal deflagra operação em secretaria do governo Flávio Dino

Governo Flávio Dino (PC do B) é marcado por escândalos de corrupção; PF deflagrou agora, a operação ‘Pegadores’ por causa de desvios de recursos na saúde do Maranhão

Trabalhadores da Saúde protestam

Trabalhadores da Saúde em constantes protestos

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã de quinta-feira (16), a Operação Pegadores, que investiga desvios de recursos públicos federais por meio de fraudes na contratação e pagamento de pessoal firmados pelo Governo do Estado do Maranhão.

A operação conta com o apoio do Ministério Público Federal, do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e da Receita Federal do Brasil.

Cerca de 130 policiais Federais cumprem 45 mandados judiciais, expedidos pela Juíza Federal Paula Souza Moraes da 1ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Maranhão. Estão sendo cumpridos 17 mandados de prisão temporária e 28 mandados de busca e apreensão em São Luís/MA, Imperatriz/MA, Amarante/MA, além do bloqueio judicial e sequestro de bens no total de R$18.000.000,00. (Dezoito Milhões de Reais).

As investigações indicaram a existência de cerca de 400 pessoas que teriam sido incluídas indevidamente nas folhas de pagamentos dos hospitais estaduais, sem que prestassem qualquer tipo de serviços às unidades hospitalares. Os beneficiários do esquema seriam familiares e pessoas próximas a gestores públicos e de diretores das organizações sociais.

O montante dos recursos públicos federais desviados por meio de tais fraudes supera a quantia de R$ 20.000.000,00 (Vinte Milhões). Contudo o dano aos cofres públicos pode ser ainda maior, pois os desvios continuaram a ser praticados mesmo após a deflagração de diversas outras fases da Operação Sermão aos Peixes.

Foi detectado também que uma empresa registrada como sendo uma sorveteria passou por um processo de transformação jurídica e se tornou, da noite para o dia, em uma empresa especializada na gestão de serviços médicos. Essa empresa foi utilizada para a emissão de notas fiscais frias, que teriam permitido o desvio de R$ 1.254.409,37.

Os investigados responderão na medida de suas participações pelos crimes de peculato, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, dentre outros.

 

Escândalo!!! TCE do Maranhão tenta intimidar prefeito que paga despesas da segurança

Prefeito Lahesio Rodrigues acusou o governo Flávio Dino e o Tribunal de Contas de tentativa de intimidação e afirmou que mesmo assim vai continuar trabalhando

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão – TCE, numa clara tentativa de intimidar o prefeito Lahesio Rodrigues, o intimando para que ele preste esclarecimentos sobre pagamentos com alimentação de policiais, peças de viaturas, combustível de viaturas e aluguel de delegacia.

Na verdade, o TCE deveria cobrar do governo Flávio Dino (PC do B), o ressarcimento ao erário público de São Pedro dos Crentes, por não cumprir seu papel constitucional para com a Segurança Pública estadual.

Um verdadeiro escândalo, tentar intimidar apenas o prefeito Lahesio, uma vez que é público e notório que ele faz oposição clara aos desmandos da gestão comunista.

O prefeito Lahesio informou que vai devolver aos cofres públicos do município, todos os pagamentos que ele tem realizado em 10 meses que está à frente da gestão. E vem pessoalmente a São Luís entregar a prestação de contas.

Em tempo: se outros prefeitos que também pagam para manter as viaturas circulando, pagam alimentação, conserto de viaturas e aluguéis de delegacias decidirem fazer o mesmo a segurança pública do Maranhão vai ficar pior do que está.

E mais: porquê o TCE não notificou outras prefeituras????? 

Escândalo!!! Tentativa de golpe em Pinheiro expõe nome de conselheiro do TCE

O deputado federal Victor Mendes (PV), perdeu a noção da moralidade, da probidade e do estado democrático de direito

“O dinheiro que repassei vai ser coberto pelo prefeito”, estas são as palavras do deputado federal Victor Mendes (PV), num grupo de conversas nas redes sociais. Onde afirma abertamente que está patrocinando uma tentativa de golpe na cidade de Pinheiro.

Filuca e Victor Mendes, assim como Othelino Neto e uma cambada de irresponsáveis ainda não aceitaram a vitória legítima de Luciano (Avante), nas urnas e tentam diariamente criar embaraços na administração.

Até o nome do ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, conselheiro João Jorge Jinkings Pavão, foi citado nas conversas do grupo. Quem claramente expõe o nome do conselheiro é Romulo Nunes, ligado ao ex-prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes.

Na mensagem, Rômulo claramente diz que: “Pavão também mandará a mesma quantidade de Santa Helena” – referindo-se a um ônibus cheio de pessoas de outro município para tumultuar a votação na Câmara Municipal de Pinheiro. Uma denúncia-factóide que deve ser votada hoje (7), que foi orquestrada por Filuca, para tentar assumir o cargo de prefeito via tapetão.

Veja o teor das conversas do grupo criado para dar o golpe em Luciano Genésio 

Em tempo: em outra mensagem, Rômulo fala claramente que está vindo 2 ônibus de Cajapió.

E mais: o Ministério Público da cidade de Pinheiro precisa se pronunciar urgentemente sobre estas denúncias.

 

 

ANATEL inicia em novembro, bloqueio de celulares piratas

Aparelhos de usuários notificados pelas operadoras deixarão de funcionar a partir de 28 de novembro

A  Anatel atendendo o pleito das operadoras vai bloquear aparelhos “piratas” em todo o Brasil. As notificações começaram a ser emitidas em 15 de setembro e o bloqueio efetivo ocorrerá em 28 de novembro deste ano. Pelo calendário anterior, a Anatel esperava chegar em novembro com a maioria dos aparelhos piratas fora de circulação.

Segundo a agência, o número de celulares que poderiam ser bloqueados ainda não é conhecido.  Mas as operadoras temem o impacto, pois calculam que 1 milhão de celulares “irregulares” são incluídos nas redes a cada mês.

Somente serão desligados os aparelhos que forem ativados após o início de envio de mensagens pelas operadoras para os assinantes informando que os celulares são irregulares. O desligamento não prejudicará os usuários que de boa fé adquiriram tais aparelhos.

Como será feito
Todo aparelho celular tem um “número de identidade” único. A cada vez que um celular é ativado (ou seja, quando você insere o chip de uma operadora e ele faz a primeira conexão à rede) o IMEI é associado ao número do chip, e essa informação é enviada a um banco de dados de sua operadora.

Para identificar o celular pirata, a ideia é comparar o seu IMEI com o de um sistema montado pelas operadoras, com acesso a um banco de dados da Anatel contendo todos os aparelhos homologados e produzidos no Brasil (ou homologados por entidades internacionais, como a FCC nos EUA). Se o IMEI não constar no banco de dados, trata-se de um aparelho não-homologado, ou pirata. A intenção é eventualmente impedir o funcionamento destes aparelhos, bloqueando sua ativação na rede.

Se você tem um aparelho produzido por um grande fabricante (como Samsung, LG, Motorola, Nokia, Apple, CCE, Positivo) e comprado no Brasil, não tem com o que se preocupar, já que todos estes aparelhos tem que receber a homologação da Anatel antes de chegar às lojas. O mesmo vale para aparelhos importados produzidos por grandes fabricantes (Apple, HTC, Google etc), que foram certificados no exterior. Ou seja, seu iPhone importado, mesmo que seja um modelo diferente do homologado e vendido no Brasil, irá funcionar.

O problema é com o celular pirata (os populares “Xing Ling”). Esses aparelhos certamente não passaram por nenhum tipo de certificação, e podem causar de interferências na rede ao risco de eletrocução do usuário por falhas de projeto. E o pior: a vasta maioria deles não tem um IMEI válido. Na prática eles sequer deveriam estar funcionando pelas normas atuais, e provavelmente irão cair na malha fina do sistema.

Como saber o IMEI
Quer saber se seu “Xing Ling” tem um IMEI válido? O primeiro passo é descobrir o número, o que pode ser feito discando para *#06#. Anote o número de 15 dígitos que será mostradoO consumidor deve comparar se o número IMEI que aparece na tela do celular é o mesmo que consta na caixa do equipamento e também na nota fiscal. Caso os números sejam diferentes é provável que o aparelho não seja regular.

Celular roubado
Hoje, as operadoras já possuem uma base de dados de celulares impedidos de funcionar, em razão de roubos e furtos. Abaixo, disponibilizamos onde você pode consultar se o aparelho está impedido de funcionar pelo bloqueio de IMEI e evitar futuros problemas.

https://www.consultaaparelhoimpedido.com.br/public-web/home?cid=413912

 

Ingrato, Flávio Dino não foi ao encontro da “gratidão”

Eleito deputado federal em 2006 pelo “curral eleitoral” patrocinado pelo então governador Zé Reinaldo, o atual governador Flávio Dino não curtiu o evento da gratidão

Reedição da “frente de libertação” ???

Partiu do então governador José Reinaldo Carneiro Tavares em 2006, a ideia de criar o ex-juíz Flávio Dino de Castro e Costa, deputado federal naquele ano, chamando para apoiá-lo, dois prefeitos de sua confiança, o de Caxias, o coronel Humberto Coutinho e o de Tuntum, Cleomar Tema, não deu outra, curral eleitoral fechado e Flávio Dino conseguiu 20.825 votos em Caxias, e 8.801 votos em Tuntum.

Foram quase 30 mil votos (29.626), em apenas dois municípios, mas o tempo passou, Flávio Dino esqueceu

No encontro, o apagado deputado federal Rubens Pereira Júnior que é do partido do governador (PC do B), lembrou o sacrifício do ex-governador em prol das eleições de Jackson Lago e de Flávio Dino em 2006, e que segundo ele, o ano de 2018 tem que ser do Zé Reinaldo.

O que se viu no Encontro mesmo é que foram poucos caciques partidários e eleitorais, forte mesmo eram o prefeito de Tuntum e presidente da Famem, Cleomar Tema, e os “Leitoas” de Timon.

Uma certa fonte, observadora no evento, afirmou que a não presença de Flávio Dino acovardou muitas outras lideranças que se beneficiam da gestão comunista e com medo de receberem represálias também foram ingratos.

Em tempo: há quem diga, que a briga é entre criador e criatura, outros observam ser o contrário.

E mais: neste jogo de artistas, há que os que digam que não há traidor que traia uma vez só.

Pra fechar: outros, mais experientes, afimam que, “quem com ferro fere, com ferro será ferido”.