Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Cajueiro resiste e justiça suspende obras de porto de empresário financiador de campanha de Flávio Dino

A WTorre aparece como doadora de campanha do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B)

A Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, que tem como responsável o juiz Douglas de Melo Martins, concedeu liminar em Ação Civil Pública atendendo a pedido do Ministério Público do Maranhão – MPMA, para obrigar a empresa WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais Ltda a paralisar as obras de implantação do Terminal Portuário de São Luís, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

A denúncia foi feita aqui no Blog, no ano passado, reveja abaixo:

Empresa que doou dinheiro a Flávio Dino força a barra para desmatar o Cajueiro

As causas para pedir a paralisação das obras foi o desmatamento de vegetação protegida e irregularidades no procedimento de licenciamento ambiental. Além disso, o local é área de manguenzal, (Área de Preservação Permanente – APP), circunstância que não foi verificada no licenciamento ambiental, todo errado, com as claras digitais do secretário de estado de meio ambiente, Marcelo Coelho.

Segundo o Ministério Público, a empresa desmatou a área situada na região do Golfão Maranhense, mais precisamente na localidade do Cajueiro, na Vila Maranhão, zona rural da capital, amparada por licenças irregulares, concedidas pela SEMA.

Em tempo: na liminar, o juiz Douglas de Melo, marcou para o dia 11 de abril, a audiência de conciliação, vamos ficar de olho!!!

E mais: muito curioso, não??? Empresa que financiou a campanha do governador Flávio Dino, conseguir licenças ambientais irregulares na Secretaria de Meio Ambiente.

Pra fechar: um crime sem precedentes, alguém vai parar atrás das grades.

Escândalo!!! Presidente do TCE do Maranhão já recebeu quase R$ 300 mil em auxílio-moradia

Caldas Furtado já recebeu mais de R$ 262 mil em auxílio-moradia 

O órgão responsável pela fiscalização da aplicação dos recursos públicos por parte dos governantes, o Tribunal de Contas do Estado – TCE do Maranhão é um poderoso guardião do dinheiro público. Diariamente seus auditores examinam contratos de grande valor firmados pelo Estado e todos os 217 Municípios.

Os procedimentos podem levar a processos, julgados por uma corte de sete conselheiros titulares e três substitutos.

Nos últimos anos, no entanto, essa imagem foi abalada pela conduta de alguns de seus integrantes e da administração do Tribunal. Tornou-se público que conselheiros da corte têm parentes com empregos na máquina pública, recebem dinheiro para fazer palestras em órgãos de governo vigiados pelo TCE e também costumam viajar nos fins de semana com passagens pagas com dinheiro público incondizentes com o papel de fiscalização do Tribunal.

Escândalo mesmo é o caso do atual presidente da Corte, José de Ribamar Caldas Furtado, que ganha mais com diárias do que com o próprio salário. Entretanto, o causa revolta e indignação é saber que essa nem de longe representa a única despesa do conselheiro com o dinheiro público. O salário dele ultrapassa R$ 23 mil. A ele, soma-se auxílio-alimentação que chega a R$ 914,13 por mês, e o imoral auxílio-moradia de R$ 4.377,73 mil por mês.

Ao todo, o ‘moralista’ Caldas Furtado, por exemplo, em cinco anos, já recebeu mais de R$ 262 mil. Os dados são do portal transparência da instituição. O valor total é maior do que o investimento que muitos municípios iriam gastar no Carnaval deste ano.

Com informações do Blog do Antônio Martins

Não tem volta: Waldir Maranhão será candidato ao Senado!

“Assim como querem impedir o ex-presidente Lula de ser candidato no Brasil, aqui no estado tem um grupo que teme minha candidatura e a minha aproximação com ele, mas isso não vai impedir que eu seja Senador pelo meu querido Maranhão, e o Lula seja o próximo presidente do Brasil”.

Lula e Maranhão, juntos são imbatíves, o primeiro pelo Brasil e o segundo pelo Maranhão

Após boataria criada por  grupos opositores ao pré-candidato Waldir Maranhão (Avante), afirmando que ele teria desistido da candidatura, Maranhão foi taxativo: assim como querem impedir o ex-presidente Lula de ser candidato no Brasil, aqui no estado tem um grupo que teme minha candidatura e a minha aproximação com Lula, mas isso não vai impedir que eu seja Senador pelo meu querido Maranhão, e o Lula seja o próximo presidente do Brasil.

A declaração foi feita em entrevista ao programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM. No programa, Waldir foi além e conclamou o povo maranhense para o lançamento da sua pré-candidatura, que será no dia 3 de março.

Durante a entrevista, ele disse que existe uma tentativa desesperada de políticos maranhenses em criar um clima de instabilidade em relação ao seu nome. Assim como já ocorre no plano nacional em relação a Lula.

“Além de Flávio Dino, qual outro nome da política maranhense saiu em defesa de Lula? Mantenho minha postura desde o processo de impeachment da presidente Dilma, de ser contra o golpe e vou me manter da mesma forma. Firme e convicto da minha pré-candidatura ao Senado, que se tornará uma grande vitória em favor do povo do Maranhão”, declarou.

Vídeo: Jornal Nacional usa discurso de Flávio Dino para afirmar que Lula está inelegível

O Jornal Nacional de ontem (24), usou o discurso do então deputado federal Flávio Dino (PC do B), para afirmar que Lula está inelegível  

O Jornal Nacional de ontem (24), usou discurso do então deputado federal Flávio Dino (PC do B), hoje governador do Maranhão, para confirmar a inelegibilidade do ex-presidente Lula, de acordo com a Lei da Ficha Limpa.

O governador do Maranhão vem criticando o Judiciário por conta do julgamento do ex-presidente Lula, onde afirma ter lido todas as peças dos autos e não encontrou elementos para uma condenação.

Dino vem condenando as atitudes de membros do Ministério Público e do Judiciário em investigações da Operação Lava – Jato, em que ele próprio foi citado como recebedor de propina, por um delator, o mesmo caso ocorre com o ex-presidente, que teve sua condenação baseada em delações do ex-diretor da OAS, Léo Pinheiro. A delação de Pinheiro contra Lula foi aceita pelo juiz Sérgio Moro.

Coincidência ou não, o governador do Maranhão teve sua campanha financiada pelo próprio Léo Pinheiro, por meio da empreiteira OAS. 

Veja abaixo, o que o governador escreveu em seu perfil do Twitter.

“Nem Lula, nem ninguém, pode ser condenado a 12 anos de prisão com base em alegados indícios e em palavra de delator. Ou seja, “provas” de baixíssima qualidade. É o que dizem a Constituição e as leis brasileiras”.

“Sou político, com muito orgulho e por opção. Mas não desaprendi conceitos básicos de Direito e por eles tenho dever de lutar. Uma unanimidade formal ou previamente ajustada não deve impedir a continuidade do bom debate”.

“O aumento da pena de Lula fica mais esquisito quando se nota que objetivo nítido é evitar prescrição. Mas este critério não consta do Código Penal como legítimo para sustentar dosimetria das penas”.

Escândalo!!! Governo Flávio Dino gasta quase R$ 100 milhões e nunca termina ponte de 500 metros

Ponte sobre o Rio Pericumã de pouco mais de 500 metros, iniciou em 2015 e nunca ficou pronta; Ponte José Sarney de mais de 800 metros, foi contruída em 20 meses, isso há 48 anos  

A Ponte Rodoviária sobre o Rio Pericumã, de pouco mais de 500 metros que visa ligar municípios do litoral ocidental maranhense à baixada, até hoje nunca ficou pronta. O Governo Flávio Dino (PC do B), já gastou mais de R$ 70 milhões com a obra.

Para se ter uma ideia de comparação com o passado como o comunista tanto gosta de estrebuchar, há exatos 48 anos o então governador José Sarney inaugurava após 20 meses, a Ponte do São Francisco, entregando em tempo recorde, o prazo era de 24 meses.

Segundo informações levantadas por este Blog, nos principais jornais da capital à época, ( Jornal Imparcial, Jornal do Dia), que acompanhavam passo a passo o andamento das obras, a ponte do São Francisco, como inicialmente era chamada, teve início em junho de 1968, sendo estimada a sua conclusão no prazo de 24 meses . O projeto previa uma extensão de 900.040 metros, sendo inteiramente de concreto armado.

Como se ver, a Ponte Ludovicence é quase o dobro da Ponte sobre o Rio Pericumã, que teve início em 2015 e mais de 3 anos depois sequer ficou pronta.

Esta é a mediocriodade do governo comunista, basta comparar…

Continua…

Vídeo! Em meio a muito chopp, whisky e churrasco, presidente da FMF faz campanha em Imperatriz

Federação Maranhense de Futebol – FMF é alvo de investigações do Ministério Público, Assembleia Legislativa do Maranhão e Superintendência de combate à corrupção

O presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, Antônio Américo foi à Imperatriz na abertura do Campeonato Maranhense de Futebol, em que o time da casa empatou em 2 a 2 com o Moto Club.

Por lá, Antônio Américo, aproveitou e convocou futuros eleitores da sua reeleição na FMF, com uma mesa regada a muito chopp, whisky e churrasco, para pedir votos para permanecer à frente do órgão. Ele já está desde 2011 na federação de futebol maranhense.

Este Blog já fez uma série de graves denúncias sobre a gestão de Américo, vamos relembrar.

01. Ele próprio criou e figura também como presidente de um Instituto para administrar os milhões que já entraram na Federação.

02. A mudança de interpretação escandalosa de um regulamento do campeonato maranhense, durante o andamento da competição.

03. Pagou R$ 900 mil para o Sistema de Comunicação Difusora, para televisionar os jogos do Campeonato Maranhense que nunca foram ao ar.

Agora Américo torra dinheiro da Federação Maranhense de Futebol para fazer campanha aberta em Imperatriz. Segundo uma fonte, a conta passou dos R$ 5 mil.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache