Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Flávio Dino curtiu: reforma política aprovada permite censura na internet durante eleições

Google, Facebook, Twitter e demais redes serão obrigadas a derrubar o conteúdo a partir de uma simples denúncia, em até 24h. 

Na reforma política aprovada pelos políticos na calada da noite, uma emenda acendeu a luz vermelha de empresas de tecnologia para a possibilidade de censura na internet durante o período eleitoral. O projeto foi aprovado e vai para a sanção presidencial.

A emenda é de autoria do deputado Aureo (SD/RJ), permite a qualquer usuário obter a suspensão de conteúdo “de discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa em desfavor de partido ou candidato” sem a necessidade de ordem judicial.

Plataformas como Google, Facebook ou Twitter serão obrigadas a derrubar o conteúdo com base numa simples denúncia, em até 24h. As empresas ainda serão obrigadas a fazer a “identificação pessoal do usuário que a publicou”.

A emenda foi aprovada apesar de o Marco Civil da Internet estabelecer um sistema de remoção de conteúdo mediante análise judicial.

O Blog entende que tem muita “fakenews” rolando pelas redes sociais, contudo, o mecanismo mais necessário e democrático é a pessoa prejudicada procurar os mecanismos via judicial e processar o autor.

Obrigar as plataformas a excluírem publicações por meio de uma simples denúncia é censura grave e um verdadeiro retrocesso.

Em tempo: o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), curtiu a aprovação desta emenda, com ela, o governador deixará de processar blogueiros e influenciadores digitais, criminalmente, como já fez com vários desde que assumiu o poder.

E mais: jornalistas, blogueiros e comunicadores em geral, são perseguidos pelo governador, que já usou até a estrutura da Procuradoria do Estado para intimidar e tentar censurar profissionais. 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

O poder das redes sociais: Baterista do Pink Floyd compartilha vídeo de cantor piauiense

Piauiense contou ao G1 que ficou emocionado ao saber que Nick Mason assistiu à sua performance

O baterista do Pink Floyd, Nick Mason, compartilhou em sua página no Facebook, um vídeo do piauiense José da Cruz Silva, o Gleyfy Brauly, em que ele tenta cantar um dos clássicos da banda: “Another Brick In The Wall”

“Os fãs são mais rápidos que eu, eles que me avisaram, eu fiquei muito emocionado quando soube”, disse o piauiense, natural de Coivaras, cidade a 68 km de Teresina.

No vídeo que foi compartilhado por Nick e milhares de pessoas, o baterista destacou que “Quando o som é tão bom, você não precisa saber todas as palavras”, disse o baterista. Além de Nick Mason, o DJ brasileiro Alok também compartilhou uma versão de Gleyfy para “Never Let Me Go”.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo na Série C: Responsável pela “entrega” do Sampaio Corrêa pode pegar 6 anos de prisão e multa pesada

O site UOL Esportes levantou uma suspeita que muitos maranhenses já sabiam: a entrega do jogo Sampaio x Botafogo

Com as frases comprometedoras “Esse jogo é 100% de Satisfação Garantida” e “Não importa o que Aconteça você sairá feliz do estádio”, os erros infantis do marketing do clube tricolor maranhense evidenciam a entrega do jogo, por meio da famosa “Mala Preta”.

Fora estas evidências, fontes informam que a cota de participação da Copa do Nordeste de 2018, que abasteceria o caixa do Botafogo – PB, será “fracionada” ao Sampaio Corrêa, que arrecadará ao longo da competição, cerca de R$ 2 milhões.

Algo de muito podre está acontecendo no futebol do Maranhão, o presidente do Sampaio, deputado estadual Sérgio Frota (PSDB), criou uma Associação que já arrecadou milhões com a Lei de Incentivo ao Esporte, criada no governo Roseana Sarney (PMDB) e totalmente desfigurada e com desvios de funções no governo Flávio Dino (PC do B).

O presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, criou também um Instituto que já faturou milhões dos cofres públicos, via Lei de Incentivo, e distribuiu o diheiro entre os grupos de comunicação TV Guará e Difusora, sem que as emissoras transmitissem um jogo sequer.

A mudança no regulamento do Campeonato Estadual foi mais um escândalo que precisa ser investigado.

Veja o que diz o Estatuto do Torcedor sobre a entrega de resultados 

Vale lembrar que pela expressão popularesca futebolística a “mala preta” é o ato de prometer algum ganho financeiro para determinada equipe deixar o adversário vencer (“entregar o jogo”), para que esta, ou outra equipe se favoreça do resultado negativo. Já a “mala branca” é o ato de oferecer ganho financeiro, desde que, a equipe vença de outra equipe, favorecendo, de forma indireta, àquela equipe que ofereceu a “mala branca”.

Em 27 de julho de 2010 entrou em vigência a Lei nº 12.299 que alterou a redação de vários artigos do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei nº 10.671/2003), introduzindo a tutela penal, em seu capítulo XI-A, que criminalizam condutas praticadas dentro do contexto desportivo.

Dentre tais condutas, podemos elencar duas em especial, que tratam sobre o tema ora estudado, quais seja, os artigos 41-C e 41-D do Estatuto do Torcedor, que versaremos abaixo.

Art. 41-C. Solicitar ou aceitar, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem patrimonial ou não patrimonial para qualquer ato ou omissão destinado a alterar ou falsear o resultado de competição esportiva: Pena – reclusão de 2 (dois) a 6 (seis) anos e multa.

Art. 41-D. Dar ou prometer vantagem patrimonial ou não patrimonial com o fim de alterar ou falsear o resultado de uma competição desportiva: Pena – reclusão de 2 (dois) a 6 (seis) anos e multa.

Para sua configuração é necessário a presença de uma das condutas: dar ou prometer. Na primeira – dar – tem por sentido a entrega da vantagem (patrimonial ou não), com o intuito de alterar ou falsear o resultado da competição esportiva. Já na segunda – prometer – é a conduta do agente que se obriga e compromete a garantir a vantagem. Ou seja, são as condutas iniciais para que configure a conduta declinada na análise do tipo anterior, que é aceitar.

O crime é formal ou de mera conduta, já que desnecessário para sua consumação que a pessoa aliciada aceite ou não a vantagem dada ou prometida.

Ou seja, acreditamos que pela interpretação de ambos os artigos, a conduta de quem oferece a “mala preta” e quem aceita a mesma estarão incorrendo, respectivamente, nos artigos 41-D e 41-C do Estatuto do Torcedor, pois haverá a possibilidade de “entregar” o jogo, e com isso forçosamente alterar o resultado do jogo. Já entendemos que a chamada “mala branca” se trata de fato atípico, pois não há como prometer ou garantir a vitória, mas tão somente um empenho maior, para tentar vencer a partida.

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Jantar e festa para Lula, no Palácio dos Leões custaram cerca de R$ 200 mil ao contribuinte

Foi  proibido fazer filmagens e imagens em celulares e smartphones, durante o evento, a não ser as oficiais

Dino influenciou petistas a mudarem local do ato político da Maria Aragão para os Leões

O ex-presidente Lula da Silva (PT), condenado a nove anos de cadeia por corrupção, foi recepcionado na noite passada (4), no Palácio dos Leões pelo governador Flavio Dino (PC do B), o jantar regado a muito chopp, whisky e vinhos importados foi servido para cerca de 80 pessoas.

O cardápio foi recheado com filés de pesacada amarela, salmão, arroz de cuxá, camarão branco, dentre outros quitutes da culinária maranhense.

Estima-se que o jantar com a recepção, uma vez que não foi divulgado o valor pago pelo governo, que o Buffet tenha custado a bagatela de R$ 200 mil ao contribuinte maranhense.

Lula chegou ontem a São Luís e tinha compromisso para ato político na praça Maria Aragão, mas o governador influenciou petistas a fazê-lo no Palácio dos Leões, com uma clara intenção de “surfar” na popularidade do ex-presidente, uma vez que sua popularidade anda em queda livre para com os maranhenses.

O jantar / festa nos Leões, foi estendido aos deputados federais e estaduais, e políticos de outros estados. Se fizeram presentes também os dirigentes petistas do estado e dentre outros aspones.

Em tempo: Gastar R$ 200 mil em um jantar para recepcionar um ex-presidente não foi nada curtido pelos contribuintes maranhenses.

E mais: Desde que assumiu o governo, Flávio Dino já cortou o Viva Luz, Viva Água, aumentou impostos de tudo que foi possível e tornou a vida do contribuinte, principalmente do IPVA um inferno.

Pra fechar: Foi o contribuinte maranhense que pagou a conta.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Absurdo!!! Campeonato Nacional de Quadrilhas Juninas está a pão e água no Maranhão

Governo do Maranhão deixa Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas sem a mínima estrutura para ocorrer o evento

Rapaz, São Luís sedia hoje (26), e amanhã (27), o Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas e vai ser transmitido para todo o nordeste, mas as autoridades maranhenses deixaram o evento ao léu, sem estrutura mínima para recepcionar cerca de 1 mil membros das quadrilhas que dão um verdadeiro show, com cenários e uma mega indumentária para abrilhantar o evento.

O governo Flávio Dino (PC do B), se rezervou em apenas conseguir a sonorização e liberar o ginásio Castelinho para realizar o evento.

A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Cultura não está ajudando em absolutamente nada.

Para se ter uma ideia, as caravanas que estão vindo para o campeonato, estão sendo alojadas em escolas e está faltando até colchões, um verdadeiro descaso e absurdo, um estado que se diz rico em cultura, fazer um papelão deste para todo o norte e nordeste.

Os alojamentos estão sendo nas escolas públicas, Governador Archer, no Filipinho e Governador Edson Lobão – CEGEL, no centro da cidade.

A delegação do Amapá que chega em São Luís por volta das 17 horas, não tem alojamento e muito menos colchões.

Para não dizer que tudo está perdido, quem chegou para contribuir com o evento foi o deputado federal Cléber Verde (PRB), que conseguiu a alimentação para os participantes, alguns alojamentos, decoração, segurança  e traslado dos participantes.

Ainda não está garantida a premiação para os participantes.

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Jornalista e blogueiro, Marco D’éça estreia como roteirista em curta-metragem

Com “Glamour…”, sua estreia no cinema, Déça narra as venturas e desventuras da obsessão pela fama e pelo sucesso; filme, todo gravado em São Luís, traz elenco treinado pela “Produtores Associados” durante a “Oficina de Interpretação para TV e Cinema”

SOL E MAR. A bela fotografia de Carlão Limeira é um dos destaques do filme

Jornalista, ensaísta e analista, o titular do blog, Marco Aurélio D’Eça agora também é roteirista.

É dele a história do filme “Glamour – Glória e Tragédia”, curta-metragem totalmente gravado em São Luís e que aproveita atores treinados durante a “Oficina de Interpretação para Cinema  TV”, da agência Produtores Associados.

O filme conta a história de duas meninas e uma adolescente, seus dramas, desejos e angústias – delas ou de outros – em busca do sucesso a qualquer preço.

– O filme busca dramatizar o dia dia da busca desenfreada pela beleza e pelo sucesso artístico, o preço que se paga por isso e as armadilhas nesse processo. É uma zona de conforto em minha estreia no cinema por ser um ambiente com o qual eu já convivo relativamente – conta Marco D’Eça, que, além do roteiro, assina a produção do filme, ao lado da mulher, Lêda Lima, representante da agência “Produtores Associados” no Maranhão.

ENCANTAMENTO. Momento de chegada de uma das meninas à cidade grande: deslumbre e golpe

A película maranhense foi toda rodada em São Luís, com a direção geral do carioca Carlão Limeira, da Produtores Associados, e do diretor de arte Lucas Moraga, premiado cineasta paraense.

Também oram convidados a diretora de produção paraense Izabela Reis, o diretor de elenco carioca Jorge Silpen  e o cenógrafo e diretor artístico Guilherme Pimentel.

De acordo com D’Eça, uma das características marcantes do curta é o aproveitamento de atores maranhenses, 100% oriundos da Oficina de Interpretação para TV e Cinema promovida em São Luís pela Produtores Associados.

É Lêda Lima, produtora executiva do filme, quem ressalta essa importância.

– São atores extremamente talentosos, prontos para brilhar em qualquer produção nacional. Alguns já até agendaram testes em TVs do Rio e de São Paulo. Fizeram a oficina em junho e já participaram do filme – conta Lêda, que ressalta a realização da segunda oficina, em 1º, 2 e 3 de setembro.

INTERPRETAÇÃO. Uma das cenas na praia. Atores maranhenses com expressivo talento

A estreia de “Glamour – Glória e Tragédia” está prevista para 18 de setembro no cine Praia Grande.

– A partir daí, seguiremos o roteiro dos festivais de cinema Brasil a fora –destaca Marco Aurélio.

Paralela a temporada de pós-produção do filme, o autor já prepara o segundo roteiro, que tem o título provisório de “bullying”, com gravações previstas para o início de 2018.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Ação da Eletrobras sobe quase 50% após anúncio de privatização

Valor de mercado da estatal subiu de R$ 20,17 para R$ 29,12 Bilhões em poucas horas

As ações da Eletrobras dispararam nesta terça-feira (22), após o governo Temer anunciar Plano de Privatizações do Setor Elétrico, com isso, a companhia viu o seu valor de mercado aumentar em cerca de R$ 9 bilhões em poucas horas, segundo dados da provedora de informações financeiras Economatica.

O levantamento da Economatica leva em consideração a cotação perto das 14h, quando o papel Eletrobras ON N1 era negociado a R$ 21,05 (alta de 48,52%) e Eletrobras PNB N1 a R$ 23,48 (alta de 31,91%). A forte valorização colocava a companhia com um valor de mercado de R$ 29,12 bilhões, no dia anterior era de R$ 20,17 bilhões, até o fechamento do pregão.

Em 2010, a Eletrobras chegou a R$ 46 bilhões em valor de mercado, segundo a Economatica, mas viu suas ações sofrerem fortes baixas nos últimos anos.

Proposta de privatização

Pela proposta anunciada pelo governo, será feito um aumento de capital na Empresa, do qual o governo não irá participar. Consequentemente, cairá a fatia governamental na empresa. A previsão é que chegue a 47%.

  • Hoje a União tem 51% das ações ordinárias (com direito a voto) e fatia de 40,99% no capital total da Eletrobras;
  • Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e seu braço de investimentos, o BNDESPar, têm, juntos, 18,72% do capital total da empresa;

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vídeo: Representante de empresa odontológica agride estudantes na UFMA

No vídeo, este cidadão chamado Flávio Braga, empurrou e agrediu uma mulher, um outro estudante e ameaçou passar com o veículo por cima dos manifestantes

O Blog recebeu um vídeo em que um cidadão por nome Flávio Braga, proprietário da F. Braga da Silva Representações, que representa a empresa Kavo Produtos Odontológicos, agrediu e tentou passar por cima de estudantes na Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

No vídeo, este cidadão chamado Flávio Braga, empurrou e agrediu uma mulher, um outro estudante e ameaçou passar com o veículo por cima dos manifestantes.

Segundo infomações da estudantada, o caso foi parar na delegacia do Anjo da Guarda, sob o comando do delegado Walter Wanderley, que não alisa ninguém. Os estudantes informaram ao Blog que vão mandar mais documentos deste senhor para que seja encaminhada à Kavo para que saiba o naipe de seus representantes no Maranhão.

Segundo informações ele perdeu a Licitação na própria Universidade, para fornecer cadeiras e equipamentos odontológicos e tentou gerar tumultos, ainda segundo informações a licitação destes tipos de produtos, que sempre vencem são as próprias fábricas que colocam o preço abaixo do mercado.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais