Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Programação do ‘Natal Sem Fome’ começa hoje (9), no Parque da Vila Palmeira

Daniel Dial (ex-Calcinha Preta)Limão Com Mel, Mastruz Com Leite e Forrozão Tropykália, numa só noite em São Luís

Uma vasta programação vai ocorrer no Parque da Vila Palmeira até o dia 1º de Janeiro de 2018. Hoje, Sábado (9), acontece o Encontro das Estrelas do Forró das antigas, que reunirá, grandes atrações nacionais em uma só noite.

O Forró das Antigas terá atrações o cantor Daniel Dial (ex-Calcinha Preta) e as Bandas Limão Com Mel, Mastruz Com Leite e Forrozão Tropykália.

Os ingressos à venda nas lojas Gajo (Shopping da Ilha ), Eu Vou Ingresso (Atalanta Center ) e Plena Calçados e pelo site www.euvou.com aos preços de R$ 60 (front inteira) e R$ 40 (pista inteira), com disponibilização de carga de meia-entrada para ambos os setores.

A realização da Programação do Natal Sem Fome no Parque da Vila Palmeira vai ajudar quem mais precisa. O vereador Astro De Ogum, convida a todos para o evento, veja abaixo.

#humor #mulheresestilosas #saoluis #vestido #osklen #mulherespoderosas #maranhao #oportunidade #saoluisma #noticias #informação #jornal #midia #maranhenses #ilhadoamor #jornalismo #instagood #saoluisdomaranhao #saoluisilhadoamor #brazil #festivalbr135 #br135 #maranhaoa #ma #armazemdaestrela #balada #centrohistorico #feijoadacompleta #reviver

 

A pedido do TSE, hackers tentam invadir sistema de urna eletrônica no Brasil

Hacker’s terão 3 dias para tentar invadir Urnas Eletrônicas que são utilizadas nas eleições do Brasil  

Entre os dias 28, 29 e 30 deste mês de novembro, das 9h às 18h, o Tribunal Superior Eleitorar (TSE), realizará testes públicos, onde hackers poderão tentar invadir e fraudar a urna eletrônica usada nas eleições.

Os investigadores que tiveram a sua inscrição selecionada para participar do Teste Público de Segurança da Urna Eletrônica de 2017 poderão inspecionar os códigos-fonte do sistema eletrônico de votação na próxima segunda-feira (27).

Os interessados deverão comparecer ao Centro de Divulgação das Eleições (CDE), no terceiro andar do edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, das 9h às 18h. Conforme estabelecido no Edital do TPS/2017, somente terão acesso aos códigos-fonte os investigadores inscritos que assinem um termo de confidencialidade, caso já não o tenham feito no momento da pré-inscrição.

Além da inspeção dos códigos-fonte, também será feita a preparação do ambiente de testes. Os participantes inscritos poderão configurar o ambiente de trabalho, equipamentos e outros dispositivos necessários para a realização dos planos de teste que foram apresentados.

O plano de teste consiste no detalhamento do “ataque” que os investigadores pretendem simular, embasado em normas, artigos, publicações e outros trabalhos técnicos e científicos. Nesta edição do TPS foram apresentados 12 planos de teste, cinco dos quais visam encontrar inconsistências no software da urna eletrônica. Os outros sete focarão em ataques tanto ao sistema quando às possíveis vulnerabilidades do equipamento, em tentativas de interferir no registro ou transmissão do voto.

Durante os três dias de testes, os investigadores terão acesso, por meio de ações controladas, aos softwares da urna eletrônica e sistemas correlatos, com o objetivo de identificar vulnerabilidades e falhas relacionadas à violação da integridade ou do anonimato dos votos de uma eleição, além de apresentar sugestões de melhoria.

O evento é parte integrante do ciclo de desenvolvimento dos sistemas eleitorais de votação, apuração, transmissão e recebimento de arquivos, que serão objetos dos testes. As possíveis melhorias apresentadas, aprovadas e passíveis de contribuição e aperfeiçoamento do sistema de votação serão aproveitadas já na eleição municipal deste ano.

TPS 2017

O Teste Público de Segurança de 2017 começará na terça-feira (28), às 9 horas.  Os trabalhos se estenderão até a quinta-feira (30), quando serão encerrados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. No encerramento serão divulgados os resultados encontrados pelos investigadores.

Para acompanhar o TPS 2017 não é necessário credenciamento prévio, bastando se apresentar à segurança do TSE e se identificar como convidado.

O TSE aprovou todas as 26 inscrições recebidas com os planos de invasão. Entre eles destaca-se um que propõe a inserção de um software malicioso no cartão de memória flash da urna para alterar o software de inicialização das mesmas e desviar os votos digitados.

A iniciativa é louvável, o único problema é que, segundo especialistas, a duração dos testes é pouco tempo para tentar quebrar a SEGURANÇA de um sistema que ficará vulnerável por 20 dias. Nesse período, 14 mil funcionários temporários contratados pelo TSE terão acesso às urnas com o fim de instalar a versão final do sistema de votação e distribuí-las nas zonas eleitorais.

Na Praia do Futuro, no Ceará, a Justiça Federal condicionou retirada de barraqueiros

Um verdadeiro absurdo o que o Ministério Público Federal quer fazer com os barraqueiros das praias do Araçagi e Olho do porco

Por Jadson Pires*

O espaço mais democrático da Terra é a Praia

Parece que o Ministério Público Federal – MPF, no Maranhão só tem olhos para as praias do Araçagi e Olho do porco. Há poucos metros dalí, no Mangue Seco, tem uns figurões que construíram casas e chalés em alvenaria, tem até restaurantes, jets skis e outras embarcações são constantes, veículos automotores dos mais diversos, mas, os procuradores atuam com uma espécie de ‘antolhos’ para aqueles barraqueiros do Araçagi.

Em vários outros pontos da Ilha do Maranhão, existem muitas ocupações e construções irregulares em faixas de praias, mas, o órgão só volta os olhares para a região do Araçagi.

Os impactos ambientais causados pelas barracas da Avenida Litorânea, bem como suas construções em área de preservação permanente – APP, que tem resíduos e efluentes lançados diariamente ao mar, ninguém vê e ninguém nada fala.

Há de ser relevante, que além de sustentarem suas famílias, as atividades exercidas pelos barraqueiros e trabalhadores, eles vivem alí, moram na praia e tirar o arrimo destas pessoas, na crise financeira, social e institucional que o país atravessa, é aguçar ainda mais a ferida já aberta.

Talvez por estes fatores que discorro, a Justiça Federal no Ceará, em recente ação proposta pelo Ministério Público Federal, naquele estado, em questão análoga ao nosso caso do Araçagi, também para retiradas de barracas do espaço público, da Praia do Futuro, acatou o pedido do MPF, em partes, e permitiu o início de um processo de negociação, com os diversos setores envolvidos, para a construção de um projeto de requalificação urbanística de toda a praia, com a realocação das barracas de forma a preservar as atividades econômicas e os empregos gerados, bem como o cumprimento da legislação federal que trata a área como bem de uso comum da população.

Em 2016, quando estive Secretário de Meio Ambiente da bela cidade turística de Raposa, onde concentra uma imensa biodiversidade, invejável para qualquer lugar do planeta, participei de reuniões na Superintendência de Patrimônio da União – SPU, e minha indagação sempre foi o porquê da não retirada de outras atividades impactantes espalhadas pela Ilha do Maranhão.

Naquela oportunidade debati com acadêmicos da área de meio ambiente, da qual sou profissional, a utilização da área de pós-praia, que compreende justamente entre a faixa de praia até ao início dos corpos dunares, ou da arriba, ou seja, entre as dunas e o início da faixa de praia, o que possibilitaria aos comerciantes, utilizar o espaço, desde que pactuado com os órgãos, SPU, Ibama e Ministério do Meio Ambiente.

O cerne da questão, proposto pela ação inicial que é do MPF é a ocupação do espaço comum, nem tanto as questões ambientais, haja vista que em se tratando deste quesito, comércios instalados em outras muitas praias da Ilha, também não tem critérios de saneamento ambiental e um plano de gestão de resíduos sólidos e efluentes e etc.

Penso que é chegada a hora, de os procuradores federais, bem como, os juízes federais no Maranhão, atentarem para as decisões tomadas pelos órgãos, o mesmo entendimento que está ocorrendo no estado do Ceará, principalmente com a Praia do Futuro.

Convidar especialistas, gestores municipais dos quatro municípios que compreendem a Ilha do Maranhão, trabalhadores das praias, a população frequentadora e todos os demais atores, para uma mesa de negociação é mais do que necessária.

Afinal, já que a Ação Proposta é justamente por causa da área de Uso Comun, há de se democratizar a discussão e não há nada melhor do que debater com quem são os mais comuns no espaço mais democrático que existe no planeta, que é a Praia,

* Professor graduado em Letras e Gestor Ambiental de profissão, graduado em Gestão Ambiental.

Vídeo Escândalo!!! Senador diz que Flávio Dino recebeu propina da JBS

Segundo o Senador Roberto Rocha (PSDB), delação de Ricardo Saud, da JBS, afirma que grupo deu PROPINAS a 16 governadores, sendo que apenas 15 apareceram os nomes.

Ainda segundo o Senador, como mostra o vídeo, o 16º nome é o do governador Flávio Dino do PC do B, partido este que recebeu cerca de R$ 13 milhões em propinas. 

Veja o vídeo da CPMI da JBS e J&F

 

Pabllo Vittar fecha contrato de publicidade milionário com a Coca Cola

A drag cantora vai estrelar a campanha de verão da marca de refrigerantes internacional

Pabllo gravando o comercial da Coca Cola

A Pabllo Vittar vem com tudo e vai estrelar a campanha de verão de da Coca Cola e passou a madrugada da última terça-feira (24), gravando e rebolando sob o olhar atento dos renomados diretores de fotografia Bob Wolfenson e Bruno Ilogti.

A campanha vai contar também com Luan Santana, ambos estão com a agenda lotada, só puderam gravar o comercial esta semana, quando não tinham shows.

A agenda de Pabllo então… Está lotada até o primeiro trimestre de 2018. Arrasou!!!

Uber: o importante questionamento do vereador Aldir Júnior

Segundo o vereador Aldir Júnior, Uber ganha muito dinheiro em São Luís e recolhe impostos em São Paulo 

A informação foi repassada na sessão da última segunda-feira (23), pelo vereador Aldir Júnior (PR), no qual faz parte da Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal de São Luís, segundo o vereador, a empresa multinacional norte-americana Uber, prestadora de serviços na área do transporte privado, ganha dinheiro em São Luís, mas recolhe o Imposto Sobre Serviços (ISS) na cidade de São Paulo.

“O Uber exerce o serviço em São Luís, mas paga o imposto em São Paulo, então nós solicitamos essa reunião, na qual será analisada essa questão e eu tenho certeza que daremos uma resposta favorável para todos os usuários acerca da questão. O serviço é prestado aqui, então o tributo deve ser pago para nossa cidade, de forma nenhuma vamos aceitar que o ISS seja pago em São Paulo”, afirmou o vereador.

A Comissão de mobilidade urbana composta pelos parlamentares Raimundo Penha (PDT), Nato Júnior (PP) e Aldir Júnior, vai a São Paulo na próxima sexta-feira (27), onde deve participar de uma reunião na qual será analisada a situação tributária da empresa referente aos serviços oferecidos na capital maranhense.

Blog Censurado!!! Fraude no Detran Maranhão está sob segredo de justiça e informações não podem ser divulgadas

Escritório que administra este e outros meios de comunicação digital foi surpreendido na tarde de ontem (19), com uma NOTIFICAÇÃO advinda do Governo Flávio Dino (PC do B), numa clara tentativa de intimidação em razão de uma máteria que ainda será divulgada

O Blog foi surpreendido na tarde de ontem (19), com uma NOTIFICAÇÃO do Governo Flávio Dino (PC do B), numa clara tentativa de intimidação em razão de uma máteria que ainda será divulgada, uma vez que, os advogados que prestam serviços a este meio de comunicação analisam as informações que foram recebidas.

Este Blog, entre os que tem muitos acessos diariamente no Maranhão, é também um dos poucos que não responde processo na justiça e assim continuará, pelo simples fato: só publica o que pode ser comprovado.

Destarte, as informações obtidas com exclusividade, pelo Blog boa parte está sobre Segredo de Justiça e sendo apurada pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção – SECOR.

Assim que tiver aval do corpo jurídico, respeitando as leis do país, primando sempre pela verdade e a credibilidade, a matéria sobre este assunto vai ao ar, doa em quem doer.

Finalizo, utilizando as frases célebres de Fernando Sabino, “Democracia é oportunizar à todos, a mesma largada… quanto à chegada, vai depender de cada um”.

#maranhao #slz #brasil #maranhão #amigos #ilhadoamor #qualidade #seguidores #carrostop #domvelveiculos #seminovos #carros #bonsnegocios #clientessatisfeitos #clientes #respeito #comparcerta #ma #bomdia #avaliacaotop #oakwine #saoluisma #felicidade #confiança #segurança #excelente #fortaleza #beleza #saude #estetica #lipocavitacao #saopaulo #heccus #deixacomagente #tratamentosrapidos #bemestar #cellutec #correprabellage #tratamentoseficazes #pelelinda #limpezadepele #tratamentosfaciais #massagemmodeladora #peelings #resultadoscomprovados #nabellagetem #tratamentoscorporais #massagemrelaxante #hidratacaofacial #drenagemlinfatica

 

Flávio Dino curtiu: reforma política aprovada permite censura na internet durante eleições

Google, Facebook, Twitter e demais redes serão obrigadas a derrubar o conteúdo a partir de uma simples denúncia, em até 24h. 

Na reforma política aprovada pelos políticos na calada da noite, uma emenda acendeu a luz vermelha de empresas de tecnologia para a possibilidade de censura na internet durante o período eleitoral. O projeto foi aprovado e vai para a sanção presidencial.

A emenda é de autoria do deputado Aureo (SD/RJ), permite a qualquer usuário obter a suspensão de conteúdo “de discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa em desfavor de partido ou candidato” sem a necessidade de ordem judicial.

Plataformas como Google, Facebook ou Twitter serão obrigadas a derrubar o conteúdo com base numa simples denúncia, em até 24h. As empresas ainda serão obrigadas a fazer a “identificação pessoal do usuário que a publicou”.

A emenda foi aprovada apesar de o Marco Civil da Internet estabelecer um sistema de remoção de conteúdo mediante análise judicial.

O Blog entende que tem muita “fakenews” rolando pelas redes sociais, contudo, o mecanismo mais necessário e democrático é a pessoa prejudicada procurar os mecanismos via judicial e processar o autor.

Obrigar as plataformas a excluírem publicações por meio de uma simples denúncia é censura grave e um verdadeiro retrocesso.

Em tempo: o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), curtiu a aprovação desta emenda, com ela, o governador deixará de processar blogueiros e influenciadores digitais, criminalmente, como já fez com vários desde que assumiu o poder.

E mais: jornalistas, blogueiros e comunicadores em geral, são perseguidos pelo governador, que já usou até a estrutura da Procuradoria do Estado para intimidar e tentar censurar profissionais. 

 

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache