Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Vídeo: Deputado Edilázio faz rígido discurso ao governo Dino e Ministério Público

“Dê prioridade aos maranhenses e depois dê prioridade as suas luxúrias”, finalizou o deputado

O discurso do deputado estadual Edilázio Júnior (PV), repercutiu forte no meio político maranhense, ontem (15), na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Edilázio pontuou irregularidades do governo Flávio Dino (PC do B), e cobrou que o Ministério Público do Maranhão, copie o do estado do Rio de Janeiro, que abriu procedimento para investigar aluguéis de jatinhos no governo Pezão (PMDB), o órgão precisa para investigar os escândalos com verbas públicas.

“Então, governador, dê prioridade, para a saúde, para a educação, para a segurança, para a infraestrutura, diminua os gastos com seus aviões que sequer podem voar, diminua os gastos com a secretaria de comunicação, onde só agora, Vossa Excelência repassou mais R$ 9 milhões para o secretário Márcio Jerry, dê prioridade aos maranhenses e depois dê prioridade as suas luxúrias”, finalizou o deputado.

Cai o secretário de saúde do governo Flávio Dino

Lula incorreu por incompetência, ou por deficiência do próprio órgão, uma vez que era ordenador de despesas e deixou a pasta pagar um imóvel que não funciona

Lula, à esquerda e Marcos Pacheco à direita e o sucateamento da pasta da saúde no Maranhão

Depois de exonerar o ex-secretário da pasta, por incompetência, o Marcos Pacheco, virou assessor especial. Uma fonte acaba de informar que o governador Flávio Dino (PC do B), colocará o atual secretário, Carlos Lula, também como assessor especial – a sua exoneração já está pronta.

O fim da gestão de Lula à frente do orgão chegou esta semana, após novas denuncias de corrupção na pasta. O secretário não deu conta do recado e deixou as coisas rolarem à solta.

Pecou por incompetência, ou por deficiência do próprio órgão, uma vez que é ordenador de despesas e deixou a pasta pagar por um imóvel que nunca funcionou.

E assim, encerra-se a passagem do advogado Carlos Lula na Secretaria de Estado da Saúde, sem nada efetivamente para mostrar, assim como o ex-gestor.

Em tempo: para o lugar de Lula, deve asumir, cumulativamente, o secretário de educação, Felipe Camarão.

E mais: quem deve entrar na guilhotina, nos próximos dias é o secretário de infraestrutura, Clayton Noleto, que vem assinando embaixo, as obras de reformas nos aluguéis fantasmas  e camaradas.

 

 

Vídeo: Escândalo de corrupção no governo Flávio Dino repercute na Globo

Escândalo de corrupção no governo Flávio Dino (PC do B), repercutem diariamente na Rede Globo

Escândalo de corrupção no governo Flávio Dino (PC do B), repercutiu fortemente na Rede Globo, os já famigerados aluguéis fantasmas e camaradas, SEM LICITAÇÃO, já fazem parte desta adminstração combalida do governador comunista.

Desta vez, alé dos muitos já costatados as irregularidades e improbidades adminstrativas, foi a vez de um aluguel há mais de 1 ano e que ainda está com as portas fechadas, onde era para funcionar um Hospital.

O prédio foi alugado e pago pelo governo Dino, desde agosto de 2016, e já consumiu R$ 990.000,00 dos cofres públicos sem prestar um atendimento a ninguém.

Se nã bastasse toda esta corrupção, imoralidade e ilegalidade, o imóvel particular, que nunca funcionou está recebendo uma ampla reforma, também paga com o nosso dinheiro, no valor de R$ 903.165,36.

Em tempo: É sobretudo, mais um escândalo no governo Flávio Dino.

E mais: O Ministério Público do Maranhão, finge que nada vê, nada ouve e que nada houve.

Vídeo: veja como funciona esquema de ‘aluguéis fantasmas’, no governo Flávio Dino

Governo Flávio Dino (PC do B), tem escancarado modalidade de pagamentos com dispensa de licitação em aluguéis que na prática não funcionam nada

O ‘modus operandi’ é sempre o mesmo, o governo Flávio Dino (PC do B), aluga um imóvel por um preço maior do que o praticado no mercado e com DISPENSA DE LICITAÇÃO, e o pior, o governo ainda gasta mais dinheiro público para adequar ou reformar o prédio alugado.

Foi assim, com o imóvel do membro do partido do governador, Jean Carlos, que também era empregado na Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP.

Fato idêntico foi também no aluguel de um outro imóvel para abrigar a delegacia do menor infrator, na avenida das Cajazeiras, no centro de São Luís, denunciado com exclusividade por este Blog, reveja:

Mais escândalo!!! Governo do Maranhão paga R$ 45 mil por mês em aluguel de imóvel que não funciona

As provas do descaso com o dinheiro público na gestão comunista são evidentes e mesmo assim o Ministério Público do Maranhão, não dá uma manifestação de interesse sobre o caso.

Este é o terceiro caso comprovado, em que o governo Flávio Dino contrata sem licitação e paga imóvel sem utilizá-lo, constatando evidente improbidade administrativa do gestor.

Antes de assumir o governo do Maranhão, Flávio Dino condenava este tipo de aluguel fantasma, denunciando e combatendo nas redes sociais, agora, ele faz pior, na gestão passada, o valor era de R$ 150 mil, no governo dele, já ultrapassa R$ 2 milhões, veja abaixo.

Em tempo: o mesmo ocorre com o aluguel de jatinhos, onde já foram gastos milhões do contribuinte maranhense, sem ocorrencia de licitação.

E mais: o governador alega, só agora, após quase 3 anos à frente do executivo maranhense, que o estado está falido e sem dinheiro, também com gastos infundados e desnecessários, queria o quê????

 

 

Governador Flávio Dino diz que estado está quebrado e sem dinheiro

Após quase 3 anos sem executar uma obra relevante no Maranhão, o governador Flávio Dino (PC do B), afirmou que o “estado está quebrado e sem nenhum tostão” 

 

O governador Flávio Dino acabou por confessar, em alto e bom som, que os três anos do seu mandato à frente do Estado tiveram uma consequência nefasta para o Maranhão. Em discurso na cidade de Caxias, ele revelou que o Estado está quebrado, sem nenhum tostão.

Ora, se o próprio Dino está no comando do governo desde 2015, e tem falado que está modernizando o Maranhão desde então, fala de obras, de serviços e de investimentos, então quem quebrou o Estado? Só há uma resposta possível: o Estado está quebrado, segundo o governador, por obra e graça do próprio Flávio Dino.

É preciso lembrar e relembrar que Dino recebeu o Maranhão com todas as contas em dia e com um caixa de R$ 2 bilhões, fruto da operação de crédito realizada pela gestão passada, junto ao BNDES e que ficou todo para usufruto do governo comunista. Se os cofres estaduais estão zerados, então foi Dino quem gastou os R$ 2 bilhões deixados em caixa. E gastou mal, pelo que se vê.

A declaração de Dino dada em Caxias repercutiu imediatamente nas redes sociais. O senador Roberto Rocha ironizou: “Meus cumprimentos pela entrega dos kits de irrigação, hoje, em Caxias; na oportunidade, ele confessou que faliu o estado”.

E a tropa-de-choque do governador tratou de tentar minimizar o estrago da confissão de culpa comunista. O seu líder na Assembleia, Rogério Cafeteira, como sempre o primeiro a sair em defesa, mesmo sem argumentos, alegou que dos R$ 2 bilhões do BNDES, R$ 1,2 bilhão foram glosados pelo banco.

O fato é que Dino vai ter de se explicar, de qualquer forma, porque diz, hoje – passados três anos de comando do Estado – que o Maranhão está quebrado. Ele deve explicações.

Em todo lugar

O ministro do Meio Ambiente Sarney Filho (PV) tem mostrado absoluta desenvoltura para circular entre lideranças políticas das mais diversas correntes.

Sua pré-candidatura ao Senado atrai simpatizantes de partidos da oposição e também do governo Flávio Dino (PCdoB).

Sarney Filho tem prestígio pessoal entre deputados federais e estaduais, e prefeitos, independentemente da filiação partidária de cada um.

Afinação

O ex-prefeito Ildon Marques (PSB) recebeu quinta-feira, 10, o senador Roberto Rocha (PSB) para um jantar, em Imperatriz.

Tudo dentro do previsível entre aliados, não fosse por um importante detalhe: a presença do também ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB) na casa de Marques.

O jantar mostrou afinação entre os socialistas e tucanos de Imperatriz para o processo eleitoral de 2018.

Juntos

Adversários nas eleições de 2016, o prefeito Luciano Genésio (PP) e o médico Leonardo Sá (PCdoB) estão juntos em Pinheiro. A aliança desarticula os dois lados da oposição a Genésio.

Tanto o grupo formado pelo ex-prefeito quanto aquele que gira sob as ordens do Palácio dos Leões.

Obstáculo

O secretário de Articulação Política Márcio Jerry tem afirmado e reafirmado sua candidatura a deputado federal em 2018.

Mas a realidade que deve sair da Reforma Política pode levar o todo-poderoso auxiliar de Flávio Dino a rever os planos.

É que, pelas regras do Distritão, que devem prevalecer em 2018, não haverá mais como lançar candidaturas apenas para puxar votos do partido e eleger bancadas.

Tucanos de fora

O vice-governador Carlos Brandão está cada vez mais convencido de que o PSDB não ficará mesmo com o governador Flávio Dino em 2018.

Tanto que seu principal aliado no partido, o secretário Neto Evangelista, já foi autorizado a dizer que não há garantias da repetição da aliança em torno do comunista.

Brandão deve disputar uma vaga na Câmara Federal, o que levou Evangelista a abdicar do projeto e se preparar para a reeleição.

Sem chapa

O PMDB pode ficar sem nomes de peso para a disputa de deputado estadual em 2018.

Principal parlamentar do partido, Roberto Costa pode assumir a Prefeitura de Bacabal ou entrar como suplente de um dos candidatos a senador do grupo.

Sem ele, a chapa do PMDB se resumirá à deputada estadual Nina Melo, que talvez nem seja candidata à reeleição, abrindo vaga para o retorno do pai, Arnaldo Melo.

Desmotivação

Alçado à condição de auxiliar do governador Flávio Dino – como chefe da Agência Metropolitana – o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) dá sinais de cansaço.

É que, desde a posse, a agência tem resumido suas atividades a discutir o processo de metropolização da Grande São Luís.

Além disso, o vereador terá que deixar o cargo em janeiro para concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

E MAIS

  • Não apenas o PMDB pode ficar sem chapa para a disputa pela Assembleia Legislativa em 2018, mas também o PP e o PSD.
  • Comandante do PEN no Maranhão, o ex-deputado Jota Pinto deverá disputar uma vaga na Câmara Federal, ao lado do já deputado Júnior Marreca.
  • O vereador Dr. Gutemberg Araújo passou a figurar entre as opções para o setor de Saúde em São Luís após exoneração da secretária Helena Duailibe.

Com informações de O Estado

Governo do Maranhão gasta o dobro do Rio de Janeiro com aluguel de Jatinhos

No Maranhão, o governo comunista já pagou, pelo mesmo serviço, com apenas um Jatinho, quase o dobro e sem licitação, cerca de R$ 4,6 milhões

O Jornal Nacional, mostrou reportagem, ontem (10), o escândalo do governo Pezão, do estado do Rio de Janeiro, acerca dos gastos com o aluguel de um jatinho executivo. Segundo edital de licitação do governo do Rio, a gestão de Luiz Fernando Pezão (PMDB), vai gastar até R$ 2,5 milhões em viagens durante um ano.

No Maranhão, o governo comunista já pagou, pelo mesmo serviço, com apenas um Jatinho, quase o dobro e sem licitação, cerca de R$ 4,6 milhões.

Mas, para o governador do Maranhão, que está delatado na Operação Lava-jato, como recebedor de propinas da Odebrecht, isso não é nada, enquanto no Maranhão, ele vai construindo praças, pintando muros de escolas e colocando asfalto “sonrisal” nas ruas está tudo bem.

 

 

Governo Flávio Dino quer expulsar delegados da Polícia Civil de prédio em São Luís

Em Notificação, governo Dino fala até em usurpação do imóvel pela ADEPOL

O Governo Flávio Dino (PC do B), notificou extrajudicialmente a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Maranhão – ADEPOL, para que no prazo máximo de 30 (trinta) dias, entregue o prédio de propriedade do governo estadual, que estava cedido em caráter de comodato à entidade. 

Segundo a Notificação Extrajudicial, o fato se dá em vista do término da vigência do Contrato de comodato firmado entre o Estado do Maranhão e a ADEPOL, cujo objeto é o imóvel de propriedade do Estado, situado na Rua da Palma, n. 322, Centro, nesta Capital.

No final, da Notificação o governo Dino ratifica as sanções cabíveis, em caso de não cumprimento, o executivo fala em Usurpação do imóvel pela entidade.

Desta feita, tratando-se de imóvel de propriedade do Estado, cuja cessão à ADEPOL expirou em 10 de maio de 2002, a permanência da ocupação pela Associação representada por Vossa Senhoria caracteriza ato de esbulho, a desafiar a adoção das medidas judiciais cabiveis.

Veja abaixo, o teor da notificação:

ESTADO DO MARANHÃO
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
PROCURADORIA DO PATRIMÔNIO E DO MEIO AMBIENTE.

NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL

Tendo em vista o término daTendo em vista o término da vigência do Contrato de comodato firmado entre o Estado do Maranhão e a ADEPOL, cujo objeto é o imóvel de propriedade do Estado, situado na Rua da Palma, n. 322, Centro, nesta Capital, NOTIFICO Vossa senhoria, na qualidade de representante legal da Associação dos Delegados de Policia Civil do Maranhão, reiterando os oficios e notificações encaminhadas pela Secretaria Adjunta de Gestão, Modernização e Patrimônio, para que, em até 30 (trinta dias), a contar do recebimento desta Notificação, efetue a devolução do imóvel identificado para supra, mediante entrega das chaves na sede da Secretaria Adjunta situada na Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Centro Administrativo do Estado, Edificio Clodomir Milet, 5° Andar.

Ressalte-se que a Secretaria de Segurança Pública reiterou por meio do Oficio 1906/2016 GAB/SSP a necessidade de retomada do imóvel, com o objetivo de instalar o seu Arquivo Geral.

Desta feita, tratando-se de imóvel de propriedade do Estado, cuja cessão à ADEPOL expirou em 10 de maio de 2002, a permanência da ocupação pela Associação representada por Vossa Senhoria caracteriza ato de esbulho, a desafiar a adoção das medidas judiciais cabiveis. vigência do Contrato de comodato firmado entre o Estado do Maranhão e a ADEPOL, cujo objeto é o imóvel de propriedade do Estado, situado na Rua da Palma, n. 322, Centro, nesta Capital, NOTIFICO Vossa senhoria, na qualidade de representante legal da Associação dos Delegados de Policia Civil do Maranhão, reiterando os oficios e notificações encaminhadas pela Secretaria Adjunta de Gestão, Modernização e Patrimônio, para que, em até 30 (trinta dias), a contar do recebimento desta Notificação, efetue a devolução do imóvel identificado para supra, mediante entrega das chaves na sede da Secretaria Adjunta situada na Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Centro Administrativo do Estado, Edificio Clodomir Milet, 5° Andar.

Ressalte-se que a Secretaria de Segurança Pública reiterou por meio do Oficio 1906/2016 GAB/SSP a necessidade de retomada do imóvel, com o objetivo de instalar o seu Arquivo Geral.

Desta feita, tratando-se de imóvel de propriedade do Estado, cuja cessão à ADEPOL expirou em 10 de maio de 2002, a permanência da ocupação pela Associação representada por Vossa Senhoria caracteriza ato de esbulho, a desafiar a adoção das medidas judiciais cabiveis.

 

Dia dos estudantes: Umes parabeniza todos os estudantes maranhenses

Neste simbólico mês de agosto, período em que historicamente os jovens brasileiros ocupam as ruas por mudanças efetivas na educação, meia passagem e apoio a liberdade social, a União Municipal dos Estudantes, histórica entidade de defesa dos interesses estudantís vem a público parabenizar todos aqueles que contribuíram de forma benéfica a entidade, bem como, desejar a todos os estudantes maranhenses um feliz dia dos estudantes e uma jornada de lutas em prol da melhoria da educação pública e de qualidade.

Mobilização durante todo o mês de agosto

A Umes está reestruturando a mobilização de grêmios, diretórios acadêmicos e diretórios centrais dos estudantes, a fim de unificar suas bandeiras para chamar atenção dos entes públicos, a necessária valorização da classe estudantil, dos professores e melhorias significativas do ensino aprendizagem.

“Neste dia dos estudantes, a Umes lança em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, o programa ‘Mais Estágio’, importante meio de garantir aos estudantes de ensino médio uma oportunidade de geração de emprego e renda, para participar, basta ser aluno regular de ensino médio em escolas da rede pública e particular do estado, contudo, o estudante de escola pública tem preferência no preenchimento das vagas”, disse Marcelo Matos, presidente da Umes.

A luta pelo passe livre não será esquecida

Neste dia de lutas e glórias, a Umes reforça o sentimento da garantia em defesa do Passe Livre estudantil e a nova gestão criará datas com passeatas e atos públicos em defesa dos direitos dos estudantes.

Sede Admistrativa passa por reformas

“Passamos por um período difícil, muitos anos  com as portas fechadas, entidade sucateada e com muitas dívidas, estamos superando esta fase e tão logo apresentaremos um balanço das ações desenvolvidas pela nova gestão, garantindo que iremos equacionar probemas antigos e entregar aos estudantes, não só a sede admintrativa plenamente reformada e em funcionamento, bem como uma sede social recreativa para os estudantes, afirma o presidente.

Contra os golpes, defesa da Constituição, contra as reformas que tiram direitos dos trabalhadores

É preciso respeitar a Constituição e garantias dos trabalhadores, “O golpe na Previdência, não é uma reforma, é apenas mais um golpe dos muitos já protagonizados pelos opressores que estão atualmente no poder, pois, retira direitos da classe trabalhadora”, não apoiamos quem suprime os direitos do trabalhadores conquistados ao longo de de muitas lutas.

Esporte, Cultura, Lazer, diversão e Arte serão também lutas e conquistas deesta nova gestão

Dias de lutas e dias de glórias!!! Gestão “Quem vem com tudo não cansa” Umes 2017-2019

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache