Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Em nome da verdade

O governador Flávio Dino deve explicações ao Maranhão. sem se apoiar em desculpas esfarrapadas, precisa vir a público para esclarecer o seguinte:
1. Se o serviço de arapongagem que a polícia estava determinada a fazer, não foi sob ordens suas, do seu secretário de segurança e nem do comandante da PMMA, quem mandou?
2. Se as nomeações dos comandantes de batalhões, coordenadorias, chefias na polícia militar são ou não responsabilidade do comandante da PMMA?
3. Se é ou não o governador do Maranhão quem escolhe e nomeia o secretário de segurança e o comandante da polícia? São sim.
É responsabilidade exclusiva do governador essas escolhas. E as autoridades designadas agem em seu nome, por delegação e confiança. Impossível fugir dessas responsabilidades.
A explicação do senhor Flávio Dino, fugindo das suas obrigações, se admitida, permite constatar que a polícia militar, no governo dele, estaria perigosamente sem comando. A sociedade, ameaçada, desprotegida. Não sendo assim, o governador não teria outra saída que não fosse exonerar tanto comandante da PM quanto o secretário da segurança.
E tinha que tê-lo feito tão logo eclodiu o escândalo. Se não o fez, torna-se cúmplice, senão o mandante desse delito. São inaceitáveis, portanto, as cavilosas explicações do governador. Se quem escolhe e nomeia comandantes de batalhões, coordenador do policiamento do interior é o comandante da PM, o faz por competência, delegação e em nome do próprio governador.
Mais ainda. Quem escolheu esse comandante e também o secretário da segurança, foi Sua Excelência o senhor Flávio Dino. Portanto, não há escapatória, é responsabilidade dele -e só dele, já que não exonerou os auxiliares por terem traído a sua confiança. Ao contrário, prestigiou e defendeu. O que se vê hoje é a valorosa polícia do Maranhão transformada numa milícia do governo comunista, como fazia Stalin, na então União Soviética. E tudo isso em desfavor da democracia e do povo maranhense.
Por Kim Lopes.

Definida: Eleição na Câmara Municipal de São Luís será em agosto

O Presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum, lançou o edital de Convocação para eleição da mesa de diretora do legislativo municipal, que será realizada no dia 8 de agosto do corrente ano.

A eleição para escolha da Mesa Diretora será realizada em Sessão Solene, numa quarta-feira, dia 8 de agosto. As inscrições das chapas podem ser feitas até 30 (trinta), minutos antes da eleição.

Absurdo!!! Titular do Blog sofre ameaça velada

Um fato muito estranho ocorreu no final da manhã desta quinta-feira (19), no bairro onde moro há 30 anos. Um casal num veículo Montana de cor bege chegou até o salão que costumeiramente frequento e sem descer do carro, perguntou onde mora um blogueiro chamado “Filipe Mota”, o cabeleireiro prontamente me telefonou falando sobre o fato.

Não demorou muito para o veículo parar em frente à minha casa e ficar olhando, pela brechas da janela pude ver  apenas o arranque do carro e eles foram embora sem descer e nem sequer perguntar nada.

Me dirigi ao 1° Distrito Policial, registrei um Boletim de Ocorrência relatando os fatos para que a população tenha conhecimento deste fato ocorrido.

Quero aqui registrar, que este Blog prima pela veracidade da informação, noticiando apenas fatos verdadeiros e garantindo o contraditório à outra parte por meio de direito de resposta.

Na certeza que não aceitarei ameaças de quem quer que seja, vamos continuar na luta em defesa da sociedade, combatendo e denunciando as mazelas contra a população.

Por fim, em memória ao blogueiro e jornalista Décio Sá e os demais membros da Imprensa Livre que já se foram, seremos vanguardistas nas lutas pelo direito à Liberdade de Expressão e ao estado democrático de direito.

O samba está de Luto, morre dona Ivone Lara a Primeira-dama do samba

O mundo do samba ficou mais triste na noite desta segunda-feira (16/4). Morreu, aos 97 anos, no Rio de Janeiro, Dona Ivone Lara. A cantora estava internada em um hospital particular do Leblon e tentava se recuperar de uma anemia, mas não resistiu.
Além do legado musical, ela entrou para a história como a primeira mulher a compor uma letra para escola de samba-enredo, em 1965. Foi ao som de Os Cinco Bailes da História do Rio que a Império Serrano desfilou no Carnaval que homenageou os 400 anos do Rio.
Sucesso:
Ao longo da carreira, Dona Ivone Lara colecionou sucessos. O mais estrondoso deles, que atravessou gerações e ainda permanece no auge é Sonho Meu, uma composição dela em parceria com Décio Luiz. Pela voz dela, outros sambas caíram na boca do povo, como Acreditar, Tiê, Tendência, Sorriso Negro e tantas outras.
Maria Betânia, Clara Nunes, Gal Costa, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Diogo Nogueira, Elba Ramalho, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Vanessa da Mara, Teresa Cristina, Leci Brandão, Paulinho da Viola e Alcione estão entre alguns dos músicos que gravaram canções compostas pela também chamada de “Diva do Samba”.
A popularidade de Dona Ivone no Brasil chegou aos quatro cantos do mundo e Dona Ivone Lara se apresentou na África, nos Estados Unidos (EUA) e em alguns países da Europa.

APOIO À CANDIDATURA DE OSMAR FILHO NA CÂMARA MOSTRA INCONGRUÊNCIA DE ALGUNS VEREADORES

O país muda consoante o vento. Os políticos também. Serve isto para falar-vos de algo que, enquanto cidadão e eleitor, me tem perturbado. Não é uma perturbação de agora, mas desde sempre. Falo das incongruências dos nossos políticos quando se encontram no poder, estão na oposição ou até mesmo quando adotam postura ‘independente’.
Vimos isso constantemente em Brasília, e na alternância de poder entre alguns grupos políticos que se revezam no Governo do Maranhão. Virou algo habitual defender uma coisa quando somos Governo, e outra bem diferente, quando passamos para o difícil papel na oposição.
O caso mais absurdo de ‘políticos incongruentes’ ocorre na Câmara de São Luís, por ocasião da eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, biênio 2019/2021. Dos 17 parlamentares que assinaram de próprio punho um manifesto em apoio à candidatura do vereador Osmar Filho (PDT), pelo menos quatro já haviam se declarado na tribuna da Casa, que eram oposicionistas ou independentes: Umbelino Júnior (PPS), Francisco Chaguinhas (PP), Marcial Lima e até Estevão Aragão (PSDB) que se julga como líder da bancada.
Além destes, aparecem na lista nomes como Ricardo Diniz (PRTB), Barbara Soeiro (PSC), Aldir Júnior (PR) [cujo mandato quem manda é o tio – deputado Josemar de Maranhãozinho], Concita Pinto (PEN), Antônio Marcos, o Marquinhos (DEM) [que criticou recentemente o deputado Weverton Rocha, presidente do PDT no Maranhão, de ser ficha suja], Nato Júnior (PP), Edson Gaguinho (PHS), Afonso Manoel (PRP) [cuja esposa Helena Duailibe foi escorraçada do governo Edivaldo sob suspeita de corrupção] e Dr. Gutemberg (PRTB), acusado no inicio do governo Edivaldo de ter sucateado a Secretaria Municipal de Saúde.
Não importa a ideologia ou campo partidário, parlamentares perdem coerência, identidade e desviam-se daquilo que sempre foi visando apenas seu objetivo pessoal: o de se dar bem.
Barbara Soeiro e Marcial Lima, por exemplo, pertencem ao grupo politico do ex-secretário João Abreu, cuja prisão foi decretada pelo juiz Osmar Gomes, pai do vereador Osmar Filho que almeja a presidência do Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo da capital. Mas eles sequer notaram esse detalhe ao assinar o documento que manifestam seus apoios ao pedetista. Talvez porque os dois observaram, na disputa pela Mesa da Casa, uma grande possibilidade de buscar ‘apoio’ para suas eleições de deputados fadadas ao fracasso.
Estevão Aragão, único que ainda tinha uma postura mais incisiva ao governo Edivaldo, também não viu nenhum problema em apoiar o candidato do prefeito que ele hoje diz que faz ‘oposição’ na Câmara. Não é possível votar no candidato do PDT e ter um discurso de inimigos contra seu principal aliado, o prefeito Edivaldo.
Por vim, consta na lista, a assinatura surpreendente de Francisco Chaguinhas, dono de um discurso polêmico contra os governos nas três esferas: municipal, estadual e federal, embora, nos últimos dias tenha focado mais nos dois últimos.
A incongruência de alguns vereadores ludovicenses em relação à eleição da Câmara virou uma verdadeira salada ideológica. Mas ainda bem que o próprio Chaguinhas, em seus momentos de lucidez, fez ecoar na tribuna do parlamento municipal uma das frases mais fortes que serve para resumir bem esse momento de crise que nossa nação passa: “A corrupção na politica neste país só não é maior porque os canalhas envelhecem e morrem”.
Fonte: Gazeta do Maranhão

Urgente!!! O operador do esquema de desvio de dinheiro da SAÚDE comete suicídio

Mariano cometeu suicídio na noite desta quinta-feira, 12, estava em prisão domiciliar. Ele estava preso há cerca de 2 meses, na Operação Remora que apontou desvios de dinheiro da Saúde do Maranhão.

Mariano tinha lançado uma carta em que citava a cúpula da secretaria de saúde e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B).

Em instantes mais informações…

CRISE!!! Esquema maquiavélico do PDT, tenta tomar a Câmara Municipal de São Luís


Decisão provocou racha e a maioria dos vereadores ligados ao chefe do legislativo esvaziam plenário para trancar pauta que iria apreciar projetos do executivo “
O vereador Pedro Lucas Fernandes(PTB), usado pelo deputado Weverton Rocha e pelo prefeito Edivaldo Júnior, entrou com uma liminar no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) para que uma eleição irregular da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís seja realizada ainda este mês.
De acordo com as informações, a medida cautelar proposta pelo parlamentar, tem como objetivo impedir que o judiciário venha suspender a obrigatoriedade de realização do pleito, baseado em Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) que considera inconstitucional artigo da Lei Orgânica que prevê a proibição da reeleição na Casa e ainda a obrigatoriedade de realizar a escolha dos membros da mesa no mês de abril em anos eleitorais.
Segundo apurou o blog, a ADIN foi impetrada pelo PSL, cujo presidente é vereador Francisco Carvalho. Na ação, o partido questiona a possível eleição da Mesa este mês, alegando que a lei que proíbe reeleição na Casa não obedeceu ao interstício que a legislação determina. A ADIN tem como relator o desembargador Jamil Gedeon.
TRAIÇÃO CONTRA ASTRO
O questionamento de Pedro Lucas ao pedido, feito pelo partido de Chico Carvalho, é uma traição da dupla de Weverton Rocha, pré-candidato ao Senado e Edivaldo Júnior, ao vereador Astro de Ogum que tem sido um aliado inegável dos dois.
A atitude do petebista é também a demonstração mais clara de que o chefe do executivo, apoiado pelo presidente estadual do PDT, resolveu mesmo apostar todas as suas fichas na candidatura do vereador Osmar Filho, que desde o início de 2016 trabalha para comandar a Câmara.
A estratégia de usar Pedro Lucas foi exaustivamente pensada, pois dos integrantes do grupo que apoia Osmar, Lucas é o que está numa posição mais confortável, pois ainda comanda, pelos bastidores, a Agência Executiva Metropolitana (AGEM), e deverá herdar as bases do pai – deputado federal Pedro Fernandes – na disputa por uma vaga na Câmara Federal, com grandes possibilidades de ser eleito. Ou seja, na cabeça de Weverton e Edivaldo, o desgaste com Astro de Ogum, seria maior se o pedido fosse feito por outro integrante do grupo, bem ao modus operandis da dupla.
CRISE SEM PRECEDENTES
O problema é que ao convencer Pedro Lucas a assinar a cautelar, Weverton e Edivaldo acabaram inflamando ainda mais a crise política na Casa. O embate direto entre Legislativo e Executivo atingiu temperatura máxima nesta quarta-feira e criou um clima de tensão, até então inédito nos bastidores da política municipal, ao ponto de, os vereadores ligados ao presidente Astro de Ogum, acabaram por esvaziar o plenário e impedindo assim a apreciação de alguns projetos encaminhados pela prefeitura. Um deles, um dos mais importantes, foi a autorização para o executivo contrair um novo empréstimo no valor de 100 milhões de reais, onde o presidente, Astro de Ogum, não mediu esforços para aprovar, semelhante ao que fez com o de R$ 250 milhões, aprovado no final de dezembro do ano passado.
Fonte: Alan Ramalho

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache