Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Corrupção: CBF enrolada, FMF pior ainda, marca eleição na surdina

Antônio Américo, utiliza o ‘modus operandi’ da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, na qual membros do mesmo grupo quando não são presos, se perpetuam no poder. Eleição da entidade será no próximo domingo (22)

Após escândalos de corrupção em que o ex-presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, Alberto Ferreira foi afastado pelo Ministério Público, o interventor que assumiu, Antônio Américo, caminha pela mesma linha torta.

Sem transparência e com contratos de publicidade suspeitos, criação de Instituto para arrecadar dinheiro público e uma caixa-preta de esquemas nebulosos são parte da atual federação de futebol no Maranhão.

Antônio Américo, se utilizando do mesmo ‘modus operandi’ da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, na qual membros do mesmo grupo quando não são presos, se perpetuam no poder, aqui no Maranhão, Américo, que já está no cargo há 6 anos, marcou a eleição da entidade para o próximo domingo (22), portanto sem tempo hábil para a inscrição de uma chapa de oposição.

Um verdadeiro escândalo sem precedentes esta federação de futebol do Maranhão, que precisa de uma ação enérgica do Ministério Público, GAECO, bem como instituições que defendem o interesse público

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vixe!!! Antônio Américo provoca jornalista e expõe Weverton Rocha a escândalo

Presidente da FMF, Antônio Américo foi provocar o jornalista Zeca Soares e expôs o deputado Weverton Rocha em escandaloso contrato com a TV Difusora

O jornalista e blogueiro Zeca Soares, divulgou um print de um “deboche”, que o presidente da FMF, Antônio Américo enviou a ele com a seguinte mensagem no whatsapp: “Zeca, bom dia. “Absurdamente”, primeiro jogo da final do cearense foi ontem, às 21:45, Ceará X Fortaleza”.

E acrescentou: “Detalhe: transmissão pelo Esporte Interativo, Sky e também pela TV Verdes Mares, afiliada Globo, para Fortaleza”

Só que Américo não contava com a resposta de Zeca Soares, que explicitou claramente a diferença do Campeonato Maranhense em relação ao Cearense, veja!

“Bem, preciso dizer a Américo que lá no Ceará a TV Verdes Mares pagou pelo televisionamento do Campeonato Cearense R$ 800 mil para o Ceará e R$ 800 mil para o Fortaleza. Só para os dois foi R$ 1,6 milhões. Os demais clubes, cada um recebeu R$ 120 mil”.

Profundo conhecedor do futebol maranhense, ao contrário de Antônio Américo, Zeca Soares foi além e expôs o contrato escandaloso num esquema entre o Instituto na qual Américo também figura como presidente, o governo do comunista e a TV Difusora, arrendada pelo deputado federal Weverton Rocha, amigo e candidato do governador Flávio Dino ao Senado para transmitir os jogos.

“A FMF, por exemplo que foi a proponente do projeto por meio do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, de cara levou R$ 150 mil (10%) do montante liberado pelo governador. O Sampaio foi quem mais recebeu R$ 150, mesmo eliminado na primeira fase. O Moto teve apenas R$ 120 mil e o Imperatriz R$ 115 mil, nesse convênio, assim como contrato com o Esporte Interativo que parecem estar guardados mesmo numa caixa preta” afirmou o jornalista Zeca Soares.

Na resposta mais do que clara, Zeca Soares severou que os dirigentes que estão à frente da federação de de futebol ainda não sabem o que precisa se fazer com o futebol maranhense volte a crescer.

“Acho que essas informações são mais do que suficientes para entender que a FMF, infelizmente, ainda não sabe o que precisa fazer para que o nosso futebol volte a crescer. Estes, presidente Américo não são fatos, mas bons argumentos para quem conhece o mínimo de futebol. Se, ao contrário de buscar um novo embate, você tivesse optado pelo silêncio, teria feito melhor”, finalizou Zeca Soares.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Presidente da FMF, Antônio Américo agora é ‘persona non grata’ em São Luís

A Câmara Municipal de São Luís aprovou por unanimidade, ‘Moção de Repúdio’ contra o presidente da Federação Maranhense de Futebol

Em sessão ordinária realizada ontem (3), a Câmara Municipal de São Luís aprovou por unanimidade uma ‘Moção de Repúdio’ contra o presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo. O autor da proposição, Vereador Marcial Lima (PEN), justificou que o presidente da FMF, de maneira caluniosa e injuriosa, em função de suas atividades como parlamentar.

O vereador Marcial Lima se sentiu agredido verbalmente por Américo por meio da imprensa, e a ação atacou também a Casa Legislativa de São Luís. Na moção foi solicitado o pronunciamento do presidente da entidade esportiva.

Marcial também encaminhou Representação e Denúncias ao Ministério Público do Maranhão para investigar as contas da Federação e do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, que recebe verbas públicas por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Vamos solicitar também as contas da Federação Maranhense de Futebol – FMF, bem como do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, para fazer um levantamento sério de como anda o futebol do Maranhão”, disse Marcial.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Absurdo!!! Membro da FMF chama torcedores de quadrilheiros

Torcedores registraram Boletim de Ocorrência e entrarão com queixa-crime contra o diretor da Federação Maranhense de Futebol e também contra a entidade

Advogado da FMF será Réu em ações criminais, interposto por torcedores maranhenses

Outro torcedor que foi agredido pelo advogado é vereador Marcial Lima (PEN), o mesmo entrará também com processo criminal contra Márcio Biguá e articula uma moção de “Persona Non Grata” contra o advogado da FMF.

Em documento público da FMF, dirigente afirmou à Polícia que as torcidas do Moto Club de São Luís, são conhecidas por sua violência desmedida e destemida. Afirmou ainda que os mesmos são quadrilheiros, ao relatar que o chamamento da PM seria para evitar a ocorrência de crimes diversos, tais como: dano, lesão, corporal, formação de quadrilha, etc.

O que se viu na verdade, foi uma clara tentativa de intimidação da FMF, que culminou com a não ida das Torcidas Organizadas. Os que estiveram presentes foram senhores e senhoras de bem, não vinculados às torcidas organizadas. Boa parte estão registrando boletins de ocorrências contra a FMF e o advogado da entidade, Márcio Biguá, que deverá ser Réu em ações criminais.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Democracia motense: torcedores vão à Justiça, Ministério Público e fazem manifestação na FMF

Torcedores entrarão com pedido de Ação Civil Pública no Ministério Público e medida cautelar na Justiça; Torcidas Organizadas se uniram e farão prostesto na FMF

Um grande movimento pelas redes sociais promete modificar por inteiro as decisões da Federação Maranhense de Futebol – FMF, as torcidas organizadas se uniram e vão protestar nesta segunda-feira (26), a partir das 15h, no Palácio dos Esportes em São Luís e prometem ocupar a sede da federação.

Ministério Público e Justiça

Outro grupo de torcedores motenses encaminharam um Pedido de Ação Civil Pública, ao Ministério Público Estadual e a Promotora Lítia Cavalcante, prometeu receber uma comissão ainda nesta semana, para SUSPENDER a PORTARIA Nº 05/2018 – DCO, que marcou os horários das finais na partida de IDA no dia 05/04/2018 (quinta), às 21:45 horas; e a partida de VOLTA, para o dia 08/04/2018 (domingo), às 18:00 horas;

Este calendário saiu da cabeça de ninguém menos do que Hans Nina, que marcou a primeira partida entre Moto e Imperatriz, para quinta-feira (5), de abril, às 21h45, no Estádio Castelão.

A torcida do Moto Club, afirma que não vai aceitar e vai atuar em todas as instâncias para modificar esta atrocidade praticada pelo diretor de competições da FMF.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Futebol Camarada!!! Roubalheira com o dinheiro do futebol maranhense

Dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte é desviado a emissora de TV que faz propaganda aberta ao governador do Maranhão

O governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PC do B), encontrou um jeito camarada de irrigar os cofres da TV Difusora com o dinheiro do contribuinte. Ontem (13), a imprensa alinhada ao Palácio dos Leões divulgou que o governo comunista iria entregar R$ 1,5 milhão aos clubes de futebol maranhense – MAIS UMA MENTIRA.

A bem da verdade, do montante, os clubes que disputam o Campeonato Maranhense de 2018, vão receber apenas a metade, ou seja, R$ 750 mil.

O Sampaio Corrêa e o Moto Club de São Luís, vão dividir quase a metade do valor destinado aos clubes, seria algo em torno de R$ 150 mil à Bolívia Querida e R$ 120 mil ao Papão do Norte.

TV Difusora

Arrendada ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), e candidato declarado  do governo do estado e do próprio governador Flávio Dino, a emissora vem recebendo recursos e mais recursos da Lei de Incentivo ao Esporte, numa clara e evidente lavagem de dinheiro público mascarada em “transmissão de jogos”. Até o momento, a emissora transmitiu apenas dois jogos, ambos da cidade de Imperatriz e vai levar a metade do dinheiro que seria para patrocinar o Campeonato Maranhense, ela vai faturar cerca de R$ 700 mil.

CPI da Lei de Incentivo (Esporte e Cultura)

O deputado Wellington diz que a população tem o direito em acompanhar os gastos públicos

O deputado estadual Wellington do Curso, em conversa com o titular do Blog, informou que após as inúmeras denúncias deste periódico, vai solicitar com PEDIDO DE URGÊNCIA à mesa diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, numa CPI para investigar o destino dos recursos da Lei de Incentivo à Cultura e também a do Esporte.

Disse também que mesmo que seu pedido seja vetado pela Casa Legislativa, encaminhará denúncia formal ao Ministério Público e tantos outros órgãos competentes forem necessário.

Denúncia ao Procon 

Aliás, um grupo de torcedores motenses registraram uma queixa formal ao órgão, declarando que a transmissão da partida entre Moto Club x Maranhão, que será transmitida pela TV Difusora, além de ser prejudicial ao torcedor, o próprio clube será prejudicado.

Em tempo: pela Lei de Incentivo, o governo do estado abre mão de receber impostos de empresas (Remissão Fiscal), dinheiro este que deveria ser investido em Saúde, Educação e benefícios aos maranhenses.

E mais: o cúmulo do absurdo mesmo é uma Rede de TV, desenhar o projeto ao governo do estado e decidir quanto que cada clube merece, isso não tem outro nome a não ser desvio de dinheiro público.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Na pressão!!! Governo Flávio Dino libera R$ 1,5 milhão a clubes de futebol

O governo do estado entregou hoje (14), no Palácio dos Leões, os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018

Imagem da entrega de certificados para o Campeonato Maranhense de 2017

Por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), foram entregues, na manhã desta quarta-feira (14), os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018, por meio deles será possível o clube captar recursos, via a CEMAR ou Grupo Mateus.

Estiveram presentes no evento, segundo realease, o governador Flávio Dino, o secretário adjunto em Esporte Educacional, Américo Lobato, o presidente da Comissão em Análise a Projetos Esportivos Incentivados (Capei), Leonardo Cordeiro, presidentes dos clubes, e representantes da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Ao todo, foram destinado R$ 1,5 milhão em apoio a oito equipes: Cordino Esporte Clube, Sociedade Imperatriz de Desportos, Maranhão Atlético Clube, Moto Club de São Luís, Sampaio Corrêa Futebol Clube, Santa Quitéria Futebol Clube, Bacabal Esporte Clube e São José de Ribamar Esporte Clube.

Após muita pressão e denúncias de favorecimentos à equipes de TV’s com dinheiro público, resta saber se a quantia de R$ 1,5 milhão será apenas aos clubes de futebol.

O Blog não teve acesso ao Palácio dos Leões para saber se o montante foi apenas para os clubes.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo milionário na Federação Maranhense de Futebol

FMF já recebeu quase R$ 10 milhões em repasses da CBF em 5 anos de gestão Antônio Américo; IMF recebe recursos do governo Dino

Antônio Américo, Presidente da FMF e do Instituto Maranhense de Futebol

O Blog teve acesso aos balanços da enrolada Confederação Brasileira de Futebol – CBF, em que a Federação do Maranhão, presidido por Antônio Américo, recebeu em média, repasses de R$ 1,7 milhão da entidade mãe, a título de “doação e subvenção”. Como não presta contas (Caixa Preta), a ninguém do dinheiro recebido, os clubes maranhenses, exceto o Sampaio Corrêa, acumulam dívidas de toda a espécie, de jogadores a funcionários. Enquanto isso, a FMF tem os cofres abarrotados de dinheiro.

Num esquema escandaloso com verba pública, encabeçada pelo governo Flávio Dino (PC do B), armação esta que o Ministério Público está de olhos vendados, também já foram irrigados os cofres da FMF, via Lei de Incentivo ao Esporte, para uma entidade, trata-se do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, criado e presidido pelo próprio Antônio Américo, para colocar a mão no dinheiro público.

O dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte foi desviado pra duas emissoras de televisão, TV Guará e TV Difusora (que nunca tramistiram um jogo), ambas fazem campanha aberta ao governador do Maranhão. Este Blog já denunciou inúmeras vezes o caso, reveja abaixo.

Escândalo!!! Presidente da FMF fundou instituto que recebeu milhões do governo Flávio Dino

Escândalo!!! Presidente da FMF confirma que pagou emissora que não transmitiu jogos

Repasses Financeiros da CBF (Valores em milhão)

No ano de 2016, a CBF repassou às federações em (Maranhão – 1,73), (Paraná – 1,62), (Piauí – 1,49), (Rondônia – 1,43), (Mato Grosso do Sul – 1,38), (Amazonas – 1,26), (Acre – 1,16), (Espírito Santo  – 1,12), (Mato Grosso – 1,075), (Amapá – 1,050), (Ceará- 1,050), (Tocantins – 1,007),  (Bahia – 975 mil), (Goiás – 975 mil),  (Minas Gerais – 975 mil),  (Santa Catarina – 972,8 mil), (Rio Grande do Norte – 972,7 mil), (Rio de Janeiro –  890 mil). As federações do Pará, Sergipe, Paraíba, Roraima, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Alagoas, São Paulo e Pernambuco, não constam na base de 2016.

CBF já tem novo presidente

O diretor-executivo de gestão da CBF, Rogério Caboclo, conseguiu se viabilizar como candidato único na próxima eleição para presidente da confederação.

As próximas eleições para presidente da CBF têm que ocorrer até abril de 2019, mas há conversas para antecipação ainda neste ano. O colégio eleitoral é formado justamente pelos presidentes das federações e dos clubes das Séries A e B, mas os pesos são diferentes. Os votos das federações têm peso 3 (totalizando 81 pontos), enquanto os votos dos clubes da Série A possuem peso 2 (totalizando 40 pontos) e os da Série B têm peso 1 (20 no total).

A eleição pode ser marcada para qualquer momento entre abril de 2018 e abril de 2019. A convocação tem que partir do presidente interino da CBF, Antonio Carlos Nunes, que ocupa o cargo na ausência de Del Nero.

Além da regra eleitoral, há o poder da “máquina”. A CBF paga uma mesada de R$ 75 mil a cada presidente de federação estadual, a título de “verba de representação”. Quem repassou a informação confidencial foi Galvão Bueno no programa “Bem, Amigos”, e foi além, disse que a confederação vai bancar a viagem de quase todo o colégio eleitoral para a Copa do Mundo da Rússia.

FMF vendeu o jogo Moto Club x Maranhão Atlético Clube

Outro escândalo sem precedentes foi a venda do segundo jogo das semi-finais do Campeonato Maranhense à TV Difusora, na qual repassou a partida para uma quinta-feira (22), deste mês, às 21:45, impedindo portanto, a ida dos torcedores ao estádio.

Acontece que este horário, numa quinta-feira,  a escassez de transporte público, falta de segurança e o serviço dos torcedores, inviabiliza por total a geração de receita dos clubes. Sem contar que uma vez televisionado o jogo, muitos torcedores optarão por assistir a partida pela telona.

O pior, os clubes denunciam que além de não receberem nenhum incentivo da Federação Maranhense de Futebol – FMF, eles afirmam também que não irão receber nenhum centavo pela transmissão da partida.

Em tempo: algo de muito podre está ocorrendo na Federação Maranhense de Futebol, na Gestão Antônio Américo, o Ministério Público está afônico para as inúmeras denúncias aqui neste Blog.

E mais: o escândalo com dinheiro público, por parte do IMF deve ser alvo de investigação do Ministério Público.

Pra fechar: Américo que chegou à FMF para ser interventor, já está a quase 6 anos à frente da entidade.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache