Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Lei de incentivo: CEMAR patrocinará Moto Club e Sampaio no Brasileirão

O patrocínio da Companhia Energética do Maranhão – CEMAR,  para os clubes foi concretizado na manhã desta quarta-feira (27). Moto e Sampaio receberão nos próximos dias, dois milhões e seiscentos mil reais (R$ 2.600.000) para investirem nas campanhas do Campeonato Brasileiro das séries B e D.

Cemar

O Sampaio Corrêa ficará com R$ 2 milhões e o Moto Club com R$ 600 mil. Os recursos devem cair nas contas dos clubes em uma semana. Isso foi possível por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, criado no governo Roseana Sarney.

O atual governo validou os projetos e os clubes puderam “correr atrás” do dinheiro. Assim, a CEMAR investe nos clubes e ganha isenção fiscal. O Estado ganha também pelo fato de incentivar investimentos em uma área importante no desenvolvimento social: o entretenimento, que gera empregos direta e indiretamente. Aspecto fundamental ainda mais neste momento que se busca sair de uma crise financeira nacional.

Assinaram o convênio pela Companhia Energética, o vice-presidente de Operações, Sérvio Túlio, e o diretor de Gente e Gestão e Finanças, Humberto Nogueira. O diretor de Comunicação e Marketing, Luís Carlos Cardoso, também participou da solenidade.

Para o Sampaio, o dinheiro serve para aliviar a despesa com o alto custo de um time na Série B. Para o Moto, vai ser fundamental para aumentar a força do time nesta reta importante da Série D e tentar subir para a Série C. O problema para este jogo de domingo é o pouco tempo para confirmar reforços. No entanto, para o jogo de volta, dia 7 de agosto, contra o Águia de Marabá-PA, os reforços devem estar à disposição.

Mas um detalhe chamou atenção. A diferença dos valores entre os clubes. A justificativa de que o Sampaio está na Série B e o Moto na Série D pode ser usada para justificar esta diferença, mas é bem aí que acredito que está o erro, pois quem está na Série B recebe um apoio milionário por direitos de transmissão. Na Série D, o máximo que os clubes tem pela CBF é auxílio com hospedagem, alimentação e viagem.

Para o Moto, este dinheiro serve também para clarear a pré-temporada para o próximo ano, pois a Série D vai até outubro deste ano.

Com informações do Blog do João Ricardo

Messi perde pênalti e Argentina é vice de novo para o Chile na Copa América

Messi desperdiça a primeira cobrança, Biglia perde outra e jejum de títulos continua. Craque argentino anuncia que não joga mais pela seleção
Chile

Assim como em 2015, o placar não saiu do zero no tempo normal. Assim como em 2015, o empate sem gols persistiu na prorrogação. E, assim como em 2015, o final foi triste para a Argentina. Novamente nos pênaltis, os argentinos foram derrotados pelo Chile na final da Copa América. Messi, indiscutivelmente o craque da Argentina na Copa América Centenário, perdeu a primeira cobrança, logo após Vidal desperdiçar a sua.

Só que Biglia também perdeu seu chute, o quarto dos argentinos, e Silva converteu a quinta cobrança do Chile, agora bicampeão da Copa América – os chilenos haviam levado o título no ano passado, em casa, também contra a Argentina, que continua em um jejum de 23 anos sem títulos.

Com o placar zerado, a decisão foi para os pênaltis, tal qual na Copa América de 2015. Vidal, o craque chileno, perdeu a primeira – Romero defendeu. Messi, o craque argentino, perdeu a segunda – isolou por cima do gol de Bravo. O goleiro chileno voltou a defender na quarta cobrança, de Biglia. Silva converteu o quinto chute do Chile, que fechou a disputa de pênaltis em 4 a 2 e fez a Argentina amargar mais um vice.

Diretorias do Moto Club e Sampaio Corrêa diminuem tamanho do Castelão

Torcedores no Jogo Moto Club e Águia de Marabá

Torcedores no Jogo Moto Club e Águia de Marabá

Torcedores do Sampaio nas cadeiras amarelas no jogo contra o Brasil

Torcedores do Sampaio nas cadeiras amarelas no jogo contra o Brasil

Dirigentes de Moto Club e Sampaio Corrêa, tentam a todo custo, diminuir as especificações técnicas do estádio Governador João Castelo (Castelão). No ultimo jogo ocorrido no estádio, a renda divulgada na vitória do Moto Club por 2 a 0 contra o Águia, o borderô registrou apenas 3.387 torcedores pagantes e 4.237 no total, para uma renda de pouco mais de R$ 50.000,00 (Cinquenta mil reais). O mesmo ocorre com o Sampaio Corrêa, que no ultimo jogo no estádio, contra o Brasil de Pelotas, o borderô registrou apenas 2.010 torcedores pagantes e 2850  no total, para uma renda de pouco mais de R$ 30.000,00 (Trinta mil reais).

Um fato sempre intrigante, é que as imagens da arquibancada nas cadeiras da geral, chamada de setor leste (CADEIRAS AMARELAS), são no total de 14.900 acentos e as imagens quase que sempre, mostram que mais da metade do espaço estão preenchidos.

Das duas ou uma, ou os dirigentes de Moto e Sampaio não levam em consideração as especificações técnicas  do estádio ou está havendo uma evasão de recursos financeiros não declarados pelas catracas do Castelão.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ESTÁDIO CASTELÃO

Locais de assento do Torcedor: Capacidade para 39.780 (Trinta e nove mil, setecentos e oitenta) pessoas sentadas, assim distribuídas:

(I) Setor Norte: 7.915 (Sete mil, novecentos e quinze) assentos, na cor azul;

(II) Setor Sul: 7.898 (Sete mil, oitocentos e noventa e oito) assentos, na cor azul;

(III) Setor Leste: 14.900 (Quatorze mil e novecentos) assentos, na cor amarela;

(IV) Setor Oeste: 8.847 (Oito mil, oitocentos e quarenta e sete) assentos, nas cores amarela e vermelha;

(V) Tribuna de Honra [integrada ao Setor Leste]: 220 (Duzentos e vinte) assentos, na cor vermelha;

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache