Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Organizadores da Festa de São Marçal definem programação

Tradicional encontro de grupos de bumba-boi de matraca vai acontecer no dia 30, no João Paulo; reunião aconteceu no Convento das Mercês e contou com representantes de vários órgãos

Organizadores do Festejo se reuniram para definir a segurança do evento

Os organizadores do Festejo de São Marçal, onde tradicionalmente acontece o encontro dos grupos de bumba meu boi de matraca, no João Paulo, no dia 30 deste mês, se reuniram ontem (26) para discutir detalhes da festas.

Este ano, o evento não contará com a organização do Instituto São Marçal, que tradicionalmente realizava o encontro.

A reunião aconteceu no Convento das Mercês e contou ainda com representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), que discutiram os detalhes sobre a segurança do evento.

Os organizadores estão trabalhando para que no dia 30, durante o encontro de grupo de bumba-boi no João Paulo, a última atração se apresente até as 18h, com o intuito de liberar a avenida mais cedo para o trânsito.

“Essa é uma festa que acontece há 90 anos e vamos ter a estrutura digna da nossa tradição. O que foi acordado é que a último grupo passe em frente ao quartel do exercito às 18h. Então, seria muito bom se houvesse essa conscientização para não passar do horário”, disse Walter Davi Mendes, do Boi do João Paulo e um dos integrantes da comissão organizadora da festa.

“Em momento nenhum o Governo do Estado deixou de apoiar o evento, que estava no calendário de planejamento desde o começo do ano. Sambemos da grandiosidade do evento de São Marçal e este ano oferecemos toda a estrutura e mais um recurso para o instituto que organizava a festa e isso foi negado pelo próprio instituto. Coube a nós discutir novamente com a sociedade civil e outros grupos apresentaram a proposta de organizar a festa com os mesmos recursos que estávamos oferecendo. A festa vai acontecer e será um sucesso, com muita segurança, alegria e tradição”, disse o titular da Secretaria de Cultura e Turismo, Diego Galdino.

Em tempo: Tradicionalmente, os bois de matraca chegam ao bairro do João Paulo por volta das 4 e 5 horas da manhã. 

E mais: Como os organizadores pretendem finalizar a festa até às 18 horas é bom chegar mais cedo, aliás, uma boa iniciativa é começar a festa cedo e terminar com a luz do sol.

 

Luís Fernando inicia tratativas para implantar 3º Colégio Militar em São José de Ribamar

Acompanhado do comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, Cel. Pereira, Luís Fernando visitou na última sexta-feira (23), as instalações onde será instalado o Colégio Militar

Luís Fernando e coronel “Pereirão” no Parque Vitória onde será instalado o Colégio Militar

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando (PSDB), definiu ações iniciais para a instalação do Colégio Militar, no bairro do Parque Vitória, após sua primeira pasagem à frente da prefeitura de Ribamar, com a construção de 3 Liceus Ribamarenses, o município receberá também a terceira escola militar. As duas primeiras foram implantadas no início deste ano, na sede do município e a outra no Parque Jair.

Acompanhado do comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, Cel. Pereira, o prefeito Luis Fernando visitou na última sexta-feira (23) as instalações da escola municipal do Parque Vitória, onde será instalado o Colégio Militar Tiradentes e o terreno, localizado ao lado da escola, que vai abrigar a Companhia de Polícia da área.

“Convidamos hoje o coronel Pereira para conhecer as instalações da escola, acomodações e demais espaços, tanto interno quanto externo. A partir desse movimento vamos agora estabelecer o protocolo para a assinatura do termo que vai celebrar a parceria, onde a prefeitura por meio da secretaria de educação assume a parte pedagógica, e a cúpula da polícia militar assume a administrativa”, explicou o prefeito.

Segurança – Na oportunidade, o prefeito visitou ainda o terreno onde será construído, pela prefeitura, um prédio para abrigar a Companhia de Polícia do Parque Vitória, subordinada ao Batalhão de Polícia do Cohatrac.

“Além da escola militar que vai formar as nossas crianças e jovens com disciplina e programas voltados à cidadania, também visitamos o terreno que vai abrigar a companhia. Não tenho dúvida que a parceria estabelecida, Prefeitura e a Polícia Militar, vai trazer inúmeros benefícios para a população, sobretudo nas áreas da segurança e educação”, concluiu.

SEMAPA: Terceira edição da ‘Feirinha’ reúne um bom público

Terceira edição da Feirinha São Luís, atraiu um grande público, ontem (25). Além de produtos agrícolas, o evento conta com artesanato, artes plásticas, gastronomia, literatura e atrações culturais

Acompanhado do Prefeito, Secretário Ivaldo Rodrigues colhe bons frutos com a idealização da Feirinha São Luís

A terceira edição da Feirinha São Luís, realizada na Praça Benedito Leite, no Centro de São Luís vem atraindo a cada edição, um grande público. Além de produtos agrícolas, o evento comercializa artesanato, artes plásticas, gastronomia, literatura, o evento conta também com apresentações culturais.

A atividade é realizada por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento – SEMAPA. A Feirinha reúne produtos agrícolas cultivados na zona rural de São Luís, contribuindo para a geração de emprego e renda de muitas famílias ludovicenses.

Ontem (25), o público contou com presença das apresentações culturais do Centro de Capoeira Angola Matroá; o tambor de crioula Arte Nossa; a Banda do Bom Menino; Boi Brilhoso do Sol e Mar; quadrilha Mocinha do Sertão; e forro pé de serra.

A iniciativa reúne órgãos do município, Banco do Nordeste, Supermercados Mateus, Sebrae, Associação Comercial, Senac, Academia Maranhense de Letras, Associação dos Moradores do Centro, Iphan-MA; Arquidiocese e Sindicado dos rabalhadoras Rurais de São Luís.

SECTUR emite nota e afirma que está mantida a Festa de São Marçal

A Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) informa que está mantido o apoio ao tradicional festejo de São Marçal

 

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) informa que está mantido o apoio ao tradicional festejo de São Marçal, realizado todos os anos no bairro do João Paulo. A secretaria informa ainda que os recursos já foram repassados e que toda infraestrutura de organização do evento como, palco, iluminação, som etc, será realizada pela Sectur.

Como em todos os anos a Festa de São Marçal integra os investimentos dos festejos juninos do Governo do Estado que, além da realização dos arraiais oficiais apoia os arraiais de bairros e os festejos tradicionais como: Festival de Zabumbas, Encontro de Gigantes, Encontro de Miolos de Boi e Encontros de Bumba Meu Boi na Capela de São Pedro na Madre Deus.

Vídeo: Luís Fernando mostra como se faz São João em São José de Ribamar

“Preparamos 13 dias de festança com direito a apresentação de dezenas de brincadeiras genuinamente ribamarenses, resgatando assim a alegria do nosso povo e reconstruindo a cultura do nosso município”, disse Luís Fernando

Aberto no último sábado (17), pelo prefeito Luís Fernando, no Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, a programação oficial do São João 2017, em São José de Ribamar. Organizado pela prefeitura municipal, a festa acontece durante 13 dias em sete arraiais oficiais, além de outros 15, espalhados por diversos pontos do município.

De acordo com Luis Fernando, apesar do momento delicado que a economia passa, a maior festa popular do país não poderia deixar de ser realizada e da melhor forma possível, com valorização à cultura, aos brincantes e a todos que prestigiam a festa. “Preparamos, com o apoio do governo, 13 dias de festança com direito a apresentação de dezenas de brincadeiras genuinamente ribamarenses, resgatando assim a alegria do nosso povo e reconstruindo a cultura do nosso município”, disse o gestor.

Além do Parque Municipal, a programação ocorre até dia 29 nos arraiais das Vilas (Vila Flamengo), Matinha (sede do Bumba-Boi), Parque Vitória (Praça do Rodão), Panaquatira (Viva), Rio São João (Viva), Piçarreira (Viva), Turiúba, além do Laranjal, Miritiua, Parque Araçagi, Parque Jair, Vila Sarney Filho, dentre outros. A programação completa está disponível no www.sjr.ma.gov.br e nas redes sociais oficiais da prefeitura. “A programação já começou muito boa, além disso, só o fato de podermos trazer a família com segurança já é muito bom”, parabenizou Celeste Amorim, que saiu de São Luís para prestigiar a abertura da temporada.

Durante todos os dias da programação, a segurança será reforçada com o destacamento maior de policiais militares que atuarão a pé e motorizados, além de seguranças contratados que atuarão em pontos estratégicos da cidade durante o evento. Unidades de saúde também estarão reforçadas e com apoio de ambulâncias.

Lava Bois

A cidade também já se prepara para o Lava-Bois, o São João fora de época, que ocorrerá nos dias 2 (sábado) e 3 (domingo) de julho. A expectativa é de, neste ano, receber mais de 100 mil brincantes na 64ª edição do evento.

A programação do Lava Bois acontece na sede do município com shows culturais e o tradicional encontro de grupos de Bumba-Boi.

Polícia faz buscas para encontrar corpo de menina desaparecida após sair de casa de show

Lorena Luiza, 16 anos, foi para uma casa de show na estrada de Ribamar no dia 6 de maio e nunca mais apareceu

A adolescente de 16 anos, Lorena Luíza, desapareceu desde o dia 6 de maio. Ela foi vista pela última vez em uma casa de show localizada em frente a Taguatur, na Estrada de Ribamar, chamada Arena Vip. Informações repassadas à polícia, indicam que o corpo da adolescente estaria em um matagal na Vila Luís Fernando, em São José de Ribamar. 

A adolescente tem uma tatuagem no braço direito com o nome “Victor Cryslander”

Famíliares contam que há muitas pessoas passando informações para confundir a família, deixando subentendido que a menina desapareceu voluntariamente, hipótese essa descartada.

Um telefonema confidencial surpreendeu a família afirmando aos familiares de Lorena, com um suposto vídeo que teria sido registrado durante a morte da adolescente. A pessoa descreve o vídeo como sendo muito “pesado”, e que um grupo armou uma espécie de “casinha”.

Quem souber maiores informações pode repassar pelo número (98) 98908-5913

Cancelado!!! 90º Festejo a São Marçal

Organizadores não conseguiram apoio do governo Flávio Dino (PC do B), para realizar o 90º Encontro de Bois de Matracas em homenagem a São Marçal. Festejo acontece desde 1928 e sempre contou com apoio dos órgãos públicos

Mais de 50 grupos de bumba meu boi, sotaque de matraca, estavam sendo esperados para se apresentar em honra a São Marçal, na sexta-feira (30), na avenida que leva o nome do santo, que é um dos homenageados no mês de junho em São Luís.

Este ano (2017), seria a 90ª edição, para não perder a tradição que durante todo o dia, reúne cerca de 400 mil pessoas na avenida.

O tradicional encontro dos bois de matraca, além de celebrar o dia de São Marçal, celebra também o Dia Municipal do Brincante de Bumba Meu Boi, instituído pela Lei Municipal Nº4544, de 23 de novembro de 2005.

Parabéns ao governo Flávio Dino (PC do B), por quebrar uma trajetória cultural e religiosa do povo maranhense.

História

O primeiro encontro de bois no João Paulo data de 29 de junho de 1928, quando os batalhões do Sítio do Apicum, o Boi do Lugar dos Índios, do povoado de São José dos Índios, em Ribamar, e, segundo contam alguns, o Boi da Maioba se reuniram no espaço onde hoje é a Praça Ivar Saldanha, sob o pedido de José Pacífico de Moraes, comerciante, apreciador da cultura popular, que resolveu reproduzir, em seu bairro, um encontro que já ocorria desde 1924, todo dia 29, em honra a São Pedro, na então Vila do Anil.

O encontro se repetiu todos os anos até 1949, quando foi para o Monte Castelo, mas ficou lá somente um ano. Depois, foi para o Bairro de Fátima e rodou por outros bairros até retornar ao João Paulo, em 1959.

Somente nos anos 1980 a festa tomou a forma que tem hoje. Em 2006, a Prefeitura de São Luís, depois de ter sancionado a lei que alterou o nome da Avenida João Pessoa para São Marçal, atribuiu à Festa de São Marçal, através da lei Nº 4626 de 14 de julho, o título de bem cultural e imaterial, transformando a data no Dia Municipal do Brincante de Bumba Meu Boi.

Atualização às 13h50 

O Blog entrou em contato com o presidente do Instituto São Marçal, Raimundo Moraes, e foi informado que já foi procurado a prefeitura municipal de São Luís e não obteve o patrocínio que possa garantir efetivamente o festejo e quanto ao governo do estado o presidente do Instituto informou que conseguiu a estrutura de Palco, Som e Luz e uma ajuda financeira muito aquém do orçamento para viabilizar a festa.

Segundo o presidente o orçamento previsto é de R$ 50 mil. No ano passado essa mesma quantia foi repassada mais com antecedência. Agora como restam apenas 9 dias para o evento isso pode comprometer uma das festas mais tradicionais da cultura popular maranhense.

Ele foi taxativo, a organização do tradicional festejo não será realizada pelo Instituto São Marçal

 

Conferência Municipal de Saúde reúne poder público e a sociedade civil

“O prefeito Edivaldo valoriza a participação popular, por isso, sancionou a lei de constituição do Conselho e apoiou capacitação dirigida aos conselheiros, isso resulta em mais humanização, equidade e atendimento às necessidades de saúde da população”, afirma Helena Duailibe.

Com o tema “Democracia na Saúde: direito do povo e dever do Estado, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), e o Conselho Municipal de Saúde (CMS) iniciaram ontem, segunda-feira (19), a 11ª Conferência Municipal de Saúde. O evento tem como meta principal discutir e propor políticas de saúde ao Plano Plurianual (PPA) da gestão municipal.

Realizado no auditório Central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), a conferência reuniu diversos segmentos sociais e órgãos públicos.

As atividades da 11ª Conferência Municipal de Saúde prosseguem hoje, terça-feira (20), a partir das 8h30, com as mesas temáticas que vão discutir a participação popular no Sistema Único de Saúde (SUS) e epidemiologia, entre outros temas. Ao final todas as propostas serão levadas à plenária, e serão escolhidos os delegados para a Conferência Estadual de Saúde.

A abertura da Conferência foi feita pela secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, que preside o Conselho e ressaltou o comprometimento da gestão municipal com o controle social na saúde. “O prefeito Edivaldo valoriza a participação popular, por isso, sancionou recentemente a nova lei de constituição do Conselho e apoiou capacitação dirigida aos conselheiros. Isso foi feito porque a gestão sabe que o acompanhamento feito pelos usuários resulta em mais humanização, equidade e atendimento às necessidades de saúde da população”, disse a secretária.

No primeiro dia do evento, a programação contou com duas palestras, abordando “Gestão e Recursos Financeiros” e “Por Democracia na Saúde: Direito do Povo e Dever do Estado”, ministradas pelo superintendente de Planejamento da Semus, Henrique Jorge dos Santos e pelo vice-presidente do CMS, Jean Marie Van Damme, respectivamente. As abordagens foram seguidas por debates com participação de representantes dos gestores das unidades, trabalhadores da saúde e conselheiros comunitários.

Para o vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jean Marie Van Dame, o empenho de todos os conselheiros de saúde foi fundamental para que o evento fosse realizado, assim como o apoio do setor de educação em saúde do município.

A conselheira Taurina de Jesus afirmou que a Conferência é um fórum democrático que permite identificar as reais demandas da comunidade. “Nós fiscalizamos para a gestão ter um trabalho melhor”, afirmou.

Participaram da mesa de abertura do evento o vice-prefeito, Julio Pinheiro; a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe; a reitora da UFMA, Nair Portela; o vice-presidente do CMS, Jean Marie Van Damme; e o coordenador de Vigilância da Secretaria de Estado da Saúde, Edmílson Diniz.