Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Absurdo!!! Reforma na Rua Grande vai custar R$ 33 milhões aos contribuintes

O valor total da obra da Rua Grande corresponde a aproximadamente R$ 33 milhões, de acordo com o Iphan; via tem cerca de 800 metros

A ordem de serviço para o início das obras de reforma da Rua Grande será assinada nesta segunda-feira (9), na sede da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Maranhão, localizada à rua do Giz, Praia Grande.

A responsável pelos serviços será a Ducol, empresa vencedora do contratato, e que deve iniciar o canteiro de obras ainda esta semana.

Apenas com as primeiras mediçoes de outubro a dezembro, estão empenhados e serão gastos cerca de R$ 6 milhões.

O projeto de requalificação da Rua Grande integra as ações do PAC Cidades Históricas e segundo os responsáveis pela reforma beneficiará diretamente cerca de 130 lojas instaladas ao longo dos 800 metros de extensão da Rua Grande.

A obra é toda do Governo Federal e a bancada parlamentar do Maranhão em Brasília, conseguiu, em reunião com o presidente Michel Temer, na última terça-feira (3), a garantia do descontingenciamento de R$ 15 milhões para o início das obras do PAC Cidades Históricas em São Luís.

Em tempo: o Blog entende que esta reforma caríssima é no mínimo, mais um elefante branco no Maranhão, tal como a ampliação da BR 135.

E mais: com esta dinheirama toda a ser gasta daria para ladrilhar a Rua Grande com pedrinhas de brilhantes.

Pra fechar: se esta rua, esta rua fosse minha…

Festa da Juçara no Maracanã inicia neste final de semana

Festejo tradicional acontece há 48 anos na Zona Rural de São Luís, na comunidade do Maracanã

Festejo tradicional acontece há 48 anos na Zona Rural de São Luís, na comunidade do Maracanã, com o atrativo da culinária local e programação cultural.

A grande festa da Juçara no mês de outubro no Maracanã, tem um grande  espaço ambiental com diversidade da fauna e flora maranhense. Todos os anos a Associação realiza neste período esta importante festa.

O Parque da Juçara foi construído no governo Roseana Sarney e conta com palco e uma grande praça onde ocorre a Festa Tradicional. O festejo traz também o artesanato, cultura, diversidade e gastronomia.

Quando: 8 a 29 de outubro

O quê: Festa da Juçara – Parque da Juçara

Local: Maracanã

Horas: A partir das 10 da manhã

As informações foram repassadas pela presidente da Associação de Moradores do Maracanã, Mayara Marques, no ‘Programa Abrindo o Verbo’, do apresentador Geraldo Castro, na Mirante Am 600.

Feira do Pescado e da Agricultura Familiar é sucesso em Cururupu

7ª edição da Feira do Pescado e da Agricultura Familiar em Cururupu reuniu populares e fortaleceu a renda de produtores da região

Iniciada no mês de fevereiro, a Feira do Pescado e da Agricultura é uma iniciativa que vem garantindo oportunidade para a comercialização de produtos agrícolas cultivados no território do município, dando oportunidade aos pequnos produtores o incentivo para ofertar preços mais baixos diretamente ao consumidor sem a figura do ‘atravessador’, além fomentar ao produtor rural o aumento da produção, construindo uma nova perspectiva de investimentos.

O evento reuniu muita gente na sede do município, que garantiram produtos de qualidade e com preços abaixo dos praticados no mercado.

A prefeitura municipal garante o espaço físico e a logística necessária para que o produtores e comerciantes possam garantir preço mais barato ao consumidor. A dificuldade de acesso do produtor rural aos mercados sempre fez com que a produção seja entregue a intermediários que acabam ficando com a maior parte do lucro, em comercializações que não beneficiam o agricultor familiar.

O Secretário de Meio Ambiente, Gilberto Fonseca, que é Gestor Ambiental de carreira e também morador da Ilha de Caçacueira, comemorou a iniciativa da prefeitura e disse que mais avanços virão no sentido de possibilitar a geração de emprego e renda para os produtores, pescadores e trabalhadores de Cururupú.

Participaram da 7ª edição da Feira, Produtores e Produtoras de Tapera de Baixo, Centro do meio, Condurus, Aliança, Fortaleza, Ceará, Monte Alegre, Aquiles Lisboa, Arari, Santa Rita, Rumo, Cocal, Baiano, Entre Rios, Areia Branca, Pescadores de Mangunça, Caçacueira, Peru e outras comunidades.

Entre os produtos comercializados farinha lavada, farinha de coco, Tapioca, juçara além de grande variedade de produtos como macaxeira, farinha seca, polpa de frutas, abóbora, cheiro verde, cebolinha, vinagreira, banana, melancia da comunidade Ceará, café torrado com erva doce e coco babaçu, tempero caseiro, peixe fresco, peixe salpreso, camarão fresco, abatido, filé de camarão, (emedas) coco de babaçu, tomate, quiabo, maxixe, couve, alface, murici, laranjas, pimenta, molho de pimenta, mudas de plantas, arvores, vendas de galinhas caipiras, caipirão, patos, suínos, produção das comunidades do município.

 

Imagens de Heraldo Wéllen

Idealizada por Ivaldo Rodrigues, “Feirinha de São Luís” pode ter edição “Viradão Gastronômico e Cultural”

O sucesso da feirinha, em público, geração de emprego e renda, sem contar as atrações culturais e a gastronomia, faz com que a boa ideia se expanda

Secretário Ivaldo Rodrigues acompanha apresentação cultural da Feirinha

Inaugurada no mês de junho, pelo secretário Ivaldo Rodrigues (PDT), a “Feirinha de São Luís” pode ter edições numa epécie de “Viradão Gastronômico e Cultural” como já ocorre em muitas cidades do país, onde acontece uma programação de 24 horas de eventos ininterruptos.

O sucesso da feirinha, em público, geração de emprego e renda, sem contar as atrações culturais e a gastronomia, faz com que a boa ideia se expanda.

Ivaldo Rodrigues vem se destacando como o secretário mais operante na gestão Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Como titular da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca – Semapa, ele mantém uma agenda intensa de atividades, seja na área da agricultura de nossa cidade, seja na fomentação de novos caminhos para a geração de emprego e renda.

A população de São Luís entendeu e absorveu a proposta da feirinha e se ela vier em uma edição da forma de um “Viradão Cultural”, será um atrativo a mais aos ludovicenses, visitantes, turistas e a população em geral.

A Feirinha de São Luís conta com 11 polos que comercializam diversos produtos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia, sem contar os food-trucks e cervejarias artesanais que acompanham o evento.

Escola Digna: Estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Dino e PM atira bombas

Estudantes saíram da Escola Pio XII, na Vila Palmeira e fecharam a Avenida dos Franceses em protesto contra o governo Flávio Dino

Estudantes do Centro de Ensino Pio XII, revoltados com o descaso do governo do Maranhão, saíram em passeata pela avenida dos Franceses, na Vila Palmeira, na manhã desta terça-feira (29), eles reclamam falta de infraestrura, bebedouros, e principalmente a falta de professores.

Com faixas e cartazes, os manifestantes interditaram os dois lados  da pista, e policiais militares partiram para o confronto com os adolescentes, com spray de pimenta e bombas de gás lacrimogênio, e tomaram o controle da manifestação, o trânsito foi liberado por volta das 9 horas.

Os estudantes se sentem prejudicados, uma vez que gastam com transporte diariamente, e várias vezes ficam sem aula devido à insuficiência da educação no Maranhão Faltam professores de filosofia, história, química.

Outro agravante que eles reclamam é a escola não tem infraestrutura e com a proximidade do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e os estudantes já se sentem prejudicados. Eles relatam que não existem escolas dignas no Maranhão, apenas na propaganda, relatou a estudante Ana Carolina.

“O governador deveria vir visitar a nossa escola, pois, o que ele fala todo dia na propaganda não condiz com a verdade, queria que ele visse a cozinha de nossa escola”, disse a estudante Rebbeca.

Absurdo!!! Campeonato Nacional de Quadrilhas Juninas está a pão e água no Maranhão

Governo do Maranhão deixa Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas sem a mínima estrutura para ocorrer o evento

Rapaz, São Luís sedia hoje (26), e amanhã (27), o Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas e vai ser transmitido para todo o nordeste, mas as autoridades maranhenses deixaram o evento ao léu, sem estrutura mínima para recepcionar cerca de 1 mil membros das quadrilhas que dão um verdadeiro show, com cenários e uma mega indumentária para abrilhantar o evento.

O governo Flávio Dino (PC do B), se rezervou em apenas conseguir a sonorização e liberar o ginásio Castelinho para realizar o evento.

A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Cultura não está ajudando em absolutamente nada.

Para se ter uma ideia, as caravanas que estão vindo para o campeonato, estão sendo alojadas em escolas e está faltando até colchões, um verdadeiro descaso e absurdo, um estado que se diz rico em cultura, fazer um papelão deste para todo o norte e nordeste.

Os alojamentos estão sendo nas escolas públicas, Governador Archer, no Filipinho e Governador Edson Lobão – CEGEL, no centro da cidade.

A delegação do Amapá que chega em São Luís por volta das 17 horas, não tem alojamento e muito menos colchões.

Para não dizer que tudo está perdido, quem chegou para contribuir com o evento foi o deputado federal Cléber Verde (PRB), que conseguiu a alimentação para os participantes, alguns alojamentos, decoração, segurança  e traslado dos participantes.

Ainda não está garantida a premiação para os participantes.

 

 

Imperdível: São Luís vai sediar Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas

São Luís recebe Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas neste fim de semana

Está com saudade de um forrozinho? Em São Luís, capital do Maranhão, o São João ainda não acabou. Grandes quadrilhas juninas vindas de vários estados do país estarão reunidas na cidade para a edição 2017 do Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas, evento promovido pela Confederação Nacional de Quadrilhas Juninas (Conaqj), em parceria com o Governo do Estado do Maranhão e da Prefeitura de São Luís. O concurso será realizado nos dias 26 e 27 de agosto, no Ginásio de Esportes Castelinho.

Com muito forró, dança, cores e tradição, juninas do Maranhão, Bahia, Ceará, Amazonas, Espírito Santo, Distrito Federal e outras, vão representar seus estados. Cada uma com seu estilo próprio, demonstrando,através da quadrilha, a identidade cultural de sua região.

Nossa Representante

O grupo que vai representar o Maranhão no Campeonato Brasileiro é a Quadrilha Flor do Sertão, do bairro do Monte Castelo, a famosa e querida Quadrilha de Dona Rosa, que foi fundada na década de 60.

Brasileirão

O Brasileirão de Quadrilhas, como é mais popularmente conhecido, é hoje o maior concurso de quadrilhas do Brasil. Nele participam não somente quadrilhas do Nordeste, mas também de regiões como o Sudeste, o Norte e o Cento Oeste. Após realizar suas eliminatórias estaduais, as entidades estaduais filiadas à Conaqj trazem sua campeã para a grande final da Confederação Nacional. Cada quadrilha leva para o Brasileiro em média de 60 a 80 integrantes, apresentando um grandeespetáculo com cenários, lindos trajes e a tradição do baião, xote e xaxado.

O quê ??? IV Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas

Onde ??? Ginásio de Esporte Castelinho. Endereço: Av. Castelinho, s/n, Bairro Outeiro

da Cruz, São Luís – MA.

Quando ??? 26 e 27 de agosto

Horas ??? Sábado, às 19h; Domingo, às 17h

Entrada: GRATUITA

Jornalista e blogueiro, Marco D’éça estreia como roteirista em curta-metragem

Com “Glamour…”, sua estreia no cinema, Déça narra as venturas e desventuras da obsessão pela fama e pelo sucesso; filme, todo gravado em São Luís, traz elenco treinado pela “Produtores Associados” durante a “Oficina de Interpretação para TV e Cinema”

SOL E MAR. A bela fotografia de Carlão Limeira é um dos destaques do filme

Jornalista, ensaísta e analista, o titular do blog, Marco Aurélio D’Eça agora também é roteirista.

É dele a história do filme “Glamour – Glória e Tragédia”, curta-metragem totalmente gravado em São Luís e que aproveita atores treinados durante a “Oficina de Interpretação para Cinema  TV”, da agência Produtores Associados.

O filme conta a história de duas meninas e uma adolescente, seus dramas, desejos e angústias – delas ou de outros – em busca do sucesso a qualquer preço.

– O filme busca dramatizar o dia dia da busca desenfreada pela beleza e pelo sucesso artístico, o preço que se paga por isso e as armadilhas nesse processo. É uma zona de conforto em minha estreia no cinema por ser um ambiente com o qual eu já convivo relativamente – conta Marco D’Eça, que, além do roteiro, assina a produção do filme, ao lado da mulher, Lêda Lima, representante da agência “Produtores Associados” no Maranhão.

ENCANTAMENTO. Momento de chegada de uma das meninas à cidade grande: deslumbre e golpe

A película maranhense foi toda rodada em São Luís, com a direção geral do carioca Carlão Limeira, da Produtores Associados, e do diretor de arte Lucas Moraga, premiado cineasta paraense.

Também oram convidados a diretora de produção paraense Izabela Reis, o diretor de elenco carioca Jorge Silpen  e o cenógrafo e diretor artístico Guilherme Pimentel.

De acordo com D’Eça, uma das características marcantes do curta é o aproveitamento de atores maranhenses, 100% oriundos da Oficina de Interpretação para TV e Cinema promovida em São Luís pela Produtores Associados.

É Lêda Lima, produtora executiva do filme, quem ressalta essa importância.

– São atores extremamente talentosos, prontos para brilhar em qualquer produção nacional. Alguns já até agendaram testes em TVs do Rio e de São Paulo. Fizeram a oficina em junho e já participaram do filme – conta Lêda, que ressalta a realização da segunda oficina, em 1º, 2 e 3 de setembro.

INTERPRETAÇÃO. Uma das cenas na praia. Atores maranhenses com expressivo talento

A estreia de “Glamour – Glória e Tragédia” está prevista para 18 de setembro no cine Praia Grande.

– A partir daí, seguiremos o roteiro dos festivais de cinema Brasil a fora –destaca Marco Aurélio.

Paralela a temporada de pós-produção do filme, o autor já prepara o segundo roteiro, que tem o título provisório de “bullying”, com gravações previstas para o início de 2018.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache