Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Prefeitura de Pinheiro entrega hospital infantil com estrutura de referência

O Prefeito Luciano realizou a entrega de obras em Pinheiro e o lançamento do projeto Alô Bebê

Na sede do município foram entregues três postos de saúde ampliados e reformados: Posto de Saúde Campinho, Posto de Saúde do Bairro Sete e o Posto de Saúde do Bairro Kiola Sarney.

Em seguida o prefeito Luciano, acompanhado da primeira-dama Thaiza Hortegal, de secretários e vereadores, entregou para a população o Novo Materno infantil, totalmente reconstruído e climatizado.

Na ocasião, uma grande homenagem foi prestada ao Padre Luís Risso, que grandes serviços fez e ainda faz por Pinheiro, inclusive a doação do prédio ao município onde funciona hoje o Hospital Infantil Nossas Senhora das Mercês.

O projeto Alô Bebê, que funciona dentro das instalações do Materno Infantil e visa o acompanhamento de gestação de risco, também foi entregue a população nesta segunda. Além do sistema de telefonia, um carro também faz parte do projeto para atender as mamães que irão utilizar o serviço.

img

Com apenas 1 ano e 4 meses de gestão, o prefeito Luciano mais uma vez faz do Dia do Trabalhador um momento histórico. Ano passado o prefeito entregou uma série de obras na cidade e proporcionou o grande show de prêmios na praça do Centenário.

Este ano não foi diferente, valorizando quem realmente compõe a história, o trabalhador, o prefeito realizou mais uma grande homenagem aos pinheirenses.

Após a entrega de trabalhos tão essenciais à comunidade, os pinheirenses ainda serão prestigiados com o grande show do Búfalo do Marajó na praça do Centenário com sorteio de prêmios, incluindo uma moto Pop 0km.

As comemorações continuaram na terça-feira (01), com a Copa do Trabalhador, com a entrega de uma ambulância para o pólo Paraíso e com uma programação bem vasta para a sede e para a zona rural.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Atenção Ministério Público!!! Governo Dino ursupou a Lei de Incentivo ao esporte/cultura

Lei de Incentivo ao Esporte e Cultura no Maranhão serve como moeda de troca e é utilizada até em obras públicas 

Desde que assumiu o governo em 2015, o governo Flávio Dino (PC do B), usurpou as leis de incentivo ao esporte e à cultura. Dinheiro da Lei de Incentivo é utizado como moeda de troca e até em obras públicas.

O governador Flávio Dino ‘aparelhou’ este importante projeto que poderia viabilizar projetos de iniciativa da sociedade como um todo, principalmente aos ‘fazedores de cultura’ e desportistas. Somente quem recebe os recursos são os que rezam a cartilha do comunista.

No esporte, o caso mais escandaloso vem por parte de um instituto de futebol, criado pelo presidente da Federação Maranhense de Futebol – FMF, Antônio Américo, apenas para receber dinheiro da Lei de Incentivo – boa parte dos milhões arrecadados foram lavados com emissoras de TV’s de São Luís.

Na Cultura, somente grupos ligados ao governo do estado arrecadam o dinheiro para promover as próprias ações governamentais, isso ficou mais do que claro durante o carnaval 2018, o dinheiro da Lei Incentivo ‘bancou’ atrações nacionais e circuitos do próprio governo – tudo bancado pelo Grupo Mateus.

Enquanto isso, o Ministério Público finge não ver as denúncias quase que diárias que são veiculadas na mídia e pelas redes sociais.

Em tempo: o dinheiro da Lei de Incentivo é concebido por meio de isenção fiscal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS.

E mais: o estado do Maranhão tem a alíquota do ICMS mais caro do Brasil – o governador Flávio Dino aumentou o imposto no Maranhão. 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

CEMAR: Nota de Esclarecimento

Nota de Esclarecimento

A Cemar vem a público repudiar a conduta adotada pelos eletricistas durante o atendimento realizado ontem, dia 17 de abril, na sede do Moto Club de São Luís. A Companhia reitera que não aprova esse tipo de comportamento por parte de seus colaboradores, tampouco de suas empresas fornecedoras.

Cabe informar, ainda, que a Cemar preza pela qualidade dos serviços prestados e que a Companhia já adotou as medidas administrativas que o caso requer.

Por fim, a Companhia esclarece que todos os colaboradores próprios e fornecedores são constantemente orientados a não praticar esse tipo de conduta e que, nesta oportunidade, receberam o devido reforço desta diretriz.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! passeio do governador do Maranhão em Harvard custou mais de R$14 mil em diárias

Contribuinte maranhense que paga os impostos mais caros do Brasil, teve que desembolsar R$ 14.644,80 (Quatorze Mil, seiscentos e quarenta e quatro reais), com 3 diárias pagas ao governador 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), foi convidado para participar da ‘Brazil Conference’ que é realizada por associação de estudantes da universidade Norte-americana, a Harvard. Para isso, o governador demandou o pagamento de diárias que saíram do bolso do contribuinte.

As custas somente com diárias para 3 dias, foram da ordem de R$ 14.644,80 (Quatorze Mil, seiscentos e quarenta e quatro reais)

A informação acerca do pagamento das diárias foi dada em primeira mão pelo Blog de Gilberto Léda.

A ‘Brazil Conference’ não é um evento realizado pela Universidade de Harvard, ao contrário, é um encontro de estudantes, organizado pela comunidade brasileira de estudantes na região de Boston, desde 2015 – Nada mais que isso, como mostra a página oficial do grupo. Por isso, chamou a atenção a funkeira Anitta ter roubado a cena no encontro, reveja:

Veja a verdade sobre a “palestra” de Dino em Harvard

Em tempo: no mesmo período que o governador tinha encontro com estudantes de Harvard milhares de famílias maranhenses ficaram desabrigadas em face das fortes chuvas que caem no Maranhão.

E mais: em vez de voltar para governar o estado, ele foi à Curitiba, forçar a barra para visitar o ex-presidente Lula. 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Prefeitura de Pinheiro distribui livros didáticos para alunos da Educação Infantil

A Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria de Educação, iniciou a entrega de livros didáticos para alunos da Educação Infantil I, II e III

O Prefeito Luciano e a Secretaria Municipal de Educação entendem que o material didático é uma ferramenta indispensável para o aprendizado dos alunos e por isso, a Prefeitura de Pinheiro, desde 2017, faz a aquisição desses livros para distribuir na rede de ensino infantil.

Os livros são de LINGUAGEM, MATEMÁTICA, NATUREZA E SOCIEDADE. Eles não são ofertados pelo Programa Nacional do Livro Didático – PNLD, o programa atende apenas o ensino fundamental.

“Educação é uma prioridade na nossa gestão e para as nossas crianças não tem que se medir esforços; o programa do livro não faz a distribuição para os nossos pequeninos mas nós fazemos a nossa parte, investimos nos alunos e compramos os livros para que eles possam sair do ensino infantil ambientados e alfabetizados para o ensino fundamental”, declarou o prefeito Luciano.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Boi da Lua promove festança no João Paulo e amanhece com o Boi da Maioba

Boi da Lua, Boi Upaon-Açu e Maioba prometem agitar o João Paulo neste fim de semana

O grupo folclórico Bumba Meu Boi da Lua promove no próximo sábado (7), seus ensaios itinerantes com a sua ‘Orquestra Maravilha’ e recebe convidados em sua sede na rua Antônio Bayma, no bairro do João Paulo.

Convidado para a festança,  o Bumba Meu Boi Upaon – Acu, promete agitar a festa ao som da juventude.

Outro importante convidado é o Boi da Maioba e seu batalhão pesado de sotaque de matraca, que vai lançar seu CD 2018 e convoca toda a Nação Maiobeira a se fazer presente.

A festa começa cedo, às 19 horas, não perca traga sua família, deixa o boi da lua te namorar…

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Caiu a farsa! Justiça obriga governador do Maranhão a pagar piso nacional a professor

Governo do Maranhão não paga Piso Nacional, e é mentira que paga o melhor salário do Brasil à classe

O desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho concedeu liminar em agravo de instrumento a uma professora da rede pública estadual de ensino e obrigou o Estado do Maranhão a reajustar o salário da docente com a aplicação integral dos percentuais do Piso Nacional da categoria.

A decisão da Justiça desmascara também o Sindicato Pelêgo, o Sinproessemma, que está a serviço não da categoria, e sim, do governo estadual.

A decisão em caráter liminar foi concedida no agravo de instrumento de número 0800697-08.2018.8.10.0000 que reformou decisão proferida pelo juiz de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Ilha de São Luís. A informação foi pulicada no blog do advogado Thiago Henrique Texeira.

Na ação, a professora da rede pública estadual questionou o não reajuste do piso salarial nacional do magistério desde 2016, o que tem resultado em perda remuneratória de quase um terço dos vencimentos dos servidores da Educação.

Na propaganda o Governo Flávio Dino sustenta a tese de que o Estado paga hoje o maior salário aos professores após reajuste.

Na ação, ficou provado pela docente que com o não pagamento do reajuste de 2016, 2017 e 2018, os percentuais de 11,36%, 7,64% e 6,81%, respectivamente, se aplicados de forma progressiva, alcançam a razão de 28,03% de perda remuneratória mensal.

 

Polêmica – No início deste mês o Governo do Estado anunciou recomposição salarial de 6,81% aos professores da rede pública de ensino.

Os professores, contudo, realizaram um protesto na ocasião do anúncio [dia 1º] na Praça Pedro II, com a alegação de que o reajuste não alcançaria os 40 mil professores que atuam na rede.

De acordo com os professores, desde 2016 o Executivo tem desrespeitado o Estatuto dos Professores que reajusta os salários de acordo com o piso nacional definido pelo Ministério da Educação (MEC). Eles afirmam que o estatuto aprovado em 2013, na gestão Roseana Sarney (MDB), só foi cumprido nos anos de 2014 – último ano de mandato da emedebista -, e 2015, primeiro ano do mandato de Dino.

Em 2017 o MEC reajustou os salários em 7,64%, mas o Governo concedeu apenas 2% na Gratificação por Atividade no Magistério (GAM) e congelou os salários. Por isso o protesto dos docentes e a ação da professora que resultou na decisão contra o Estado.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Futebol Camarada!!! Roubalheira com o dinheiro do futebol maranhense

Dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte é desviado a emissora de TV que faz propaganda aberta ao governador do Maranhão

O governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PC do B), encontrou um jeito camarada de irrigar os cofres da TV Difusora com o dinheiro do contribuinte. Ontem (13), a imprensa alinhada ao Palácio dos Leões divulgou que o governo comunista iria entregar R$ 1,5 milhão aos clubes de futebol maranhense – MAIS UMA MENTIRA.

A bem da verdade, do montante, os clubes que disputam o Campeonato Maranhense de 2018, vão receber apenas a metade, ou seja, R$ 750 mil.

O Sampaio Corrêa e o Moto Club de São Luís, vão dividir quase a metade do valor destinado aos clubes, seria algo em torno de R$ 150 mil à Bolívia Querida e R$ 120 mil ao Papão do Norte.

TV Difusora

Arrendada ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), e candidato declarado  do governo do estado e do próprio governador Flávio Dino, a emissora vem recebendo recursos e mais recursos da Lei de Incentivo ao Esporte, numa clara e evidente lavagem de dinheiro público mascarada em “transmissão de jogos”. Até o momento, a emissora transmitiu apenas dois jogos, ambos da cidade de Imperatriz e vai levar a metade do dinheiro que seria para patrocinar o Campeonato Maranhense, ela vai faturar cerca de R$ 700 mil.

CPI da Lei de Incentivo (Esporte e Cultura)

O deputado Wellington diz que a população tem o direito em acompanhar os gastos públicos

O deputado estadual Wellington do Curso, em conversa com o titular do Blog, informou que após as inúmeras denúncias deste periódico, vai solicitar com PEDIDO DE URGÊNCIA à mesa diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, numa CPI para investigar o destino dos recursos da Lei de Incentivo à Cultura e também a do Esporte.

Disse também que mesmo que seu pedido seja vetado pela Casa Legislativa, encaminhará denúncia formal ao Ministério Público e tantos outros órgãos competentes forem necessário.

Denúncia ao Procon 

Aliás, um grupo de torcedores motenses registraram uma queixa formal ao órgão, declarando que a transmissão da partida entre Moto Club x Maranhão, que será transmitida pela TV Difusora, além de ser prejudicial ao torcedor, o próprio clube será prejudicado.

Em tempo: pela Lei de Incentivo, o governo do estado abre mão de receber impostos de empresas (Remissão Fiscal), dinheiro este que deveria ser investido em Saúde, Educação e benefícios aos maranhenses.

E mais: o cúmulo do absurdo mesmo é uma Rede de TV, desenhar o projeto ao governo do estado e decidir quanto que cada clube merece, isso não tem outro nome a não ser desvio de dinheiro público.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache