Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Futebol Camarada!!! Roubalheira com o dinheiro do futebol maranhense

Dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte é desviado a emissora de TV que faz propaganda aberta ao governador do Maranhão

O governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PC do B), encontrou um jeito camarada de irrigar os cofres da TV Difusora com o dinheiro do contribuinte. Ontem (13), a imprensa alinhada ao Palácio dos Leões divulgou que o governo comunista iria entregar R$ 1,5 milhão aos clubes de futebol maranhense – MAIS UMA MENTIRA.

A bem da verdade, do montante, os clubes que disputam o Campeonato Maranhense de 2018, vão receber apenas a metade, ou seja, R$ 750 mil.

O Sampaio Corrêa e o Moto Club de São Luís, vão dividir quase a metade do valor destinado aos clubes, seria algo em torno de R$ 150 mil à Bolívia Querida e R$ 120 mil ao Papão do Norte.

TV Difusora

Arrendada ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), e candidato declarado  do governo do estado e do próprio governador Flávio Dino, a emissora vem recebendo recursos e mais recursos da Lei de Incentivo ao Esporte, numa clara e evidente lavagem de dinheiro público mascarada em “transmissão de jogos”. Até o momento, a emissora transmitiu apenas dois jogos, ambos da cidade de Imperatriz e vai levar a metade do dinheiro que seria para patrocinar o Campeonato Maranhense, ela vai faturar cerca de R$ 700 mil.

CPI da Lei de Incentivo (Esporte e Cultura)

O deputado Wellington diz que a população tem o direito em acompanhar os gastos públicos

O deputado estadual Wellington do Curso, em conversa com o titular do Blog, informou que após as inúmeras denúncias deste periódico, vai solicitar com PEDIDO DE URGÊNCIA à mesa diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, numa CPI para investigar o destino dos recursos da Lei de Incentivo à Cultura e também a do Esporte.

Disse também que mesmo que seu pedido seja vetado pela Casa Legislativa, encaminhará denúncia formal ao Ministério Público e tantos outros órgãos competentes forem necessário.

Denúncia ao Procon 

Aliás, um grupo de torcedores motenses registraram uma queixa formal ao órgão, declarando que a transmissão da partida entre Moto Club x Maranhão, que será transmitida pela TV Difusora, além de ser prejudicial ao torcedor, o próprio clube será prejudicado.

Em tempo: pela Lei de Incentivo, o governo do estado abre mão de receber impostos de empresas (Remissão Fiscal), dinheiro este que deveria ser investido em Saúde, Educação e benefícios aos maranhenses.

E mais: o cúmulo do absurdo mesmo é uma Rede de TV, desenhar o projeto ao governo do estado e decidir quanto que cada clube merece, isso não tem outro nome a não ser desvio de dinheiro público.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Na pressão!!! Governo Flávio Dino libera R$ 1,5 milhão a clubes de futebol

O governo do estado entregou hoje (14), no Palácio dos Leões, os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018

Imagem da entrega de certificados para o Campeonato Maranhense de 2017

Por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), foram entregues, na manhã desta quarta-feira (14), os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018, por meio deles será possível o clube captar recursos, via a CEMAR ou Grupo Mateus.

Estiveram presentes no evento, segundo realease, o governador Flávio Dino, o secretário adjunto em Esporte Educacional, Américo Lobato, o presidente da Comissão em Análise a Projetos Esportivos Incentivados (Capei), Leonardo Cordeiro, presidentes dos clubes, e representantes da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Ao todo, foram destinado R$ 1,5 milhão em apoio a oito equipes: Cordino Esporte Clube, Sociedade Imperatriz de Desportos, Maranhão Atlético Clube, Moto Club de São Luís, Sampaio Corrêa Futebol Clube, Santa Quitéria Futebol Clube, Bacabal Esporte Clube e São José de Ribamar Esporte Clube.

Após muita pressão e denúncias de favorecimentos à equipes de TV’s com dinheiro público, resta saber se a quantia de R$ 1,5 milhão será apenas aos clubes de futebol.

O Blog não teve acesso ao Palácio dos Leões para saber se o montante foi apenas para os clubes.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Denúncia!!! Governo Flávio Dino não paga professores

O Blog recebeu denúncias de professores que trabalharam no programa ‘Aulão do ENEM’ em 2017

Professores da rede estadual que prestaram serviços ao governo Flávio Dino (PC do B), no programa “Aulão do Enem”, até hoje não receberam a última parcela do pagamento (Referente ao mês de Outubro). São 6 meses de atrasos no pagamento dos professores.

Veja abaixo, a denúncia (na íntegra) recebida por este Blog.

Gostaria de externar minha indignação com o atraso no pagamento dos professores que trabalharam no programa Aulão do ENEM do governo do Maranhão no ano de 2017. Trabalhamos de agosto a outubro e no entanto não recebemos referente ao mês de outubro. Já vão completar 6 meses e a secretaria da ciência e tecnologia não nos dá nenhum retorno quanto à situação. Trabalhei no aulão de imperatriz e soube também que os demais professores, todos, estão na mesma situação, a quase 6 meses sem receber.

Esse programa foi criado em 2015 pelo então secretário Bira do Pindaré, tem um bom objetivo, mas não valoriza seus professores.

A Fundação Sousandrade é responsável pelos pagagamentos (98) 9 9993 – 7403 e sempre que ligamos só respondem que o estado não tem repassado os recursos…

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Deputado Wellington desmente mais uma vez o governador Flávio Dino

Wellington desmascarou a “estória” criada pelo governador Flávio Dino (PC do B), em que o Maranhão paga melhor salário aos professores – Mentira

Qualquer semelhança com as práticas da mídia nazista é mera coincidência… Flávio Dino vai tentando passar a ideia de que seus feitos à frente do governo do Maranhão são os melhores, os métodos de Joseph Goebells, o violento ministro de comunicação de Hitler, parecem ser mínimos, ante a várias mentiras e propagandas enganosas.

O deputado Wellington do Curso desmascarou mais uma vez o discurso do comunista, que não tem medo da opnião pública, e mente descaradamente.

Joseph Goebbels, o violento ministro de propaganda de Hitler guardava 11 princípios que levaram o povo alemão a tentar exterminar a humanidade. Os métodos da propaganda nazista se resumias aos itens abaixo, veja e tire suas conclusões.

1.- Princípio da simplificação e do inimigo único (Simplifique não diversifique, escolha um inimigo por vez. Ignore o que os outros fazem concentre-se em um até acabar com ele).

2.-Princípio do contágio (Divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem.  Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo).

3.-Princípio da Transposição (Culpar todos os males sociais a este inimigo).

4.-Princípio da Exageração e desfiguração (Exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor).

5.-Princípio da Vulgarização (Transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir).

6.-Princípio da Orquestração (Fazer ressonar os boatos até se transformarem em notícias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial’).

7.-Princípio da Renovação (Sempre há que bombardear com novas notícias, sobre o inimigo escolhido para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas).

8.-Princípio do Verossímil (Discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas em contra do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro).

9.-Princípio do Silêncio (Ocultar toda a informação que não seja conveniente).

10.-Princípio da Transferência (Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acresce com um fato que tenha acontecido antes)

11.-Princípio de Unanimidade (Busca convergência em assuntos de interesse geral  apoderando-se do sentimento  produzido por estes e colocá-los em contra do inimigo escolhido).

Qualquer que seja a semelhança com as práticas do governador Flávio Dino é pura coincidência….

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Veículo com débitos de IPVA não pode ser apreendido

Liminar proíbe a apreensão de veículos por falta de pagamento do imposto

Uma liminar da Justiça, proíbe o Detran de apreender e reter ilegalmente veículos por falta de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotores (IPVA). A liminar foi expedida pelo juiz Sérgio Roberto Emílio Louzada, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A decisão determina que, em caso de desobediência, o Detran e o governo do estado paguem multa diária de R$ 500 por veículo indevidamente retido, sem prejuízo de sanções, inclusive no âmbito penal.

“Se o legislador previu que o Detran-RJ não poderá exigir o pagamento do IPVA para licenciamento anual do veículo e que este não pode ser apreendido em razão do não pagamento deste tributo, não há que se falar em prévia quitação do imposto para retirada do automóvel eventualmente apreendido”, explicou o magistrado.

Ainda segundo o juiz, o Detran não poderá impor restrições ou limitações ao direito de propriedade sobre veículos para a cobrança do IPVA, devendo buscar no Judiciário a tutela específica, por meio de execução fiscal, observando o contraditório e ampla defesa.

Maranhão

No estado do Maranhão, o deputado Wellington (PP), solicitou ao Ministério Público, para que se atentasse o abuso por parte do governo Flávio Dino (PC do B), que segundo o deputado, já realizou leilão de cerca de 10 mil veículos apreendidos por falta de pagamento de IPVA.

Uma “parceria” entre o governo do Maranhão e a Vicente Paulo Leilões – VIP, deixou milhares de proprietários de veículos sem o bem, em todo o estado.

Se a justiça do Maranhão tiver o mesmo entendimento que teve a do Rio de Janeiro, deve chover ações idenizatórias contra o governo do Maranhão.

Em tempo: o Supremo Tribunal Federal – STF, em súmula vinculante já decidiu que bens não devem ser apreendidos como forma de forçar o contribuinte a pagar imposto. 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo milionário na Federação Maranhense de Futebol

FMF já recebeu quase R$ 10 milhões em repasses da CBF em 5 anos de gestão Antônio Américo; IMF recebe recursos do governo Dino

Antônio Américo, Presidente da FMF e do Instituto Maranhense de Futebol

O Blog teve acesso aos balanços da enrolada Confederação Brasileira de Futebol – CBF, em que a Federação do Maranhão, presidido por Antônio Américo, recebeu em média, repasses de R$ 1,7 milhão da entidade mãe, a título de “doação e subvenção”. Como não presta contas (Caixa Preta), a ninguém do dinheiro recebido, os clubes maranhenses, exceto o Sampaio Corrêa, acumulam dívidas de toda a espécie, de jogadores a funcionários. Enquanto isso, a FMF tem os cofres abarrotados de dinheiro.

Num esquema escandaloso com verba pública, encabeçada pelo governo Flávio Dino (PC do B), armação esta que o Ministério Público está de olhos vendados, também já foram irrigados os cofres da FMF, via Lei de Incentivo ao Esporte, para uma entidade, trata-se do Instituto Maranhense de Futebol – IMF, criado e presidido pelo próprio Antônio Américo, para colocar a mão no dinheiro público.

O dinheiro da Lei de Incentivo ao Esporte foi desviado pra duas emissoras de televisão, TV Guará e TV Difusora (que nunca tramistiram um jogo), ambas fazem campanha aberta ao governador do Maranhão. Este Blog já denunciou inúmeras vezes o caso, reveja abaixo.

Escândalo!!! Presidente da FMF fundou instituto que recebeu milhões do governo Flávio Dino

Escândalo!!! Presidente da FMF confirma que pagou emissora que não transmitiu jogos

Repasses Financeiros da CBF (Valores em milhão)

No ano de 2016, a CBF repassou às federações em (Maranhão – 1,73), (Paraná – 1,62), (Piauí – 1,49), (Rondônia – 1,43), (Mato Grosso do Sul – 1,38), (Amazonas – 1,26), (Acre – 1,16), (Espírito Santo  – 1,12), (Mato Grosso – 1,075), (Amapá – 1,050), (Ceará- 1,050), (Tocantins – 1,007),  (Bahia – 975 mil), (Goiás – 975 mil),  (Minas Gerais – 975 mil),  (Santa Catarina – 972,8 mil), (Rio Grande do Norte – 972,7 mil), (Rio de Janeiro –  890 mil). As federações do Pará, Sergipe, Paraíba, Roraima, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Alagoas, São Paulo e Pernambuco, não constam na base de 2016.

CBF já tem novo presidente

O diretor-executivo de gestão da CBF, Rogério Caboclo, conseguiu se viabilizar como candidato único na próxima eleição para presidente da confederação.

As próximas eleições para presidente da CBF têm que ocorrer até abril de 2019, mas há conversas para antecipação ainda neste ano. O colégio eleitoral é formado justamente pelos presidentes das federações e dos clubes das Séries A e B, mas os pesos são diferentes. Os votos das federações têm peso 3 (totalizando 81 pontos), enquanto os votos dos clubes da Série A possuem peso 2 (totalizando 40 pontos) e os da Série B têm peso 1 (20 no total).

A eleição pode ser marcada para qualquer momento entre abril de 2018 e abril de 2019. A convocação tem que partir do presidente interino da CBF, Antonio Carlos Nunes, que ocupa o cargo na ausência de Del Nero.

Além da regra eleitoral, há o poder da “máquina”. A CBF paga uma mesada de R$ 75 mil a cada presidente de federação estadual, a título de “verba de representação”. Quem repassou a informação confidencial foi Galvão Bueno no programa “Bem, Amigos”, e foi além, disse que a confederação vai bancar a viagem de quase todo o colégio eleitoral para a Copa do Mundo da Rússia.

FMF vendeu o jogo Moto Club x Maranhão Atlético Clube

Outro escândalo sem precedentes foi a venda do segundo jogo das semi-finais do Campeonato Maranhense à TV Difusora, na qual repassou a partida para uma quinta-feira (22), deste mês, às 21:45, impedindo portanto, a ida dos torcedores ao estádio.

Acontece que este horário, numa quinta-feira,  a escassez de transporte público, falta de segurança e o serviço dos torcedores, inviabiliza por total a geração de receita dos clubes. Sem contar que uma vez televisionado o jogo, muitos torcedores optarão por assistir a partida pela telona.

O pior, os clubes denunciam que além de não receberem nenhum incentivo da Federação Maranhense de Futebol – FMF, eles afirmam também que não irão receber nenhum centavo pela transmissão da partida.

Em tempo: algo de muito podre está ocorrendo na Federação Maranhense de Futebol, na Gestão Antônio Américo, o Ministério Público está afônico para as inúmeras denúncias aqui neste Blog.

E mais: o escândalo com dinheiro público, por parte do IMF deve ser alvo de investigação do Ministério Público.

Pra fechar: Américo que chegou à FMF para ser interventor, já está a quase 6 anos à frente da entidade.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Deputado Rogério Cafeteira é alvo de investigação da Polícia Federal

A PF investiga denúncias envolvendo o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSB); por causa de movimentações financeiras atípicas

As movimentações do deputado, consideradas suspeitas, foram informadas pelo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e encaminhadas à Receita Federal, Ministério Público Federal e à Polícia Federal.

Atendendo a pedido da Procuradoria Regional da República, que tem competência para investigar e denunciar deputados estaduais, a PF abriu inquérito e investiga se houve ilícitos nas transações bancárias do parlamentar.

Líder do governo Flávio Dino (PCdoB) na Assembleia, Cafeteira já prestou, inclusive, depoimento na Superintendência da Polícia Federal do Maranhão e mantém sob extremo sigilo o caso.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras – COAF, é o órgão responsável pela prevenção e combate a prática do crime de lavagem de dinheiro.

Se for denunciado, Rogério Cafeteira pode ser enquadrado no artigo 1º da Lei 9613 (Lavagem de dinheiro) – “Ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal”.

Outra Investigação
Em 2011, o deputado Rogério Cafeteira foi investigado pela Polícia Federal, decorrente do esquema de super faturamento de obras de assentamento do Incra no Maranhão. A PF acabou descobrindo, mas o delegado que estava à frente do caso, Pedro Meireles, achacava para tentar tirar Rogério da investigação.

Com informações do Blog do Neto Ferreira

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache