Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Veja a “cara” dos deputados maranhenses que aprovaram fundo bilionário para campanhas

Deputados maranhenses aprovaram fundo imoral para financiar a eleição deles mesmos; Dinheirama é na ordem de R$ 1,7 Bilhões

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (4), a maior imoralidade de todos os tempos, que é a Lei 8703/17, do Senado, que cria o Fundo Especial de Financiamento de Campanha para financiar campanhas eleitorais com dinheiro do contribuinte.

O valor aprovado foi de R$ 1,7 bilhões para bancar campanhas de candidatos sujos e corruptos 

A dinheirama será utilizada pelos candidatos em todo o Brasil para comprar votos, estragar papel e poluição sonora, com mentiras e promessas que em nada mudam a vida dos eleitores.

Enquanto a SAÚDE, EDUCAÇÃO e a SEGURANÇA são deixados de lados o fundo bilionário será jorrado em campannhas eleitorais.

O Brasil está na miséria por causa do próprio eleitor que vota e elege estes mesmos que estão no poder, e agora, a diferença é que antes eles pegavam o dinheiro dos empresários para bancar as campanhas, em 2018, eles vão se eleger com o dinheiro da própria população.

VOTARAM A FAVOR DA CRIAÇÃO DO FUNDO BILIONÁRIO

Juscelino Filho (DEM)

Alberto Filho (PMDB)

Deoclides Macedo (PDT)

André Fufuca (PP)

Weverton Rocha (PDT)

Victor Mendes (PSD)

Rubens Pereira Júnior (PCdoB)

Zé Carlos (PT)

José Reinaldo (PSB)

Hildo Rocha (PMDB)

 

Festa da Juçara no Maracanã inicia neste final de semana

Festejo tradicional acontece há 48 anos na Zona Rural de São Luís, na comunidade do Maracanã

Festejo tradicional acontece há 48 anos na Zona Rural de São Luís, na comunidade do Maracanã, com o atrativo da culinária local e programação cultural.

A grande festa da Juçara no mês de outubro no Maracanã, tem um grande  espaço ambiental com diversidade da fauna e flora maranhense. Todos os anos a Associação realiza neste período esta importante festa.

O Parque da Juçara foi construído no governo Roseana Sarney e conta com palco e uma grande praça onde ocorre a Festa Tradicional. O festejo traz também o artesanato, cultura, diversidade e gastronomia.

Quando: 8 a 29 de outubro

O quê: Festa da Juçara – Parque da Juçara

Local: Maracanã

Horas: A partir das 10 da manhã

As informações foram repassadas pela presidente da Associação de Moradores do Maracanã, Mayara Marques, no ‘Programa Abrindo o Verbo’, do apresentador Geraldo Castro, na Mirante Am 600.

Barack Obama vem ao Brasil e tem agenda marcada com Lula

O ex-presidente dos Estados Unidos quer se encontrar com jovens brasileiros que estão buscando transformar o mundo em um lugar melhor para viver

Os ex-presidentes Luís Inácio Lula da Silva e Barack Obama estão com agendas marcadas para encontro em São Paulo, a vinda do ex-presidente dos Estados Unidos ao Brasil faz parte de um projeto da sua fundação, que conta com grandes doadores, entre eles a Microsoft e também a Exelon, uma das maiores empresas no setor de eletricidade. Cada uma chegou a doar mais de US$ 1 milhão, cerca de (R$ 3,14 milhões).

Mais do que falar, Obama também quer escutar os jovens líderes de vários países. Sua chegada está sendo bastante aguardada. Nos países por onde esteve depois de deixar a Casa Branca, o ex-presidente participou de alguns eventos públicos e falou na maioria das vezes para um público jovem.

Sua preocupação maior é mostrar aos jovens que eles são o futuro do planeta e devem começar desde agora a se interessar pela política, assumindo seus atos, se tornando conscientes de que cada um é responsável por fazer com que o mundo seja um lugar melhor para se viver.

Nesta quinta-feira (5), Barack Obama estará em São Paulo, se reunindo com jovens com idade entre 23 e 36 anos, para ouvi-los e também para fazer uma palestra, que será acompanhada com grande atenção por pessoas que esperam encontrar uma saída para que o mundo seja melhor e com mais igualdade para todos. Em seguida, dia (6), o ex-presidente segue para a Argentina.

Escândalo!!! Hospitais sem mamógrafos e governo Flávio Dino gasta R$ 300 milhões em propaganda

Até o final da gestão comunista, os gastos com propaganda superam R$ 300 milhões; montante daria para comprar mais de 400 mamógrafos

Reportagem do Bom Dia Brasil de hoje (4), mostra que o estado do Maranhão desde 2015, ocupa a 24ª posição em oferta de mamógrafos nos hospitais públicos. A pesquisa foi realizada nas 27 capitais, portanto, o estado desde 2015, quando foi realizado o levantamento.

A questão não é por falta de recursos financeiros, é por falta de gestão pública, o governo Flávio Dino (PC do B), gastou em seu primeiro ano (2015), cerca de R$ 40 milhões com propaganda, e esta conta só veio aumentando nos anos anteriores, ano passado (2016) foram gastos mais R$ 66,7 milhões e neste ano (2017), restando ainda 3 meses para o fim do ano, já foram gastos R$ 68 milhões.

A Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) é comandada pelo poderoso Márcio Jerry, que será candidato a deputado federal no ano que vem.

Para o ano que vem (2018), ano de eleição, o governo Dino enviou à Assembleia Legislativa um gasto ainda maior com propaganda, serão gastos inicialmente, R$ 62 milhões.

O preço de um mamógrafo que falta na rede pública estadual, custa em média R$ 70 mil, ao longo destes anos gastando o dinheiro do contribuinte com propagandas, daria para comprar quase 500 mamógrafos e atender a demanda de prevenção ao câncer de mama em todo o estado do Maranhão.

Em tempo: em quase 3 anos de gestão, o que se viu mesmo foi muita propaganda enganosa, numa clara tentativa de enganar a população.

E mais: o governo Flávio Dino carrega a máxima – “uma mentira contada repetidamente, vale por uma verdade”, foi assim durante a campanha, está sendo assim durante a gestão.

Pra fechar: chegamos aos R$ 300 milhões, porque o governo Flávio Dino sempre suplementa o orçamento da secretaria de comunicação com mais dinheiro.

Escândalo!!! Governo Flávio Dino é denunciado na CGU e TCU por desvios de verbas

“Em virtude da péssima qualidade dos serviços, obras entregues em menos de 20 dias já estão em fase de destruição”.

O governo Flávio Dino (PC do B), foi denunciado n Tribunal de Contas da União – TCU e Controladoria Geral  União – CGU, por desvios de verbas na execução de obras, principalmente pelo asfalto de má qualidade que está sendo estragado em vários municípios maranhenses. A denúncia é foi feita pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP).

Gastos exagerados e de péssima qualidade nas obras e serviços, forma elencados e adicionados nas denúncias, o deputado Wellington do Curso solicitou uma imediata auditoria operacional por parte do TCU e pela CGU, além de ter feito uma outra denúncia ao Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de onde o dinheiro está saindo.

Ao justificar as denúncias, Wellington disse que não é porque um serviço ou obra são públicos que se pode fazer “de qualquer forma”.

“É preciso que se compreenda que não é porque um serviço é dito público que ele pode ser feito de qualquer forma, sem qualquer tipo de qualidade. Não, isso não pode acontecer! Estamos falando de aplicação de recursos públicos federais. Recebemos denúncias de obras entregues pelo Governo do Estado e que, em menos de 20 dias, em virtude da péssima qualidade dos serviços, já estão em fase de destruição. Como exemplos há a Ponte do Balandro, em Bequimão, que foi inaugurada há menos de um mês e já tem buracos e rachaduras no asfalto”enfatizou o deputado.

O deputado enumerou muitas outras obras pelo estado, em que o asfalto empregado não dura o prazo estabelecido pelas normas brasileiras, segundo ele, não duram 20 dias.

“Há também várias denúncias em relação ao asfalto que tem sido empregado. Não somos contra a recuperação asfáltica. Ao contrário, o Programa ‘Mais Asfalto’ é uma ideia boa, algo que faria a diferença na vida das pessoas caso fosse feito com seriedade e com responsabilidade”, disse.

“Infelizmente, o que a população encontra é algo de péssima qualidade. Isso pode ser comprovado em Arari, quando menos de 20 dias após a entrega da pavimentação, já era possível comprovar a péssima qualidade do asfalto. São recursos federais e, por isso, solicitamos ao TCU e à CGU que façam a auditoria operacional para verificar os gastos públicos do Governo Flávio Dino”, finalizou Wellington do Curso.

 

 

Parabéns??? Governo Flávio Dino chega a 1000 dias, apenas inaugurando obras da gestão anterior

Governo comunista “pulverizou” nas redes sociais feitos da gestão em 1.000 dias, internautas detonaram e afirmaram que ele apenas inaugura obras deixadas pela administração passada

A gestão fracassada do governador Flávio Dino (PCdoB), que chegou à política como o “messias” e “salvador da pátria”, com promessas de mudanças, sobretudo, de gestão, chega ao longo de 1.000 dias, como um verdadeiro fiasco comunista. Sem nada efetivamente feito, o governo apenas “pintou” e “reformou” obras já asseguradas pela gestão anterior que ele tanto abominou.

Foi assim em quase tudo que o governo tenta mostrar como feito seu, contudo, as redes sociais estão aí para desmentir e desmontar o surrealismo criado pela gestão de Dino.

O asfalto ele apenas “mudou” o nome de “Viva Maranhão”, para “Mais Asfalto”, reformas de escolas, mudou para “Escola Digna” e nada mais, há mudou também as cores das escolas, aplicou um vermelho, pena que para os comunas, o asfalto não dá para mudar de cor.

A bem da verdade, a gestão dinista chega aos 1.000 dias, somente amanhã, terça-feira (26), sem nada de novo e mudanças efetivas para mostrar, o governador enfrenta a decepção de seus mais próximos cabos eleitorais e enfrentando sucessivos escândalos.

São tantos escândalos sem que o Ministério Público se pronunciasse, sem nada e ninguém para investigar, alguns escândalos resultaram em queda de membros de confiança do governador Flávio Dino, dentre eles, Rosângela Curado, Marcos Pachêco, Antônio Nunes, todos viraram “Assessores Especiais” do governo.

Os escândalos se revezam entre nome de igreja evangélica aprovada em seletivo para agente penitenciário ao caso de funcionaria fantasma que recebe R$ 10 mil na Secretaria de Saúde, tudo com a anuência do secretário Carlos Lula.

Sem falar também do escândalo dos aluguéis camaradas, em que o governo Flavio Dino alugava imóvel de seus aliados políticos, por um preço acima dos valores praticadas no mercado, e ainda por cima, gastava muito dinheiro para reformar os imóveis.

Um contrato escandaloso com a empresa Heriguer Taxi Aéreo, para aluguéis de jatinhos e mesmo assim, o governador usa e abusa do helicóptero da Polícia Militar do Maranhão, para visitar aliados e prefeitos, uma vez que não há obras nos municípios.

Foi assim na casa do comunista e amigo do governador, Jean Carlos Oliveira, que também era funcionário da Empresa Maranhense de Administração Portuária – Emap, e levou uma bolada de R$ 720 mil em uma casa que passou 1 (um) ano fechada para reformas pagas com dinheiro do próprio contribuinte.

Não dá para esquecer também, o “aluguel fantasma”, da Rua das Cajazeiras, em São Luís, denunciado com exclusividade por este Blog, o governo Flávio Dino gastou quase R$ 2 milhões no imóvel que passou quase 2 anos fechado.

Sobre obras, não tem o que se mostrar, a ponte sobre o Rio Pericumã, as obras estão paradas. Nos municípios maranhenses, o alcance do governo se restringe ao asfalto e a fazer pequenas pontes, com no máximo 20 metros e de péssima qualidade.

Na Região Metropolitana, que concentra a maior densidade populacional do estado, ele fez um “cruzamento” na forquilha, fez outro no retorno do Tirirical, mudou o projeto do Anel Metropolitano e algumas praças nos bairros mais ricos de São Luís, como no Renascença e Laguna da Jansen.

Na verdade, os feitos da Gestão Flávio Dino, só acontecem mesmo na televisão, no Twitter e no Facebook.

Até nas redes sociais, no mundo virtual, a gestão já enfrenta forte repressão e combate.

Na vida real, o povo sofre sem que as “mudanças” prometidas fossem concretamente efetivadas.

Em tempo: com a proximidade do período eleitoral, Dino faz campanha aberta do cooptação política, liberando cargos e secretarias na administração.

E mais: o governador usa a máquina pública em viagens para visitas a prefeitos e aliados pelo Maranhão.

 

Feira do Pescado e da Agricultura Familiar é sucesso em Cururupu

7ª edição da Feira do Pescado e da Agricultura Familiar em Cururupu reuniu populares e fortaleceu a renda de produtores da região

Iniciada no mês de fevereiro, a Feira do Pescado e da Agricultura é uma iniciativa que vem garantindo oportunidade para a comercialização de produtos agrícolas cultivados no território do município, dando oportunidade aos pequnos produtores o incentivo para ofertar preços mais baixos diretamente ao consumidor sem a figura do ‘atravessador’, além fomentar ao produtor rural o aumento da produção, construindo uma nova perspectiva de investimentos.

O evento reuniu muita gente na sede do município, que garantiram produtos de qualidade e com preços abaixo dos praticados no mercado.

A prefeitura municipal garante o espaço físico e a logística necessária para que o produtores e comerciantes possam garantir preço mais barato ao consumidor. A dificuldade de acesso do produtor rural aos mercados sempre fez com que a produção seja entregue a intermediários que acabam ficando com a maior parte do lucro, em comercializações que não beneficiam o agricultor familiar.

O Secretário de Meio Ambiente, Gilberto Fonseca, que é Gestor Ambiental de carreira e também morador da Ilha de Caçacueira, comemorou a iniciativa da prefeitura e disse que mais avanços virão no sentido de possibilitar a geração de emprego e renda para os produtores, pescadores e trabalhadores de Cururupú.

Participaram da 7ª edição da Feira, Produtores e Produtoras de Tapera de Baixo, Centro do meio, Condurus, Aliança, Fortaleza, Ceará, Monte Alegre, Aquiles Lisboa, Arari, Santa Rita, Rumo, Cocal, Baiano, Entre Rios, Areia Branca, Pescadores de Mangunça, Caçacueira, Peru e outras comunidades.

Entre os produtos comercializados farinha lavada, farinha de coco, Tapioca, juçara além de grande variedade de produtos como macaxeira, farinha seca, polpa de frutas, abóbora, cheiro verde, cebolinha, vinagreira, banana, melancia da comunidade Ceará, café torrado com erva doce e coco babaçu, tempero caseiro, peixe fresco, peixe salpreso, camarão fresco, abatido, filé de camarão, (emedas) coco de babaçu, tomate, quiabo, maxixe, couve, alface, murici, laranjas, pimenta, molho de pimenta, mudas de plantas, arvores, vendas de galinhas caipiras, caipirão, patos, suínos, produção das comunidades do município.

 

Imagens de Heraldo Wéllen

Deputada vai denunciar Procurador que a mando de Flávio Dino tenta intimidar blogueiros

Andrea Murad diz que procurador-geral do estado usa estrutura pública para atender o governador Flávio Dino, no covarde papel de intimidar blogueiros

A líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputada Andrea Murad (PMDB), considerou acintosa a atitude do procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha, ao distribuir pedido de Direito de Resposta, prestando assistência jurídica individual, com recursos públicos, ao governador Flávio Dino (PC do B).

A parlamentar vai denunciar Maia ao Ministério Público, à própria PGE e à Justiça.

“Essa nota da Procuradoria-Geral do Estado que li publicada como direito de resposta nos blogs dos jornalistas Zeca Soares, Marco D’Eça e Gilberto Leda é um acinte, um escárnio e uma desmoralização aos procuradores, que precisam reagir em defesa de sua instituição. Vou representar contra Rodrigo Maia e Flávio Dino, mas espero que o presidente da Associação dos Procuradores do Estado também reaja com força contra essa violência praticada pelo procurador-geral que quer utilizar o órgão para censurar e intimidar a imprensa assim como vem fazendo com os adversários do governador”, afirmou a deputada.

Para a deputada, está claro que Rodrigo Maia está transformando a procuradoria em escritório particular de Flávio Dino.

“Uma violência, uma ilegalidade, uma vergonha que precisa ser severamente punida”, escreveu Andrea, nas redes sociais.

O procurador do estado usou a estrutura, servidores e equipamentos públicos para fazer defesa em nome da honra pessoal do governador Flávio Dino, acusado de receber propina de um executivo da Odebrecht.

A atitude de Maia foi criticada também pelo ex-procurador do estado Marcos Coutinho Lobo, que provocou:

O procurador decretou: “o Estado sou eu”. Eis, o Luis XIV, de verdade, do Maranhão.

Para Andrea Murad, o pedido de resposta teria que ser pessoal, de Flávio Dino, ou por intermédio de advogados particulares.

“Esse tipo de defesa não cabe à Procuradoria Geral do Estado”, explicou a deputada…