Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Gestão de Luciano, em Pinheiro é eficiente e transparente, afirma Tribunal de Contas

De acordo com o Tribunal de Contas do Maranhão, prefeitura de Pinheiro é modelo em gestão fiscal e tributária 

De acordo com Tribunal de Contas do Maranhão – TCE, órgão que tem como função constitucional fiscalizar a contabilidade financeira, orçamentária, operacional e patrimonial das entidades da administração direta e administração indiretas estaduais, emitiu certidão da Prefeitura de Pinheiro no dia 8 de novembro de 2017 com validade até 07 de janeiro de 2018 colocando-a como modelo de gestão fiscal e tributária municipal eficiente/competente conforme certidão:

A atual gestão do prefeito Luciano, segundo TCU, cumpre rigorosamente com os preceitos Constitucionais Tributários orçamentários no tocante a distribuição e destinação de recursos públicos designados à EDUCAÇÃO, SAÚDE SERVIÇOS PÚBLICOS ENTRE OUTROS, visto que, o Município cumpre pontualmente com o que preconiza a Lei Complementar 101/2000 e o artigo 212 da Constituição Federal.

O levantamento do Tribunal verificou que Pinheiro aplicou 25,42% na manutenção e desenvolvimento do ensino, do total de recursos recebidos do FUNDEB, destinou 71,1% ao pagamento dos profissionais do magistério da educação básica em efetivo exercício na rede pública e aplicou 22,98% em ações e serviços públicos de saúde e aplicou em despesa total com pessoal 53,62% da Receita Corrente Líquida obedecendo com todas as exigências legais estabelecidas.

Cumpre-se destacar que além da excelente gestão tributária da Prefeitura, o Tribunal de Contas do Estado destacou que Pinheiro cumpriu com todas as exigências de TRANSPARÊNCIA da administração Municipal bem como das destinações dos recursos públicos, primordiais para a captação de recursos através de Convênios Estaduais e Federais. Segundo o prefeito Luciano Genésio tal reconhecimento do Tribunal de Contas através da certidão

O prefeito comemorou e diz que isso é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo de sua gestão.

“é fruto do trabalho, empenho e competência de toda a equipe de governo que labora incansavelmente pelo povo de Pinheiro”, comentou o prefeito Luciano.

Mulher de confiança do governador, Curado cobrava propina no governo Flávio Dino

Rosângela Curado cobrava PROPINA na Secretaria de Saúde do Maranhão, Flávio Dino, sabia de tudo, afirmam os áudios interceptados pela Polícia Federal

Rosângela é (era) o braço forte de Flávio Dino em Imperatriz, ela é (era) mulher de confiança

Interceptações telefônicas obtidas pela Polícia Federal, mostram que Curado chegava a cobrar até 10% do valor de contratos firmados por empresas e Oscip’s. Relatório da PF, encaminhado à Justiça com pedido de prisão dos investigados na Operação Pegadores, aponta que a subsecretária de confiança do governador Flávio Dino (PC do B), realizava as cobranças de propina.

De acordo com o diálogo interceptado pela polícia entre José Inácio Guará e um homem identificado como Joe, eles falam abertamente que as articulações tinham aval do Palácio dos Leões, quanto a atuação de Curado – Carta Branca.

“No instante que ele, (Flávio Dino) deu uma declaração de que fechou com Madeira, a candidatura de (Clayton Noleto), que ela que ia ser a candidata, eu acho que ela começou a enfraquecer, né? [sic]”, comentou Joe.

José Inácio Guará respondeu: “Ela está tomando 10% de todo mundo. Aí ela já se queimou, já”, disse e completou: “Já, ela foi tomando de… já foi pra São Paulo, arrumou duas empresas lá já. Já saíram em bloco. Ela tá tirando 10% de todo mundo, ta tomando dinheiro de quem quer acertar atrasado, tá um inferno”, completou.

No diálogo, Guará afirma que o governador Flávio Dino (PC do B) sabia dos esquemas e crimes cometidos por Curado.

“E Flávio Dino já sabe. Por isso ele fechou com ele. Eu já sabia que ela ia dançar, que já tinha dançado”, afirmou.

“É cara…”, reagiu Joe.

“Sabe, ele (Flávio Dino), ainda falou: ‘essa mulher é uma louca, essa mulher é uma louca’, não sei o que. Ela se queimou, ela era candidata”, disse.

‘Ajeitar’ – No relatório, a PF afirma que poderia cogitar que Guará estava apenas maldizendo uma servidora pública – na ocasião, subsecretária de Saúde do Maranhão -, sem que houvesse maiores elementos que pudessem comprovar a prática.

Ocorre que num diálogo entre a pedetista e Luiz Marques, Curado utiliza as expressões “ajudar” e “ajeitar”, que evidenciariam a cobrança de propina.

“Quem me ligou agora foi o Ricardo, viu”, disse Luiz Marques.

“É um vagabundo. Não quer ajudar ninguém”, respondeu Curado.

“Arrochei hoje o prego. Aí eu falei. Perguntou quando é que eu vou pra lá, eu falei dia 19. Só lá, perto do começo do mês que vem, aí ele disse que antes disso ele vinha aqui. Aí eu sei que a Corpore ta com frescura com ele, o Invisa também, entende?”, continuou Luiz Marques.

“Deixa, ele não quer ajeitar”, enfatizou Rosângela Curado.

 

A pedido do TSE, hackers tentam invadir sistema de urna eletrônica no Brasil

Hacker’s terão 3 dias para tentar invadir Urnas Eletrônicas que são utilizadas nas eleições do Brasil  

Entre os dias 28, 29 e 30 deste mês de novembro, das 9h às 18h, o Tribunal Superior Eleitorar (TSE), realizará testes públicos, onde hackers poderão tentar invadir e fraudar a urna eletrônica usada nas eleições.

Os investigadores que tiveram a sua inscrição selecionada para participar do Teste Público de Segurança da Urna Eletrônica de 2017 poderão inspecionar os códigos-fonte do sistema eletrônico de votação na próxima segunda-feira (27).

Os interessados deverão comparecer ao Centro de Divulgação das Eleições (CDE), no terceiro andar do edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, das 9h às 18h. Conforme estabelecido no Edital do TPS/2017, somente terão acesso aos códigos-fonte os investigadores inscritos que assinem um termo de confidencialidade, caso já não o tenham feito no momento da pré-inscrição.

Além da inspeção dos códigos-fonte, também será feita a preparação do ambiente de testes. Os participantes inscritos poderão configurar o ambiente de trabalho, equipamentos e outros dispositivos necessários para a realização dos planos de teste que foram apresentados.

O plano de teste consiste no detalhamento do “ataque” que os investigadores pretendem simular, embasado em normas, artigos, publicações e outros trabalhos técnicos e científicos. Nesta edição do TPS foram apresentados 12 planos de teste, cinco dos quais visam encontrar inconsistências no software da urna eletrônica. Os outros sete focarão em ataques tanto ao sistema quando às possíveis vulnerabilidades do equipamento, em tentativas de interferir no registro ou transmissão do voto.

Durante os três dias de testes, os investigadores terão acesso, por meio de ações controladas, aos softwares da urna eletrônica e sistemas correlatos, com o objetivo de identificar vulnerabilidades e falhas relacionadas à violação da integridade ou do anonimato dos votos de uma eleição, além de apresentar sugestões de melhoria.

O evento é parte integrante do ciclo de desenvolvimento dos sistemas eleitorais de votação, apuração, transmissão e recebimento de arquivos, que serão objetos dos testes. As possíveis melhorias apresentadas, aprovadas e passíveis de contribuição e aperfeiçoamento do sistema de votação serão aproveitadas já na eleição municipal deste ano.

TPS 2017

O Teste Público de Segurança de 2017 começará na terça-feira (28), às 9 horas.  Os trabalhos se estenderão até a quinta-feira (30), quando serão encerrados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. No encerramento serão divulgados os resultados encontrados pelos investigadores.

Para acompanhar o TPS 2017 não é necessário credenciamento prévio, bastando se apresentar à segurança do TSE e se identificar como convidado.

O TSE aprovou todas as 26 inscrições recebidas com os planos de invasão. Entre eles destaca-se um que propõe a inserção de um software malicioso no cartão de memória flash da urna para alterar o software de inicialização das mesmas e desviar os votos digitados.

A iniciativa é louvável, o único problema é que, segundo especialistas, a duração dos testes é pouco tempo para tentar quebrar a SEGURANÇA de um sistema que ficará vulnerável por 20 dias. Nesse período, 14 mil funcionários temporários contratados pelo TSE terão acesso às urnas com o fim de instalar a versão final do sistema de votação e distribuí-las nas zonas eleitorais.

Tráfico de influência??? Desembargador que soltou Curado é amigo pessoal de Flávio Dino

A relação de amizade entre o governador Flávio Dino (PC do B) e o desembargador Ney Bello é sólida

Governador Flávio Dino, sua esposa Daniela e o amigo desembargador Ney Bello

As decisões do desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em favor de membros do governo Flávio Dino, envolvidos em corrupção, causa um grande espanto na sociedade em virtude da relação de amizade com o governador.

As decisões de Ney Bello em mandar soltar membros de uma Organização Criminosa que roubou dinheiro da saúde no Maranhão, segundo afirma a Polícia Federal, são escandalosas. Mais estapafúrdia mesmo é a maneira que o desmbargador criticicou a operação da PF, taxando de “desnecessário espetáculo das prisões”.

Como pode um desembargador que é amigo pessoal do governador conceder Habeas Corpus aos membros de uma quadrilha que desvios dinheiro da saúde dos maranhenses e ainda por cima criticar a “Operação Pegadores” ???

O certo é que este povo solto, vai fazer de tudo para ocultar provas e tentar desqualificar a Polícia Federal, o primeiro passo veio do próprio Flávio Dino.

Em tempo: o Blog vai parafrasear o próprio secretário Carlos Lula  “ahhhh… aí não tem quem aguente! Tá, entendi! Tá tudo bem, pode mandar. Pode mandar, por favor”

E mais: será que houve pedido do próprio governador para soltar os presos por corrupção???

 

Marquinhos afirma que será candidato a Senador em 2018

#EuAcredito #MarquinhosSenador 

O vereador Marquinhos (DEM), criticou os moldes da reforma política que foi aprovada, ontem (21), pelo Senado Federal, há uma desvirtuação com a realidade e representação democrática, principalmente dos vereadores, que estão mais próximos dos cidadãos, esta reforma prejudica de modo em “Lista Fechada” é um tapa na cara da sociedade, o cidadão que tem o direito de votar, quer votar no candidato e não no partido.

Segundo o vereador, os senadores votam contra a população, por não serem oriundos das camadas mais populares (periferia), não tem representatividade com a população.

O vereador comentou também, uma enquete que foi realizada pelas redes sociais, na qual incluíram o seu nome dentre 80 pretensos candidatos seu nome aparece entre os quatro primeiros na disputa para deputado estadual. E segundo o Marquinhos, ele vai disputar mesmo uma vaga de Senador, no ano que vem.

“O nosso nome foi inserido nesta enquete assim como outros colegas aqui vereadores desta casa, nós tivemos uma boa desenvoltura com a opnião do povo, a opnião da sociedade, agradeço muito a Deus e o que ele tem feito por mim, fico muito grato pela enquete, agradeço aos amigos que lembraram do meu nome, mas, eu vou mesmo entrar na disputa para Senador em 2018”, disse Marquinhos.

Com duas vagas em jogo em 2018, iniciou-se a movimentação dos pré-candidatos nos bastidores em busca de apoio político. O vereador Marquinhos deve realizar nas próximas semanas o lançamento de sua candidatura em São Luís e outras regiões do estado para potencializar sua candidatura.

O discurso do vereador Marquinhos empolgou seus pares e partiu do vereador Cesar Bombeiro pediu um aparte e disse que o vereador Marquinhos está no rumo certo e ainda fez uma indagação, porquê não o vereador Marquinhos ao Senado???? Por isso que estamos deste jeito, homens e mulheres no Senado Federal sem representatividade, sem o sentimento do trabalhador brasileiro e assim, só votam o que prejudica o o povo que tanto precisa de políticas públicas, conte comigo Marquinhos.

O vereador disse ao Blog, que muitos podem achar sua candidatura como chacota, mas ele ressaltou uma passagem bíblica, na qual Davi desceu para levar alimentos para seus irmãos que se encontravam num campo de batalha, em que o povo de Deus era desafiado pelo gigante chamado Golias.

“Com muita coragem, muita fé e ousadia, seremos tal qual Davi, juntos numa batalha contra gigantes e esperamos sair vitoriosos em 2018, o nosso povo, a camada mais popular precisa de um representante no Senado Federal que os represente de verdade e que esteja em sitonia com a realidade atual do Brasil. Eu acredito”, finalizou o vereador Marquinhos.

#EuAcredito #MarquinhosSenador

Com informações do Blog Veja Agora

Operação Pegadores: Rosângela Curado vai falar…

Estima-se que o depoimento de Curado possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na Saúde do Maranhão, segundo acusou a PF

Rosângela Curado é literalmente, o braço direito do governador do Maranhão

A ex-secretária de Saúde assumiu a pasta no começo do governo Flávio Dino (PC do B), era mulher forte no início e depois foi repentinamente demitida, até hoje não se sabe os reais motivos, talvez a operação da Polícia Federal consiga esclarecer os reais motivos.

Corre à boca miúda, que a aliada do governador Flávio Dino, Rosângela Curado que está presa na cela da Polícia Federal, vai depor hoje (17), aos membros responsáveis pela operação que apontou desvios milionários na gestão comunista. Estima-se que o depoimento dela possa durar cerca de 20 horas, para esclarecer o ‘modus operandi’ da Organização Criminosa implantada na saúde do Maranhão, segundo a PF e a Controladoria Geral da União.

Mulher que operava os “empregos”, Curado deve explicar amplamente como e o porquê a enfermeira Keilane Silva, recebia mensalmente mais de R$ 14 mil (Quatorze Mil Reais), e dentre outros funcionários que recebiam sem nem pisar nas Unidades de Saúde.

Em tempo: há quem diga que a indicação da enfermeira Keilane Silva, seja indicação pessoal de um super-secretário do governo Flávio Dino

E mais: para receber um salário ‘pomposo’ deste tem que ser uma enfermeira muito boa.

Pra fechar: será que Curado vai delatar???

Confira os nomes dos presos pela PF em operação contra o governo Flávio Dino

Polícia Federal liberou documentos sobre a ‘Operação Pegadores’. Foram 17 mandados de prisões preventivas e outros 28 pedidos de busca e apreensão

PEDIDOS DE PRISÃO PREVENTIVA

ANTÔNIO JOSÉ MATOS NOGUEIRA

CHISLEANE GOMES MARQUES

MARIANO DE CASTRO SILVA

LUIZ MARQUES BARBOSA JÚNIOR

ROSÂNGELA APARECIDA DA SILVA BARROS  (Rosângela Curado)

 

PEDIDOS DE PRISÃO TEMPORÁRIA (5 DIAS)

ANTÔNIO AUGUSTO SILVA ARAGÃO (ARAGÃO DO IDAC)

BENEDITO SILVA CARVALHO

FLÁVIA GEORGIA BORGES GOMES

IDEIDE LOPES DE AZEVEDO SILVA

MARCUS EDUARDO ALVES BATISTA

MIGUEL MARCONI DUAILIBE GOMES

OSIAS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO

PAULO GUILHERME SILVA CURADO

PÉRICLES SILVA FILHO

WALDINEY FRANCISCO SARAIVA

WARLEI ALVES DO NASCIMENTO

KARINA MÔNICA BRAGA AGUIAR

Em primeira mão!!! Enfermeira que recebia mais de R$ 13 mil motivou ação da PF

Segundo a PF, as investigações da ‘Operação Pegadores’, se deram em virtude da enfermeira Keilane Silva Carvalho, que recebia salário de R$ 13.189,07 na UPA de Imperatriz

Segundo os delegados da Polícia Federal, notícias denunciadas pelos blogs, acerca da funcionária que recebia mais de R$ 13 mil reais, motivou as investigações onde foram relacionadas 424 pessoas que recebiam pagamentos via Oscip’s e não exerciam as funções.

Na época, a denúncia que a servidora recebia salário acima dos demais enfermeiros repercutiu bastante nas redes sociais e nos blogs maranhenses. A denúncia do pagamento exorbitante pago à enfermeira pela Oscip “Bem Viver” caiu como uma veradeira bomba no governo Flávio Dino (PC do B).

Em tempo: A investigação é a partir de 2015, e encontrou irregularidades em contratos firmados pelo governo Flávio Dino, com as organizações sociais Bem Viver, IDAC e Corpore.

E mais: À epoca foi veiculado pela imprensa que a indicação da enfermeira que recebia R$ 13.189,07 (Treze Mil, Cento e oitenta e nove reais), era do secretário de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry.

Pra Fechar: pudera, para receber uma quantia desta tinha que ser ligada a alguém forte no governo Flávio Dino

 

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache