Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Enfermeiros denunciam fraude nas eleições do SEEMA – Sindicato dos Enfermeiros do Maranhão

img_9699 img_9700 img_9701

Eleições SEEMA- Sindicato dos Enfermeiros 2016.
O dia 01 de novembro de 2016 ficará marcado na história de milhares de Enfermeiros e Enfermeiras no estado do Maranhão. Mais uma vez a diretoria do SEEMA protagoniza um verdadeiro show de pelegagem e desrespeito aos trabalhadores dessa categoria tão sofrida e penalizada com a ausência de valorização.
As eleições sindicais transcorreram em absoluto clima antidemocrático e apenas para a formalização da perpetuação no poder de uma diretoria INEPTA e IMCOMPETENTE frente às reais necessidades da classe.
Em São Luís, local de concentração do maior número de profissionais, estes foram impossibilitados de se sindicalizar, bem como impedidos de votar por seguranças pasmem, que intimidavam os Enfermeiros, a atual gestão do Sindicato presidido pela Sra. Ana Lea Coelho, sempre temeu oposição, pois é conciente da sua ILEGITIMIDADE de fato na representação dos Enfermeiros no estado do Maranhão.
Durante todo o período em que esteve a frente do SEEMA nenhum avanço significativo trouxe para os trabalhadores, inaugurou uma época de atuação desastrosa, totalmente na contra mão de toda uma luta travada por entidades representativas dos Enfermeiros em outros estados da federação.
Enquanto o movimento sindical nacional luta pela aprovação das 30 Horas para a Enfermagem a presidente do SEEMA deu de bandeja aos patrões uma escala de 12×36, nunca antes regularizada em São Luís, ainda como brinde estabeleceu o banco de horas sem critérios objetivos que garantam o acompanhamento das compensações, ou seja, trabalhar em hora extra sem o pagamento respectivo e ainda ficando a critério do patrão a data de sua compensação.
Para piorar a situação, estabeleceu piso salarial de 1.700.00 (Hum mil e setecentos reais) o pior salário pago a um Enfermeiro em todo o país.
Toda essa situação causou e causa muita indignação aos profissionais, que tiveram que recorrer ao Ministério Público do Trabalho para ter acesso ao direito de se sindicalizar e concorrer às eleições da entidade de forma democrática e atender aos anseios da categoria.
Ainda como atuação do Ministério Público do Trabalho foram de forma coercitiva, através de Ação Cívil Pública que tramita na 2a vara do trabalho de São Luís , compelidos a retirar do estatuto as cláusulas de barreira que tinham como objetivo impedir as filiações bem como a participação nas eleições, ainda assim, com todas essas medidas os Enfermeiros foram impedidos de se sindicalizar e ainda de participar do processo eleitoral do Sindicato dos Enfermeiros do Maranhão.
Em São Luís a urna que ficou localizada na sede da entidade recebeu apenas o voto da própria diretoria do sindicato e apenas uma Enfermeira aliada do grupo.
Durante o decorrer de todo o dia 01 de novembro a urna estava guardada na sede do sindicato em São Luís e os enfermeiros que as duras penas conseguiram se filiar foram impedidos por dois seguranças de ter acesso às dependências do sindicato.
A gestão atual do SEEMA protagonizou mais uma mais uma vez um show de peleguismo e desrespeito, a categoria que se fez representar, a entidade não possui nem um terço dos trabalhadores de base sindicalizados, sobrevive das contribuições compulsórias como o imposto sindical, exatamente para impedir a participação da categoria nos processos decisórios da entidade e levar adiante o plano imoral de perpetuação no poder sem a anuência da classe.
Queremos lembrar a Senhora Ana Lea e ao seu marido Sr José Alves ( também diretor do SEEMA), que o sindicato não e um “NEGÓCIO” de família, a Enfermagem Maranhense não será objeto de negociatas do casal.
O Sindicato e da categoria!!!!

Em primeira mão!!! Deputado Federal Zé Carlos abrirá vaga para Trinchão

ze-carlos-trinchao

Após a postagem do esquema criminoso que também se instalou na Secretaria Municipal de Fazenda de São Luís, o Blog recebeu informação que o Deputado Federal Zé Carlos do Partido dos Trabalhadores – PT, já foi sondado pelo primeiro suplente, Cláudio Trinchão, da Coligação PT / PSD que o elegeu com 90.531 votos, ele obteve  87.793 votos, 2.738 votos a menos que Zé Carlos.

RECESSO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Com o pedido de licença de Zé Carlos, Trinchão toma posse como deputado no período de recesso na Câmara dos Deputados que se iniciará na segunda quinzena de Dezembro. Por lei, nos casos de vacância e de licença superior a 120 dias ou para investidura nos cargos definidos no art. 56 da Constituição Federal, será convocado o suplente.

Escândalo!!! Organização criminosa também se instalou na Fazenda Municipal de São Luís

Secretário Municipal de Fazenda, Raimundo Rodrigues operou esquema dentro do fisco municipal com o Centro de Tecnologia Avançada – CTA, que tem como sócia a madrasta de Jorge Arthuro, a Euda Maria Lacerda

raimundo-e-euda

A Organização Criminosa que se instalou dentro da Secretaria de Fazenda Estadual – SEFAZ, que tem segundo o Ministério Público, Akio Valente, o primeiro suplente de deputado federal Claudio Trinchão (PSD), Jorge Arthuro, Euda Maria Lacerda e o ainda Secretário Municipal de Fazenda de São Luís, Raimundo Rodrigues, que foi alçado para o cargo de secretário municipal pelo próprio Trinchão. O Secretário de Fazenda de São Luís, operou um esquema com a empresa Centro de Tecnologia Avançada CTA.

Raimundo Rodrigues foi denunciado diversas vezes por favorecer a empresa CTA, na qual eram sócios o ex-secretário de estado da fazenda, Akio Valente, Marcelo Luís Lobato e Jorge Arturo. Com o escândalo dos precatórios vindo à tona e utilizado politicamente pelo grupo de Flávio Dino, a bomba acabou por estourar também na gestão municipal de São Luís.

Para o promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos, que investiga o “Caso SEFAZ”, Rodrigues é um dos cabeças do esquema e indiciado como participante da trama criminosa que desviou R$ 50 milhões da Secretaria Estadual da Receita.

Akio Valente e Jorge Arturo, figuravam como proprietários da empresa CTA que começou a operar o sistema da prefeitura de São Luís em 2013. Agora, que figura como “dona” da empresa é a senhora Euda Maria Lacerda, apontada também como membro da quadrilha.

euda-maria-2

akio-1 akio-2 akio-3

30 Milhões: Prefeitura de São Luís receberá dinheiro de repatriação, amanhã 10

A expectativa é de que os valores restantes sejam repassados às prefeituras, entre o primeiro e segundo decêndio de novembro, juntamente aos valores normais repassados de FPM

semfaz

Os cofres de São Luís serão agraciados com recursos da ordem de R$ 30 milhões, o recurso é referente ao valor arrecadado com o pagamento de Imposto de Renda (IR) e multa de formalização dos valores dos contribuintes que decidiram repatriar os recursos que possuíam no exterior. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o total repassado aos municípios maranhenses será R$ 237.625.959,51.

De acordo com a tabela divulgada pela Confederação Nacional dos Municípios, o valor repassado para as cidades maranhenses com os percentuais adotados pelo Governo Federal no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que o valor repatriado é diferente do valor arrecadado. O primeiro refere-se ao montante declarado pelo contribuinte ao governo federal e, portanto, trazido ao Brasil. Já o valor arrecadado é o valor obtido pelo governo com a aplicação das devidas multas.

Sobre o valor repatriado incide uma alíquota de 30%, dos quais metade são referentes à multa e a outra metade referente ao Imposto de Renda. Estados e Municípios têm direito a receber apenas o montante obtido com o IR. Ou seja, apenas R$ 24,580 bilhões são direcionados à partilha com os entes subnacionais. A multa fica inteiramente com a União.

A partilha dos valores do IR respeitam os percentuais do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e, por isso, os Municípios receberão 22,5% desse valor, o que equivale a R$ 5,726 bilhões. Um pequeno montante de R$ 332 milhões de repatriação já foi pago no último decêndio de outubro. A expectativa é de que os valores restantes sejam repassados às prefeituras até o segundo decêndio de novembro, juntamente aos valores normais repassados de FPM.

Donald Trump é eleito presidente dos Estados Unidos

mc-today-s-question-will-donald-trump-win-the-republican-nomination-for-president-20160224

3:05 (Horário de Brasília)

Com a totalização dos votos dos delegados nos Estados Unidos, na madrugada desta quarta-feira (9), Donald Trump alcançou a quantidade necessária de delegados (270), e se elegeu presidente dos norte-americanos. O Republicano contrariou todas as pesquisa de intenções de votos. O candidato republicano conquistou vitórias surpreendentes sobre a democrata Hillary Clinton em Estados-chave abrindo o caminho para a Casa Branca e abalando os mercados globais que contavam com uma vitória de Hillary.

Especialistas norte-americanos afirmam que ele poderá chegar a 319 delegados se comparando ao também Republicano e 40º presidente dos EUA, Ronald Reagan. Até às 2h40 de quarta-feira (horário de Brasília), Trump tinha 244 votos no Colégio Eleitoral, contra 209 de Hillary. As emissoras de TV dos EUA haviam projetado vitória de Trump em 41 dos 50 Estados norte-americanos e de Washington D.C..

Donald Trump venceu nos estados de Indiana (11 votos eleitorais), Tennessee (11 votos eleitorais), Alabama (9 votos eleitorais), Carolina do Sul (9 votos eleitorais), Kentucky (8 votos eleitorais), Oklahoma (7 votos eleitorais), Mississippi (6 votos eleitorais), Virgínia Ocidental (5 votos eleitorais), Dakota do Norte (3 votos eleitorais), Dakota do Sul (3 votos eleitorais), Wyoming (3 votos eleitorais), Nebraska (5 votos eleitorais), Kansas (6 votos eleitorais), Texas (38 votos eleitorais), Arkansas (6 votos eleitorais), Louisiana (8 votos eleitorais), Montana (3 votos eleitorais), Missouri (10 votos eleitorais), Ohio (18 votos eleitorais), Flórida (29 votos eleitorais), Idaho (4 votos eleitorais), Carolina do Norte (15 votos eleitorais), Georgia (16 votos eleitorais), Utah (6 votos eleitorais), Iowa (6 votos eleitorais).

Veja o Mapa Eleitoral dos Estados Unidos após o resultado da Eleição

mapa-eleitoral-eua

Bomba!!! Impasse na Câmara Municipal de São Luís

pereirinha-e-chico-carvalho3

O Blog teve informação no começo da tarde, de um membro da Câmara Municipal de São Luís, nos foi repassado que a indignação do acordo de emplacar como vice-presidente da chapa do vereador Astro de Ogum (PR), o vereador Osmar Filho (PDT) é muito grande.

O vereador e ex-mandatário daquela casa legislativa, Chico Carvalho (PSL), bateu na mesa e disse que não aceita a imposição goela abaixo da chapa de Astro. Ele foi mais além na conversa e disse que caso persista a “Chapa Branca”, ele próprio formará uma composição para disputar a presidência do legislativo municipal.

Chico já teria apalavrado com 4 vereadores eleitos e mais 6 reeleitos, destes, Isaías Pereira (Pereirinha), já está em plena campanha para aumentar a contagem. Tudo indica, que do jeito que as coisas andam, a estratégia de confinar boa parte dos 31 eleitores deverá ocorrer novamente em São Luís.

Em tempo: Faltam 55 dias para a eleição na Câmara Municipal de São Luís 

Quem é Cláudio Trinchão, apontado pelo MP como chefe de Organização Criminosa???

trinchao_fbs

Cláudio José Trinchão Santos é soteropolitano, funcionário público, veio importado para assumir a Secretaria de Fazenda no governo Roseana Sarney.  No cargo de secretário se envolveu logo na política maranhense, apoiando o então candidato a deputado estadual Alexandre Almeida. Trinchão foi candidato a Deputado Federal pelo Partido Social Democrático – PSD, seria uma espécie de “salvação da pele”, se “ungir” com um mandato, e por muito pouco não se elegeu deputado pelo Maranhão, obteve 87.793 votos (2.86% do votos válidos). Atualmente ele comanda a sigla partidária no Maranhão.

Na Secretaria de Estado da Fazenda – SEFAZ, Trinchão foi diversas vezes denunciado em Blogs e jornais acerca de práticas que estavam ocorrendo sob sua anuência. A denúncias partiam sempre de escritórios de advocacia e empresários que sabiam como as coisas ocorriam no órgão estadual.

Na época, um grupo de empresários se articulou e fez a denúncia ao Ministério Público, Tribunal de Contas e Controladoria da Receita, sobre uma espécie de esquema foi montado na Secretaria Estadual de Fazenda, com Créditos de ICMS de exportação. E foi justamente aí que entrou o advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior, que coordenava a “orquestração jurídica” dos créditos fiscais de ICMS, segundo o Ministério Público, ele coordenava o esquema criminoso com Trinchão, para em seguida receber dividendos dos créditos. O poder era tanto, que Jorge Arturo também se envolveu na política e atualmente comanda o Partido Humanista da Solidariedade – PHS.

A denúncia foi acolhida, investigada e o esquema funcionava assim: os certificados de crédito eram auditados e assinados pelo secretário Cláudio Trinchão; após a assinatura, podem ser transferidos para terceiros, por meio de Mandado Judicial.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Jorge Arturo era o advogado, agenciador e corretor, responsável pela oferta de créditos de precatórios ilegais e fantasmas a empresários interessados em pagar as suas dívidas de ICMS desembolsando valores menores do que efetivamente deviam, contudo, quitando-os integralmente junto ao Fisco Estadual.

O Ministério Público diz que o procedimento era bem-sucedido porque os titulares dos créditos queriam liquidez imediata, a qual era garantida pela facilidade de compensações asseguradas por Cláudio José Trinchão Santos e Akio Valente Wakiyama que se sucederam à frente da SEFAZ.

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache