Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Absurdo!!! Shopping da Ilha cobra R$ 100 para estacionar veículo

Shopping_Da_Ilha

Não indico, o ‪#‎shoppingdailha‬ opera desde de ontem (25), com novas tarifas para estacionamento, 5,00 R$ no sol, 7,00 R$ no sub-solo, e o VIP 13 R$. Quais os benefícios tem o #shoppingdailha? Nenhum, a não ser umas dezenas de lojas fechadas, compensar o prejuízo nas vagas é o que parece, se você compartilha da idéia, divulgue a ideia e evite ir nesse estabelecimento.

Prefiro o bom e velho‪#‎shoppingsaoluis‬ ‪#‎saoluisshopping‬ lá tem espaço e opções. Aonde vamos parar minha gente com tanta exploração.

Disse um leitor assíduo do Blog

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Em São Luís: Motorista de coletivo é baleado na cabeça

Arraial

Um motorista da empresa que faz linha no Arraial, da empresa Ratrans, foi baleado na noite passada (26), no bairro do Itapera de Maracanã. O motorista foi socorrido por uma  e levado para o Hospital Guarás, na Avenida Kennedy.

Ele levou dois tiros, um na cabeça e outro na região do abdômen, graças à Deus o tiro na cabeça foi de raspão e motorista não corre risco de morte.

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Aliados de Edivaldo Júnior optam em adiar dados do Instituto DataM

data-m

Conforme divulgado aqui neste Blog, que aliados do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que depois da econométrica, contrataram outro instituto de pesquisa desta vez o já conhecido DataM, ocorre que o instituto até o momento não conseguiu “formatar os dados” em favor do atual prefeito, assim como fez a econométrica, que “encaixou” o atual gestor como primeiro colocado, contrariando todas as pesquisas de intenções de votos até o momento.

 O levantamento foi feito entre os dias 20 e 25 de julho, a pedido da TV Difusora, que está arrendada para o deputado federal e líder do Partido Democrático Trabalhista – PDT, Weverton Rocha e que tem como diretor geral Zeca Pinheiro.

A pesquisa estava registrada desde o dia (21),no Tribunal Regional Eleitoral – TRE. O Instituto DataM afirma que soltará os levantamentos no dia 31 de julho, no dia da convenção do prefeito Edivaldo Júnior.

Como se as pesquisas ganhassem eleição…

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Governo Flávio Dino suspende medicamentos especiais para doentes

FEME

Mães de crianças que precisam do leite PKU, utilizado no tratamento de quem tem a fenilcetonúria, reclamam a falta desse aminoácido há mais de um ano. A doença é considerada grave e provoca lesões irreversíveis no cérebro.

Sem a fórmula os pacientes têm sintomas como baixa imunidade, queda de cabelos, perda da força intelectual, convulsões epiléticas, problemas na pele e também nos olhos.

Em todo estado, são 37 pacientes que dependem dessa medicação. Antes, a fórmula era fornecida gratuitamente pela Farmácia Estadual de Medicamentos Especializados – FEME, mas desde o ano passado que esses pacientes não são atendidos.

A dona de casa Zilene de Jesus Pereira Batalha Ferreira revela que os seus dois filhos dependem da fórmula para continuar a viver. Ela acrescenta que está preocupada com a ausência do leite PKU na alimentação dos filhos. “É muito prejudicial para a saúde deles. A minha filha não anda. Meu outro filho fica muito abatido sem esse PKU”, finalizou.

O governo Flávio Dino vai contabilizando seu pacote de maldades para com o povo maranhense, não é a primeira vez que pais e mães de famílias reclamam por falta de medicamentos especiais.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Agora lascou!!! “Muriçoca” transmite a zika e a prevenção precisa ser radical

Muriçoca

A bióloga Constância Ayres, da Fiocruz em Pernambuco, fez uma descoberta inédita que tem o potencial de proporcionar um salto no conhecimento dos cientistas sobre o vírus Zika, e mudar radicalmente a estratégia brasileira de prevenção dele. Ayres conseguiu encontrar, pela primeira vez, pernilongos carregando o vírus na natureza.

Na quinta-feira, a Fiocruz anunciou oficialmente que o mosquito “Culex quinquefasciatus”, conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, também pode transmitir o vírus que causa microcefalia e malformações em bebês.

Até então, cientistas acreditavam que o mosquito “Aedes aegypti” era o principal vetor do vírus no Brasil. Agora, de acordo com Ayres, os cientistas precisam determinar qual das duas espécies é a mais importante na epidemia de Zika no Brasil.

Durante o anúncio, a Fiocruz afirmou que, até que se compreenda a importância do pernilongo na epidemia, a política de controle da Zika continuará focada no Aedes aegypti.

Mas dependendo dos resultados, seria necessária uma “mudança radical” na atual estratégia atual de controle da epidemia, afirma a pesquisadora. “Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente”, diz.

Em entrevista à BBC Brasil, Ayres esclareceu a dúvidas sobre o andamento da pesquisa e as implicações de sua descoberta.

  1. Como determinou-se que o pernilongo pode transmitir o vírus Zika?

A pesquisa analisou 500 pernilongos capturados na Região Metropolitana do Recife. Eles foram obtidos em locais onde havia casos notificados de Zika, segundo Ayres, para aumentar a possibilidade de se encontrar o vírus no ambiente.

Os pernilongos foram divididos em 80 grupos, e o vírus foi encontrado em três deles. Em dois destes grupos, de acordo com a Fiocruz, os mosquitos não estavam alimentados. Isso demonstra “que o vírus estava disseminado no organismo do inseto e não (foi contraído) em uma alimentação recente num hospedeiro infectado”.

No laboratório, a equipe de Ayres alimentou os mosquitos com uma mistura de sangue e vírus, para entender como o Zika se replica dentro dos insetos.

Em seguida, os pesquisadores investigaram o intestino e a glândula salivar dos mosquitos. Se o pernilongo não fosse vetor, seu intestino bloquearia o desenvolvimento do vírus dentro do organismo.

Mas, se o vírus conseguisse se replicar, ele chegaria até a glândula salivar do Culexe poderia ser transmitido para humanos durante a picada.

Dessa forma, a equipe de Ayres confirmou que o Culex pode carregar o vírus em seu organismo. Amostras da saliva dos pernilongos infectados foram analisadas, e continham quantidades de vírus semelhantes às encontradas na saliva do Aedes aegypti.

Segundo Ayres, outra descoberta da Fiocruz Pernambuco dá força à hipótese: um grupo de pesquisa percebeu que a distribuição geográfica da filariose (elefantíase) e do Zika vírus em Recife é muito semelhante.

Em Recife, o Culex quinquefasciatus é o único mosquito que transmite o parasita que causa a elefantíase. “Somos a única área do Brasil endêmica para essa doença”, explica a bióloga.

“Cerca de 85% das mães que tiveram bebês com microcefalia por causa do Zika estão em áreas muito precárias, sem saneamento básico, onde ocorre mais a filariose. Isso pode explicar a participação do Culex na transmissão da Zika e dar suporte à nossa hipótese.”

“O Aedes aegypti, por outro lado, está mais distribuído na cidade. Vemos que a dengue é uma doença bem democrática, não está só em áreas precárias”, afirma.

  1. O pernilongo também pode ser vetor de transmissão de Dengue e Chikungunya?

De acordo com a Fiocruz, a pesquisa deu prioridade ao vírus Zika por causa da epidemia da doença no Brasil e sua ligação com a microcefalia.

Apesar da epidemia de chikungunya, que também atinge principalmente Estados do Nordeste, ainda não se sabe se esta doença também pode ser transmitida pelo Culex.

Ayres afirma que o vírus da dengue já foi encontrado em pernilongos coletados em campo, mas ainda não se confirmou se ele pode ser seu vetor.

  1. Quais são os próximos passos da pesquisa?

Segundo Ayres, sua equipe agora investigará qual é exatamente a capacidade vetorial do Culex, ou seja, quão eficiente ele é para carregar e transmitir o vírus. “Já sabemos que a taxa de infecção natural do Culex é semelhante à do Aedes aegypti, mas isso envolve outros aspectos biológicos do mosquito na natureza: o tamanho da sua população, a longevidade dessas espécies, o número de picadas que dão no homem, se preferem se alimentar do sangue humano ou não”, afirma.

“Quando tivermos essas informações, poderemos saber qual das duas espécies tem maior importância na transmissão do Zika”

De acordo com a bióloga, a população de pernilongo em Recife é 20 vezes maior que a do Aedes aegypti. Mas, apesar desta vantagem populacional do Culex, o Aedes pica mais vezes uma pessoa para se alimentar.

É necessário entender, por exemplo, se picar várias vezes faz do Aedes vetor mais competente de transmissão do vírus. A equipe pernambucana também investiga a possibilidade de a fêmea do pernilongo transmitir o vírus para sua prole ainda nos ovos.

“Coletamos os ovos dos mosquitos infectados, as larvas eclodiram, deixamos crescer até virarem adultos e congelamos o material. Vamos analisá-lo”, explica Ayres.

“Se conseguirmos detectar o Zika, significa que eles contraíram o vírus da mãe. Isso tem importância epidemiológica, porque é mais uma forma de o vírus se manter presente na natureza. Ele poderia permanecer no ambiente sem necessariamente ter de passar por humanos”

No ciclo de transmissão de doenças como o Zika, o Aedes aegypti pica uma pessoa doente, se infecta e leva o vírus para outras pessoas. Ele não transmite o Zika, até onde se sabe, a seus ovos.

  1. Se o pernilongo for o principal transmissor, qual seria o impacto desta descoberta?

Para Ayres, isso significaria a necessidade de alterar a estratégia atual de controle da epidemia de Zika, completamente focada no controle da população do Aedes aegypti.

“Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente, e é por isso que as autoridades exigem muita cautela e mais comprovação. É natural que seja assim”, diz.

O pernilongo tem hábitos diferentes do Aedes aegypti. É mais ativo à noite, por exemplo, o que tornaria importante a proteção com repelentes e roupas compridas também neste horário, especialmente para gestantes.

Ele também prefere colocar seus ovos em locais extremamente poluídos como esgotos, fossas e canaletas, o que, segundo a pesquisadora, tornaria as medidas de saneamento básico ainda mais “urgentes” para evitar novos casos de Zika e microcefalia em bairros mais precários.

“O saneamento básico não erradicará o mosquito, mas vai ajudar no seu controle populacional. As medidas de saneamento ajudam a manter o mosquito em um nível no qual não teremos grande epidemia, apenas casos esporádicos da doença”

  1. A descoberta do Culex como vetor do Zika é preocupante para outros países do mundo?

De acordo com a bióloga, o Culex quinquefasciatus está presente em todas as áreas urbanas de regiões tropicais, subtropicais e temperadas – de clima mais frio, como países do Norte da Europa, Canadá e Austrália. Já o Aedes aegypti fica restrito às regiões tropicais e subtropicais.

Ela esclarece, no entanto, que mostrar a capacidade do Culex de transmitir Zika no Brasil não significa que o mesmo ocorreria, por exemplo, nos Estados Unidos.

“Existe a possibilidade, mas cada população deve ser investigada, principalmente porque o Culex quinquefasciatus, que é o que temos no Brasil, é parte de um complexo de espécies”, diz.

“Nos Estados Unidos existem outras subformas dessa espécie de mosquito. E não sabemos ainda se a competência vetorial de todas as espécies é a mesma”

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo: MP diz que superintendente da EBC é investigado em inquérito

Assis Filho

A Associação dos Membros do Ministério Público do Maranhão – AMPEM, emitiu uma nota de repúdio contra o superintendente da Empresa Brasil de Comunicação – EBC, no Maranhão, Assis Filho presidente Nacional da Juventude do PMDB. Assinada pelo presidente da entidade da classe que congrega promotores e procuradores de justiça do Estado, Társio José Souza Bonfim, a nota manisfesta incondicional apoio à conduta praticada pelo promotor Francisco Thiago da Silva Rabelo, titular da Comarca de Pio XII.

Segundo a nota de repúdio da AMPEM, a investigação do promotor versa sobre atos que em tese podem configurar improbidade administrativa e ou, ilícito de natureza penal, e que o promotor da cidade requereu seguindo a legislação constitucional e legal afeita ao caso. Ainda segundo a nota, Francisco de Assis Filho é um dos investigados.

De acordo com o promotor de justiça Francisco Thiago da Silva Rabelo, titular da Comarca de Pio XII, o Inquérito Civil n° 007/2016 já tem mais de 40 pessoas investigadas por suspeita de serem funcionários fantasmas do Município. Vários deles são parentes e aliados do prefeito Paulo Veloso e de secretários municipais, com cargos de assessores e salários de cerca de R$ 4 mil.

O promotor destacou a importância do trabalho realizado em Pio XII. “Estamos em um município muito pobre, com baixo IDH. Uma situação como essa causa prejuízos graves aos cofres municipais”, avaliou.

Assis 1 Assis 2 Assis 3

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Pesquisa Econométrica: Wellington do Curso vence qualquer candidato no 2º turno

Segundo levantamentos realizados pela Pesquisa Econométrica entre os dias 14 e 16 deste mês de julho, ouvindo 985 pessoas, quem se saiu mais uma vez muito bem nos cenários foi o pré-candidato Wellington do Curso (PP), no cada mais vez certo segundo turno na capital ludovicense, Wellington venceria qualquer um dos candidatos, seja Eliziane Gama (PPS) ou Edivaldo Júnior (PDT).

Num primeiro cenário de 2º turno, Wellington do Curso venceria o atual prefeito com margem significativa de quase 6% à frente do candidato pedetista. Wellington teria 37,4% contra 31,6% dados para Edivaldo.

Econo 1

Em outro cenário, desta vez entre Eliziane e o atual gestor, a pesquisa mostra que a disputa seria mais acirrada. Eliziane venceria Edivaldo com uma pequena diferença de de apenas 1,4%, os dados mostram que a candidata pepessista teria 33,7% contra 32,3% de Edivaldo Júnior.

Econo 2

Num ultimo cenário, desta vez entre Wellington do Curso e Eliziane Gama, o candidato progressista também venceria, as pesquisas apontam que ele teria 35% dos votos, contra 32,6%, de Gama. Wellington venceria Eliziane com uma diferença de 2,4%.

Econo 3

Faltando 11 dias para o término das convenções partidárias que escolherão os candidatos e 69, para o dia da eleição, os números estão aí para quem quiser ver e entender.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Pesquisa tenta colocar chifre em jumento: Holandinha perde para qualquer um no 1º Turno

edivaldo-holanda-junior-flavio-dino

Pesquisa contratada pelo Blog do Luís Cardoso, mesmo mostrando que o prefeito teve um “ligeiro aumento”, ainda sinaliza alta taxa de rejeição popular. A Econométrica tratou de “levantar dados” do eleitorado, contrariando todas as outras pesquisas até agora encomendadas.

Aliados de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) tentam a todo custo, oxigenar a candidatura à reeleição do atual gestor, e às vésperas da convenção, marcada para o próximo sábado, (30), temem uma debandada de partidos ainda não consolidados ou ainda não acordados.

Agora, os próprios aliados já contrataram outro instituto de pesquisa para “maquiar” ainda os dados e tentar enganar o eleitor ludovicense, como tem feito nestes últimos 3 anos e meio. O instituto da vez é o Data M (entira).

A população de São Luís já sabe que os que não fizeram em quase quatro anos, com certeza não farão em mais quatro.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais