Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Associação de Delegados de Polícia condena retaliação do governo Flávio Dino

ADEPOL acusa governo comunista de perseguir trabalhadores que denunciam a falta de estrutura nas delegacias

Associação acusa o governo Flávio Dino de abusos de autoridade, censura e intimidação

A Associação dos Delegados do Maranhão (Adepol) divulgou moção de repúdio  contra o governo Flávio Dino (PC do B), segundo eles, condenando “abusos e desvios de finalidade” praticados pelo atual secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, e manifesta total solidariedade aos delegados Gustavo Tavares Barbosa de Matos, Virgínia Loiola Beserra e Fábio Silva Cordeiro Pessoa.

De acordo com a Nota, Portela determinou a abertura de processos administrativos contra os delegados e também a remoção de Virgínia Loiola e Fábio Cordeiro “em retaliação pelo exercício da profissão e liberdade de expressão”.

Acusações

O delegado Gustavo Barbosa responde a processo disciplinar por informar ao Ministério Público em Imperatriz que o Sistema Integrado de Gestão Operacional (Sigo) não funciona. Já Virgínia Loiola foi removida do serviço onde atuava, vejam só, por causa de uma publicação em sua página do facebook, onde denuncia as péssimas condições de trabalho.  Contra Fábio Cordeiro pesa o fato de ter sido despejado do imóvel em que funcionava a Delegacia de Peritoró, mesmo tendo comunicado o atraso de um ano no pagamento do imóvel à Secretaria de Segurança.

Para a Adepol, o secretário Jefferson Portela alega que os três delegados comprometeram a instituição policial com suas ações e está “usando de subterfúgios para aplicar punição sem previsão legal, atingindo de morte a honra e a dignidade de pais e mães de família”.

“Numa sociedade livre, ninguém está acima de crítica. Não há verdadeira democracia se as pessoas são livres apenas para concordar, nunca para discordar. Não há liberdade se as pessoas são livres apenas para calar e consentir, nunca para divergir”, ressalta a moção de repúdio.

A Associação dos Delegados afirma que o governo comunista faz CENSURA, é AUTORITÁRIO e INTIMIDA a categoria funcional dos delegados de polícia civil do Maranhão.

Categoria: Filipe Mota

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*