Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Agora lascou!!! Sem fazer nada pelo Maranhão, Flávio Dino vira cidadão piauiense

Sem nada para mostrar no Maranhão e muito menos no Piauí, governador foi de  jatinho da Heringer se tornar cidadão piauiense

Sem grandes obras para mostrar aos maranhenses, o governador Flávio Dino (PC do B), virou cidadão do Piauí, nesta segunda-feira (13), após receber um título sem pé nem cabeça, já que o também governador do Piauí parece que não tem muito o que fazer no estado.

No Maranhão, Flávio Dino que se revesa em inaugurar obras deixadas pela gestão passada e inaugurar umas reformas de escolas e colocar asfalto “sonrizal” em municípios onde tem aliados, que realiza uma gestão de medíocre a incompetente e agora é cidadão piauiense sem colocar um prego numa barra de sabão, fato é que ao contrário do estado que “governa”, não é de sua atribuição.

Toma lá da cá

Sem ter o que mostrar ao povo maranhense, Dino tenta se mostrar como um líder nacional, tenta passar a ideia de liderança, de articulador político, coisa que não tem a menor afinidade. Até mesmo quando tenta parecer popular a coisa sai forçada, como foi no mais recente caso da “pedalada”. Como se nã bastasse, Flávio está em plena campanha de sua reeleição pelo Maranhão afora.

Mas tudo isso se justifica no “toma lá, dá cá” camarada, o governador Flávio Dino obrigou seus deputados aliados na Assembleia Legislativa do Maranhão, a conceder ao governador piauiense, a medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, a maior honraria do Poder Legislativo do Maranhão, e também foi condecorado com a mais importante honraria do Executivo maranhense através da Medalha da Ordem dos Timbiras, no grau Grã Cruz.

O povo nem sabe disso, cabe a nós apenas divulgar, lamentar e lembrar ao governador do Maranhão que há muito o que fazer.

Em tempo: quanto custou este título de cidadão aos cofres do contribuinte????

E mais: em quê um título de cidadão do Piauí vai melhorar a vida dos maranhenses ???

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*