Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Democracia motense: torcedores vão à Justiça, Ministério Público e fazem manifestação na FMF

Torcedores entrarão com pedido de Ação Civil Pública no Ministério Público e medida cautelar na Justiça; Torcidas Organizadas se uniram e farão prostesto na FMF

Um grande movimento pelas redes sociais promete modificar por inteiro as decisões da Federação Maranhense de Futebol – FMF, as torcidas organizadas se uniram e vão protestar nesta segunda-feira (26), a partir das 15h, no Palácio dos Esportes em São Luís e prometem ocupar a sede da federação.

Ministério Público e Justiça

Outro grupo de torcedores motenses encaminharam um Pedido de Ação Civil Pública, ao Ministério Público Estadual e a Promotora Lítia Cavalcante, prometeu receber uma comissão ainda nesta semana, para SUSPENDER a PORTARIA Nº 05/2018 – DCO, que marcou os horários das finais na partida de IDA no dia 05/04/2018 (quinta), às 21:45 horas; e a partida de VOLTA, para o dia 08/04/2018 (domingo), às 18:00 horas;

Este calendário saiu da cabeça de ninguém menos do que Hans Nina, que marcou a primeira partida entre Moto e Imperatriz, para quinta-feira (5), de abril, às 21h45, no Estádio Castelão.

A torcida do Moto Club, afirma que não vai aceitar e vai atuar em todas as instâncias para modificar esta atrocidade praticada pelo diretor de competições da FMF.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Caso Décio: Marco D’éça estava no caminho certo…

Desde o início das investigações, o blogueiro e jornalista Marco D’éça sustentou  um outro direcionamento para as investigações, o que agora foi confirmado em depoimentos já colhidos pela cúpula da Segurança Pública

Editorial do Blog de Marco D’éça

Este blog sustentou uma tese única para contestar a versão da polícia e do Ministério Público sobre a morte do jornalista Décio Sá ocorrida em abril de 2012.

Desde o início, as incongruências, a falta de nexo causal e os furos na investigação foram descritos de forma sucinta, clara e com argumentos incontestáveis. (Releia aquiaquiaquiaqui, aqui e aqui)

Mas este blog pagou um preço altíssimo por isso, que vai desde o desprezo da tese pela própria imprensa maranhense até processos judiciais que, felizmente, foram arquivado pelo vazio das acusações.

Por isso, a revelação de que fatos novos indicam reviravolta no caso Décio Sá – e apontam para o mesmo encaminhamento dado por este blog há cinco anos – chega como uma espécie de regozijo.

De acordo com o que divulgou o blog de Neto Ferreira, o promotor-chefe do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, Marco Aurélio Rodrigues, teria adulterado o depoimento de um homem identificado por Eduardo Lira, dado em Santa Inês, na época do crime.

Durante as investigações do assassinato de Décio Sá, apareceram ao menos três possibilidades de autoria, todas com diversas pessoas envolvidas. A polícia e o Ministério Público optaram por uma delas, mesmo com todas as incongruências das provas.

Curiosamente, a linha adotada era a que tinha o menor número de “figurões” citados.

A reabertura do caso Décio Sá foi determinada pelo procurador-geral de Justiça, Luiz Gonzaga Coelho; e pelo menos cinco pessoas já foram ouvidas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), da Superintendência de Investigações Criminais (Seic).

Qualquer que seja o resultado das investigações – deem em nada ou não – este blog já se sente, mais uma vez, orgulhoso pela capacidade de ver além do óbvio.

E de acreditar no seu poder de discernimento e investigação.

Simples assim…

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Verão da PAN na Praia, vai agitar as ondas do rádio !!!

O verão da rádio mais ouvida do Brasil foi marcado com muita diversão e descontração ao comando do apresentador Derick Diego e da apresentadora da Rede tv São luís Bah Rodrigues estreando nas ondas do rádio como locutora.

O programa é muito dinâmico, rola muitos sorteios e enquetes divertidas que permitem o ouvinte participar através de msg de áudio via WhatsApp (991421577) ou através do Instagram @jovempansaoluis.

Seguindo o calendário da matriz Jovem Pan 102,5, o programa VERÃO NA PRAIA DA PAN iniciou em janeiro e terá sua ultima edição neste final de semana,dia 24 de março, das 17h as 20h. A transmissão do programa é feita diretamente do NA PRAIA VILLAFOOD, a villa de bares e restaurantes mais charmosa da ilha, localizado na av. Litorãnea, nº09.

A publicitária @bahrodriguess iniciou sua carreira como apresentadora em 2012, no programa Arte e Cor da Rede TV, de lá para cá, foram muitas experiencias, ela conta que ainda está se adaptando com o formato do rádio que é bem diferente da tv, o que sabemos é que a apresentadora de tv teve os seus 3 meses de fama na rádio mais ouvida do Brasil 102,5, o projeto de verão acaba este mês, mas ela afirma que se tudo se consolidar da maneira esperada São Luís ganhará mais um novo programa de rádio local. Aguardaremos notícias.

Acompanhem a última edição este sábado as 17h.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Imoral e Ilegal, Flávio Dino passa o rolo compresssor no Cajueiro

Para atender a demanda de seus financiadores de campanha, Flávio Dino (PC do B), atropela a Legislação Ambiental, passa por cima da justiça e pisa na comunidade tradicional do Cajueiro

 

Na última sexta-feira (16), o governador Flávio Dino e uma comitiva da China estiveram em São Luís para ratificar a ilegalidade do governo comunista para com as leis brasileiras.

O governo atropela a Legislação Ambiental vigente, com supressão de vegetação, impactos no solo e na fauna sem estudos ambientais prévios, uma vez que o Cajueiro, local onde está sendo construído o Porto, além de ser uma comunidade tradicional é Área de Preservação Permanente – APP.

O objetivo é apenas um: garantir a moeda de troca com a WTorre, empreiteira que está à frente da instalação do PORTO PARTICULAR.

A empreiteira financiou a campanha do governador do Maranhão e em troca ganhou a área para a construção de um porto para atender demanda dos chineses.

É preciso que as autoridades estejam atentas para mais este escândalo patrocinado pelos comunistas maranhenses que querem a todo custo atender ao negócio da China.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Diretor do Procon é alvo de ação popular por suposto uso do governo para se promover

A ação popular argumenta que Hildélis ‘Duarte Júnior’, à frente do Procon utiliza a estrutura pública para se promover

Segundo a ação, é da natureza dos cargos públicos e dos agentes políticos a prestação de contas de seus serviços e a transparência de suas ações, as quais devem visar, além dos demais princípios da administração pública insculpidos no artigo 37 da Constituição Federal, o da impessoalidade.

Nessa perspectiva, em dezembro de 2017 foi publicada matéria em uma revista de grande circulação, conforme será demonstrado abaixo, sobre Hildélis Silva Duarte Júnior, atual presidente do PROCON/MA e coordenador do VIVA.

Sucede que, notadamente, a revista tem a intenção de promover os aspectos profissionais da vida do Réu, trazendo na entrevista perguntas que envolvam a trajetória dele na respectiva carreira.

A simples matéria não é de um todo inoportuna, a problemática central está principalmente na capa da edição da Revista que traz, além da foto do Réu, o símbolo do PROCON/MA. A propósito, as imagens:

De todo modo, ressalte-se que em momento algum a matéria da revista teve finalidade em promover o órgão público e sua atuação. Em verdade, quando citado o ente público, o é apenas de forma subsidiária.

Em verdade, essa não é uma prática isolada. O Réu, por exemplo, em seu perfil social é useiro e vezeiro em patrocinar postagens, nas quais a sua figura de gestor se confunde com a pessoal.

Dito de outro modo, a conduta do Réu causa perplexidade por não deixar claro se as divulgações tem caráter público ou se estão a serviço apenas de sua exposição pessoal. Além da grave violação ao princípio da impessoalidade, convolando sua postura em ato de imoralidade, é bem provável que toda essa promoção pessoal se dê pela via do dinheiro público.

Afinal, o que ganharia a coletividade com uma entrevista autopromocional do gestor do PROCON/MA? Em nada. Os meios midiáticos de propaganda oficiais do órgão, por si só, já fazem uma ampla divulgação do trabalho que vem sendo feito. Não há necessidade, e tampouco é aceitável, que se utilize dos atos administrativos para autopromoção.

Repita-se: da leitura da matéria, sua intenção não é exaltar a eficiência do órgão público, conforme demonstrado pelos meios de publicação anexados abaixo. E sim, ressaltar o Réu.
É fato que a imagem pessoal está totalmente vinculada ao local de trabalho para promoção pessoal e até mesmo política. Outrossim, toda essa promoção pessoal revela claro interesse eleitoral do Réu, que não nega que tem interesse e ser candidato a cargo público, em flagrante afronta aos princípios do Direito Eleitoral, o que em breve deverá ser apurado por aquela Justiça. A mídia local tem dado conta desse desvio de conduta.

Fere-se, portanto, de forma inadmissível, os princípios da impessoalidade, moralidade e probidade administrativa.

Nesse sentido, a presente Ação mostra-se importante, isto porque através dela poderá ser protegida a Administração Pública de interesses pessoais e individuais, resguardando a idoneidade e moralidade que o órgão tem, demonstrando para todos os cidadãos o quão é importante respeitar as leis e os princípios estabelecidos.
O respeito às instituições democráticas anda lado a lado do acatamento às leis e normas de um país soberano, quer sejam em favor do povo, quer sejam em favor dos poderes constituídos. Aqui prospera o Estado Democrático de Direito.

Por fim, a Ação Pública pede que seja determinada a condenação ao ressarcimento ao erário dos valores indevidamente gastos para promoção pessoal do Réu HILDÉLIS SILVA D. JUNIOR;

e em atendimento ao disposto no art. 319, VII, do CPC/2015, declara o Autor não ter interesse na realização de audiência de conciliação ou de mediação. Pede, ainda, sejam os Réus condenados ao pagamento da verba honorária de sucumbência, arbitrada na forma do art. 85 e seguintes do Código de Processo Civil.

Por fim, tendo em vista o disposto no art. 6º, § 5º, da Lei 4.717/65, requer seja a presente inicial publicada, por inteiro ou em resumo, no Diário da Justiça local, a fim de que possa “qualquer cidadão habilitar-se como litisconsorte ou  assistente do autor” nesta ação popular.

Outrossim, requer sejam todas as intimações do Autor, referentes ao presente feito, realizadas, exclusivamente, em nome de THIAGO BRHANNER GARCÊS COSTA, OAB/MA 8.546.
Protesta por provas suplementares, em especial depoimento pessoal dos representantes legais dos Réus, provas testemunhais, juntada de documentos
e perícia.
Dando-se à presente o valor de R$ 1.000,00 (mil reais). Todos os documentos são declarados autênticos pelo autor. É o que diz a peça da Ação Popular.

Em tempo: a postagem acima, não contém uma sequer vírgula, diferente do que se compõe a peça da Ação Popular.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Esquema nebuloso na Federação das Cooperativas de Pescadores do Maranhão

Espécie de mandatário na FECOPEMA, Wolmer Araújo é filho do deputado estadual Edson Araújo (PSL), ele também ocupa o cargo de secretário parlamentar na  Câmara dos Deputados

Atual assessor jurídico da FECOPEMA, Wolmer Araújo é filho do deputado estadual Edson Araújo (PSL), que comanda a entidade, ele ocupa o cargo de secretário parlamentar na  Câmara dos Deputados e está lotado no gabinete do deputado Julião Amin (PDT), mandato hora exercido pelo primeiro suplente Deoclides Macedo  (PDT).

A Federação pode estar por trás de um gigantesco esquema de cobrança indevida de taxas para pescadores  terem acesso à concessão do seguro-defeso no Maranhão.

Wolmer de Azevedo Araujo, que comanda junto com o pai, um dos maiores currais eleitorais do Maranhão, diz que será candidato a deputado federal e para isso, usa a Federação das Colônias de Pescadores do Estado do Maranhão (FECOPEMA), como moeda de troca.

Wolmer é uma espécie de chefão da federação, e o curioso é que ele é morador da localidade que tem o metro quadrado mais caro de São Luís, na Península da Ponta d’areia.

Além de “servidor” da Câmara dos Deputados, é ele, quem controla os detalhes a vida política do pai. Edson Araújo, por sua vez, está licenciado do cargo de presidente da FECOPEMA por conta do mandato que ocupa na Assembleia Legislativa, desse modo, usa dois laranjas para assinar documentos extremamente escabrosos da entidade, sobretudo atas e cheques.

Pelos levantamentos, estima-se que nos últimos anos a entidade tenha arrecadado valores superiores a R$ 10 milhões, decorrente de uma fabulosa “taxa sindical” cobrada no valor de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) para cada um dos 160 mil “pescadores maranhenses” habilitados na Previdência Social para receberem o seguro-defeso.

Não bastasse esse volume de recurso, das mais de 170 Colônias filiadas à FECOPEMA, todas ainda têm que, obrigatoriamente, pagar 12% de pro-labore ao mês, dinheiro esse calculado da arrecadação local de cada entidade filiada.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! Barragem do Bacanga consumiu R$ 11 milhões e está toda enferrujada

Reforma da Barragem do Bacanga, iniciada em 2015, tinha prazo de 360 dias para conclusão. Obra que iniciou com R$ 7,5 milhões, já foi aditivada em quase o dobro do previsto

Iniciada em 2015,  no governo Flávio Dino (PC do B), a reforma da Barragem do Bacanga já consumiu perto de R$ 11 milhões e nunca ficou pronta. O titular do Blog foi “in loco” fazer imagens e constatou que já não bastasse a dinheirama gasta obra que nunca finalizou, tendo 3 aditivos contratuais, a mesma continua do mesmo jeito, tudo enferrujado, com motores enguiçados e quebrados, as comportas não foram trocadas, serviços de concretagem não é percebido, absolutamente nada, pelas imagens não parece que está ocorrendo uma obra de milhões de reais.

Incrível como o Ministério Público Estadual não atua em defesa dos maranhenses, principalmente no tocante às poucas “obras” que estão sendo realizadas.

Em tempo: faltam 9 meses, ou 288 dias, ou ainda 41 semanas para o fim do desastroso governo Flávio Dino. 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Eduarde Braide deve vencer em São Luís

Ao declarar que será candidato ao governo do Maranhão, Eduardo Braide deve vencer no maior colégio eleitoral do estado 

Na recente eleição em São Luís em 2016, Eduardo Braide saiu de insignificantes 5%, para vançar para um segundo turno na capital, com 21%, onde por muito pouco não venceu a eleição no segundo, com 48%, na qual recebeu 243 mil votos.

Após a decisão de Braide, que afirmou em entrevista a ‘O Imparcial’, que será mesmo candidato ao governo do Maranhão, com uma articulação do experiente ex-governador José Reinaldo, tudo leva a crêr que eles estão no caminho certo.

E esta movimentação com certeza vai modificar o atual quadro da disputa no estado.

Eduardo Braide ainda detém um forte apelo eleitoral na capital e deve crescer também na Região Metropolitana, que concentra cerca de 20% da eleição do estado, com 712 mil eleitores, portanto, se repetir o mesmo entusiasmo de 2016, não duvidem da capacidade dele, que pode inclusive, ultrapassar Flávio Dino (PC do B), e a ex-governadora Roseana (MDB), na região.

Em tempo: em 2010, Roseana garantiu a vitória em primeiro turno derrotando Jackson Lago (in memoriam), e o atual governador Flávio Dino, quando alcançou quase 44% dos votos válidos, na Capital.

E mais: somando-se aos votos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, o percentual foi maior ainda.

Pra fechar: aos demais candidatos, olho nele!!!

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache