Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Governador Flávio Dino prestigiou encerramento do Bloco da Umes em São Luís

Governador Flávio Dino prestigiou encerramento do Bloco da Umes

Teve encerramento no sábado (3) de fevereiro, a última edição do Bloco da Umes deste ano de 2018. A folia pré-carnavalesca que marcou o encontro de muita gente bonita e vários convidados, contou com a presença do governador do Maranhão, Flávio Dino e do secretário de cultura, Diego Galdino.

A programação cultural do Bloco da Umes foi garantida pelo governo do estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, por lá passaram Escolas de Samba, Blocos Tradicionais.

O presidente da Umes, Marcelo Matos disse que ficou surpreso com a presença do governador, que prestigia de perto a programação apoiada pelo governo do estado.

“Ficamos surpreso com a vinda do governador Flávio Dino e do secretário Diego Galdino, isso demonstra a lisura e a participação efetiva do ente público com a programação apoiada pelo governo do estado”, afirmou o presidente da Umes.

O Bloco da Umes que teve concentração sempre às 10 horas da manhã, contou com o apoio também do Laborarte, do Bloco Só Safados e do Bloco Queer, no mesmo circuito.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Vereadores de Nunes Freire afirmam que Flávio Dino é tipo santo, “só promessa”


Os Vereadores do município de Governador Nunes Freire, a 441,6 km de São Luís, cobraram do governador Flávio Dino a construção do Hospital no município. Eles fizeram um vídeo enviando a solicitação ao Executivo Estadual que teria prometido o novo centro hospitalar, mas não cumpriu.
Segundo informações fornecidas ao  Portal AtéHoje, o hospital daquela cidade está completamente sobrecarregado pelo fato de atender 13 municípios daquela região, tornando aquele um hospital regional.
Os vereadores visitaram o hospital ontem (01), e o vereador João Costa, o Joãozinho (PT) registrou em sua rede social o pedido, ao lado dos parlamentares Castelo, Gordo e Irmão Geny. No vídeo, o parlamentar afirma que já foi doado um terreno para a construção do hospital, que julgam de extrema importância para a região.
O vereador Joãozinho foi bem direto no recado ao governador. “Você teve mais de 71% dos votos em nossa cidade mas não fez nada ainda por nós, nem o hospital prometido. Já estás [Flávio Dino] chegando no último ano de mandato e vemos municípios recebendo várias coisas e nada para nossa cidade”, disparou.
Acompanhe a íntegra da cobrança dos vereadores:

 

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! Presidente do TCE do Maranhão já recebeu quase R$ 300 mil em auxílio-moradia

Caldas Furtado já recebeu mais de R$ 262 mil em auxílio-moradia 

O órgão responsável pela fiscalização da aplicação dos recursos públicos por parte dos governantes, o Tribunal de Contas do Estado – TCE do Maranhão é um poderoso guardião do dinheiro público. Diariamente seus auditores examinam contratos de grande valor firmados pelo Estado e todos os 217 Municípios.

Os procedimentos podem levar a processos, julgados por uma corte de sete conselheiros titulares e três substitutos.

Nos últimos anos, no entanto, essa imagem foi abalada pela conduta de alguns de seus integrantes e da administração do Tribunal. Tornou-se público que conselheiros da corte têm parentes com empregos na máquina pública, recebem dinheiro para fazer palestras em órgãos de governo vigiados pelo TCE e também costumam viajar nos fins de semana com passagens pagas com dinheiro público incondizentes com o papel de fiscalização do Tribunal.

Escândalo mesmo é o caso do atual presidente da Corte, José de Ribamar Caldas Furtado, que ganha mais com diárias do que com o próprio salário. Entretanto, o causa revolta e indignação é saber que essa nem de longe representa a única despesa do conselheiro com o dinheiro público. O salário dele ultrapassa R$ 23 mil. A ele, soma-se auxílio-alimentação que chega a R$ 914,13 por mês, e o imoral auxílio-moradia de R$ 4.377,73 mil por mês.

Ao todo, o ‘moralista’ Caldas Furtado, por exemplo, em cinco anos, já recebeu mais de R$ 262 mil. Os dados são do portal transparência da instituição. O valor total é maior do que o investimento que muitos municípios iriam gastar no Carnaval deste ano.

Com informações do Blog do Antônio Martins

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

SMTT acerta em fiscalização eletrônica no trânsito de São Luís

Imprudência de motociclistas e condutores de veículos devem cair com as fiscalizações eletrônicas instaladas em São Luís – quem não se enquadrar vai perder dinheiro

O trânsito de São Luís parece que vai tomar um rumo mais humanizado com a implantação da fiscalização eletrônica. Talvez agora, motociclistas sejam mais prudentes e não avancem o sinal vermelho, condutores dos carros, possam parar aos pedestres, quando estiverem na faixa – coisas assim eram quase que inexistentes na Capital.

A fiscalização eletrônica era mais do que necessária para coibir a violência no trânsito de São Luís, que parecia não ter leis e muito menos punição. A partir de agora, quem não se enquadrar nas Leis do Código Trânsito Brasileiro – CTB, vai ser penalizado no bolso e quem sabe, parar atrás das grades.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, afirmou que a Prefeitura de São Luís terá maior controle sobre o fluxo de veículos nas vias públicas da capital, por meio do novo sistema de monitoramento de trânsito que já está em fase prévia de operação.
“O Centro de Controle de Operações de Trânsito é uma ferramenta que estamos implantando para garantir mais controle do trânsito da cidade, tornando-o mais seguro, moderno e organizado”, afirmou o titular da SMTT.
Segundo Canindé, a divulgação do trabalho executado pelo Centro de Controle tem como finalidade informar a população sobre a implantação do sistema e o início da operacionalização do serviço, para que os condutores tenham conhecimento prévio do moderno sistema, que passará funcionar na cidade nos próximos dias.
Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Agora Lascou!!! Governo do Maranhão vai ter que cancelar propaganda e carnaval

Deputado Wellington vai propor ao TCE que normas sobre festas alcance o governo Flávio Dino que gasta como nunca, com propagandas e festividades

O deputado Wellington do Curso (PP), vai apresentar ao Tribunal de Contas do Estado – TCE), proposta que inclua os gastos com propagandas e festas pelo governo Flávio Dino (PC do B), na instrução normativa pela ilegalidade de custeio público em festividades.

A norma atinge municípios que estejam em atrasos com os pagamento da folha dos servidores, incluindo terceirizados, temporários e comissionados.

De acordo com Wellington, a norma precisa alcançar o governo do estado, por também possuir histórico de atraso no pagamento de salário do funcionalismo, e por enquadramento em outras condições constantes no dispositivo.

“Infelizmente, há muitas reclamações de salários atrasados e de malversação da verba [estadual] da saúde e educação. Acredito que o conselheiro-presidente do TCE receberá nossa proposta com o mesmo entusiasmo com que recebeu a sugestão feita pelo MP e MPC em relação aos municípios”, disse.

O deputado Wellington deixou bem claro, que não se opõe a realização de festividades, e que é totalmente contra o mal uso do dinheiro público.

“A malversação do dinheiro público ainda é uma realidade, algo que tem de ser combatido. Não somos contra o Carnaval ou contra as festividades. Somos contra a aplicação incorreta do dinheiro público, que agora passará a ser normalizado”, declarou.

Em tempo: o deputado Wellington deve estender sua solicitação aos gastos milionários com publicidade e propaganda.

E mais: ao final da gestão comunista os gastos com propaganda feito pelo governo Flávio Dino, chegarão à casa de R$ 1 Bilhão.

Pra fechar: o Ministério Público de Contas, o Tribunal de Contas e o Ministério Público do Maranhão, fingem não ver este derrame de dinheiro público.

Saideira: Quem não vai gostar nada disso é a camarada Leci Brandão.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache