Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Vídeos: Flávio Dino apoiou candidaturas de acusadas de cobrar propina

Flávio Dino (PC do B), deu apoio partidário e eleitoral a personagens como Simone Limeira e Rosângela Curado

O governo Flávio Dino (PCdoB) tem se notabilizado pela quantidade de propina que seus agentes cobram de empresas e prestadores de serviços, segundo denúncia dos próprios achacados e de investigações da Polícia Federal.

Chama atenção também que, mesmo denunciados, os propineiros do governo Flávio Dino acabam recebendo uma espécie de salvo-conduto do próprio governador comunista, que entrega apoio político a esses personagens.

O governo já começou envolvido em escândalo deste tipo. Em 2015, a então auxiliar da Secretaria de Educação, Simone Limeira, foi denunciada por um líder indígena de ter cobrado propina de R$ 8 mil para liberar o transporte escolar nas tribos da região de Grajaú.

O indígena chegou a mostrar extratos e depósitos na conta da auxiliar comunista.

E o que fez Flávio Dino? Deu a ela a legenda do PCdoB para concorrer à Prefeitura de Grajaú.

A outra denúncia envolve a também ex-auxiliar comunista Rosângela Curado. Pilhada na Operação Pegadores da Polícia Federal, Curado teve reveladas conversas que mostram a cobrança de 10% de propina de empresas prestadoras de serviços da Secretaria de Saúde.

Afastada do governo desde 2015 – em condições obscuras – a ex-auxiliar continuou a mandar em unidades de saúde, até ser presa pela Polícia Federal.

E o que fez Flávio Dino com ela?

Deu apoio da legenda do PCdoB à sua candidatura a prefeita de Imperatriz, e ainda foi para vários comícios…

Com informações da Coluna Estado Maior

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Secretário Canindé Barros vai se filiar no PTC

Canindé Barros é um dos secretários de maior destaque na gestão do prefeito Edvaldo Holanda Júnior e irá se filiar ao PTC – Partido Trabalhista Cristão, cerimônia que acontecerá dia primeiro de dezembro no hotel Abbeville.


O secretário que responde pela pasta Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, poderá ser um grande trunfo e aumentar a força do partido tanto no âmbito municipal como estadual, tido como um secretário presente e conseguido ao longo dessa gestão fazer mais de trinta intervenções inteligentes culminando com a diminuição de engarrafamentos em áreas críticas de São Luís, é o grande responsável por uma maior fluidez nas avenidas e ruas da capital maranhense.

O secretário fiscalizando as intervenções

Com esse fortalecimento de partido o PTC terá um bom quadro pra disputar as eleições que virão pela frente.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Mulher de confiança do governador, Curado cobrava propina no governo Flávio Dino

Rosângela Curado cobrava PROPINA na Secretaria de Saúde do Maranhão, Flávio Dino, sabia de tudo, afirmam os áudios interceptados pela Polícia Federal

Rosângela é (era) o braço forte de Flávio Dino em Imperatriz, ela é (era) mulher de confiança

Interceptações telefônicas obtidas pela Polícia Federal, mostram que Curado chegava a cobrar até 10% do valor de contratos firmados por empresas e Oscip’s. Relatório da PF, encaminhado à Justiça com pedido de prisão dos investigados na Operação Pegadores, aponta que a subsecretária de confiança do governador Flávio Dino (PC do B), realizava as cobranças de propina.

De acordo com o diálogo interceptado pela polícia entre José Inácio Guará e um homem identificado como Joe, eles falam abertamente que as articulações tinham aval do Palácio dos Leões, quanto a atuação de Curado – Carta Branca.

“No instante que ele, (Flávio Dino) deu uma declaração de que fechou com Madeira, a candidatura de (Clayton Noleto), que ela que ia ser a candidata, eu acho que ela começou a enfraquecer, né? [sic]”, comentou Joe.

José Inácio Guará respondeu: “Ela está tomando 10% de todo mundo. Aí ela já se queimou, já”, disse e completou: “Já, ela foi tomando de… já foi pra São Paulo, arrumou duas empresas lá já. Já saíram em bloco. Ela tá tirando 10% de todo mundo, ta tomando dinheiro de quem quer acertar atrasado, tá um inferno”, completou.

No diálogo, Guará afirma que o governador Flávio Dino (PC do B) sabia dos esquemas e crimes cometidos por Curado.

“E Flávio Dino já sabe. Por isso ele fechou com ele. Eu já sabia que ela ia dançar, que já tinha dançado”, afirmou.

“É cara…”, reagiu Joe.

“Sabe, ele (Flávio Dino), ainda falou: ‘essa mulher é uma louca, essa mulher é uma louca’, não sei o que. Ela se queimou, ela era candidata”, disse.

‘Ajeitar’ – No relatório, a PF afirma que poderia cogitar que Guará estava apenas maldizendo uma servidora pública – na ocasião, subsecretária de Saúde do Maranhão -, sem que houvesse maiores elementos que pudessem comprovar a prática.

Ocorre que num diálogo entre a pedetista e Luiz Marques, Curado utiliza as expressões “ajudar” e “ajeitar”, que evidenciariam a cobrança de propina.

“Quem me ligou agora foi o Ricardo, viu”, disse Luiz Marques.

“É um vagabundo. Não quer ajudar ninguém”, respondeu Curado.

“Arrochei hoje o prego. Aí eu falei. Perguntou quando é que eu vou pra lá, eu falei dia 19. Só lá, perto do começo do mês que vem, aí ele disse que antes disso ele vinha aqui. Aí eu sei que a Corpore ta com frescura com ele, o Invisa também, entende?”, continuou Luiz Marques.

“Deixa, ele não quer ajeitar”, enfatizou Rosângela Curado.

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Sopa de Rádio: internautas encontram um radio dentro da sopa vendida no Supermercado Mateus

Não é de hoje que inúmeras pessoas denunciam a má qualidade dos alimentos vendidos nos restaurantes da rede de supermercados Mateus.
Por último, uma internauta foi constrangida ao comprar uma Sopa no supermercado Mateus da Cohama, foi encontrado um rádio transmissor dentro da panela, um total absurdo, vamos ver se algum órgão vai fiscalizar o acontecido , vejam as fotos :

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

A pedido do TSE, hackers tentam invadir sistema de urna eletrônica no Brasil

Hacker’s terão 3 dias para tentar invadir Urnas Eletrônicas que são utilizadas nas eleições do Brasil  

Entre os dias 28, 29 e 30 deste mês de novembro, das 9h às 18h, o Tribunal Superior Eleitorar (TSE), realizará testes públicos, onde hackers poderão tentar invadir e fraudar a urna eletrônica usada nas eleições.

Os investigadores que tiveram a sua inscrição selecionada para participar do Teste Público de Segurança da Urna Eletrônica de 2017 poderão inspecionar os códigos-fonte do sistema eletrônico de votação na próxima segunda-feira (27).

Os interessados deverão comparecer ao Centro de Divulgação das Eleições (CDE), no terceiro andar do edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, das 9h às 18h. Conforme estabelecido no Edital do TPS/2017, somente terão acesso aos códigos-fonte os investigadores inscritos que assinem um termo de confidencialidade, caso já não o tenham feito no momento da pré-inscrição.

Além da inspeção dos códigos-fonte, também será feita a preparação do ambiente de testes. Os participantes inscritos poderão configurar o ambiente de trabalho, equipamentos e outros dispositivos necessários para a realização dos planos de teste que foram apresentados.

O plano de teste consiste no detalhamento do “ataque” que os investigadores pretendem simular, embasado em normas, artigos, publicações e outros trabalhos técnicos e científicos. Nesta edição do TPS foram apresentados 12 planos de teste, cinco dos quais visam encontrar inconsistências no software da urna eletrônica. Os outros sete focarão em ataques tanto ao sistema quando às possíveis vulnerabilidades do equipamento, em tentativas de interferir no registro ou transmissão do voto.

Durante os três dias de testes, os investigadores terão acesso, por meio de ações controladas, aos softwares da urna eletrônica e sistemas correlatos, com o objetivo de identificar vulnerabilidades e falhas relacionadas à violação da integridade ou do anonimato dos votos de uma eleição, além de apresentar sugestões de melhoria.

O evento é parte integrante do ciclo de desenvolvimento dos sistemas eleitorais de votação, apuração, transmissão e recebimento de arquivos, que serão objetos dos testes. As possíveis melhorias apresentadas, aprovadas e passíveis de contribuição e aperfeiçoamento do sistema de votação serão aproveitadas já na eleição municipal deste ano.

TPS 2017

O Teste Público de Segurança de 2017 começará na terça-feira (28), às 9 horas.  Os trabalhos se estenderão até a quinta-feira (30), quando serão encerrados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. No encerramento serão divulgados os resultados encontrados pelos investigadores.

Para acompanhar o TPS 2017 não é necessário credenciamento prévio, bastando se apresentar à segurança do TSE e se identificar como convidado.

O TSE aprovou todas as 26 inscrições recebidas com os planos de invasão. Entre eles destaca-se um que propõe a inserção de um software malicioso no cartão de memória flash da urna para alterar o software de inicialização das mesmas e desviar os votos digitados.

A iniciativa é louvável, o único problema é que, segundo especialistas, a duração dos testes é pouco tempo para tentar quebrar a SEGURANÇA de um sistema que ficará vulnerável por 20 dias. Nesse período, 14 mil funcionários temporários contratados pelo TSE terão acesso às urnas com o fim de instalar a versão final do sistema de votação e distribuí-las nas zonas eleitorais.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Nota de Repúdio!!! Governo comunista além de censurar, quer prender blogueiro Marco D’éça

Este Blog presta solidariedade ao blogueiro Marco D’éça, na certeza que apesar do governo comunista, ditatorial, traiçoieiro, nefasto e rasteiro, amanhã haverá de ser um novo dia

Que o governo Flávio Dino (PC do B) é perseguidor implacável a quem não comunga com seus atos ditatoriais, isto já está mais do que provado nestes três anos de desmandos, atropelos e corupção de toda espécie, agora, pior mesmo é utilizar de artimanhas por meio de um desembargador federal para punir quem denuncia a corrupção no governo comunista, aí passou dos limites -eles pensam que podem tudo.

A fórmula encontrada para punir o jornalista e blogueiro Marco D’éça, remonta a uma postagem em que ele denunciou uma suposta agressão do desembargador federal Ney Bello ao repórter-fotográfico Paulo Soares, de O Estado, durante a deflagração da Operação Navalha, em que o PAI DO DESEMBARGADOR FOI PRESO.

Devido a esta postagem, D’éça foi processado pelo desembargador, por calúnia e difamação, contudo, o jornalista se defende desde 2007, da ação judicial.

O suposto crime (matéria publicada) já havia prescrito e somente agora, próximo à tentativa de reeleição de Flávio Dino, uma magistrada proferiu uma sentença de prisão ao jornalista. Decisão esta que deve ser amplamente denunciada aos órgão de controle da República Federativa do Brasil, uma vez que no governo comunista as coisas ocorrem no submundo da legalidade, às escuras, rasteiramente e nefasto.

Quem exerce a árdua tarefa de denunciar a corrupção dos aluguéis camaradas, dos funcionários fantasmas, “asfalto sonrisal” e obras fantasmas da saúde e educação, está sujeito ao linchamento moral, realizado por uma máquina de comunicação comunista que durante 3 anos já consumiu quase R$ 1 Bilhão dos cofres públicos com propagandas enganosas, na vã tentativa de ludibriar os maranhenses com obras que não existem e que nem vão existir.

Este Blog presta solidariedade ao blogueiro Marco D’éça, na certeza que a pesar do governo comunista, ditatorial, traiçoieiro, nefasto e rasteiro, amanhã haverá de ser um novo dia.

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Tráfico de influência??? Desembargador que soltou Curado é amigo pessoal de Flávio Dino

A relação de amizade entre o governador Flávio Dino (PC do B) e o desembargador Ney Bello é sólida

Governador Flávio Dino, sua esposa Daniela e o amigo desembargador Ney Bello

As decisões do desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em favor de membros do governo Flávio Dino, envolvidos em corrupção, causa um grande espanto na sociedade em virtude da relação de amizade com o governador.

As decisões de Ney Bello em mandar soltar membros de uma Organização Criminosa que roubou dinheiro da saúde no Maranhão, segundo afirma a Polícia Federal, são escandalosas. Mais estapafúrdia mesmo é a maneira que o desmbargador criticicou a operação da PF, taxando de “desnecessário espetáculo das prisões”.

Como pode um desembargador que é amigo pessoal do governador conceder Habeas Corpus aos membros de uma quadrilha que desvios dinheiro da saúde dos maranhenses e ainda por cima criticar a “Operação Pegadores” ???

O certo é que este povo solto, vai fazer de tudo para ocultar provas e tentar desqualificar a Polícia Federal, o primeiro passo veio do próprio Flávio Dino.

Em tempo: o Blog vai parafrasear o próprio secretário Carlos Lula  “ahhhh… aí não tem quem aguente! Tá, entendi! Tá tudo bem, pode mandar. Pode mandar, por favor”

E mais: será que houve pedido do próprio governador para soltar os presos por corrupção???

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Escândalo!!! Presidente do TCE recebe muito dinheiro com diárias

Caldas Furtado não vê problemas em gastar mais de R$ 55 mil com diárias em viagens que realizou apenas em 2017

O presidente do Tribunal de Conta do Estado do Maranhão (TCE-MA), José de Ribamar Caldas Furtado, abriu a torneira das despesas com viagens. Um levantamento com base em dados disponíveis no Portal Transparência mostra que, apesar da crise financeira que assola o país, Caldas Furtado não viu problemas em gastar mais de R$ 55 mil para pedir reembolso de diárias das diversas viagens que realizou este ano.

O conselheiro que comanda o órgão, criado para fiscalizar o uso do dinheiro público com transparência e efetividade, deveria ser o primeiro a dar exemplo para tentar evitar que recursos governamentais sejam desperdiçados. No entanto, em vez disso, o chefe da Corte optou em botar o ‘pé na estrada’ e fez mais de 14 deslocamentos no Brasil nos quais participou de seminários, congressos, workshops, cursos diversos e agendas institucionais. De janeiro a novembro deste ano, Caldas Furtado recebeu, só em diárias, R$ 55.457,22 mil. Este valor é maior do que o próprio salário dele – R$ 23.832,75 mil.

DIÁRIAS
Regimento Interno do TCE-MA e pela Resolução nº 158, de 05 de maio de 2010 garante aos membros da Corte que efetuam deslocamentos em razão do interesse público, o direito ao recebimento de diárias e passagens. A diária é a verba concedida para pagamento de despesas como alimentação, estadia e deslocamento que o conselheiro, auditor ou representante do Ministério Público de Contas, realizar em razão da viagem a trabalho.

Segundo o Art. 108, o “Conselheiro afastado da sede onde exerça suas atividades, por necessidade de serviço ou para fins de aperfeiçoamento, terá direito à percepção de diárias, cada uma equivalente ao valor de dois ou quatro por cento do seu subsídio, quando o deslocamento ocorrer dentro ou fora do Estado, respectivamente, sem prejuízo do fornecimento de passagens ou do pagamento de indenizações de transporte”, diz trecho do dispositivo.

Além das diárias, o contribuinte maranhense também teria custeado taxas de inscrições em alguns eventos em que o conselheiro. Não é a primeira vez que Caldas tem problemas com viagens. Antes de comandar o TCE-MA, ele estava lecionando na UFMA. Nesse período, por conta das ‘gazetagens’ em sala de aula – ele viaja muito dando palestra Brasil fora – foi flagrado em uma auditoria da CGU, mas essa já é outra história que iremos contar nos próximos dias.  Aguarde!

Com informações do Blog do Antônio Martins

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache