Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Show gospel com Bruna Karla reúne uma multidão em Pinheiro

A Prefeitura Municipal de Pinheiro em parceria com as igrejas evangélicas, realizou no último domingo (02), um dos maiores eventos evangélicos da região, evento este que foi titulado como “Celebrando uma Nova História”, que contou com a participação da cantora Bruna Karla.

O evento fez parte da programação do arraial de Pinheiro, mas não foi realizado no parque do povão como as demais atrações do melhor São João do Maranhão, pois os pastores da cidade em reunião com o Prefeito, pediram para que o show fosse realizado em outro local e o pedido foi atendido, o que não comprometeu a realização do show e não deixou nada a desejar, pois atendeu todas as expectativas do público e proporcionou um momento de paz e muita alegria para as pessoas presentes.

Foi um evento inédito na cidade, pois a população Pinheirense teve pela primeira vez a presença de uma das maiores cantoras evangélicas, através da iniciativa do prefeito da cidade que não pensou somente no público que gosta mais de prestigiar festas com outros estilos musicais, mas pensou no público como um todo, onde as pessoas que gostam de adorar a Deus puderam sair de suas casas para ter uma noite de muito louvor e adoração, podendo contar com a presença de muita segurança no local, para o bem estar de todos.

Segundo a estimativa da organização, mais de 20 mil pessoas de todas as cidades da região estiveram presentes na praça do Centenário, que ficou pequena com tanta gente fazendo parte dessa noite inesquecível. Estavam presentes também a Primeira Dama, o empresário Lúcio André e alguns prefeitos de cidades vizinhas, prestigiando esse grande e tão esperado evento.

O Prefeito Luciano Genésio pronunciou-se sobre o evento e destacou que foi um momento de agradecimento à Deus pelas bençãos recebidas, pois Pinheiro vive um novo momento e a construção de uma nova história.

Pastores representantes de todas os seguimentos evangélicos de Pinheiro fizeram uma carta aberta agradecendo e declarando total apoio a gestão do prefeito Luciano Genésio.

A cantora Bruna Karla disse que Deus se faz presente em Pinheiro e que o município vive um novo momento. “ Nós celebramos um lindo culto de louvor. Pinheiro vive um novo momento, um momento de paz e liberdade e o mais importante que hoje é administrado por um homem que reconhece que toda honra e glória pertence ao nosso Deus”.

FONTE: Marcelo  Vieira

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Cemar desmente governo Flávio Dino acerca do cancelamento dos arraiais

O governo Flávio Dino (PC do B), se reveza em mentiras e meias verdades tudo no intuito de DESINFORMAR a população a cada passo mal dado, e olha que são muitos

O grupo equatorial energia e a Companhia de Energética do Maranhão – CEMAR, emitiram nota de esclarecimento onde desmentem mais um passo em falso do governo Flávio Dino, desta feita, acerca dos acometimentos de fortes chuvas na tarde/noite de ontem (2), em São Luís. No comunicado, os grupos abaixo assinados, afirmaram que “mesmo com as fortes chuvas e descargas atmosféricas, o fornecimento de energia esteve normal”, salvo em alguns poucos pontos isolados, mas, que na Praça Maria Aragão, Praça Nauro Machado / Centro Histórico, Ipem / Calhau e Parque da Vila Palmeira / Vila Palmeira, o fornecimento de energia sequer foi suspenso. 

Portanto, a desculpa dada pelo governo do estado para suspender a programação deveria ser outra, quem sabe colocar a culpa em São Pedro, como muitas vezes já o fizeram. 

O governo Flávio Dino está muito parecido com o governo Jackson Lago (in memoriam), onde o “cabeça” da administração era o que menos mandava, daí a péssima administração.

Veja, abaixo, a nota oficial do governo do estado – Pega na Mentira!!!

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog avisou!!! Rodrigo Janot vai favorecer governador do Maranhão arrolado na Lava-jato

Este Blog foi o primeiro a relatar o “embargo de gaveta” orquestrado pela Procuradoria Geral da Republica no caso em que envolve diretamente o governador do Maranhão como recebedor de propinas pela Odebrecht

Como postamos aqui no mês passado, ao que tudo indica, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, deve mesmo favorecer o governador Flávio Dino (PC do B), em suspensão condicional do processo a políticos que estão sendo acusados de uso de caixa dois não vinculados a atos de corrupção, o chamado caixa dois simples, em campanhas eleitorais.

Reveja, abaixo, clicando no link da matéria postada aqui no Blog

Em primeira mão: Janot vai favorecer governador do Maranhão sobre caixa dois não vinculados à corrupção

O Ministério Público Federal entende como caixa dois simples os casos em que determinado candidato recebe doação sem oferecer qualquer contrapartida ao doador mas, mesmo assim, não registra a movimentação financeira na prestação de contas à Justiça Eleitoral. Pelo menos 50 investigados a partir das delações da Odebrecht e JBS atenderiam as condições exigidas pela lei.

Se aceitarem as propostas, os investigados poderiam se livrar mais cedo de eventuais processos da Operação Lava-Jato.

A possibilidade de o MPF oferecer a suspensão do processo. A análise com vistas à suspensão condicional de processos começou logo após a homologação da delação dos 78 ex-executivos da Odebrecht e segue em andamento. Não está claro ainda quando as primeiras ofertas de suspensão de processos chegarão ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Para obter a suspensão do processo, o investigado tem que reconhecer a culpa pelo crime e cumprir uma pena alternativa, em geral, prestação de serviços à comunidade. Ou seja, significa na prática uma antecipação da pena.

A vantagem para o investigado é que, caso cumpra todas as exigências fixadas no acordo de suspensão, se livra de uma vez por todas do processo e mantém a ficha limpa. Um benefício valioso no momento de crescente cobrança por lisura no serviço público. Investigadores também sustentam que não se trata de medida estratégica para preservar a Lava-Jato. 

O Blog reafirma!!! Se Flávio Dino aceitar o benefício será uma confissão de que é criminoso!!!

Em tempo: Pela lei, o crime de omissão de dados à Justiça Eleitoral pode ser punido com penas que variam de zero a cinco anos de reclusão. Situação que se encaixaria nas regras da suspensão condicional do processo.

E mais: Flávio Dino estaria disposto a reconhecer que cometeu o crime e cumprir uma pena alternativa???

 

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Justiça sequestra R$ 96 milhões do Governo Flávio Dino para pagamento de dívidas

Decisão é do presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha; Estado não realizou depósitos mensais de R$ 28 milhões para cumprimento de obrigações

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Cleones Cunha, determinou na semana passada o imediato sequestro de R$ 96.439.710,95 das contas do Estado do Maranhão para pagamento de precatórios.

A decisão foi dada no bojo de um processo administrativo de sequestro que tramita na Corte desde março de 2017.

Segundo o despacho, os valores devem ser sequestrados via BacenJud, sistema que interliga a Justiça ao Banco Central e agiliza o envio de informações e ordens ao Sistema Financeiro Nacional.

A medida adotada pelo presidente do TJ visa a corrigir uma inadimplência do governo Flávio Dino (PCdoB) com o Judiciário desde o início do ano.

A gestão estadual foi enquadrada no Regime Especial de pagamento de precatórios instituído pela Emenda Constitucional nº 94/2016, e deveria depositar, mensalmente, desde o mês janeiro, R$ 28.007.942,19, para quitação dos precatórios em que figura como devedor.

Já no mês de maio, ante o acúmulo de parcelas vencidas, o governo, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) chegou a apresentar um novo plano de pagamento – com parcelas menores. O pedido foi indeferido, também pelo desembargador Cleones Cunha.

“Mantenho o valor do aporte mensal a ser repassado por esse ente ao Tribunal de Justiça, durante o exercício de 2017, para pagamento dos precatórios em que figura como devedor, no montante de R$ 28.007.942,19 (vinte e oito milhões, sete mil, novecentos e quarenta e dois reais e dezenove centavos), conforme escorreita apuração pelo Setor de Cálculos da Coordenadoria de Precatórios”, decidiu o desembargador, no dia 8 de junho.

Duas semanas depois, o novo despacho, determinando o sequestro de todo o valor já acumulado.

Dificuldades – Ao decidir o caso, o Cunha chegou a considerar “as dificuldades financeiras por que tem passado o Estado do Maranhão, a exemplo de outros entes federados”, mas ponderou que isso não exime o governo comunista de cumprir a obrigação de depositar os recursos dos precatórios.

Apesar disso, “objetivando minimizar as consequências que decorrerão da inevitável efetivação da medida extrema”, o magistrado determinou que os R$ 96 milhões sejam sequestrados de forma parcelada, em seis vezes, o que não exime, contudo, o Estado de seguir depositando os outros R$ 28 milhões mensais.

“Determino que a constrição referente aos aportes pendentes de repasse sejam realizados em 06 (seis) parcelas iguais, mensais e sucessivas, sem prejuízo da obrigatoriedade de disponibilização dos repasses mensais voluntários a que está sujeito o devedor”, destacou.

Nesse caso, se o governo continuar não depositando as parcelas mensais, os recursos podem acabar sendo bloqueados diretamente do Fundo de Participação dos Estados (FPE), via ofício remetido diretamente à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Mais

As dificuldades para levantar recursos para pagamento de precatórios levaram o governador Flávio Dino (PCdoB), no ano passado, a admitir usar recursos oriundos de depósitos judiciais de natureza não tributária para cumprir essas obrigações.

Inadimplência em números

R$ 96.439.710,95 é quanto será sequestrado das contas do Estado

R$ 28.007.942,19 é quanto o Estado deve depositar mensalmente em conta judicial

Com informações de  O Estado do Maranhão

Curta e Compartilhe nas Redes Sociais

Blog do Filipe Mota is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache