Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Teori estava em avião que caiu no litoral do Rio, dizem STF e família

O STF (Supremo Tribunal Federal) informou que nome do ministro Teori Zavascki estava na lista de passageiros de um avião que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro, informou a assessoria de imprensa do STF. A corte disse não ter a informação sobre se o ministro estava efetivamente na aeronave. Teori é o relator da Operação Lava Jato no Supremo.
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki estava no avião que caiu na costa da cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19). A informação foi confirmada por telefone ao UOL pelo filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki. “O pai estava no avião e a família está aguardando por um milagre”, disse Francisco.
Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), o avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília). De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, a aeronave caiu no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região.
Nem a FAB nem os bombeiros informaram sobre quantas pessoas estavam a bordo e sobre o estado de saúde das mesmas.
Segundo informações disponíveis no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o Beechcraft C90GT tem capacidade para sete passageiros, além do piloto. É um avião bimotor turboélice fabricado pela Hawker Beechcraft. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada.
De acordo com a FAB, uma equipe do Seripa-3 (Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está a caminho de Paraty para iniciar a investigação sobre o acidente. Integrantes da Marinha e do Corpo de Bombeiros prestam assistência no local. (Com informações da Reuters)

Surge um novo bloco de vereadores na Câmara Municipal de São Luís

Vereadores se reuniram hoje(18), pela manhã para discutir sobre a construção de um novo bloco parlamentar, essa reunião contou com a presença de Gastão Vieira Presidente Estadual do (PROS).
Um bloco que tomará decisões independentes, mas como base de apoio do Vereador Astro de Ogum(PR) e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).
Esse bloco que conta com a força de doze parlamentares, que são; Chico Carvalho (PSL), Ricardo Diniz(PC do B), Paulo Vitor(PROS), Marquinhos(DEM), Beto Castro (PROS),Sá Marques(PHS), Edmilson Jansen(PTC), Cesar bombeiro(PSD), Genival Alves(PRTB), Chaquinhas (PP), Estevão Aragão (PSB) e Marcelo Poeta(PC do B).
Dez partidos que irão tomar decisões em conjunto, que podem até lançar candidaturas ao parlamento Estadual e Federal no pleito de 2018, amanhã(19), será decidido quem será o líder e vice-líder desse grupo.

Vereador Astro não está patrocinando ou apoiando blocos em São Luís

Apesar de ser um vereador atuante na área cultural, Astro não está patrocinando ou apoiando blocos em São Luís; O vereador ainda se recupera de uma intervenção cirúrgica realizada há menos de 20 dias

O vereador Astro de Ogum, conhecidamente por apoiar a cultura e os grupos culturais de São Luís, NÃO está apoiando grupos culturais e blocos carnavalescos que estão ocorrendo na cidade.

O Blog apurou que o vereador se encontra no interior do Maranhão, a fim de se recuperar plenamente da intervenção cirúrgica realizada no final deste ano, onde teve que implantar dois “stents”, para desobstrução de veias cardíacas. 

É natural também, que amigos e simpatizantes do vereador utilizem seu nome em camisas, abadás e nos blocos carnavalescos, uma vez que o vereador é o maior entusiasta no apoio cultural nos mais diversos bairros de São Luís, CONTUDO, Astro não está apoiando atividades culturais, o objetivo maior do vereador neste momento, é restaurar plenamente a saúde e desenvolver seu mandato à frente da Câmara Municipal de São Luís. 

Governador do Maranhão anulou código de licitação para praticar “aluguel camarada”

Código de Licitação criado em 2012 chegou a ser discutido como possibilidade de substituição da Lei 8.666/93 e teve parecer favorável do TCE para ser usado também pelos municípios maranhenses

Governador Flávio Dino revogou Código de Licitação maranhense

O governo Flávio Dino (PCdoB) adotou uma providência sutil, mas fundamental para seu propósito de garantir os alugueis camaradas de imóveis de comunistas e aliados políticos.

No dia 8 de julho de 2015, foi editada a Medida Provisória nº 205, que simplesmente revogou o Código de Licitações e Contratos Gerais do Estado do Maranhão. 

Pelas regras do Código, o governo comunista não poderia firmar os contratos de aluguéis camaradas nos moldes dos assinados pela Funac no bairro da Aurora e na Rua das Cajazeiras, como mostrou este blog no post “Flávio Dino burlou Código de Licitações com aluguéis camaradas”.

O contrato assinado com a casa do comunista Jean Carlos de Oliveira, na Aurora,  foi assinado, como afirma a própria Nota da Funac, em 1º de julho de 2015, ou seja, apenas sete dias antes da revogação do Código.

Já o contrato com o prédio da Rua das Cajazeiras foi assinado em 12 de agosto de 2015, exatamente um mês depois da revogação do Código.(Veja aqui)

No caso da Aurora, ainda há dúvida sobre o alcance da nova lei, uma vez que a própria MP de Dino estabelece que os contratos anteriores deveriam continuar regidos pelo Código.

Há ainda um outro fato curioso envolvendo as licitações do governo comunista: no dia 8 de julho, no mesmo dia em que a MP 205/15 era editada, Flávio Dino anunciava a demissão do seu braço direito na CCL, o advogado Paulo Guilherme Araújo. (Relembre aqui)

De qualquer forma, diante dos fatos, é possível afirmar que a revogação do código pelo governo comunista – considerado por sites especializados como o maior avanço na lei de licitações e contratos no país – garantiu que os camaradas pudessem ter os aluguéis assinados.

De uma forma ou de outra, a coincidência da revogação da lei com a assinatura dos aluguéis permite deduzir ter havido uma intenção do governo Flávio Dino na extinção do código.

Intenção que não parece tão republicana assim…

Com informações do Blog de Marco D’éça

Prefeitura de São Luís supera meta do Ministério da Saúde na vacinação de cães e gatos

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), divulgou nesta segunda-feira (16), os dados da campanha de vacinação antirrábica na capital maranhense. De acordo com o levantamento, foram vacinados 106.909 cães e 52.073 gatos, totalizando 158.982 animais, o que representa 99,3% dos 160 mil animais previstos para serem imunizados. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde era de 80%.
A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, avalia positivamente os resultados da campanha, que se integra às ações desenvolvidas pela administração do prefeito Edivaldo na área de saúde animal. “O objetivo foi atingido porque houve grande empenho da Prefeitura de São Luís na realização da campanha. Nossas equipes trabalharam de forma intensa na vacinação por esta ser uma forma eficaz de controle da doença”, destacou.
Desde 2013, São Luís não registra casos de raiva. O indicador positivo é fruto das ações de imunização e monitoramento desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís. Ao superar a meta estabelecida pelo governo federal, São Luís avança no sentido de manter o índice favorável. A única forma de controle possível para a raiva é a vacinação de cães e gatos, potenciais transmissores da doença.
A secretaria pontuou ainda a grande aceitação dos proprietários e guardadores de animais à campanha. “Os propriétarios receberam nossas equipes e assim pudemos cobrir praticamente todos os domicílios da cidade. Foi uma ação significativa para manter a barreira imunológica contra a transmissão do vírus da raiva, que desde 2013 não é registrado em São Luís”, afirma Helena Duailibe.
A campanha teve início em novembro do ano passado e foi desenvolvida pela Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), que percorreu os sete distritos sanitários de São Luís, encerrando na área Itaqui-Bacanga na última sexta-feira (13). A ação aconteceu às sextas-feiras e sábados, e contou com a participação de 230 agentes vacinadores.
Mesmo com o encerramento da campanha, a vacina permanecerá à disposição de quem não recebeu a visita dos vacinadores. Neste caso, a recomendação é levar o animal para vacinação na sede da UVZ, situada à Estrada de Ribamar, nº 4000, Maiobinha. A vacina protege o animal por cerca de um ano.
Além da vacinação contra a raiva, a Unidade de Vigilância em Zoonoses realiza visitas técnicas no caso de agressões por cão e gato a pessoas e faz o acompanhamento do animal por 10 dias.

Corredores do Socorrão I continuam vazios após a eleição

Administração do Hospital Municipal “Djalma Marques”, o Socorrão I, vem se esforçando pela manutenção da unidade de saúde. O titular do Blog pode constatar que os corredores continuam “descongestionados”, mesmo em face da grande demanda que o hospital recebe todos os dias.  

O atual gestor do Socorrão I, é o Dr. Ademar Bandeira, médico experiente, tem se virado nos ’30’, para desenvolver um boa gestão de um plantão que recebe enfermos de todo o Maranhão. Ações implantadas pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Santa Casa, proporcionaram mudanças efetivas naquela casa de saúde. A Unidade do Socorrão Infantil e a retirada de pacientes nas macas, são marcas da administração de Bandeira.

Administrar o Socorrão I, não deve ser tarefa fácil, contudo, as ações de melhorias e a vontade em atender bem quem tanto precisa, são metas que estão sendo batidas pela a atual administração.

MP do Maranhão sem credibilidade, no caso dos aluguéis camaradas e fantasmas do governo Dino

O governo Flávio Dino (PC do B), protagonizou o maior escândalo com as farras de aluguéis e o MP do Maranhão não se pronuncia, apesar das inúmeras denúncias nas redes sociais e da imprensa

Os casos de aluguéis “camaradas” e “fantasmas” praticados pelo governo Flávio Dino (PC do B), estão sem explicações, da própria administração pública e do Ministério Público do Maranhão que até o momento não emitiu sequer uma consideração sobre o caso.

O governo Flávio Dino (PC do B), protagonizou o maior escândalo com as farras de aluguéis e o MP do Maranhão não se pronuncia, apesar das inúmeras denúncias nas redes sociais e pela imprensa.

Caso muito grave e sério foi denunciado com exclusividade aqui no Blog, reveja:

Mais escândalo!!! Governo do Maranhão paga R$ 45 mil por mês em aluguel de imóvel que não funciona

em que o governo comunista por meio da Fundação da Criança e do Adolescente – FUNAC, alugou um imóvel que estava ainda em fase de construção, quando o contrato foi assinado, isso em agosto de 2015, e permaneceu em fase de construção em mais da metade do ano de 2016, onde o governo Flávio Dino afirma que o prédio foi ocupado no mês de setembro, mesmo assim foi constatado que o imóvel estava sem condições de ser locado e foram efetivamente pagos 16 meses de um valor de locação acima do praticado em São Luís, 45 mil reais por mês.

O mais absurdo disso tudo é que o prédio mesmo o governo do estado desembolsando uma dinheirama por mês com o aluguel, ainda teve que gastar mais com a adequação do imóvel, neste caso da Rua das Cajazeiras as reformas ainda continuam, desde 2015.

O Governador do Maranhão, como de praxe, debochou nas redes sociais e disse as denúncias são por parte do “povo de Sarney”, e compactuando com o escândalo praticado por seu governo.

O pior de tudo isso é um governo descompromissado, sem controle e sem gestão que “escolhe” um imóvel para alugar com DISPENSA DE LICITAÇÃO, sem que o mesmo tenha as mínimas condições necessárias para funcionar um órgão público.

 

Débil mental estaciona em vaga de cadeirante e ainda acha que está certo

Débil mental estaciona veículo SW4 de placas EEW 3390 e ainda desafia populares. “multa, se tu for guarda de trânsito, ou então “chama o guincho”

Um débil mental estacionou o veículo SW4 de placas EEW 3390, numa vaga exclusiva para cadeirantes, agora há pouco na Extra Farma do bairro do Monte Castelo, populares foram reclamar e o proprietário disse que quem fosse guarda de trânsito era para multar.