Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Partidos políticos, greves, facções criminosas e as eleições

miliciasbolivarianas

Coincidência ou não, os ânimos se acirram em todas as classes sociais no período eleitoral, sejam elas por parte dos partidos políticos, que tem em seus quadros, membros perigosos e de toda a extirpe. Fato não muito diferente nas entidades de classes sociais que também tem membros que incendeiam prédios e bens públicos em suas reivindicações das categorias. Não muito diferente disso estão as facções criminosas que agem beligerantemente contra o estado buscando melhorias para a “classe”, e tudo isto, como já falamos, no período que antecede a eleição.

Estas entidades fazem na verdade, “O manisfesto do partido criminoso”, pois agem contra o estado, contra as leis e contra todos os brasileiros. Juntos, eles amedrontam a população, em ações criminosas que vão desde desvios do erário público, corrupções ativas e passivas, paralisações e piquetes contra as leis, execuções criminosas como torturas, assassinatos, mortes e homicídios e o tão esperado de muitos, o dia do voto obrigatório na urna eletrônica.

Faço esta reflexão para que a população brasileira desperte contra esta “Ditadura Miliciana”, que vive atualmente o Brasil, onde estados e municípios não tem mais a mínima condição de combatê-los, isto também, aliadas à falta de moral dos poderes constituídos por “Montesquieu”, Executivo, Legislativo e o Judiciário que perderam há tempos, a ética, a moral e também a confiança da população.

As organizações criminosas avançam assustadoramente no Maranhão que é comandado por um comunista, Flávio Dino, que prometeu uma revolução no estado e como consequência, em apenas dois anos de seu governo, mais de 100 (cem) agências bancárias foram assaltadas e explodidas, espalhando medo e terror nas cidades  maranhenses. Isto sem contar os levantes latrocínios (roubos seguidos de morte), que cresceram absurdamente em menos de 2 (dois) anos, na capital e região metropolitana de São Luís.

As ações terroristas comandadas de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde na noite passada, dia (27), bandidos ordenaram seus militantes a incendiarem coletivos que mesmo deficitariamente, servem às comunidades. A lei anti-terrorismo no Brasil é muito nova em face das atrocidades que já ocorrem no país, desde a ditadura militar.  A lei aprovada em março deste ano, pelo Congresso Nacional classifica como atos de terror “incendiar, depredar, saquear, destruir ou explodir meios de transporte ou qualquer bem público ou privado”.

Coincidentemente, há relatos no Maranhão, de transferências de militares e civis que vão de encontro com o comando policial do governo Dino, utilizando a tropa como colete à prova de balas, os fazendo de marionetes, por não concordarem com os ditames comunistas. No Maranhão, o secretário Jefferson Portela e Flávio Dino, ao invés de estarem comandado o estado com braços fortes, fazem campanhas 24 horas, para seus candidatos nos municípios maranhenses.

A impressão que fica é que o estado perdeu, para as classes dos trabalhadores, para a classe política, para as organizações criminosas que crescem a cada dia nas comunidades onde o mesmo não se faz presente e ao povo, só resta chegar às urnas daqui há 4 (quatro) dias e CONFIRMAR esta triste realidade.

 

 

Agora!!! Bandidos tentam incendiar ônibus no Bairro de Fátima

Parece que  não foi só tentativa de amedrontar a população de São Luís, agora à noite (27) bandidos tentaram tocar fogo em ônibus no bairro de Fátima.

A tentativa foi frustrada, pois parece que policiais trocaram tiros com os bandidos que estavam em uma motocicleta  e fugiram tomando rumo desconhecido , deixando galões de gasolina dentro do coletivo, veja as fotos:

image image image image

 

Escândalo!!! Assembleia Legislativa não envia relação de servidores à justiça

Assembleia Legislativa do Maranhão tem mais de 2.000 (dois mil servidores), dos quais menos de 25% são do quadro efetivo; os demais são temporários e comissionados

1462551505-448841277

O Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão informou que venceu no dia 22 deste mês, o prazo dado em audiência pelo juiz Douglas Martins, da Vara dos Interesses Difusos, para que o presidente da Assembleia Legislativa do Estado apresente a relação dos servidores do poder legislativo com os integrantes do quadro efetivo, os 75% de temporários, inclusive todos os lotados nos gabinetes dos 42 deputados estaduais. O processo instaurado por solicitação do Ministério Público Estadual visa apurar as denuncias de servidores fantasmas na Assembleia Legislativa e práticas lesivas aos sofres públicos, o que representa características de corrupção.

A dificuldade para apresentação da lista não seria apenas os servidores fantasmas, mas, também o reajuste de 34.5% concedido pelo presidente Humberto Coutinho (PDT), para todos os comissionados, o que acabou elevando a folha de pagamento daquela casa legislativa.

A questão séria é que o reajuste para os comissionados foi feito depois que o Poder Legislativo assumiu a responsabilidade com a justiça de dar todas as informações solicitadas pelo judiciário, atendendo denuncias do Ministério Público.

É atribuído à Coutinho, a nomeação de mais de 300 servidores, e de acordo com o Ministério Público do Maranhão, não estão exercendo suas funções.

O presidente do SINDSALEM, Luiz Noleto, afirmou que a diretoria da entidade vai aguardar as providências que serão adotadas pela justiça e pelo Ministério Público, em face da desobediência do legislativo estadual, fato que se repete rotineiramente neste processo.

Estudantes do Liceu Maranhense são apreendidos por apologia ao crime

Estudantes dentro do Colégio Liceu Maranhense fazem apologia ao crime na frente de policiais militares

Estudantes dentro do Colégio Liceu Maranhense fazem apologia ao crime na frente de policiais militares

Três estudantes do Colégio Liceu Maranhense, que fica localizado no centro de São Luís, foram apreendidos e levados pela polícia após terem compartilhado nas redes sociais uma imagem em que fazem apologia à uma facção. O fato ocorreu quando policiais militares se encontravam nas dependências da escola.

A imagem correu nas redes sociais e a policia civil foi hoje (27), pela manhã na escola e acompanhou os adolescentes, que tem idade de 16 e 17 anos para se apresentarem na Delegacia de Proteção à Criança ao Adolescente – DPCA.

FAZER APOLOGIA AO CRIME DÁ CADEIA

TITULO IX

DOS CRIMES CONTRA A PAZ PUBLICA Incitação ao crime

ART – 286:  Incitar, publicamente, a prática de crime: Ver tópico (1681 documentos)

Pena – detenção, de três a seis meses, ou multa.

Apologia de crime ou criminoso

Apologia de crime ou criminoso

ART – 287:  Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:

Pena – detenção, de três a seis meses, ou multa.

Debate na Difusora é cancelado!!! O Blog avisou nas primeiras horas desta manhã

Fiz o prazer de utilizar a mesma imagem inserida pela manhã

Fiz o prazer de utilizar a mesma imagem inserida pela manhã

Conforme amplamente divulgado com exclusividade neste Blog, o Sistema Difusora resolveu cancelar o debate que iria acontecer hoje (27), às 22:30 h. O fator preponderante, foi uma liminar concedida ao candidato Eduardo Braide (PMN), reveja aqui.

Cancelado debate na TV Difusora

A decisão foi do juiz Eduardo Moreira, membro do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), em favor de Braide, abriu precedentes para outros candidatos fazerem o mesmo. Daí que a Difusora não tem a mínima condições logísticas para a realização do debate com mais de quatro participantes.

Aos que duvidaram da matéria do Blog, vai um aviso, participamos das trincheiras nas batalhas eleitorais nos últimos 20 anos em São Luís e em todo o estado do Maranhão, e não precisávamos ter esta destreza para alardear que o debate estava cancelado. Aliás, alguns membros do Partido Democrático Trabalhista – PDT, são ávidos na arte de se fazer campanhas eleitorais e nós sabemos o porquê do cancelamento do debate na Difusora.

Faltam 5 (cinco) dias para a eleição em São Luís!!!

Cancelado debate na TV Difusora

difusora-1

O debate que seria realizado hoje (27), na TV Difusora vai ser cancelado em acordo com os coordenadores das coligações e a direção da emissora. Ocorre que o candidato Eduardo Braide (PMN), judicializou o debate, mesmo o Tribunal Superior Eleitoral – TSE, externando regras claras para os debates em todo o país. Assim sendo, outros candidatos como Claudicéia Durans (PSTU), Valdeny Barros (PSOL), Rose Sales (PMN) e Zé Luís Lago (PPL), já entraram com representação junto à justiça eleitoral para também se fazerem presentes no debate.

Um caso no mínimo estranho é que o partido do candidato Braide, o PMN, não tem assento na Câmara dos Deputados Federais, já o Partido da Mulher Brasileira – PMB, de Rose Sales tem 3 (três) cadeiras no legislativo federal.

Outro fator é o Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, do candidato Valdeny Barros, tem 6 (seis) membros na Câmara.

A regra diz que os candidatos e candidatas filiados a partidos com mais de 9 (nove) deputados federais devem ser chamados nos debates com antecedência mínima de 72h. Ficam aptos para participar dos debates nas emissoras de televisão e rádios os candidatos e candidatas filiados a partido político com representação superior a (9) nove parlamentares na Câmara dos Deputados e que tenham requerido o registro de candidatura na Justiça Eleitoral.

A Justiça Eleitoral do Maranhão, deferiu um pedido liminar do deputado Braide, e abriu um precedente imenso para outras siglas e coligações. A decisão foi do juiz eleitoral Eduardo Moreira, que estava no plantão do TRE-MA na manhã de ontem (26), em um mandado de segurança impetrado pela assessoria jurídica do candidato depois de o juiz Adelvam Nascimento Pereira, da 2ª zona eleitoral da capital, haver negado o mesmo pedido no sábado (24). O mesmo deverá ocorrer com os outros candidatos.

Por conta da Judicialização do Debate,  a Difusora já convocou para as 14h desta terça-feira uma reunião com candidatos ou seus representantes e deverá cancelar o debate em virtude da inviabilização do mesmo.

Isto sem contar que o apresentador do debate… Mas essa é outra estória!!!

Em tempo: São estes os partidos que atualmente tem representantes na Câmara dos Deputados e quantidade de cadeiras;

Bloco PP, PTB, PSC          72

Bloco PMDB, PEN            71

PT           58

PSDB     50

PR          42

PSD        35

PSB        33

DEM      27

PRB        22

PDT        19

Bloco PTN, PTdoB, PSL  18

SD          14

PCdoB  11

PPS        8

PHS        7

PROS     7

PV          6

PSOL     6

REDE     4

PMB      2

PRP       1

Pesquisa confirma o que a população tem certeza, Raimundo Filho será o próximo prefeito de Paço do Lumiar

Instituto confirma a consolidação de Raimundo Filho na preferência dos luminenses e aponta estagnação de Gilberto Aroso e queda de Domingos Dutra.

image imageEm mais um levantamento realizado pela TRES PESQUISAS, aponta que o candidato a prefeito de Paço do Lumiar, Raimundo Filho (PT), consolidou sua liderança na corrida eleitoral no municipio. De acordo com os resultados divulgados, Raimundo Filho cresce e continua na liderança passando de 22,75 para 25,5% na preferência do eleitorado. Enquanto o candidato do PRB, Gilberto Aroso, aparece estagnado oscilando de 18.50% para 20%; Já o candidato Domingos Dutra (PCdoB) apresentou queda acentuada de 21,25% para 16,2% em comparação aos números divulgados pelo mesmo Instituto no inicio do mês de setembro. O intervalo entre a divulgação das duas pesquisas é de pouco mais de 20 dias.
A pesquisa aponta ainda Josemar Sobreiro (PSDB) em quarto lugar, com 9% das intenções de voto, seguido por Inaldo Pereira (PPL) com 5,5% e Moraes Maninho (PCB) amarga a lanterna, com apenas 2,5%. Outros 14,25,% admitiram que ainda não sabem ou não responderam em quem irão votar e 7% disseram que vão votar em branco ou anular o voto.
O crescimento e a consolidação da chapa Raimundo Filho e Kim Lopes na disputa, apesar das perseguições, pode ser atribuído, primeiramente, pela baixa rejeição, e por fazerem política propositiva apresentando projetos factíveis que podem acontecer e não vender ilusões, pois os luminenses estão convencidos de que os outros dois principais candidatos que disputam o comando do município, já tiveram oportunidade de trabalhar pela cidade e pouco fizeram.
REJEIÇÃO
Segundo a pesquisa, 52,75% dos eleitores dizem que não votariam no prefeito Josemar, seguindo por Domingos Dutra, 14%, Gilberto Aroso, 13,75%, Moraes Maninho, 4,75%, Raimundo Filho com 4,5% e Inaldo Pereira, 2,0%. Não sabem/não respondem, 4,75%, Brancos e Nulos, 3,2% .

A TRÊS PESQUISAS foi contratada por Jeanne F. de Oliveira – ME, registrada no TRE-MA sobre o protocolo: MA-08448/2016 e ouviu 400 eleitores entre os dias 19 e 26 de setembro. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e a margem de confiança do levantamento é de 95%.

image