Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Raimundo Filho avança em Paço do Lumiar…

O candidato a prefeito Raimundo Filho (PT), da Coligação ¨Unir para Reconstruir¨, tem intensificado sua campanha participando de encontros, reuniões em entidades, associações de moradores em todos os bairros e localidades do município de Paço do Lumiar apresentando suas propostas de seu Plano de Governo.
Para o Raimundo Filho, conhecer as necessidades e expectativas das pessoas é a maneira mais correta de atender à comunidade, pois é ouvindo as pessoas que o candidato diz que a chances de acertar.
“Em nosso governo a participação popular será uma prioridade, assim como, mecanismos de controle social que estiverem ao alcance e sob a responsabilidade da Prefeitura, objetivando a participação da sociedade civil organizada na elaboração de projetos e programas sociais junto ao município, bem como no acompanhamento das execuções, e na fiscalização da aplicação dos recursos públicos.”, disse Raimundo Filho.
Ele destacou ainda, que durante essas conversas têm surgido muitas sugestões e ideias que, quando implantadas, irão melhorar a vida dos luminenses. Para o candidato, são as pessoas que sabem o que vai ou não trazer benefícios ao seu dia a dia. A intenção do gestor pode até ser boa, mas ele peca ao não consultar a população para saber o que ela pensa sobre determinada obra ou projeto. Escutar, mas principalmente prestar atenção no que o povo diz, é fundamental.
Para o vice-prefeito na chapa, Kim Lopes (PSC), a forma calorosa com que ele e Raimundo Filho têm sido recebidos durante as visitas tem servido de estímulo para a campanha e que estão no caminho certo. ¨Temos sido bem acolhidos pela população e conversar com o cidadão, ouvir seus anseios, sentir de perto as reais necessidades de cada comunidade, são passos imprescindíveis nesta caminhada¨, concluiu.

image

Vídeo: Sucateamento da saúde na gestão Flávio Dino é denunciada no Jornal Nacional

JN

O Jornal Nacional  mostrou ontem (23), a triste realidade de maranhenses que  precisam enfrentar centenas de quilômetros, toda semana, para fazer hemodiálise. É um tratamento essencial para quem tem problemas renais. No Maranhão, apenas 6 (seis) cidades conseguem atender os pacientes.

Nem clareou e seu Pedro já está de pé. Preparado para mais um dia longo.

“A gente levanta 4 horas, toma um banho e fica sentado aqui esperando”, disse o aposentado Pedro Rodrigues.

Repórter: Já são quantos anos que o senhor faz isso?
Pedro: Quatro anos. Quatro anos completos já.

Logo depois das 5h, ele pega o micro-ônibus, que já está quase lotado. São pacientes que precisam de hemodiálise, mas não têm o tratamento na cidade. Três vezes por semana, eles fazem o trajeto do município de Chapadinha até São Luís, cerca de 250 quilômetros para chegar ao hospital.

“A gente só vem porque é a saúde da gente. Mas, muito cansado”, disse a aposentada Maria Gomes.

Depois de cinco horas de viagem, finalmente os pacientes chegam até a clínica onde fazem hemodiálise em São Luís, já cansados num dia que está apenas começando.

O almoço é ali mesmo, quando se tem dinheiro. “Tem que ter o dinheiro para comprar. Se não tiver, pode fazer sem comer, mas fica passando o baque”, afirmou Pedro.

Depois, são quatro horas nas máquinas que filtram o sangue, fazendo a função dos rins. Procedimento agressivo que os pacientes têm de fazer dia sim, dia não.

Repórter: O ideal era que os pacientes tivessem um repouso depois da sessão de hemodiálise?
Alex do Vale, médico: Com certeza. Em torno de pelo menos de 12 a 18 horas. Porém, muitas das vezes o paciente não tem esse repouso adequado.

O Maranhão tem 12 centros de hemodiálise que ficam na capital e em outras cinco cidades do interior. Os outros 211 municípios não têm equipamentos para o tratamento.

Às 16h, os pacientes saem da sessão bastante abatidos, e já têm que encarar mais cinco horas de viagem de volta. O cansaço castiga.

“Vocês que vieram hoje nessa viagem já estão cansados, imagine nós que estamos há quatro anos“, diz a lavradora Osmarina Nunes.

Na parada para o jantar, outras histórias se cruzam. A Maria dos Milagres tem seis anos e há três enfrenta essa luta.

“Ela acorda 4h, quando ela tá na máquina que ela dorme. Ela sente dor de cabeça quando está na máquina. É uma guerreira”, contou a dona de casa Dulcineide Conceição.

As 17 horas entre viagem e tratamento fazem que algumas pessoas mal consigam se segurar quando chegam em casa. É a rotina da aposentada Ana Alves há 17 anos. “Muito difícil mesmo. Só vai porque é preciso. Ou vai ou se acaba logo”.

Seu Pedro também está de volta. Vai descansar por um dia. No outro, começa tudo de novo.

Repórter: O senhor acordou às 4h da manhã. Agora são 10 horas da noite. Como é que chega o senhor a essa hora?
Pedro: Cansado demais.
Repórter: O dia não foi fácil, né?
Pedro: Foi não. Dia de arrocho mesmo.

O governo do Maranhão anunciou que vai construir uma unidade de hemodiálise na cidade de Chapadinha e em mais cinco municípios. Mas o governo não informou um prazo para entregar essas unidades.

Com informações do G1

 

Talita Laci mostra certidão de quitação eleitoral e desmente adversários desesperados

Talita

Candidata disparada à frente dos demais candidatos na Raposa, Talita Laci (PC do B), desmontou uma farsa armada pela oposição, que está desesperada com os resultados da ultima pesquisa Escutec, que aponta vitória da candidata comunista na cidade.

Talita Laci exibiu agora a pouco, no Blog do Domingos Costa, nada mais que 3 (três) certidões, comprovando que a candidata está concorrendo ao cargo de Prefeita, de forma correta, como manda a legislação eleitoral vigente.

Talita esclareceu que tudo não passou de mais um ato desesperador por parte dos grupos políticos que contribuíram para eleger o atual prefeito Clodomir (PMDB) em 2012. “Os mesmos que estiveram no palaque do atual prefeito na eleição passada, hoje tramam e proliferam mentiram para continuar no controle dos cofres“, disse.

Para a filha do ex-prefeito José Laci, seus adversários buscam de todas as formas implantar um clima de terror na cidade, plantando notícias falsas e caluniosas ao seu respeito e da sua família. “Todo os dias me deparo com baixaria criada por eles, estou fazendo uma campanha limpa e propositiva enquanto eles insistem com mentiras e boatos”, finalizou.

 

Mais de 5 mil servidores maranhenses não sacaram o PASEP

5.300 servidores públicos e comissionados no Maranhão ainda não sacaram o abono do PASEP

1471897109-456723152

Benefício no valor de um salário mínimo está à disposição para saque de quem tem direito em qualquer agência do Banco do Brasil no estado; o prazo final para a retirada é dia 31 deste mês. Abono do Pasep pode ser sacado por servidores públicos registrados em carteira e comissionados.

Pelo menos 5.300 servidores públicos e comissionados no Maranhão ainda não sacaram o Abono Salarial ano-base 2014 referente ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), no valor de um salário mínimo (R$ 880) e que está disponível em qualquer agência do Banco do Brasil. O prazo final para a retirada do benefício é dia 31 deste mês.

De acordo com o levantamento do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), o Maranhão ocupa a 12ª posição entre os estados com maior número de número de trabalhadores que não sacaram o abono. O primeiro é São Paulo, onde 17.255 pessoas ainda não retiram o benefício. A capital, São Luís, lidera, com um total de 1.383 empregados que ainda não se dirigiram ao Banco do Brasil para efetuar o saque.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pede o apoio de empregadores e entidades sindicais para que ajudem a divulgar a informação entre os servidores e comissionados. “Precisamos fazer com que a informação chegue ao maior número possível de pessoas porque esse é um benefício importante e é um direito do trabalhador”, diz.

Têm direito ao abono salarial os servidores públicos e comissionados que ainda estão trabalhando ou que tenham se aposentado, mas exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias em 2014. Também é necessário que o trabalhador tenha recebido até dois salários mínimos por mês nesse período, além de estar cadastrado no Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício no portal: abonosalarial.mte.gov.br, inserindo CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento. Outras informações podem ser obtidas diretamente com o Banco do Brasil, pelo número 0800-729 00 01.

No caso dos trabalhadores celetistas, as informações podem ser conseguidas no telefone 0800-726 02 07. Os atendentes da Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também podem ajudar.

Com informações de O Estado do Maranhão

 

O brasileiro venceu o pessimismo, declara Adriano Sarney

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) comentou na tribuna da Assembleia, nesta segunda-feira (22), o sucesso da Olimpíada, concluída no fim de semana, no Rio de Janeiro (RJ). Segundo o parlamentar, o êxito dos jogos é uma prova de que o brasileiro, assim como o povo maranhense, é capaz de vencer o pessimismo e realizar grandes eventos.

“Um evento bonito e organizado”, resumiu Adriano Sarney, a respeito da Olimpíada, em contraponto à série de notícias negativas que se proliferaram antes dos Jogos pelo país. Ele ressaltou, ainda, com orgulho, a participação importante de atletas do Nordeste, em especial de maranhenses como Iziane Marques (basquete) e Ana Paula (handebol).

“A Olimpíada foi um acontecimento que, nós, brasileiros, devemos nos orgulhar. Os jogos provaram que somos capazes de organizar um grande evento para o mundo e isso demonstra que somos capazes de fazer um Brasil e um Maranhão ainda melhor para todos”, concluiu Adriano. O deputado lembrou ainda que restam os Jogos Paralímpicos do Rio, apostando no sucesso de mais esse momento do esporte no país.

Vale lembrar que, em relação ao incentivo ao esporte, tramita na Assembleia Legislativa do Maranhão um projeto de lei ordinária (número 134/2016) do deputado Adriano Sarney que visa estabelecer diretrizes para a construção da Política Estadual de Incentivo ao Esporte no Âmbito do Estado do Maranhão.

 14081315_10209345914437157_1070211337_n (1)

Wellington do Curso solicita na justiça eleitoral investigação contra Data M

O candidato Wellington do Curso, disparado nas intenções de votos do eleitorado ludovicense, protocolou na tarde de segunda feira (22), um pedido de investigação contra o instituto de pesquisa Data M (entira), alegando que na pesquisa não constava o seu nome. A partir do dia 18 de julho de 2016 é obrigatório que  nas pesquisas, conste o nome de todos os candidatos registrados.

Wellington do Curso protocolizou também, ação de suspeição junto ao Tribunal Regional Eleitoral – TRE, sobre as pesquisas realizadas pelo instituto, bem como,  seus contratantes. O advogado do candidato é o jovem especialista em direito eleitoral, Dr. Américo Lobato.

14111983_10209340769108527_1925294692_n

Escândalo!!! Candidato a prefeito pede empréstimo e diz que vai pagar em dobro, se for eleito

Pastor Branco 2

O Blog recebeu denúncia via Whatsapp, uma conversa em que o candidato a prefeito da cidade de Turiaçu, Pastor Branco (PSD), pede dinheiro emprestado a um suposto agiota para financiar sua campanha a prefeito. O Pastor fala que os Rabelos prometeram um dinheiro a ele e até agora nada e vai além, diz à pessoa “por favor me ajude, vou ganhar a eleição e pago vc em dobro” .

O suposto “financiador de campanha”, diz: “acho muito difícil vc ganhar sozinho, desse jeito Umbelino vai acabar ganhando de novo”.

Pastor Branco vai além e diz: “Umbelino esse tá acabado aqui, vou enterrar ele e esses ex-prefeitos, só preciso de sua ajuda”.

Atenção Tribunal Regional Eleitoral – TRE, pelo jeito a legislação de limite de gastos com a campanha não vai prevalecer na cidade de Turiaçú.

Pastor Branco

Será que o prefeito irá fazer carreata no residencial Ribeira ???

Relato de uma moradora em denuncia  ao blog:
“Com Ruas Intransitáveis e cheias de buracos, Bairro do Residencial Ribeira pede “SOCORRO”
Hoje venho pedir socorro para os órgãos competentes que tomem uma providência, pois o Bairro da Ribeira encontra-se em estado de calamidade pública, largado, sem escola, sem posto de saúde, sem feira, sem nada só os moradores…e além do mais outro problema, um cano de água que joga água para as casas está do lado do esgoto e com isso é distribuída para as casas com o barro dos buracos “
Os moradores do bairro da Ribeira reclamam da falta de infraestrutura de toda a Rua Ribeira 04. Buracos, em formas de crateras quando chove são alguns dos problemas enfrentados pela população no local, Local esse que é uma das ruas principal onde os ônibus circulam, Cansados com a situação de descaso desde quando foi entregue o conjunto que só tem um 01 ano, eles pedem providências urgente para solucionar os problemas.
Apelaram até pros sistemas de comunicações, pedindo que a mirante fosse até o local fazer uma reportagem para que as autoridades se manifestasse, é tanto descaso que ali parece até que não moram famílias de bem, mas parece que  a musica sertaneja é que dá o tom para o prefeito.

“Vou negando as aparências
Disfarçando as evidências
Mas pra que viver fingindo…” (Chitãozinho e Xororó) 

image image image