Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Wellington acolhe sugestões de alunos e professores para administrar São Luís

“Temos mais de 20 anos de experiência como gestor na iniciativa privada. E essa experiência é que queremos levar à Prefeitura de São Luís”. Wellington do Curso

wellington

O pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado Wellington do Curso (PP), recebeu sugestões de alunos, professores, apoiadores e amigos para o Plano de Governo Progressista que está sendo construído para a capital maranhense. O encontro aconteceu na manhã do ultimo domingo (17), no auditório do Curso Wellington do Monte Castelo.

Entre os itens apresentados pelo grupo, estão a melhora urgente do transporte público coletivo, o asfaltamento das vias urbanas, a construção de creches e escolas, a criação de rotas alternativas no trânsito, o foco na conservação ambiental e desenvolvimento sustentável, a humanização nos Socorrões e a utilização da Guarda Municipal no serviço de segurança pública, principalmente nos bairros mais carentes.

“É muito importante a participação da população do desenvolvimento de nossa cidade. Acreditamos que as políticas públicas têm de feitas assim: integradas, factíveis, participativas e voltadas para esse futuro que vai acontecer logo. A experiência das pessoas é fundamental para essa nova gestão, esse novo jeito de fazer política, para esse futuro que a gente quer construir, de uma São Luís cada vez mais forte. Queremos propiciar aos cidadãos ludovicenses uma qualidade de vida mais adequada e de longo prazo, que possa ir além dos quatro anos de nossa administração”, se comprometeu o pré-candidato Wellington.

Ele aproveitou o encontro para reforçar a experiência que tem como gestor e pontuar que, como tem atuado desde o início do mandato parlamentar, manterá o olhar voltado aos que mais precisam.

“Temos mais de 20 anos de experiência como gestor na iniciativa privada. E essa experiência é que queremos levar à Prefeitura de São Luís. Desde que a população nos confiou o voto para o Legislativo, nosso trabalho tem sido voltado para o que continuaremos a fazer no Executivo. Porque entendemos muito claramente que ser prefeito nada mais é do que fazer o temos feito desde o início do mandato eletivo: servir a população”, frisou. “Vou ser prefeito de São Luís para servir, para cuidar das pessoas, dar atenção à elas. Vou ser prefeito de São Luís para fazer com que as políticas públicas saiam do papel e cheguem efetivamente à população, que aconteçam. Em nossa gestão, o ludovicense será finalmente respeitado e priorizado”, acrescentou.

Mais um líder comunitário executado em São Luís

homicidio

O presidente da Associação de Moradores do bairro Tibirizinho, localizado na Zona Rural de São Luís, o senhor José de Ribamar Rocha, 57 anos, conhecido na comunidade como “Gongo Assado” foi executado com vários tiros, a vítima foi assassinada na porta de sua residência. A polícia está investigando o caso e não descarta a hipótese de que Ribamar, tenha sido morto por contrariar interesses dos criminosos que atuam na região. Segundo informações, antes de executarem a vítima, os criminosos teriam passado em uma moto pelo local.

Exercer o cargo de líder comunitário na capital ludovicense tem sido muito difícil, a violência tem tomado proporções fora da escala neste governo Flávio Dino (PC do B), sem que o mesmo tome providencias, já foram 6 (seis) execuções de lideres comunitários.

Em janeiro do ano passado o líder comunitário Pedro Wilson de Moraes, “Pedro Sardinha”, foi executado a tiros no bairro do Coroadinho, dentro da Associação onde ministrava cursos para crianças daquela comunidade.

Em outubro também do ano passado a vitima foi Ivanildo da Silva Coutinho, conhecido como “Ivanildo Bananeiro”. Ele era presidente da Associação de Moradores da Vila Aparecida e foi morto a tiros em um bar.

Também em outubro traficantes ordenaram a morte de Ana Claudia Barros, 53 anos, líder comunitária da Vila União.

 Já em abril deste ano, um outro líder comunitário da área do Coroadinho, identificado como José Conceição Pereira, foi executado a tiros dentro de sua residência naquele bairro.

No início deste mês criminosos executaram a tiros o presidente da Associação de Moradores da Vila Funil, Almir Silva dos Santos, 76 anos

Consórcio de Flávio Dino para ganhar prefeitura já discute nomes de secretariado

Candidatos do Consorcio

Ainda nem começou as convenções partidárias, que se iniciará daqui há dois dias e se findará em 5 de agosto, o consórcio liderado pelo governador Flavio Dino (PC do B) já discute nomes para compor o secretariado de um eventual novo governo Edivaldo Holanda Junior (PDT).

Com tantas composições partidárias, o atual gestor contará com o apoio de 17 siglas partidárias e seus membros, já se engalfinham pelos cargos de primeiro e segundo escalões.

O Partido Socialista Brasileiro – PSB, para compor com Edivaldo, impõe a liberação de duas (2) secretarias de peso, fala-se da SEMOSP e retorno a SEMAPA. O Democratas – DEM, impôs a permanência de seu indicados na Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMAM. O Partido Comunista do Brasil – PC do B, ficará com a Secretaria Municipal de Educação – SEMED e ainda discute outra pasta. O Partido Democrático Trabalhista – PDT, partido do prefeito, ficaria com a Secretaria Municipal de Saúde – SEMUS e com mais quatro outras pastas menores, a exemplo de Secretaria Municipal de Governança Participativa – SEMGOP e Secretaria Municipal de Desporto e Lazer – SEMDEL.

Outros partidos aliados ao consorcio dinista impõe espaços numa eventual reeleição do prefeito, são cargos que vão desde o primeiro escalão até os menores cargos na prefeitura de São Luís, talvez seja por isso, com esta ampla rede partidária, que a atual gestão não conseguiu efetivar as mudanças prometidas durante a campanha de 2012, e agoniza altos índices de rejeição.

O ainda prefeito Edivaldo Holanda Junior, devido a este emaranhado de partidos, terá o maior tempo de propaganda eleitoral no rádio e televisão, cerca de 4 minutos, porém, se insistir em mais promessas vazias, poderá cair ainda mais na opinião do eleitorado da capital e nem chegar ao segundo turno.

Um “Plano B”, declarado semana passada pelo escriba do governador, o secretario de tudo no governo, Marcio Jerry, expõe que outros nomes fazem parte deste projeto consorciado, tais como Eliziane Gama (PPS), Bira do Pindaré (PSB) e Eduardo Braide (PMN).

O eleitor deve ficar atento a estas alianças, pois são elas que engessam a máquina pública e os benefícios não chegam efetivamente no seu objetivo maior que e a população, que sofre com falta de investimentos em obras públicas, como saneamento e infraestrutura.

 

Pedro Lucas quer redefinição de MA’s em São Luís

image

O objetivo do vereador é evitar punições desnecessárias a motoristas, a partir da Lei 13.290/16, que obriga o uso do farol aceso durante o dia nas estradas.
Em conversa com jornalistas, o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), afirmou que tão logo retorne do recesso parlamentar, vai apresentar uma indicação ao governador Flávio Dino, para que o Executivo redefina as MA’s dentro de São Luís. O objetivo do vereador é evitar punições desnecessárias a motoristas, a partir da Lei 13.290/16, que obriga o uso do farol aceso durante o dia nas estradas.
“Essa chega a ser uma obrigatoriedade sem qualquer fundamento ou lógica, visto que temos MA’s que interligam avenidas e não São Luís a outra cidade. Imagine sair da Avenida Carlos Cunha, entrar na Via Expressa e, se não estiver de farol aceso, o cidadão ser multado? Temos que ser práticos. A Via Expressa integra o percurso de milhares de pessoas que por ali passam todos os dias e, portanto, compõe a malha viária de dentro de São Luís. É por esse motivo que assim que retornar do nosso recesso, na indicação que farei ao governador, pedirei a redefinição das MA’s que cortam a cidade para que ninguém seja punido desnecessariamente”, afirmou Pedro Lucas.
A obrigatoriedade do uso de farol aceso durante o dia está em vigor desde o dia 8 de julho, quando terminou o prazo para que motoristas se adaptassem à nova medida.

Em Agosto: Professores da rede estadual programam greve geral

Greve dos Professores
Os professores da rede estadual de ensino estão programando greve geral a partir do mês de agosto, eles reclamam das péssimas condições de trabalho e também pelo não cumprimento da lei do piso nacional  de 11,36%, a ser implantado pelo governo do estado do Maranhão.
O governador Flavio Dino (PC do B) já disse pelo twitter que não tem a mínima condição em conceder o reajuste para quem quer que seja e que não vai transformar o estado, no Rio de Janeiro. Segundo dados do Tesouro Nacional, Dino já represou dívidas com fornecedores na ordem de R$ 1 Bi e aumentou consideravelmente a folha de pagamentos de pessoal.
A Greve Geral está sendo proposta pelo Grupo de Resistência dos Professores, uma vez que, o sindicato da classe é pelego e recebe ordens do governador.

 

Licitação do transporte coletivo de São Luís saiu do papel e contratos serão assinados

Homologação foi feita pelo secretário Canindé Barros na última terça-feira (12). Assinatura dos contratos deve ocorrer em 10 dias

Coletivos

O Secretário Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros fez a homologação do resultado da concorrência pública, na qual ficou determinada quais empresas passarão a explorar o sistema de transporte de passageiros da capital nos próximos anos.

A partir de agora, a chamada licitação dos coletivos sai do papel e passa para a pratica. Os consórcios Central, Via SL e Upaon-Açu e a empresa Viação Primor foram declarados os vencedores do processo licitatório.

CONVOCAÇÃO

Após a convocação, a empresa vencedora tem o prazo de 10 dias para assinar o contrato. Este prazo de assinatura em relação aos consórcios é maior, ou seja, de 15 dias após a convocação. Logo após a assinatura dos contratos, as empresas e consórcios vencedores darão início ao processo de melhorias no sistema o mais rápido possível.

Cada empresa ou consórcio poderá atuar em apenas um lote. Desta forma, acaba com o já conhecido monopólio de determinada empresa no setor.

DIVISÃO POR LOTES

As empresas e os consórcios atuarão dividos por lotes de atuação, que ficou assim: O Consórcio Central vai atuar no Lote I; o Via SL vai atuar no Lote II; o Consócio Upaon-Açu vai atuar no Lote III e a Viação Primor atuará no Lote IV.

LOTE I: Áreas do Centro Histórico, Pedrinhas, Nova República, Vila Maranhão, Quebra-Pote, Coqueiro, Cajueiro, Rio dos Cachorros, Estiva, Distrito Industrial, Maracanã, Vila Sarney, Bequimão, Alemanha, Liberdade, Caratatiua, Bom Milagre, Fé em Deus, Vila Embratel, Sá Viana, UFMA, Vila Bacanga, Inhaúma, Bonfim, Anjo da Guarda, Porto do Itaqui, Monte Castelo, Vila Nova, Gapara, Argola e Tambor, Ilha da Paz, Vila Isabel, Fumacê, Zona Rural I, Arraial, Itapera, Rio Grande, Tinaí / Cinturão Verde, Piancó, Coroado, Coroadinho, São Raimundo, Santa Cruz, Vera Cruz, Santo Antônio, Parque Timbira, Tibiri, Pão de Açúcar e Vila Luizão.

LOTE II: Regiões do Angelim, Pedra Caída, Vila Itamar, Tibiri, Cohab, Cohatrac I, Cohatrac II, Cohatrac III, Cohatrac IV, Cohatrac V, Pequizeiro, Forquilha, Parque dos Nobres, Areinha, Vila Palmeira, Radional, Cutim, Outeiro da Cruz, Parque Amazonas, Pirapora, Parque Universitário, João Paulo, Cajupe, Santa Bárbara, Tajipuru, Ipem Turu, Vila Esperança e Vila Lobão.

LOTE III: Regiões da Rodoviária, Janaína, Santa Clara, São Bernardo, João de Deus, Cidade Olímpica, Cidade Operária, Jardim América, Vila Brasil, Uema, Geniparana, José Reinaldo Tavares, Aurora, Jardim Alvorada, São Raimundo, Vila Esperança e Popular Ipase.

LOTE IV: Regiões do Alto do Angelim, Vila Funil, Ponta do Farol, Ponta da Areia, Cohafuma, Vinhais, Quitandinha, Grand Park, Cohama, Cohaserma, Cantinho do Céu, Calhau, Alto do Calhau, Olho d’Água, Parque Athenas, Residencial Primavera, São Francisco, Vicente Fialho, Habitacional Turu, Sol e Mar, Divineia, Igaraú, Santa Rosa, e Coheb.

A verdade sobre o Hospital Dr. Carlos Macieira

Não é de hoje que a saúde do Maranhão vive um verdadeiro caos, o governador Flávio Dino através de vários comunicado pelo “Twitter” tenta maquiar a precariedade que os Hospitais públicos vivem no Maranhão, com o discurso de humanização do sistema no nosso estado.
Mas vejam que a realidade é totalmente outra, o sistema tá jogado literalmente as “traças”, grande exemplo das “MUDANÇAS” prometida, essas fotos que foram enviadas por um leitor do blog dizem tudo, as imagens falam por si só, nas próximas postagens iremos detalhar a verdadeira face da Saúde no nosso estado sobre recurso e o que realmente foi investido.

image image image

Vereador Ivaldo Rodrigues reaparece em público

Quem aos poucos está voltando a normalidade é o vereador Ivaldo Rodrigues, um leitor do Blog fez o flagra no momento em que ele saia de casa. Aparentemente com barba e bigode por fazer, Ivaldo vai voltando a rotina. Ainda segundo o leitor, o vereador estava indo novamente ao médico, mas, desta vez, apenas para fazer exames rotineiros para ver seu quadro de saúde.

Pelas informações de assessores mais próximos, ele estava indo se consultar com o médico cardiologista Dr. Denison Almeida.

Ivaldo Paparazzo